R u gonna be my girl? por RubyRose


[Comentários - 133]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

POV Luiza

Quando as modelos vieram trocar suas roupas e comer algo aproveitei para cuidar da minha fotografa. “OPA??? Minha????”. Tô me sentindo o Fê agora, exageraaaada!

— Vem Alex deixa eu passar o protetor em você. – a puxei pela mão e passei uma toalha nela para tirar o suor. Ela me olhava com um sorriso largo sem dentes, como se estivesse satisfeita e feliz. – Adorei o cabelo. – disse enquanto passava filtro no seu rosto. Ela me deu um sorriso de lado.

— Alex, chega de fazer hora! Vai perder o sol. – Megan fala com aquela voz irritante.

— Quem é a fotógrafa aqui Megan? Eu sei bem o que fazer no meu trabalho. – TOMAAAAAAAAAAAA Ridícula.

— Luiza, deixa que eu termino e vai buscar as modelos. – saio deixando uma Megan felicíssima por poder ficar passando a mão na fotógrafa.

As modelos estão prontas e mais algumas horas se passam enquanto Alex não para de fotografar. Quando por fim ela diz a todos que a diária tinha acabado e que poderíamos ir descansar. Ela me procura com o olhar e sorri quando me vê. Logo Adele está enrabichada nela e eu vou para a van com a cara fechada. A diária de amanhã já estava toda organizada e iriamos fotografar pela manhã bem cedo para pegar o nascer do sol. Meus pés estavam me matando e resolvi tomar um banho na piscina do quarto. Fiquei olhando para o mar dentro da água morninha e comecei a relaxar.

— Trouxe pra você. – Alex chega e dá uma ginger ale com gelo.

— Como você sabe que eu gosto?

— Eu presto atenção em tudo em você. Posso entrar?

— O quarto é seu. – falei zombando. – Eu que sou a intrusa. – sorri. Alex tirou a roupa e ficou apenas de biquíni e .... PUTA QUE LOS PARIUUUUUU! Que corpo é esse minha gente? Menina estou DESMAIADA!

— Que delícia tá a água – fala quando emerge ao meu lado.

— DELICIOSA...

— Oi?

— Ãrnnn a água.... – ela sorri maliciosamente e pisca o olho para mim.

— Aham... – ficamos em silêncio, mas era bom. Nada precisava ser dito. Nós duas estávamos caladas e ao mesmo tempo parecia que nos entendíamos. Eu estava gostando muito disso, até demais. – Vai querer jantar no quarto ou no restaurante?

— Vamos ao restaurante?

— Então vamos mais cedo? Tomar um mojito?

— Não gosto muito de destilado eu sou mais uma beer girl. Mas vamos sim.

Nos arrumamos e eu estava com um vestido floral curto que salientava minhas curvas. Alex vestia jeans e uma regata preta. Linda!! Fomos até o bar e ficamos conversando. Não sei porque mas eu contei a ela como fui parar em NY. Minha relação com meus pais e com a Nanda. Alex era uma ótima ouvinte. Fazendo as perguntas nos momentos certos. Não é aquela pessoa que fica te interrompendo toda hora. Ela me olhava com aqueles olhos azuis que pareciam que viam a minha alma.

Alex me contou que a Megan foi a pessoa que ela mais se abriu. Notei que isso ainda a machucava muito.

— Eu conheci a Megan quando ela foi trabalhar para a minha madrinha. Ela sempre arrumava um jeito de ficar por perto quando eu aparecia na Mason. Eu sabia que ela tinha interesse por mim, mas não queria me envolver. Começamos a sair juntos: eu, ela e James o meu sócio na época.

— O marido dela?

— É, o atual marido. Jim era um cara que eu podia contar pra tudo. – ela abriu um sorriso melancólico. – Era como um irmão. Companheiro de farra. Mesmo ele não tendo o mesmo talento que eu – MODESTAAAAA! – ele é um ótimo fotógrafo. Só que eu não sabia que a amizade era apenas de minha parte.

— Não entendi Alex....

— Quando eu encontrei eles na nossa cama... no nosso quarto.... Megan ficou desesperada. Mas ele... ele me olhava com um sorriso presunçoso... como se... – uma lágrima caiu do seu olho. – como se fosse uma vitória comer a minha mulher. Isso me doeu, lá no fundo.

— Hey... – peguei a sua mão. – Não fica assim.

— Ele me confessou que sempre teve inveja de tudo o que eu tinha e tudo o que eu era. Falou que pelo menos uma coisa ele seria melhor que eu... Teria a mulher que eu amava e poderia dar um filho a ela.

— Nossa! Que canalha!

— Doeu bastante e eu fiquei vários meses viajando pelo mundo. Sozinha. Só quem tinha notícias minhas era minha madrinha. Não precisava de muito... vivia gastando quase nada.... meu único luxo era a minha máquina fotográfica. Aprendi muito e consegui ficar bem comigo mesma. Até mesmo consegui perdoar Megan.

— Eu não conseguiria. Preferiria ver o capeta do que a pessoa depois. – falei com raiva da Megan.

— É... eu não consigo mais ficar perto do James. Quando vou visitar o Jim Jr. Procuro sempre  ir quando ele não esta.

— Que estranho eles te darem o menino para ser madrinha.

— Megan insistiu... e ela consegue tudo o que quer. Você tem que ver o garoto – seus olhos brilhavam. – Eu amo aquele moleque!

— Você quer ter filhos?

— Meus? Não me imagino grávida. E até pouco tempo atrás não teria nenhuma mulher que eu gostaria que tivesse um filho meu.

— E agora tem.

— Sim. – ok... rolou um climão agora. Alex me olhava com os olhos brilhando. Eita lelê.

— Alex mon amour vamos para a boate com as meninas?

— Adele... amanhã vocês fotografam de madrugada. Vocês precisam estar inteiras. – falei dando uma de produtora má. Mas era a verdade.

— Escuta aqui menina! Eu tenho mais de 15 anos de profissão... sei muito bem ser profissional.

— Adele a Lou tem razão.

— BORINGGGGGGGGGGGGGGGGG.... fuiiii! – e a modelo sai com uma nuvem de Chanel n.5 ao redor.

— Não sei como você consegue ficar perto sem usar uma máscara de gás.

— O que? – Alex me pergunta sem entender.

— A comedora de alface toma banho em perfume! Chega a dar uma dor de cabeça! Se acender um fósforo ao lado dela explode! – Alex solta uma gargalhada alta e todos olham para gente.

— Oh fucking shit! Lou você me mata! – continuou a rir.

— Sério mulher do céu, ainda mais perfume doce daquele jeito. Não sei como não tem um enxame de abelhas ao redor dela. – Alex ria tanto que chegou a chorar. – Outra coisa, ela tem que tomar insulina pra não ficar diabética.

— Oh gosh.... to rindo tanto que minha barriga ta doendo.

Ficamos mais um pouco e resolvemos jantar. No restaurante existia um buffet enorme com uma variedade de comidas gigantesca. Comi até estourar! E as sobremesas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Uma mais gostosa que a outra. Não me fiz de rogada e comi um pouco de cada. Alex me olhava com uma cara divertida.

— Sabe que é muito bom estar com alguém que come de verdade? Essas meninas de hoje tudo ficam de frescura para comer.

— Ah tá me chamando de obesa é Ms Alex Fox?

— Não Lou, pelo contrário. Você come e ainda assim poderia ser uma modelo. – enrubesci me lembrando que ela já me viu nua. Ai.... vou tocar no assunto...

— Alex... eu queria te pedir desculpas.

— Ué por que? – ela comia um morango com chocolate. SUCULENTO. Mordia e escorreu um pouquinho de sugo no canto da sua boca. Sem pensar eu limpei com meu indicador e coloquei nos meus lábios. Ela para estática me olhando com desejo.

— Eu lembrei de você... na verdade reconheci a sua tatuagem. – ela me olhava séria...

— Lou... eu me aproveitei...

— Não Alex.. deixa eu terminar. Eu te agarrei, te chamei de Nanda e exigi que você me chupasse. Eu sabia que não era a Nanda, mas que eu estava intoxicada pelo álcool e queria alívio. Faziam meses que eu não gozava...

— Não Lou eu não devia..

— Alex para. – peguei as mão dela – Eu que te devo desculpas e se você não me procurou depois a culpa não é sua.

— Mas eu te procurei. Fui no outro dia e o porteiro falou que você tinha viajado.

— Nãooooo a Bianca que viajou!!! Eu fiquei o domingo inteiro em casa!

— Damnnnn

— Simmmm!

— Quando eu te vi na Mason, na recepção olhando as minhas fotos... achei que estava atrás de mim. Mas cheguei perto e você nem me deu bola. Olhou para mim e não me reconheceu. Então eu pedi para Nora te contratar, na esperança de que você me desse uma chance.

— Alex eu..

— Eu sei... a Nanda. Mas deixa eu te conquistar? Deixa eu mostrar que a gente pode ser feliz juntas? Sem pressa?

— Sem pressão?

— Sem pressão.

— Deixo. – ela me olha com um sorrisão gigante no rosto.

Notas finais:

oeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

e aeeee? COMENTEMMMMMM bessssossss



Comentários


Nome: luaone (Assinado) · Data: 09/06/2018 23:56 · Para: Capitulo 14 - Give me a Chance

Vai, continua que tá bom... kkkkkk



Resposta do autor:

oe oe oe 

hj vou largar mais um <3



Nome: Gioh (Assinado) · Data: 09/06/2018 18:25 · Para: Capitulo 14 - Give me a Chance

Eu to amando a história.. a Lu e a Alex se combinam muito.

 

ps: to loca para ver a reação da Lu a "morte" da Nanda.



Resposta do autor:

Giiiii vai ser TENSOOOOOO!

beijoo



Nome: HedaWarrior (Assinado) · Data: 09/06/2018 17:58 · Para: Capitulo 14 - Give me a Chance

Boa Tarde nossa incrível autora ^^

Alex eu dou quantas chances vc quiser meu bem!!! <3 hahahaha...

 

Aiiii que capítulo mais foda! Elas finalmente conversaram sobre a noite... Que Bom! Maravilha!!!!

 

aiiiiiii To empolgada u.u haha

 

beijoooos! 



Resposta do autor:

Eeee!

Amanha sai outro <3



Nome: preguicella (Assinado) · Data: 09/06/2018 16:59 · Para: Capitulo 14 - Give me a Chance

Aeeeeeee! Agora sim! Finalmente Lou resolveu dar uma chance pra Alex! Coitada de Alex, pq Lou parece ser doida de ciúmes feito a Clarinha, quero só ver o que ela vai aprontar com essas modelos!

Bjãooooo é ótimo final de semana!



Resposta do autor:

beijãoooo



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.