Comentários para Confusa certeza

Nome: Poeta_da_Noite (Assinado) · Data: 12/05/2016 22:57 · Para: Capítulo 1

Quando as palavras não são ditas, as acções deixam de ter reações, o nosso castelo que pensavamos ser de pedra começa a ser levado pelas àguas salgadas que brotam do nosso olhar... O céu deixa de ser estrelado dando lugar às tempestosas nuvens dos nossos medos... A temperatura deixa de ser amena na nossa convivência... Quando a duvida se instala, e não existe espelho que reflita a sua verdade... Perdemo-nos nas incertezas... 

Faça ao ler o que escreveste foi isto q senti...

Adoro o que escreves



Resposta do autor em 14/05/2016:

 

Poeta da Noite, o seu comentário já é uma poesia. Tu captou bem o q escrevi. E de forma tão bela. Obrigada!! Que maravilha saber q adoras o q escrevo! Eu também adoro o q tu escreves.

 



Nome: Honey (Assinado) · Data: 23/01/2016 06:30 · Para: Capítulo 1
O Não Sei, a dúvida eterna... De repente às 3:20 da madrugada, me pego a ler esse poema, que sinceramente diz muito de toda gente.... Não sei o que dizer, apenas Não sei... Parabéns escreve muito bem! :)

Resposta do autor em 23/01/2016:

 

Oi, Honey! Muito obrigada!!! :)



Nome: Catarina (Assinado) · Data: 08/01/2016 17:22 · Para: Capítulo 1

Maravilhoso! Amei. Esses sentimentos todos até eu senti. Você tem talento.



Resposta do autor em 08/01/2016:

 

Fico muito feliz, Catarina, que tenhas gostado tanto!! Obrigada pelo comentário e por favoritar!!



Nome: Gina (Assinado) · Data: 08/01/2016 13:52 · Para: Capítulo 1

Simplesmente...lindo!



Resposta do autor em 08/01/2016:

 

Obrigada, Gina!!! :) Que bom que gostou!



Nome: vanita (Assinado) · Data: 08/01/2016 04:10 · Para: Capítulo 1

Deixando a namorada de lado, quero comentar que mais uma vez a sua sensibilidade está exposta nesse poema. Todo aquele turbilhão de sentimento que nos acomete diante de sentimentos novos, está todo detalhado aqui de maneira brilhante. Uma hora ama, outra hora não sabe mais;  o amor alimenta a coragem, ao mesmo tempo,  o sentimento novo a amedronta; é tanto sentimento junto, a cabeça vai a mil...afinal,  era tão mais fácil quando a gente só tinha que lidar com nós mesmos, não é verdade?!

E agora, não é mais só a gente, agora tem mais alguém, e fica mais difícil lidar com isso, mas ao mesmo tempo a vida passa a fazer bem mais sentido.

 

Seu talento me causa admiração ao mesmo tempo que  me emociona. Sempre.

 

Parabéns!!!!!!!!



Resposta do autor em 08/01/2016:

 

Hummm, que comentário bonito!! É tão bom que consigas enxergar a minha sensibilidade, que tenhas sentido tudo isso com o poema. Obrigada pelas enaltecedoras palavras, mor!!

 

O amor traz consigo diversos sentimentos, diversas sensações. É frustrante pensar que não se tem a mesma entrega da pessoa amada, são alguns momentos pelos quais passamos, que, às vezes, temos esta impressão.

 

Quando se está sozinho, se tem que lidar consigo mesmo, quando se está a dois, é preciso lidar consigo e com o outro. Não é uma tarefa fácil, pois geramos muitas expectativas um no outro. Estamos sempre exigindo e esquecemos que o outro é um indivíduo que tem suas próprias vontades, seu tempo, seu jeito, sua percepção...enfim

 

Obrigada pelo comentário, mor! Achei muito bonito o que tu escreveu sobre o amor alimentar a coragem. Lindo!



Nome: Ana_Clara (Assinado) · Data: 07/01/2016 19:30 · Para: Capítulo 1

Esse sentimento de querer, de ter, de amar e de não saber se essa pessoa é a 'escolhida' realmente é confuso. Quem já não viveu isso? 



Resposta do autor em 07/01/2016:

 

Obrigada por ler, comentar e favoritar! Talvez quase todo mundo já viveu uma situação assim, em algum momento pensou que estava se entregando mais do que a outra pessoa, talvez possa ter sido verdade, talvez tenha sido impressão.



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.