Username: Leh Almeida [Contato] Nome: Letícia Almeida
Membro desde: 18/06/2018
Status: Membro
Bio:

Uma leitora compulsiva viciada em café, sou tão fã de clichês que acabei por me tornar um, aspirante a escritora nas horas vagas.


Twitter: @diva_na_bad
[Informar violação das regras]


Comentários de Leh Almeida [1]

Histórias por Leh Almeida

Desde quando você se foi por Leh Almeida

Classificação: +18 • 1 Comentários starstarstarstarstar

Sinopse:

"Aguentar a sua ausência sóbria é demais para mim e eu preciso entorpecer as malditas lembranças que se repetem feito um filme no fundo da minha mente, por que você não as levou contigo na mala quando partiu?"



Depois de ter você [parte 2] por Leh Almeida

Classificação: +18 • 1 Comentários starstarstarstarstar

Sinopse:

 


- ‎Você devia ter ido atrás dela assim que ela passou pela porta, mas você preferiu meter nessa sua cabeça dura que não precisava dela – meneou a cabeça negativamente depositando um cinzeiro limpo sobre o balcão.


Ela fechou os olhos e abaixou sua cabeça até sua testa tocar a pista fria do balcão. Queria poder voltar naquele dia e deixar seu medo ou orgulho seja lá que nome dar para o que a travou de dizer às palavras que estavam na ponta da língua e que desde então vem lhe consumindo dia após dia.


Parte 2 do Conto " Depois de ter você" 


http://projetolettera.com.br/viewstory.php?sid=1709&chapter=1&type=ST&item=1709&chapid=19862943  [Parte 1]


 



Ela por Leh Almeida

Classificação: +18 • 2 Comentários starstarstarstarstar

Sinopse:

Poema sobre ELA.



Catarse por Leh Almeida

Classificação: +18 • 0 Comentários

Sinopse:

Sentada em uma bar no meio da madrugada nostálgica acompanhada de um copo de uísque algumas revelações vem a tona.



Depois de ter você por Leh Almeida

Classificação: +18 • 4 Comentários starstarstarstarstar

Sinopse:

"Ainda de costas com o livro aberto e uma lágrima escorrendo Marina deu uma risada amargurada, ela havia sim sentido o cheiro dela e pode sentir sua presença atrás de si há alguns minutos mas jurara que era apenas sua mente lhe pregando mais uma peça, ultimamente sanidade não era seu ponto forte."