Tarde por DeboraSouto
Summary:

As vezes é tarde


Categoria: Cronicas Characters: Original
Challenges:
Series: Nenhum
CapĂ­tulos: 1 Completa: Sim Palavras: 66 Leituras: 288 Publicada: 02/08/2016 Atualizada: 02/08/2016

1. Tarde por DeboraSouto

Tarde por DeboraSouto
Notas do autor:

Ai de quem amou,

ai de quem não.

Mas, bem mais que nos outros dois casos,

ai de quem descobriu que amava

quando ja era tarde demais,

quando já era hora de não mais amar.

Não tenta,

não tem,

nem vem,

não faz a linha.

Não faz alarde, ladainha.

Amor covarde, amor muito tarde,

ja não dá, nao vai dar pra salvar,

amor definha.

 

Ai de quem amou,

ai de quem não.

Mas, bem mais que nos outros dois casos,

ai de quem descobriu que amava

quando ja era tarde demais,

quando já era hora de não mais amar.

Não tenta,

não tem,

nem vem,

não faz a linha.

Não faz alarde, ladainha.

Amor covarde, amor muito tarde,

ja não dá, nao vai dar pra salvar,

amor definha.

 

Notas finais:

Poema da tarde, sobre ser tarde, quando é tarde, não quando não é, mas geralmente é e no poema era tarde. Boa Tarde pra vocês.

Esta história está arquivada em http://www.projetolettera.com.br/viewstory.php?sid=736