Apesar de ser lua cheia por Carol Barra

Imprimir Impressora

Sinopse:

Alexandra tem vinte e três anos e não gosta de responsabilidades. Tudo o que ela quer é continuar vivendo de bares, festas, boates, bebidas e mulheres.

Tentando adiar sua formatura em Letras e o dia em que terá de começar a trabalhar, Alex decide fazer também a habilitação de Licenciatura, mesmo sem o menor desejo de ser professora.

Ao começar a primeira matéria de educação, conhece Clara, que apesar de ser apenas dois anos mais velha que Alex, é muito responsável e diferente de qualquer pessoa que Alexandra já conheceu.

Clara tem crenças diferentes, trabalho diferente, amigos diferentes, alimentação diferente, visões de mundo diferentes.

Sentindo-se encantada por Clara e a vida que ela leva, Alex descobre coisas sobre si mesma que nem sabia que existiam.


Classificação: +18 [Comentários - 32] starstarstarstarstar
Categoria: Romances
Tipo: Original
Capítulos: 17 Completa: Sim
Palavras: 57434 Visualizações: 86187
Publicado em: 07/09/2015 Atualizado em: 07/09/2015


[Compartilhar no WhatsApp]

Precisa de ajuda para se cadastrar no Lettera, trocar a senha ou mudar o nome de usuário? Entre em contato





HISTÓRIA FINALIZADA HÁ 2208 DIAS



1. Ao abrir estas páginas, abra também o coração - Karina Dias por Carol Barra [Comentários - 4] starstarstarstarstar (287 palavras) - Postado em -

2. Prólogo: o meio no início por Carol Barra [Comentários - 0] (816 palavras) - Postado em -

3. Capítulo 1 – Tirar a calma pode ser trazer a paz por Carol Barra [Comentários - 0] (3420 palavras) - Postado em -

4. Capítulo 2 – Dúvidas que dominam por Carol Barra [Comentários - 2] starstarstarstarstar (1402 palavras) - Postado em -

5. Capítulo 3 – Causa primária de todas as coisas por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (2232 palavras) - Postado em -

6. Capítulo 4 – Curcuma longa é o açafrão-da-terra por Carol Barra [Comentários - 2] starstarstarstarstar (5993 palavras) - Postado em -

7. Capítulo 5 – O corpo humano também é arte por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (5955 palavras) - Postado em -

8. Capítulo 6 – As estrelas que andam se escondendo por aí por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (3145 palavras) - Postado em -

9. Capítulo 7 – Luz do sol em forma líquida por Carol Barra [Comentários - 2] starstarstarstarstar (2225 palavras) - Postado em -

10. Capítulo 8 – Meu amor é sinestesia e oxímoro por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (5000 palavras) - Postado em -

11. Capítulo 9 – Existe mesmo o tempo? por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (4115 palavras) - Postado em -

12. Capítulo 10 – O que pode ser mais fundamental que o amor? por Carol Barra [Comentários - 2] starstarstarstarstar (6708 palavras) - Postado em -

13. Capítulo 11 – Honrar pai e mãe é um dever por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (4556 palavras) - Postado em -

14. Capítulo 12 – Sou o “Eu” ou sou o “Ego”? por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (5040 palavras) - Postado em -

15. Capítulo 13 – Primaveras por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (3361 palavras) - Postado em -

16. Capítulo 14 – Caminhos Bons por Carol Barra [Comentários - 1] starstarstarstarstar (1254 palavras) - Postado em -

17. Epílogo – Multiplicando corações por Carol Barra [Comentários - 11] starstarstarstar (1925 palavras) - Postado em -


Deixe seu comentário sobre a história usando seu Facebook: