Natasha é uma vampira solitária, que sai na noite para caçar, como todo vampiro. Um dia ela conhece Elis, uma jovem pela qual se encanta. Elas acabam na cama, numa noite especial de conexão e prazer, porém Natasha sabe que não devia ter deixado acontecer, principalmente, depois de não resistir a seguir Elis e, Cordélia, sua antiga amante, dar as caras. Isso lhe seria um problema.

  • Romances - Original
  • 5
  • Não
  • 10 785
  • 3 415
  • 19/11/2018

O mar que há no olhar de uma pessoa, que é capaz de te tragar para dentro dela.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 186
  • 2 002
  • 30/09/2015

Alessandra e Bianca se conheceram ainda crianças. Um ato de pureza, acompanhado de uma margarida, as uniu numa linda amizade. Os anos passaram e os laços de amizade se tornaram mais fortes. Elas se tornaram tão necessárias uma na vida da outra que, quando a vida exigiu delas uma separação, foi muito sofrimento para o amor que se tinham e, por mais que não quisessem, a separação aconteceu, novamente com uma margarida a acompanhar. Porém os anos passaram e, a vida as fez se reencontrarem, através de um elo que tinham. Será que uma já não significava nada para a outra? A resposta, ambas encontrariam nas margaridas.

  • Contos - Original
  • 1
  • Sim
  • 2 998
  • 1 063
  • 30/04/2018

Um pouco de um alguém apaixonado. Um alguém que encontrou o conforto do amor.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 155
  • 881
  • 21/11/2015

Correspondendo ao desejo que sentimos pela pessoa amada.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 148
  • 673
  • 03/10/2015

Desafio 4ª semana

  • Desafios - Original
  • 1
  • Não
  • 1 451
  • 673
  • 01/06/2018

Uma noite quente de amor.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 108
  • 662
  • 14/10/2015

O olhar de uma pessoa sobre seu amor, sua musa, que lhe roubou o coração, mas que se faz inatingível.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 156
  • 602
  • 07/10/2015

Quando se é imatura e insegura, você quer ter a posse de sua amada, porém isso não é amar. Você pode não perceber, mas quando notar, pode ser tarde, pois sua amada pode estar deixando de te amar. E talvez, só lhe reste deixá-la partir.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 142
  • 598
  • 25/10/2015

Este é um pouco do drama da Lua e do Sol, por se amarem e não poderem estar juntos.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 206
  • 547
  • 25/01/2016

Uma bruxa alertando sobre suas magias.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 158
  • 541
  • 31/10/2016

O que vem depois do pôr do sol? Para a maioria, era a hora de voltar para casa, descansar, estar com a família. Mas para Natasha, era apenas o começo do seu dia. Era a hora de viver, de sentir, de caçar. Lá fora, entre as ruas e lugares. Deixar o seu instinto tomar conta.

  • Desafios - Original
  • 1
  • Sim
  • 778
  • 529
  • 11/05/2018

Após uma experiência diferente com uma humana, a vampira Natasha segue pelas ruas escuras em busca de vítimas. Porém, ela não consegue tirar da sua cabeça a noite que passou com a humana Elis.

  • Desafios - Original
  • 1
  • Sim
  • 538
  • 523
  • 15/05/2018

Quando misturamos certeza e dúvida se somos amadas ou não, se há a mesma entrega, se há reciprocidade.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 129
  • 521
  • 07/01/2016

Os poderes de sedução de uma cigana.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 97
  • 499
  • 06/07/2017

Este poema é uma modesta crítica a sociedade hipócrita, preconceituosa, em que vivemos. Que nos marginaliza, trata o nosso amor como pecado, como doença, como perversão.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 110
  • 455
  • 11/11/2015

Deliciosamente aprisionada à cama. Com consentimento, é claro. :)

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 171
  • 430
  • 01/07/2017

Poder ter alguém que nos ama, e que, por muitas vezes, nos conhece melhor do que nós mesmos, sabendo pelo que passamos, do que precisamos, é um privilégio.

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 245
  • 428
  • 03/11/2016

Natasha estava se controlando para não provocar um encontro com Elis. Mas a circunstância faz do encontro, necessário.

  • Desafios - Original
  • 1
  • Não
  • 879
  • 425
  • 25/05/2018

Você me faz levitar sem mesmo tirar os pés do chão,


Se eu sair voando, pegue-me pelas mãos,


Dê-me mais um beijo, porque eu não digo não,


Se eu parecer uma tola, não estranhe, é paixão...

  • Poemas - Original
  • 1
  • Sim
  • 258
  • 341
  • 06/10/2016

Nenhuma história favoritada
Poeta_da_Noite

Liliana Macedo