Voltas que a vida dá! por Gee


[Comentários - 42]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Logo após o ocorrido com Juliana fomos para o apartamento de Vanessa passar o dia por lá, iria dar um tempo no trabalho, poderia me dar esse luxo, afinal vinha trabalhando todos os dias durante um ano e meio para poder ter dinheiro o suficiente para comprar o apartamento dos sonhos de Juliana e agora que não iria comprar porra de apartamento nenhum tinha uma boa grana para tirar umas férias.

- Não vai retornar a mensagem da tal Cláudia? – Perguntou Vanessa se jogando ao meu lado na cama.

- Não quero me envolver com ninguém agora Vanessa. E mais estamos juntas esqueceu? – Falei jogando um travesseiro nela e rindo.

- Larga de ser convencida Renata, a menina pode ter ficado preocupada com você e quer ser sua amiga. Manda uma mensagem para ela agradecendo a preocupação, cria um vinculo de amizade com outra pessoa, mas ela não pode ser mais sua amiga que eu. E bom, foi só sexo, não quero mais nada com você! – Devolveu o travesseiro rindo.

Peguei o meu celular pessoal, salvei o numero daquela ruivinha ousada e mandei uma mensagem em seu WhatsApp.

“Boa tarde Claudia, gostaria de me desculpar com você por não ter respondido ontem, como deve imaginar minha noite não foi nada agradável. Bom, esse é o meu número pessoal e eu me chamo Renata, obrigada pela preocupação.”

- Pois então Van, ainda quer morar comigo? – Perguntei olhando para ela com meu olhar brilhante.

- Claro Rê, não precisa me olhar desse jeito. – Sorriu. – Já vi que não posso te deixar sozinha e só para você saber sua próxima pretendente terá que me pedir antes.

- Sim senhora. – Sorri. – Estava pensando em voltar a morar na casa que morei com a mamãe.

- Tem certeza? Quer mesmo voltar para lá? – Me perguntou espantada e até entendo, era doloroso ficar lá com todas as lembranças da minha mãe, mas estava mais que na hora de ocupar a casa que minha mãe me deixou.

- Tenho sim, vai ser bom para recomeçar e sem contar que nós duas iremos economizar com aluguel e quem sabe assim consigo comprar um carrão igual a um dos seus. – Falou rindo.

- Então está decidido, porém vamos pensar nisso direito só segunda, pois hoje não, iremos descansar porque mais tarde iremos dançar e beber um pouco. Comemorar sua solterisse!

- Não quero sair! – Fiz bico.

- Mas vai. Agora dorme que precisaremos para aguentar a noitada e você vai me agradecer depois.

Vanessa deitou de costas para mim e eu fiquei olhando o teto, pensando no rumo que minha vida estava tomando, senti uma saudade de minha mãe, queria tanto o colo dela. Olhei para o lado e sorri, realmente tinha sorte em ter Vanessa como amiga. Estava divagando quando meu celular deu sinal de vida.

- “Então quer dizer que você tem dois números? Hum, devo ficar feliz por ter os dois números? Posso imaginar Renata como deve ter sido difícil ontem, mas, como você está hoje?”

- “Agradeço a preocupação moça, estou bem melhor sim, tenho uma amiga maravilhosa que não me deixou ficar na bad por muito tempo rsrs”

- “Fico feliz que esteja bem. Fiquei preocupada com você, certo que não te conheço, mas traição é complicado e ainda mais flagrar, deve ser a maior barra. Mas enfim, vamos falar de coisas boas. Sei que pode parecer estranho, mas hoje à noite estou indo com meu amigo para uma casa noturna dançar um pouco... Gostaria de ir? Pode chamar a sua amiga também.”

Pensei por alguns instantes e já que iria sair com Vanessa decidi que seria legal encontrar aquela garota de novo e ter uma conversa de verdade, socializar, ter novos amigos como Vanessa sugeriu.

- “Não iria sair, mas minha amiga vai me arrastar para dançar então podemos nos encontrar, vou confirmar com ela e te dou um retorno. Mas desde já seria que horas e qual o local?”

- “Iremos a casa noturna Star’s por voltas das 23:00hrs nos encontramos por lá então?”

- “Não te garanto ficar, pois Vanessa é hetero e a star’s não é bem um lugar que ela goste kkk”

- “ Se servir de incentivo, meu amigo é hetero e solteiro e cá pra nós, lindo kkkk”

- “Argumento perfeito. Nos vemos lá então kkk”

Sorri involuntariamente e como não iria conseguir dormir resolvi falar a novidade para Vanessa.

- Van... Meu amor, tá dormindo? – Falei abraçando ela e ficamos de conchinha.

- O que você quer? Me deixa dormir um pouco Renata Reis. – Resmungou. – Mas não solta não, tá gostoso assim. – Riu.

- Arrumei um boy para você! – Vanessa se virou e me olhou sorrindo.

- Sou toda ouvidos.

- Mas é muito safada mesmo, não estava querendo dormir?

- Fala logo, quem é ele?

- Bom, começarei do começo, estava conversando com a Claudia e ela nos convidou para ir dançar na Star’s hoje. – Expliquei que você é hetero e ela falou que o amigo dela também é e eu confirmei nossa ida. Às 23:00hrs estaremos lá na Star’s.

- Perfeito, agora irei para meu ritual de beleza. – Saiu saltitante da cama indo em direção ao banheiro.

- Não iria dormir? – Perguntei irônica.

- Dormir só amanhã querida. Vai em casa e trás algumas roupas para cá irei te ajudar a se vestir.

- Mas eu sei me vestir Vanessa Alves.

- Eu sei, mas capaz de usar aquela jaqueta que a embuste da Juliana te deu. Então quero participar dessa produção. Você tem que no mínimo deixar a Claudia babando.

- Já disse que não quero me envolver.

- Falei para deixar ela babando e não casar com ela. Anda, vai em casa  e volta logo. Já são 16:00hrs e você ainda vai preparar o jantar!

Fui para casa com o volume do som no máximo, não queria deixar meus pensamentos vagarem para a noite anterior ou para os planos que fiz com Juliana. Juliana a mulher que eu mais amei, a mulher que mais me machucou, analisando um pouco ela deu todos os sinais de traição eu que não vi, mas como ela pode mentir tanto? Como? E olha lá eu pensando nessa criatura de novo, então resolvo cantar junto do Alan Walker - Faded

You were the shadow to my light
Did you feel us
Another start
You fade away
Afraid our aim is out of sight
Wanna see us Alive

Where are you now
Where are you now
Where are you now
Was it all in my fantasy
Where are you now
Were you only imaginary
Where are you now

Atlantis
Under the sea
Under the sea
Where are you now
Another dream
The monsters running wild inside of me

I'm faded
I'm faded
So lost
I'm faded
I'm faded
So lost
I'm faded

These shallow waters, never met
What I needed
I'm letting go
A deeper dive
Eternal silence of the sea
I'm breathing
Alive.

Ao parar no sinal aos gritos olho para meu lado esquerdo e vejo um casal me encarando e rindo no carro ao lado, sabe o Chaves quando tem aquele piripaque? Foi tipo eu, mochei, fiquei toda tímida. Coloquei a mão para cobrir o rosto e não satisfeita com minha vergonha, antes do homem arrancar com o carro assim que o sinal abriu a mulher grita “Você não canta bem moça, mas o importante é ser feliz”. Eu realmente queria que o meu carrinho virasse um transformer e sumisse no infinito e além.

Passada a vergonha, resolvi mudar a playlits das musicas para não correr o risco de protagonizar mais um show desses e o que a bonita aqui decide ouvir? Black eyed Peas, My Humps, afinal além de está tentando mudar o foco do pensando da minha noiva traidora era sábado e eu estava animada com a ideia de ir dançar com a gata ruiva... Aliás, ir dançar, apenas, mas queria já beber então fui em direção a um supermercado para comprar bebida e começar assim que chegasse à casa de Vanessa, iriamos de uber óbvio. Entro no estacionamento cantarolando baixinho a música, estaciono estrategicamente próximo a entrada, desci e mandei uma mensagem para Vanessa sobre o que comprar já sabendo sua resposta mas queria confirmar. Desci do carro e ainda embalada por Fergie começo a dançar e cantar e assim que me viro para ir comprar nosso absolut dou de cara com Claudia e um rapaz bonitão, com a barba um pouco grande, cabelo preso estilo samurai. Sabe quando você quer se desmaterializar ou deseja ser a Minerva do Harry Potter e se transformar em um gato e sair correndo? Bom, esse foi meu maior sentimento. Aí você deve está aí pensando “Mas poxa Renata, como tu acaba de passar vergonha e não satisfeita vai cantar e dançar no estacionamento de um supermercado e ainda bem na entrada?”, parem de me julgar, quem nunca pagou mico que atire a primeira pedra e eu precisava me animar, não é porque fui traída que iria continuar deixando Juliana me deixar na merda, como disse não morri quando minha querida mãe faleceu não seria essa mulher que me deixaria assim. Mas porra universo, tanta gente no mundo tinha quer ser logo a Claudia a me ver assim?

- Hããn... Oi Claudia... - Falei morta de vergonha e ela sorrindo.

- Oi Renata, que surpresa. E que bom te ver animada. – Veio me cumprimentar com dois beijinhos. – Esse é o Marcelo, meu amigo, aquele que te falei hoje cedo. – Não bastava pagar mico para esse mulher linda, tinha que pagar mico para o amigo dela que parecia um lenhador, mas era muito lindo, Vanessa iria pirar quando visse esse homão.

- Oi Renata, prazer. Claudia vem me falando muito de você e de uma amiga que você tem. –sorriu de forma sedutora e eu comecei a rir.

- Prazer Marcelo, logo mais irá conhecer minha amiga Vanessa. Vim ao mercado comprar uma vodca para fazer um esquente antes.

- Sério? Também tivemos essa ideia, poderíamos nos encontrar um pouco antes o que acham? – Convidou Marcelo, pois Claudia estava parada me encarando e eu morta de vergonha ainda.

- Acho ótimo! – Sorriu Claudia.

- Por mim tudo bem. Vou em casa pegar umas roupas e volto para o apartamento da Vanessa, vocês podem ir para lá as 20:00hrs. Claudia te mando a localização assim que chegar lá, pode ser?

- Claro. Bom vamos indo se não a Cinderela aqui do meu lado não fica pronta a tempo! – Marcelo fala vindo me dar um abraço. – Até já então Renata, foi um prazer.

- Até já Marcelo. – Fui em direção a Claudia e a abracei, sentir o cheiro dela me deixou arrepiada. – Até já Claudia.

Ela não falou nada apenas balançou a cabeça e sorriu, quando estava indo subir as escadas para entrar no supermercado Marcelo grita de longe rindo.

- RENATA, VOCÊ DANÇA BEM, MAS CANTA MUITO MAL.

Bom, voltei a ficar com vergonha e corri apressada para dentro do supermercado e ir logo para o apartamento de Vanessa.

 

Notas finais:

Mais um capítulo meninas. Agredeço o carinho que estão tendo comigo e espero que continuem comigo e princiapalmente gostando dessa história que tenho um carinho especial!

 

Beijos, beijos

 

Gee



Comentários


Nome: maktube (Assinado) · Data: 29/11/2021 14:56 · Para: Capitulo 3

Adoro uma referência a minha saga preferida HP. ??

Mas olha que a Cláudia quer mesmo consolar a corna,kk



Resposta do autor:

Hahaha sim, HP referência na vida e na arte! 



Nome: Rain (Assinado) · Data: 29/12/2020 22:44 · Para: Capitulo 3

Olá!

Rsrs Renata passou muito vergonha, mas é isso gente, cantando ruim ou não o importante é ser feliz. 

Eu estou gostando muito autora. Vamos para o próximo.

Inté



Resposta do autor:

Ola Rain, que bom que esta gostando. Renata não pode ver uma vergonha que ja quer passar kkkkkk

 



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.


Ou comente usando seu Facebook: