Diga que me ama por Shewantsdinah


[Comentários - 10]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

 

Mágico!

É exatamente assim que posso definir os momentos que passei com Dinah hoje. Os passeios, os sorrisos, os carinhos e o beijo..
Ah o beijo foi tão perfeito.
Eu pareço aquelas adolescentes apaixonadas quando conhecem o primeiro amor.

Mas é o que eu sinto nesse momento, como se estivesse redescobrindo o que é amar.
Se antes eu tinha alguma dúvida de que estava apaixonada pela Dinah, essa dúvida não existe mais.

Mas com essa certeza vem também os diversos problemas em estar apaixonada por ela.
Primeiro que eu ainda estou com a Zendaya.
Segundo que eu não sei se estou preparada pra assumir um relacionamento com uma cantora conhecida mundialmente. Eu jurei nunca namorar uma mulher, e outra coisa que eu jurava também era que nunca namoraria uma artista.
E olha só como a vida prega peças.

Aceitar Dinah na minha vida será como aceitar um carnaval da Bahia todos os dias do ano.
Ela é um furacão.
Dinah não é só uma mulher, ela é um evento.
Não me vejo tendo uma vida pública ou sendo reconhecida nas ruas.
Eu entraria em pânico se isso acontecesse.
Além de tudo isso ela ainda tem 5 filhos.
É muita coisa a ser pensada.

Eu estou extremamente confusa com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, e sinto que preciso de um tempo só pra mim.
Preciso por meus pensamentos e desejos em ordem, analisar tudo o que está acontecendo agora e ver o que realmente quero para o meu futuro.

Sei que a Zendaya e ela vão passar duas semanas fora e é exatamente disso que eu necessito.
Distância de ambas.

O fim de ano está chegando e é o momento em que eu faço um feedback de tudo e todos que me cercam, além de rever toda minha família.
Talvez a sensação de lar que eu tanto sinta falta seja isso.
Rever minha mãe e avó, e receber delas o carinho que eu venho necessitando.
Esse fim de semana mesmo irei até lá para rever minha família e amigos.
Vou utilizar essas duas semanas longe de ambas para repensar em tudo e nada melhor do que conselhos de mãe.

Mas por hora preciso somente ir pra casa.
Dinah me deixou na emissora logo após nosso passeio, já que meu carro ficou por aqui.
E só de lembrar do que houve depois do nosso beijo meu coração volta a acelerar.

Flashback

Dinah sorriu da forma mais linda que eu já tinha visto em toda minha vida.
Ela segurou minha cintura me trazendo para junto dela e encostou seus lábios nos meus devagar, apenas roçando lentamente.
Fechei meus olhos apreciando a sensação de seus lábios roçando lentamente nos meus.
No primeiro momento ao sentir seus lábios, foi como cair em queda livre. Foi uma sensação indescritível.
Foi como se o mundo parasse só para nós.

Dinah aumentou o aperto em minha cintura e me beijou intensamente.
Sua língua roçava em meu lábio inferior pedindo passagem e prontamente eu cedi.
Foi o beijo mais intenso de toda minha vida.
Envolvi minhas mãos em seus cabelos e a puxei ainda mais para mim.
Nossas bocas se encaixavam como se fossem feitas uma para a outra.
A falta do fôlego começou a se fazer presente, nos afastamos lentamente com selinhos e Dinah encostou sua testa na minha.

Ao abrir meus olhos a vi sorrindo lindamente como uma criança que acaba de ganhar o melhor presente na vida.

- Agora eu tenho mais certeza do que tudo que estou apaixonada por ti Manz.

E foi ai que a minha ficha caiu.
Estávamos no meio da rua.
Eu beijei a Dinah.
Ela me beijou na verdade.
Mas foi eu quem pedi pelo beijo.
Meu Deus onde foi parar o meu juízo?

Eu preciso ir pra casa, eu preciso ficar longe da Dinah o máximo possível.
Eu preciso pensar. Eu só posso ter ficado louca.

- Dinah eu preciso ir pra casa.

- Eu te levo Manz..

- NÃO! Me deixa na emissora eu tenho que pegar o meu carro.

- Se acalme Manz. Eu não vou te sequestrar ou te fazer nenhum mal. Não precisa me tratar assim.

Me arrependo automaticamente da forma como estou tratando a Dinah.
Ela me deu o melhor momento da minha vida e eu estou surtando.

- Desculpa Di, eu estou nervosa. Eu só preciso pensar. A gente se beijou no meio da rua e alguém pode ter visto. Eu estou entrando em pânico. Mas isso não é sua culpa, eu sinto muito e...

- Se acalme Manz. Não tem quase ninguém aqui. Eu vou te levar a emissora e não entre em pânico meu anjo..

- Certo. Desculpe.

- Não precisa se desculpar Manz.

Dinah acaricia meu rosto ainda sorrindo, segurando minha mão me leva de volta pro seu carro.
A volta até a emissora foi com um silêncio agradável e a cada sinal em que parávamos Dinah me olhava e sorria.
Hora beijava meu rosto, hora acariciava minha mão.

Dinah estacionou o carro na porta da emissora e ficou me olhando profundamente.
Prendo a respiração esperando o que ela vai dizer.

- Manz, hoje foi o melhor dia da minha vida. Eu te peço que não se afaste. Me dá uma chance de te conquistar.

- Di, olha eu não sei.. Tenho que pensar. O que fizemos com a Zend hoje não foi certo..

Dinah solta um suspiro frustrado e revira os olhos.
Não entendo o porque disso. Algo me diz que Dinah sabe de algo que não sei.

- A Zendaya não te merece. Não vamos estragar o dia de hoje pensando nisso.

- Tudo bem Di. Eu preciso ir. Até mais.

Me preparo para sair do carro mas Dinah segura meu braço antes que eu possa sair.

- Antes eu quero um beijo de despedida.

- Dinah não faz isso..

- Por favor Manz..

Acabo não resistindo pela forma como ela me pede e aproximo meu rosto do seu.
Dinah me da um selinho casto, segurando meu rosto e acariciando-o lentamente.
Aprofundo o beijo e agarro seus cabelos trazendo-a para ainda mais perto.
Beijar a Dinah é como ter um pedacinho do céu nas mãos.
O beijo dela é maravilhoso. Nossas bocas se encaixam de um modo perfeito e eu me sinto literalmente nas nuvens.
Dinah termina o beijo mordendo de leve meus lábios sorrindo de leve.

- Eu poderia te beijar pra sempre Manz. Se nos meus sonhos já era perfeito, a realidade é muito melhor.

Sinto meu rosto esrubecer e lhe dou mais um selinho e saio praticamente correndo de seu carro.
Não sinto minhas pernas ao caminhar. É como se estivesse flutuando.
Olho para trás e vejo Dinah sorrindo pra mim.
Essa é a visão que guardarei na memoria sobre o nosso dia.
O dia do nosso primeiro beijo.

Flashback off

Ligo o carro e vou pra casa com um sorriso de orelha a orelha.
Definitivamente esse foi o melhor dia da minha vida nos últimos tempos.

 

Nome: Thaci (Assinado) · Data: 13/06/2018 21:37 · Para: Capítulo 10

Hummm. Sinto que nesse angu tem caroço. Essa Zen deve ter aprontado e a Dj ficou chateada com ela. Nota mil.



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.