Quem nunca experimentou as máscaras que a vida lhes apresenta? Júlia faz uso de algumas , talvez, desvencilhar-se de, ao menos, uma, possa ser mais complexo do que se pensa. Sobretudo quando um coração que já foi muito magoado no centro do seu zelo.

  • Romances - Original
  • 4
  • Sim
  • 1469
  • 490
  • 18/06/2021

Às vésperas do seu trigésimo aniversário, em meio a pandemia, que mudou em muitos aspectos sua vida, uma moça registra fatos marcantes que contribuíram - em sua percepção- para a composição de seus pensamentos, personalidade e maneira de viver a vida. A trajetória de sua vida é marcada por acontecimentos importantes e, com sua peculiar forma de se expressar, ela irá discorrer sobre alguns deles.

Avisos: Gatilhos emocionais, palavras chulas e política.

Se é sensível aos temas, não Leia.

Se você ignorar o aviso, é tu por ti mesmo. 

Não pagamos psicoterapia.

  • Romances - Original
  • 12
  • Sim
  • 8379
  • 4762
  • 22/11/2020

 O Conto Multi Autoral será algo bastante desafiador: teremos a definição de personagens, características e um START (início). Depois disso as autoras deverão dar continuidade a estória, lembrando de deixar uma possibilidade de continuidade para a próxima.

Cada autora fará um capítulo SOZINHA, mas a estória será em CONJUNTO.

UM COMEÇO...

A estória começa nas férias escolares. Mostra um pouco das personagens Bruna e Amanda. Duas garotas iniciando a faculdade e que precisam superar todos os desafios dessa época tão complexa. Namoros, descoberta de sexualidade, mais namoros, conflitos familiares... Encontraremos de tudo um pouco nessa que promete ser uma grande AVENTURA.

 

  • Romances - Original
  • 22
  • Não
  • 69082
  • 14475
  • 19/05/2020

Um baile de máscaras pode trazer muitas surpresas e um possível amor.

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 1027
  • 477
  • 25/02/2020

Em meio a festejos, eis que surgem os sinais de encantamento através de uma dança. E os olhos acompanham o baile até onde tentar sublimar as sensações e sentimentos é tolerável. 

  • Contos - Fanfic
  • 1
  • Sim
  • 350
  • 356
  • 30/10/2019

"Quando um milênio completar, aquela que injustamente pagou, enfim, irá retornar. Trará luz e trevas em seu caminho, mas apenas um lado prevalecerá. A criança terá a marca da Deusa Mãe tatuada em seu corpo assim como a sina em sua alma. O sangue será a maldição e também a cura…"

  • Contos - Fanfic
  • 1
  • Sim
  • 1730
  • 325
  • 23/09/2019

O encanto entre pessoas se dá de formas distintas umas das outras. O que para algumas é um momento para ser eternizado, para outras é motivo de esquecimento. Ana Tayó'Nilè é uma renomada escritora luso-africana naturalizada no Brasil e tem por paixão literária as comédias tendo escrito algumas. Giuliana Vanolli, ítalo-brasileira, artista plástica e pintora é fascinada pelos livros de Ana e justamente quando seu casamento de dez anos entra em crise ela tem a oportunidade de conhecer sua musa. E o encanto se faz. Ana não quer ser uma "destruidora de lares" e está disposta a abdicar desse sentimento, Giuliana vai tentar convencê-la a lutar por ele. A eterna batalha entre razão e emoção. 

Contém cenas descritas sobre sexo e violência. Sensiveis aos temas, não leiam.


Grata

NR

  • Romances - Original
  • 20
  • Não
  • 21820
  • 10025
  • 19/07/2019

Na música, a organização dos elementos, a função de cada instrumento e a preparação de uma composição musical para a execução por um grupo específico de vozes ou instrumentos musicais é denominado arranjo.  A vida é uma complexa combinação de arranjos e harmonias onde não se permite ensaios para obter a perfeição. Cada um é responsável pelo seu tom, porém nem sempre o espetáculo encerra-se da maneira esperada e cabe aos musicistas a criação de novos arranjos. Helena viu seu casamento, uma harmonização perfeita, desafinar após doze anos e vê a possibilidade de um novo arranjo, agora solo. Mas assim como letra e melodia, ela sente-se conectada ao seu antigo amor. 

  • Romances - Original
  • 12
  • Não
  • 10552
  • 8343
  • 16/07/2019

Em meio a devaneios, ela chora a saudade.

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 259
  • 308
  • 17/05/2019

Um objeto misterioso é a chave para uma mina.

  • Desafios - Fanfic
  • 4
  • Sim
  • 3844
  • 1226
  • 24/04/2019

Em uma noite de chuva, ela pegou o papel, olhou uma última vez para a cama e deu vazão aos sentimentos nutridos por anos. 

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 627
  • 225
  • 04/04/2019

Alguns dias da semana, Nice preferia passar na residência de sua noiva, principalmente as quartas-feiras, quando elas escolhiam juntas a programação sempre após o jantar. Mas não há nada melhor do que quebrar uma rotina.

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 558
  • 686
  • 28/02/2019

Um presente inesquecivel.

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 417
  • 771
  • 23/07/2018

Tatiana e Soraya trilharam caminhos diferentes e sinuosos para se encontrarem. As coisas só acontecem no momento predestinado.

  • Desafios - Original
  • 1
  • Sim
  • 438
  • 744
  • 01/06/2018

Em um passe de mágica, tudo que estava em bases sólidas pode ruir e o que nos restará? O remorso do "e se" ou a felicidade em saber que tentou? Tatiana precisa decidir se dará uma chance aos seus sentimentos antes que seja tarde.

  • Desafios - Original
  • 1
  • Sim
  • 950
  • 819
  • 22/05/2018

Depois de muito protelar, era chegada a hora de uma conversa. Era isso que pensava enquanto se dirigia para a casa da outra. Estava entregue aos astros.

  • Desafios - Original
  • 1
  • Sim
  • 334
  • 304
  • 13/05/2018

No reflexo que a janela proporcionava de seus olhos castanhos, tentava enxergar a si mesma em meio a um emaranhado de confusões.

  • Desafios - Original
  • 1
  • Sim
  • 223
  • 435
  • 07/05/2018

Uma cabana desabitada e caindo aos pedaços descoberta por acaso por algumas crianças e adolescentes pode ser o cenário de muitas encontros e revelações de amores quase platônicos.

 

 

 

 

 

Contem cenas de sexo explicito entre pessoas do mesmo sexo.

Sensíveis ao tema não há a obrigatoriedade da leitura.

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 1250
  • 1280
  • 20/07/2017

 


Um presente sempre deixa um sorriso no rosto de  quem o recebe, ainda mais quando foi ofertado por aquela pessoa especial. Mas justamente no dia em que deveria estar de posse desse presente, ele sumiu. E agora? 

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 1237
  • 687
  • 19/10/2016

Quando já não há mais esperanças sobra-lhe apenas uma coisa a fazer, escrever.

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 588
  • 453
  • 25/08/2016

Um convite para uma apresentação de dança de uma amiga e muitas surpresas resrvadas, quem sabe um novo e louco amor.

Créditos da imagem: Google

 

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 924
  • 1152
  • 11/07/2016

Duas pessoas podem odiar-se tanto sem algum motivo consistente ou aquele ódio é apenas o disfarce para algo mais profundo? O coração poderia enganar-se ou será que a razão as impedia de enxergar o que sempre esteve diante de seus olhos?

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 1559
  • 3961
  • 04/07/2016

Algumas pessoas nascem destinadas a encontrarem sua outra metade, sua complementação. Umas as encontram e outras passam a vida inteira a procurar. E se alguém tivesse inúmeras oportunidades de encontrá-la seria possível perde-la tantas vezes?

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 2295
  • 679
  • 01/05/2016

...Depois de dez minutos tentando abrir os olhos, a água gelada do chuveiro se fazia ouvir. Agora sim, Selena poderia dizer que acordou...

ESSA ESTÓRIA FAZ MENÇÃO DE FORMA SUPERFICIAL A ASSEDIO MORAL.

  • Romances - Original
  • 2
  • Sim
  • 5624
  • 2829
  • 22/04/2016

Por detrás das retinas um mundo de sonhos...

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 47
  • 552
  • 18/04/2016

Uma serie de pensamentos transformados em textos aliados a boa musica.

  • Cronicas - Original
  • 3
  • Sim
  • 403
  • 1961
  • 09/03/2016

Quem nunca sofreu de um bloqueio de ideias que atire o primeiro romance completo. Brincadeira, viu?! Não levem tão a serio... 

  • Cronicas - Original
  • 1
  • Sim
  • 384
  • 1074
  • 19/01/2016

Foram tantas as professoras que passaram pela minha vida, não só acadêmica. Cada pessoa que passa em nossa vida nos ensina algo... 

  • Cronicas - Original
  • 1
  • Sim
  • 341
  • 1052
  • 15/10/2015

A vida é feita de escolhas. Quando avançamos, inevitavelmente algo fica para trás. Peço que, por favor, não me procure. Mudarei de numero e os poucos a quem darei meu paradeiro não estão autorizados a informar-lhe...

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 968
  • 633
  • 17/09/2015

Deixando sua cama vazia 
Pela estrada sigo 
Adiante, sozinha...

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 103
  • 553
  • 16/09/2015

A vida é tão curta, única e preciosa. Creio que não valha a pena perder momentos que poderiam ser de felicidade com dissabores exceto aqueles que somos obrigados a vivenciar. Sei também que nem tudo são flores, mas cabe a nós deixar a vida leve...

  • Cronicas - Original
  • 2
  • Sim
  • 1493
  • 1356
  • 16/09/2015

Na lâmina de um nobre metal
O sangue recém-derramado
Um crime foi cometido
Por um coração magoado...

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 92
  • 628
  • 12/09/2015

Sinto meu coração disparado de tal forma a parecer que quem estiver a metros de distancia poderá ouvi-lo. Sempre que a vejo não consigo controlar as reações do meu corpo. Com apenas um olhar ela me domina, me controla e o pior é que gosto dessa sensação masoquista...

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 766
  • 1348
  • 12/09/2015

Uma linda cigana foi capturada pelo meu olhar
Dançando em meio ao seu povo
Um sorriso enigmático no rosto...

  • Poemas - Original
  • 1
  • Não
  • 133
  • 1078
  • 10/09/2015

Por ArvoreDaVida

  • 08/07/2021
  • Comecei e terminei essa história na madrugada. Entretanto não tive como tecer algum comentário devido ao emaranhado de sentimentos. No fim, Inês e Cristina esbarraram com o mal que povoa o mundo; o preconceito. A ignorância. 

    Texto belíssimo. 

    Final doloroso, porém real. E ainda assim, bonito. 

    Parabéns!

    Pelo pouco que já li escrito por vossas mãos, pressinto que a cada texto que lançares, serei inundada de sensações. 

    Resposta do autor:

    Inês e Cristina, sobretudo essa última, sofreram um bocado e, de fato, pelos motivos que você elencou. Adorei demais escrever essa história, ainda que com um final tão amargo e, como você disse, real.

    Nay, saiba que você é um amor! Obrigada mesmo pelas palavras e por ter tirado parte da sua madrugada para ler minha historinha <3

    Pretendo em breve começar a atualizar mais aqui na platafoma e espero que você goste dos próximos trabalhos também :)

    Um beijo,
    Madalena Lenares

Por Anna Hart

  • 08/07/2021
  • Realmente!

    A foto ficaria perfeita. 

    Capturar um pecado a olhos vistos e trazê -lo a luz com sensibilidade é raro.

    Resposta do autor:

    Oi Nay!

    Com certeza iria ser uma bela foto! Pena que essa imagem só exista agora na mente da Mia rsrrs.

    Obrigada pelo comentário.

    Beijos.

Por Ellen_Neves

  • 08/02/2021
  • Estreia com gosto de quero mais. 

    A pior prisão é o medo. A inautenticidade traz infelicidade, adoece o corpo e a alma. É perceptível na fala de Miriam que, por mais demorada que seja, essa sensação de liberdade foi muito aguardada e, embora hajam mudanças drásticas em alguns setores da vida dela e da filha, cada conquista terá um sabor único. 

    Seria interessante esse reencontro? Seria. Mas quem sabe elas não voltem através de tão belas palavras, em um dia qualquer. 


    Bem vinda!

    Agradeço tão singular texto. 


    NR.

Por Patty Shepard

  • 03/09/2020
  • Valei-me, minha Nossa Senhora das Sapatão Entediada!

    Nunca li um capítulo com gosto iguala esse. A demora é longa, mas quando vem atualização é um eletrocardiograma gratuito e nem é pelo SUS. 

    Falando em saúde, cuidar direitinho, autora. 

    Melhoras!


    NR

Por Rosa Maria

  • 19/06/2020
  • Olha que engraçado! 

    Eu já havia lido esse conto e o achado muy caliente. 

    A fluidez do texto nos convida a assistir ou talvez querer uma massagem dessas. 

    Resposta do autor:

    Nay....bom saber que gostou e comentou muito obrigada... depois desse me empolguei e escrevi outros também... Kkkkkkk

    Beijo

    Rosa 🌹

Por Patty Shepard

  • 02/06/2020
  • U-A-U! 

    Nem me incomodo com a demora depois de um mega capítulo desse com direito a todas as emoções e um final esperado e, há muito, aguardado.

    Não aei nem meu nome depois dessa enxurrada de sensações. 

    Maravilhoso! 

Por Patty Shepard

  • 30/09/2019
  • Bem vinda de volta!

    Torta de limão no almoço com a sogra é uma maravilha. Mia ainda vai penar com Helena e seus traumas. Tudo o que a artista plástica é hoje foi construído pós tragédias. E haverão momentos como a reação de Helena aos gritos da Designer que ela terá de segurar a barra de gostar da outra. Helena indo ao terapeuta?! Sei.

    Ps: Por que só twitter?! Tem rede menos complicada não? 

    Ps1: Somos humanos, autora. No dia em que não houverem merdas/problemas/imprevistos significa que o mundo deixou de ser mundo. 


    Até breve! 

Por FoxyLady

  • 24/07/2019
  • Valei-me, Nossa Senhora das Vigas! Mantenha-me de pé depois desse texto. 

    Resposta do autor:

    Haha como diz uma amiga: de onde veio esse...tem mais. Obrigada guria :)

Por Ana Formighieri

  • 21/05/2019
  • Moça, muito bom esse enredo. Curti bastante e estou no aguardo do desfecho.

    Resposta do autor:

    Ola Nay, que bom que gostou... Pretendo dar sequência em breve, mas estou com alguns compromissos de escrita acadêmica, envios de artigo para revistas estas coisas, então preciso terminar isso pra poder dar sequência bos dois contos que coloquei no site, mas calma que logo logo teremos novidades aqui.

    Beijos e muito obrigada pelo retorno.

    Ana

Por Cristiane Schwinden

Por Cristiane Schwinden

Por Patty Shepard

  • 06/04/2019
  • Hola, moça.


    Com relação a demora, abstenho-me de comentários, pois o tempo é impreciso, a vida tem seus imprevistos e meu telhado é de vidro. Com relação ao almoço de Mia e Helena que, posteriormente findou em uma "aula de sustentação de parede" foi agradável e gostoso. A conversa com Hernando foi bem franca(inclusive também gosto qie lavem meus cabelos e se ela o emprestar agradeço rsrs). A interação entre mensagens e troca de informações sobre fetiche foi... Mas a Mascarada reaparecer foi sensacional. Em todos os ambientes sempre tem um espertinho. A Mia não está sabendo lidar com a atração entre elas e com o ciúme. Ela se encantou pela artista plástica de vida sofrida que é espontânea, cozinha divinamente e outras qualidades. Mas esqueceu que é a mesm Helena dançarina de boate. Pior, em meio aos sentimentos egoístas, esqueceu os motivos que a levam a dançar. E vê-la naquele palco foi um choque e tanto. É compreensível. Nesse momento acaba toda a pose de adulto centrado e os sentimentos sobressaltam. Elas precisam conversar, mas creio que o restaurante da Vera não é um bom lugar. 

    Não demore tanto.


    Ps: Não tenho Twitter. Vale email?!

    Resposta do autor:

    Olá, Nay!

    Que bom que entende o problema da demora, fico tranquila por isso. 

    Hernando sempre sendo maravilhoso e quem não gosta de um bom cafuné, sendo lavando os cabelos ou não, não é mesmo? 

    Haverão muitas trocas de mensagens ainda! Assim consigo mostrar fácil como a intimidade das duas vai crescendo cada vez mais. 

    Na verdade o que a Mia sentiu naquele momento não foi ciúmes, a Mia ainda não chegou na fase de sentir ciúmes da Helena, mas quando chegar... Olha, posso dizer que Mia é extremamente ciumenta. 

    E eu prometo que realmente vou tentar não demorar, aproveitarei o feriado para escrever o máximo que eu conseguir, quem sabe eu não consiga terminar o capítulo? 

Por Patty Shepard

  • 29/01/2019
  • Esss duas tem um jeito peculiar de demonstrar cordialidade. Bem vinda de volta.

  • 17/01/2019
  • Caramba!

    Voltastes com revelações. 

    Melhor maneira de retornar.

    NR

    Resposta do autor:

    Oi Nay!!

    Revelações necessárias kkkk vamos aguardar os próximos capítulos. O próximo capítulo já está pronto, pretendo postar logo.

    Obrigada por seu comentário!

    Bjs!

Por Patty Shepard

  • 14/10/2018
  • Hola!

    Aceito o pedido de desculpas porque passei por isso recentemente e surtei por ser duas semabas de prova com enxaqueca. Como, autor, você termina o capítulo dessa form tão caliente e má intencionada?

    Isso não se faz. Sofro de ansiedade literária aguda e a abstinência é punk. Alguns dos sintomas são: unhas roídas, sudorese nas mãos, desejo por chocolate e visualização por segundo do aparelho a espera de notícias. 

    Por gentileza, não mate-me nessa espera. 

    Bjinhos.

    Resposta do autor:

    Ah, então você entende muito bem pelo o que eu passei! hahahahaha E juro que não foi exatamente a intenção terminar o capítulo dessa forma, foi mais por uma boa causa! Eu compensarei no próximo capítulo, prometo. 

    hahahahahahaha, aquieta essa ansiedade literária e pensa que no próximo capítulo eu vou compensar as unhas roídas, a sudorese, o desejo por chocolate... Bom, os chocolates você pode me doar.

Por Rose SaintClair

  • 03/10/2018
  • Bem que você me disse que sua escrita era na base da zueira.

    Não me lembro de rir tanto.

    Gostei.

    Continue assim, idosa do cabelo rosa. 

    Resposta do autor:

    MAZOOOOOOOOOOOOLHAAAAAAAA que honra ter vc por aqui menina <3

    Aqui é riso garantido! Se abanque, fique a vontade visse hehehhe

    beijao

Por mcassolwriter

  • 26/09/2018
  • Eu não sei o que é pior. A doença em si ou o sofrimento do casal.

    Resposta do autor:

    Situacao horrivel mesmo, mas sempre é pior pra quem fica ???? Obrigada por ler Nay!

Por Satinne

  • 16/09/2018
  • Cara Madame Satinne,


    Decerto, eu deveria fazer esse comentário no último desafio, porém não sou das pessoas mais organizadas cronologicamente, logo vai ser nesse mesmo.

    Sou das pessoas que tem certa afinidade com o mistério e as cartas e seus enigmas aguçaram-me a curiosidade. A estória foi bem construida, e se puder me conceder um desejo, gostaria de ler a versão estendida deste texto.


    Atenciosamente


    NR

    Resposta do autor:

    Fico lisonjeada, rsrs

    Eu te mando, sim. Só precisarei dar uma revisada primeiro, rsrsrs

    Mas eu mando.

    Eu adoooro mistérios, enigmas, charadas, desafios... Dos enredos que tenho em mente, quase todos envolvem algo nesse sentido. Acho que podes gostar das próximas que publicarei... Assim espero!

    Manda-me um e-mail para fazermos contato a respeito da versão estendida?

    [email protected]

    Muito feliz que tenhas gostado a tal ponto!

  • 23/08/2018
  • Dinda!

    Nanda deve arriscar, afinal quem não joga não ganha.

    Bjos gatona!????

Por Rose SaintClair

  • 20/08/2018
  • Será que ele irá concretizar seus planos?
    Aguardo os próximos capitulos.

    Resposta do autor:

    QUE HONRA! <3

    Essa já foi! Acho que sim! hehehehe

    Beijooooo!

Por mcassolwriter

  • 20/08/2018

  • Não tendo Lívia, pode ser Mercedes mesmo.
    O importante é não desistir.
    Quem sabe um dia Renata encontra sua morena de longos cabelos para sanar os desejos de corpo e alma?!

    Resposta do autor:

    Ou as duas hein Nay? Vamos ver na peoxima semana o desafio! Beijao

Por Suzi

  • 09/05/2018
  • Que lindo! Sincero. Uma despedida suave e expectativa de reencontro.

    Resposta do autor:

    Oi afilhada,

    Quê bom que atingi o objetivo, ver teu comentário me deixa muiiiiiito feliz.

    Obrigada Nay,

    bjssssssss

Por Carla Gentil

  • 13/08/2016
  • Olá,moça.
    Confesso que tenho uma predileção por este conto desde que o li pela primeira vez no FatorX. 
    Bom rele-la.
    Abraços.

    Resposta do autor:

    Eis que se trata de uma confissão que muito me agrada! 

    Beijinhos  o/ 

Por preguicella

  • 17/06/2016
  • Lindo, autora. Linda autora. 
    Lindo texto. Uma carta emocionante. 
    Por favor não nos prive de seus escritos.
    Besos.

    Resposta do autor:

    Ai, ai, vcs querem me deixar nervosa assim!

    Dama, oBrigada pelo elogio! Como disse em outro comentário, pode ter sido sorte de principiante. Mas confesso que gostei muito dessa brincadeira. E prometo tentar fazer coisas boas novamente! 

    Bjão queridona! 

Por Dy Elbe

  • 13/04/2016
  • Expectativas. *_*

    Não parece que ficou "mais de ano" parada não, moça.
    Até.

  • 23/03/2016
  • Tattah, sua linda.
    Muchas gracias pela dedicatória, mas o fim desse capitulo foi sacana da sua parte.
    Besos *_*

    Resposta do autor em 25/03/2016:

    Kkkkk, minha bela Dama!

    Cariño, não foi sacanagem, rs... Nada como um suspense para tornar a próxima leitura mais gostosa, rs...

    Beijos!

  • 15/03/2016
  • *__* Lindo!
    Recordava-me desse, mas não lembrava o quão lindo era.

    Resposta do autor em 17/03/2016:

    Ah, minha querida dama!

    É sempre um prazer tê-la passeando em minhas palavras.

    Um beijo carinhoso.

Por Dy Elbe

  • 03/03/2016
  • Aaaaahhhhh! "Num acredito!"
    Adorei ver essa historia aqui. Já tem algum tempo que gostaria de saber o desfecho. 
    Sucesso moça.

    Resposta do autor em 05/03/2016:

    Pode acreditar! A ansiedade é compartilhada, estamos [email protected] na expectativa por esse final rsrsr. Obrigada!

Por Van Rodrigues

  • 29/02/2016
  • Hey moça.
    Passei só pra dar uma lida e gostei.
     Parabens pela historia.
    Beijos.

    Resposta do autor em 09/03/2016: Oie... Sou sua fã mulher... Estou ansiosa pelo próximo capítulo de Cassandra rsrs Muito obrigada por ler e comentar a minha história..Beijos...Van ^^

  • 24/02/2016
  • Ola moça.
    Consegui por minha leitura em dia e notei as diferenças citadas. 
    Gostei bastante. Pude entender algumas coisinhas.
    Bjos.

    Resposta do autor em 28/02/2016:

    Olá, minha bela Dama! rs...

    Que bom que gostou. Revisar o texto era algo que queria fazer há muito tempo, mas não consegui. Obrigada pela companhia!

    Beijos!

Por Laura_Maria

  • 24/02/2016
  • Opa! Gostei de ver-te por aqui, moça.

    Resposta do autor em 30/03/2016:

    Dama da Noite.

    Saudades demais Mulher...

    Sumi mesmo. Mes passado te perdi por pouco. Vc fez o dia da escritora no varanda do lettera né... eu tinha saido do grupo uns dias antes....

    Que pena. Não pude sanar minha curiosidade por algumas historias. Aaaa quem sabe a gente não se encontra numa proxima oportunidade.

    Bjos sabor de cravo e canela moça.

  • 04/11/2015
  • Kkkkk aprendeu o suspense né?! 
    Parabens,flor. Gostei muito da tua historia.

    Resposta do autor:

    Olá, senhorita Dama da noite.

    Que honra tê-la em meus comentários....... sim aprendi e muito, kkkkkkk

    Obrigada minha linda, estou acompanhado lá, Casandra, linda de ser ver rsrsrsr

    Beijos, tenha uma ótima quarta!!!!

Por Anonimo 403998

  • 12/10/2015
  • Caramba!
    Moça,li tudo que foi postado até agora em um folego só.
    Emocionante esse final.
    Parabens pela historia.
    Abraços.

    Resposta do autor:

    Obrigada *--* 

    Que bom que acha isso 

    abraços ;] 

Por Witch Light

  • 06/10/2015
  • Buenas noches, Bruxinha do Bem rsrs

    Deves estar a pensar no porquê da minha demora em vir ter contigo. Bem sabes que não sou fácil de se encontrar. Mas não poderia deixar de te parabenizar pelo romance, pelos poemas, pela inspiração que tens e que és. 
    Nem diga que é bondade minha, que estou exagerando ou coisa parecida. Sabe que não é nada disso. Sempre disse-lhe que gostava dos teus escritos e incentivava-te para que revelasse ao mundo(lesbico) seu talento. 
    Tú és especial. Tens um dom que pouquissimos tem e muitos queriam ter. Quando me pediste para revisar teu escrito senti-me honrada,pois era um desejo antigo meu ver-te alçar voo.
    Tú dizes ser minha fã, pois agora tens uma fã.
    A autora que vos escreve.

    Beijos em seu coração.

Por leiacris1

  • 17/09/2015
  • Oi moça
    Já li e reli esse romance seu e sempre o lerei,pois gosto muito dele.
    Tambem notei as mudanças começando pelos nomes das personagens.
    Beijos.

Por Katia Viula

  • 12/09/2015
  • Boa noite moça.

    Seu poema descreve-me em cada estrofe.

    Muito lindo.

    Resposta do autor:

    É bom saber que posso dialogar com minhas leitoras de modo poético. Espero continuar tocando o coração de vocês. Um grande abraço, querida.

Boneca de Luxo

Por leiacris1

No meio de tudo, Você.

Por JuliaR

Além do que o preconceito ver

Por Fanatica

Em meio à tempestade

Por Tattah

Palavras ao Mar

Por Dy Elbe

A história mais aguardada dos meus ultimos anos.

A Última Chance

Por Angel Correa

Entre Vampiros e Lobos

Por Freya

Encontros Da Noite

Por Rafa Justi

A madrasta

Por Nicole Grenier

Striptease

Por Patty Shepard

Me Lembre Que te Esqueci

Por silverquote

Witch Light

Bruxinha da Luz

Minha Pequena Bruxinha

Tattah

Renata Nascimento

Carla Gentil

Carla Gentil

kernelb

kernelb