Voltas que a vida dá! por Gee


[Comentários - 42]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Fui para o pequeno bar que mantinha em minha sala e peguei a garrafa de vodca, fui para o tapete e sentei, abri a garrafa e dei o primeiro gole, desceu queimando, mas não era tão incomodo diante da dor que estava sentindo, a sensação de traição é horrível e espero nunca mais passar por isso, sentia minhas lágrimas passearem por minha face sem pudor. Vanessa saiu do banheiro com os cabelos arrumados e apenas um leve vermelho na boca e a encarei ela sorriu.

- Se você ficou impressionada comigo toda descabelada imagine como sua ex ficou. – Pegou a garrafa de minhas mãos e tomou um gole. – Adoro essa vodca. Mas então, o que faremos agora?

- Sinceramente? Não sei, não quero encarar a Juliana de novo e sem contar que muitas coisas dela estão em meu apartamento. A parte boa é que eu sou organizada demais para deixar algo na casa dela. – Lembram que eu não queria conversar né? Mas, Vanessa consegue me fazer falar qualquer coisa.

- Mesmo se tivesse deixado eu iria lá buscar meu bem, sabe disso. Tirou fotos?

- Claro, acha que eu veria o show e não registraria? O bônus é que me pagaram para eu flagrar minha noiva me traindo. Mas algo que não sai de minha cabeça é que a Senhora Vasconcelos falou como se conhecesse a Juliana.

- Como assim? De onde ela conheceria a puta da Juliana?

- Não sei e sinceramente nem quero saber, quero apenas esquecer tudo isso. Quero até mudar de apartamento pra não ter nenhuma lembrança dela. – Tomei outro gole e entreguei o celular a Vanessa para ela ver as fotos.

- Quem é Cláudia?

- Cláudia? – Parei de chorar e me arrastei até ela e vi um SMS. – Acho que vou te dá dinheiro e retirar essa liberdade.

- Oi? – Perguntou sorrindo.

- Você aí fuçando minhas SMS o que tá escrito aí?

- Bom, sou sua melhor amiga, aliás, sua irmã, então vou mexer em tudo mesmo e se tiver achando ruim o problema é só seu meu amor e a mensagem é bem intima. – Sorriu de lado e eu puxei o celular de suas mãos para ler a mensagem.

“Oi, lembrei que não sei seu nome, porém sei que flagrou sua noiva com um cara, desculpe a invasão de ter salvo meu numero em seu celular disquei para o meu e salvei né?! Tive que ir embora daquela forma porque minha irmã precisava de mim. Como te disse, meu nome é Cláudia e caso queira conversar estou a disposição.

Obs.: Pode ao menos me dizer seu nome caso não queira me encontrar?”.

- Você já está de esquema? – Perguntou Vanessa rindo.

- Claro que não, você sabe que eu amo a Juliana. – Voltei a sentir o nó na garganta de antes.

- Não tá, mas tenho certeza que uma certa Claudia está louca para te consolar. – Tomou a garrafa de minhas mãos e deu outro gole. – Pode ficar lá em casa comigo, vai ser bom ter alguém para dividir o aluguel.

- Ou podemos arrumar uma casa ao invés de apartamento. Juliana queria um apartamento que no prédio tivesse piscina... Aí meu Deus ela fodeu com minha vida. – Desabei a chorar de novo.

- Renata Reis, para com esse drama agora, sei que você é louca por aquela mulher, mas precisa se recompor, para com essa choradeira e me fala como essa tal de Claudia é.

- Fala isso porque não foi você a corna da vez. – Voltei a chorar. – Quantas vezes ela fez amor com ele e depois ficou comigo, você sabe o que é isso? Sabe o quanto dói?

- Eu imagino a sua dor minha amiga, mas você precisa se acalmar, por favor, odeio te ver assim.

Vanessa me abraça tão forte e eu me entreguei às lágrimas, chorei, urrei, solucei, coloquei tudo para fora ali sentada no tapete de meu escritório com minha melhor amiga eu deixei toda a dor sair de mim. Depois de um tempo, quando enfim todas as minhas lágrimas foram expulsas de meu corpo e eu quase desidratada me acalmei, olhei para Vanessa que também chorava silenciosamente.

- Obrigada por nunca ter me abandonado Vanessa, obrigada por está ao meu lado depois que minha mãe faleceu obrigada por tudo! – Voltei a chorar, mas dessa vez de gratidão pela morena que sempre estava comigo em todas as situações de minha vida. Pouco tempo depois que descobri a traição do ex da Vanessa, minha mãe faleceu ao sofrer um acidente de trânsito, meu pai faleceu quando eu ainda era criança de câncer, não tinha irmãos, avós ou tios, tinha apenas Vanessa e Juliana, agora tenho só a Vanessa.

Acordei com uma baita dor de cabeça e com o corpo da Vanessa em cima de mim, certo que ela era toda malhada, fazia o estilo gostosona, mas músculo também pesa, saí debaixo de seu corpo aos pouquinhos e fui para o banheiro, tirei toda a roupa e entrei no chuveiro, afinal por ser meu escritório deixava algumas coisas lá, inclusive roupas, pois nem sempre dava tempo de ir em casa tomar banho e ir seguir o marido ou esposa infiel. Fechei os olhos e deixei a agua levar toda a dor que estava sentindo, ouvi passos e olhei para o lado e lá estava Vanessa fazendo xixi e me olhando.

- Vanessa eu te amo, mas aí é demais.

- Cala a boca, já te vi pelada inúmeras vezes. – Saiu rindo.

- Às vezes você é estranha.

- Sai logo daí, também quero tomar banho! – Falou mais alto.

Vanessa saiu do banheiro e eu logo finalizei meu banho, me enrolei na toalha e saí, quando estava prestes a me vestir ouço batidas desesperadas e a voz de Juliana na porta. Confesso que dessa vez o que tomou conta de mim foi raiva, ontem eu chorei e sofri tudo que tinha para chorar, não morri após perder minha mãe e não iria morrer por causa de uma noiva filha da puta que me corneou com um homem, esquecendo que estava só de toalha abri a porta e já fui “vomitando” a minha ira.

- Como ousa aparecer aqui depois de tudo? Como ousa procurar a Vanessa depois de ter me corneado? Como Juliana? – Eu sentia uma raiva me dominar de uma forma que nunca sentia antes.

- Rê amor, calma eu posso explicar. – Tinha lágrimas nos olhos e eu percebi o roxo que estava em seu olho esquerdo e o curativo em seu nariz, definitivamente Vanessa deu uma boa surra nela.

- EU SÓ POSSO ESTÁ TENDO UM PESADELO SÓ PODE. COMO AINDA TEM AUDÁCIA DE APARECER AQUI NO ESCRITÓRIO DA RENATA DEPOIS DE ONTEM? – Vanessa aparece nua e gritando, minha cabeça latejava de dor.

- O QUE ESSA LOUCA TÁ FAZENDO AQUI RENATA REIS? E AINDA POR CIMA NUA. – Juliana me olhava com ódio e quando fui responder Vanessa me corta.

- PASSAMOS A NOITE JUNTAS ALGUM PROBLEMA? – Falou partindo pra cima de Juliana e eu a segurei pela cintura.

- ENTÃO QUER DIZER QUE DE FATO VOCÊS NÃO SÃO SÓ AMIGAS, EU FUI BURRA, VOCÊ ME TRAIU COM ELA RENATA? – Mais uma vez ia responder, mas Vanessa me corta.

- ERRADO SUA BURRA, EU VIM ATRÁS DELA ONTEM E ME DECLAREI – Olhou nos olhos de Juliana e falou com aquela cara irônica e debochada quando queria irritar alguém. – Dei bem gostoso para ela e nossa... Perdi a conta de quantas vezes gozei na boca dessa mulher, obrigada por ter traído a MINHA Rê porque aí finalmente poderemos ficar juntas. – E eu minhas caras amigas estava com a mandíbula no chão tamanha a mentira ousada e deslavada da Vanessa, mas confesso que amei a cara de desacreditada da Juliana. Não satisfeita minha melhor amiga ainda da sua cartada final. – Espero que essa seja a ultima vez que procura por ela ou eu irei falar com meus amigos da federal e te dá um chá de evaporação. Ahhh e se for à delegacia prestar queixa procure a delegada Simone ela irá te ajudar. – Piscou para ela e me puxou para dentro do escritório, Vanessa é agente da federal e Juliana sempre teve certo receio com ela.

- Vanessa... – Chamei ainda passada com a cena que presenciei.

- Hum? – Respondeu indo em direção ao banheiro.

- Que merda foi essa que você fez?

Ela coloca a cabeça para fora do banheiro, nos encaramos por alguns segundos e desabamos a gargalhar e sim eu tenho a melhor amiga que alguém poderia ter.

 

Notas finais:

Bom, segundo capítulo, espero que gostem!

 

Beijos, beijos

 

Gee



Comentários


Nome: patty-321 (Assinado) · Data: 19/12/2020 02:05 · Para: Capitulo 2

Eita, 2 capítulos da loucura tá Boa demais.



Resposta do autor:

Olá Patty, que ótimo que está gostando. Aposto que irá gostar mais ainda com o passar dos capítulo rsrs!

 

Obrigada pelo carinho

 

Beijos, beijos

 

Gee



Nome: Rain (Assinado) · Data: 18/12/2020 19:25 · Para: Capitulo 2

Fazer xixi enquanto a outra toma a banho... É isso quer dar a intimidade demais com as amigas. Rsrsrsrsrsrs

Eu já amei a Vanessa. É uma que vai aprontar muito ainda. Rsrs

Abraço!



Resposta do autor:

O nível de intimidade delas é hard kkkkkk

Que ótimo que está gostando e tenho certeza que irá gostar ainda mais rsrs

obrigada pelo carinho

 

Beijos, beijos

 

Gee



Nome: Master (Assinado) · Data: 18/12/2020 18:04 · Para: Capitulo 2

Kkkkk mano essas meninas são demais.



Resposta do autor:

kkkk são duas loucas. Aposto que vai adorar mais um personagem já já entra na história rsrs

 

Beijos, beijos

 

Gee



Nome: Elizaross (Assinado) · Data: 17/12/2020 20:54 · Para: Capitulo 2

voltouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu....ebaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

 



Resposta do autor:

Oi Elizaross, voltei sim rsrs, dessa vez a história será postada por completo viu? Continua colada aqui rsrs

 

Beijos, beijos

 

Gee



Nome: Socorro de Souza (Assinado) · Data: 17/12/2020 12:53 · Para: Capitulo 2

Não Acredito que vc voltouuuu ..

Vou acompanhar certeza quero ver o desfecho do meu casal kkkk

vanessa e uma figura..

so 2 capítulos por semana tá pouco viu kk

abracos 



Resposta do autor:

Olá Socorro, voltei sim rsrs, estou postando 2 capítulos por semana pq minha vida anda bastante corrida, mas talvez em janeiro comece a postar 3 por semana tá?! Tudo vai depender da minha demanda de trabalho!

Fico muito feliz que esteja gostando é bem gratificante para mim!

 

Beijos, beijos

 

Gee



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.


Ou comente usando seu Facebook: