Lutas da vida por Esantos


[Comentários - 189]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

 

-- Nossa ainda bem que é o ultimo dia de aula, sempre quis me livrar disso.

-- E quase que não se livravam não é Juli?

-- Junior eu odeio isso aqui, você sabe

-- Não sei porque não gosta você é inteligente, só é preguiçosa

--Deia, não me chama de preguiçosa

--Mas você é – Andreia disse beijando a mão da namorada.

-- Juli posso falar com você? – JM apareceu na praça onde conversavam, ele mal ia para a escola, tinha repetido de ano, mas não parecia ligar muito

--Oi JM estava sumido, pode falar – Juliana sempre gostou muito dele, sempre foram ótimos amigos.

-- Pode ser em particular? – Ele disse olhando para Andreia que não estava gostando nada daquilo.

--Não se preocupa tá – Ela disse para Andreia e se afastou um pouco com o rapaz, sentaram em um banco de praça um pouco mais distante, Andreia não tirava os olhos deles.

--Relaxa Mulher maravilha ela ama você – Junior falou

--É, a Juli nunca gostou do JM, sempre foram amigos mesmo.

--Eu sei Claudia, confio na Juli, não confio nele – Andreia falou com a cara fechada vendo eles se abraçarem, Juliana levantou e voltou sentando ao lado de Andreia, já não escondiam de ninguém que eram namoradas, alguns que resolveram serem preconceituosos com elas tiveram que encarar Andreia, então logo desistiam

--O que ele queria? – Andreia perguntou ainda com a cara feia, observando ele entrar na escola.

--Apenas conversar, disse que senti falta da nossa amizade, apesar de tudo somos amigos desde crianças.

--Eu não gosto dele, nunca gostei.

--Deia você sente ciúmes dele, mas não se preocupe eu deixei bem claro para ele que estou com você e ele disse que já sabia, e ficou triste por não saber por mim.

--Não é ciúmes, eu não sei o que é, mas não gosto dele.

-- Vamos deixar essa historia para lá? – Andreia afirmou com um aceno de cabeça. – Vamos lá dá adeus a essa escola que é um saco e já sabem todos convidados para meu aniversario amanhã – Juliana disse sorrindo, foram para a escola onde apenas tinha uma formatura simbólica dentro da sala mesmo.

 

 

-- Deia eu quero que meu presente seja você, quero completar 18 anos fazendo amor com você – Elas estavam deitadas abraçadas na cama.

--Eu vou ficar feliz em te dá esse presente – Andreia sorriu – Só falta vinte minutos, 23:40.

--Então vamos começar– Ela subiu no corpo de Andreia que sorriu, a morena não dava trégua, esses meses foram poucos dias que não faziam amor, sempre queria mais, aquilo deixava Andreia muito feliz, pois ela sempre teve esse enorme “apetite” sexual e encontrou uma que em alguma vezes a superava.

 

 

--Feliz aniversario meu amor – Andreia disse a abraçado com carinho

-- O obriga...da, a adorei meu presente – Ela estava ofegante com a respiração acelerada.

--Mas quem disse que esse é seu presente? – Andreia levantou e foi para o guarda roupa, pegou a sua mochila e tirou uma bolsa pequena de dentro.

--Deia eu disse que não era para você se preocupar com presente, não precisava gastar- Andreia disse sentando na cama.

--Precisava sim, aliás não é só um presente para você – Jogou a bolsa no chão e pegou uma caixinha aveludada e sentou na cama, na frente da morena – Juli sei que não é como você sempre quis, não é de ouro e sim de prata, mas foi o que deu para comprar, mas te prometo que um dia ti darei uma igual a um pneu, toda de ouro do jeito que você quer – Ela mostrou um par de alianças de prata, bem simples. – A Maria que me ajudou a escolher, ela que pegou seu anel para comprar do mesmo tamanho. – Andreia estava nervosa, não sabia qual a reação dela.

--Deia são lindas meu amor – Juliana disse chorando.

--Não chora Juli, eu prometo que um dia te darei tudo – Pegou a mão dela para colocar a aliança

-- Eu só quero você Deia – Puxou a mão direita—Não é nessa e sim nessa – Ergueu a esquerda.

-- A de casada?  - Andreia ficou um pouco surpresa

--Sim, Deia você já minha mulher, para sempre – Andreia deixou uma lagrima escorrer.

-- Eu te amo tanto Juli – Elas se abraçaram.

-- Eu também te amo Deia mais que tudo – Beijaram-se com calma – Agora que já somos casadas vamos para a lua de mel? – Juliana disse sorrindo e arrancou aquele sorriso safado de canto de boca que Andreia tem.

--Só se for agora, minha mulher – Andreia a fez deitar na cama e a beijou com volúpia, depois de se amarem dormiram abraçadas e nuas como sempre faziam.

 

 

--Meninas olha a hora, vamos acordar – Paula disse batendo na porta – Andreia tem algumas entregas para fazer mais cedo e Juli vem me ajudar a bater seu bolo.

--Mãe é meu aniversario tenho que dormir até mais tarde – Juliana disse olhando Andreia se vestir.

-- Vamos que nem só de amor vive o homem, mas também do pão que é fruto do seu trabalho, estou lá na cozinha não demorem.

--Isso é da bíblia? Não sabia que a minha mãe lia a bíblia – Juliana falou pensativa e Andreia sorriu.

--Não é bem assim que está na bíblia, mas o que ela disse está valendo, temos que trabalhar – Ela disse sorrindo. –Te espero na cozinha. – Deu um selinho na mulher e saiu do quarto.

 

--Parabéns filha muitas felicidades- Paula abraçou a filha que retribuiu – E que a senhorita ganhe muito juízo – Ela disse fazendo um carinho na bochecha da filha.

--Mãe agora é senhora – Mostrou a mão com a aliança

-- OI? Como assim?

--A Deia me deu ontem de noite, ela queria colocar na de noivado, mas como já moramos juntas eu quis colocar nessa, minha aliança é linda não é mãe?

--Sim eu adorei, ela estava toda boba ontem me mostrando ela -Paula sorriu, estava feliz pela felicidade da filha

--Amigaaa.. – Junior disse entrando pelo quintal. – Vim logo agora para ti desejar feliz aniversário – Abraçou a amiga

--Obrigada, mas sei que você veio essa hora para comer – Juliana brincou

-- Eu vou fingir que não escutei isso, olha é simples mais é de coração – Ele entregou uma caixinha com um par de brincos para ela.

--São lindos Ju, obrigada- Ela abraçou o amigo.

--Agora vou tomar um cafezinho, esse pão está tão cheiroso – Sentou na mesa, mas do nada deu um grito – Ai meu Deus, para! – As mulheres se assustaram.

--Parar o que criatura? – Paula perguntou

--Elas estão de alianças? E casadas? Tô chocada – As mulheres não aguentaram e começaram a rir.

-- Me respeite que sou uma mulher casada viu – Juliana deu um selinho em Andreia que sorria.

-- Tia vou comprar os descartáveis que estão faltando

--Andreia, aproveita trás para mais tarde também e pedi para o rapaz do deposito trazer as cervejas, senão vai ficar quente, já desocupei a geladeira.

--Pode deixar tia, até mais tarde meu amor- Andreia deu um selinho nela e saiu, logo Claudia e Maria chegaram, ficaram ali fazendo uns docinhos e salgadinhos para a festa de logo mais.

 

 

-- Juli você está linda – Andreia disse vendo a morena em um tomara que caia preto colado ao seu corpo no meio da sua coxa.

--Foi o presente da mãe, não está muito curto?

--Curto está, muito por sinal, mas você está linda- Andreia disse para depois abraça-la

--Por que você não reclama das minhas roupas Deia?

--Juli eu lhe conheci assim, sempre vi você com esses shorts pequenos, essas  minis saias, eu tenho tanta raiva delas, mas se é assim que você gosta de se vestir, não posso fazer nada mais que segurar meu ciúmes e ficar de olho para nenhum mané venha dá um de engraçadinho para cima de você. – Deu um selinho nela.

-- Eu te amo sabia?

--Eu também te amo demais, vamos? Que já tem gente lá na sala- Saíram de mãos dadas, e na pequena sala já tinha umas 10 pessoas conversando, entregaram os presentes a aniversariante e ficaram ali conversando e bebendo.

--Lidia que bom que você veio – Juliana recebeu feliz o abraço da prima de Andreia.

--Nem se eu fugisse eu viria, não ia perder isso por nada.

--Pega uma cerveja ali, a Maria está servindo

 

 

-- O que aquele idiota está fazendo aqui? – Andreia perguntou para Junior, eles estavam servindo os convidados e viram JM.

--Ela chamou, fica de boa, deixa ele, aposto que ele não vai fazer nada.

--Eu não gosto dele. – Ela respirou fundo e voltou a servir.

--Mas não vai pilhar, mulher maravilha quem é a esposa dela? – Andreia sorriu

--Não vou, pode deixar – Saiu servindo os convidados

 

 

 

-- Juli eu trouxe um presente para você – JM deu um presente. – Sei que você gosta desse perfume.

--Nossa eu adoro, mas não precisava – Abraçou o rapaz.

--Precisa sim – Sorriu –Está bem legal a festa

--É, só tem o pessoal mais próximo.

-- É eu estou vendo, só nossa galera mesmo – Ele disse sorrindo vendo a Andreia aproxima-se com uma cara não muito boa.

--Olha Deia o JM me deu aquele perfume que eu falei que eu gosto. – Juliana disse sorrindo para Andreia que respirou fundo, contou até dez mentalmente, imaginou quantas possibilidades tinha de quebrar a cara daquele idiota.

--Que legal, boa noite JM – Disse seca para o rapaz.

--Posso pegar uma cerveja dessas? – Ele disse apontando para duas latinhas que estavam na bandeja que Andreia tinha na mão.

--Pega logo JM, sabe que não tem que ter frescura aqui em casa, eu vou ali as meninas estão me chamando – Deu um beijo na bochecha de Andreia e saiu para o outro lado da sala.

--Sabe Andreia eu não me importo de gastar comprando um presente para ela – Ele disse que forma debochada.

-- É eu estou vendo – Andreia fechou o pulso, seu sangue fervilhava.

--Pena que você não teve como dar um presente a altura dela, não é?

--Realmente ela merecia muito mais do que as alianças que comprei, minha mulher merece o mundo – Andreia disse mostrando a aliança e saindo de perto.

 

-- Que cara é essa criatura? – Junior perguntou ao ver a garota entrar com uma cara nada amistosa.

--Se aquele mané vier me provocar eu vou quebrar a cara dele – Andreia falou socando a mesa.

--Calma Andreia, vamos tomar uma dose dessa vodca para respirar melhor – Junior serviu um pouco em dois copos descartáveis. – Toma depois de tomar chupa esse limão

-- Espero que me acalme mesmo – Ela disse virando o copo sendo seguida pelo rapaz.

--Nossa nem me chamam – Claudia disse entrando com Juliana.

--Não seja por isso – Andreia serve novamente os copos – Vai Juli?

--Logico que sim – Deu um selinho em Andreia que logo serviram os copos e tomaram, assim que Juliana retirou a cara feia que fez foi puxada para um beijo intenso

--UOL! – Claudia disse enquanto as meninas se beijavam, enquanto Junior olhou para fora da cozinha vendo JM encarando a cena.

-- Não seria melhor vocês continuarem no quarto, porque do jeito que estão indo vão se comer aqui mesmo – Junior falou sorrindo e elas se afastaram também sorrindo.

-- Eu amo você – Andreia falou sussurrando e Juliana sorriu

--Eu também te amo -  Distribuiu vários beijos no rosto dela.

-- Vamos dançar? – Junior chamou?

--Só se for agora – Claudia pegou na mão de Junior enquanto Andreia saiu sendo arrastada por Juliana.

--Eu não sei dançar Juli

--Eu sei que não, mas vamos mesmo assim – Ela começou a mexer o corpo e logo outros aproximaram-se deles, dançaram muito e depois de algumas horas Paula chamou para o “parabéns”, aos poucos os convidados se foram ficando apenas os amigos mais próximo, alguns já estavam bem bêbados, Claudia e Ota estavam dançando uma música romântica que tocava.

--Vamos dançar Juli? - JM chamou, Juliana olhou para Andreia que estava ao seu lado, sabia que ela não gostaria nada daquilo.

--Eu vou dançar com a Deia JM, mas valeu mesmo assim – Ela saiu puxando Andreia que não estava com uma cara não muito boa.

--Eu odeio esse mané – Ela disse enquanto era abraçada pela morena.

--Não tem motivo para isso, eu estou nos braços de quem? No seu, e será assim para sempre. –Andreia beijou o topo da cabeça dela, Juliana estava com a cabeça descansando no peito de Andreia.

 

--São tão lindas juntas – Lidia falou suspirando

--Eu não acho isso normal. – JM falou

--E o que é normal para você garoto? – Junior perguntou

--Fica na sua seu viado -Ele falou grosso.

-- Ei cara não te conheço, mas não vou admitir que você fale assim com meu amigo, tá ligado – Lucas disse apontando o dedo para JM que se acovardou diante do rapaz musculoso.

--Ei cara, só estava brincando com ele, vocês estão levando as coisas muito a sério – Virou o copo de cerveja e saiu.

 

-- Que idiota – Guto falou. – Deixa ele para lá, Maria vamos dançar? – A garota afirmou com a cabeça e foram dançar, a noite seguiu tranquila e já bem tarde Paula que já estava cansada resolveu acabar com a festa dos jovens

 

Notas finais:

Ola minhas flores

Então gostaram do niver da Juli? E esse JM o que vocês acham?

 

Uma pergunta, gostaram da capa?

 

BJS!!!



Comentários


Nome: Bee20 (Assinado) · Data: 25/05/2018 00:02 · Para: Capitulo 18

Amei a capa, adoreii a festa mas já estou vendo que o JM vai aprontar alguma coisa 



Nome: Lins_Tabosa (Assinado) · Data: 24/05/2018 16:18 · Para: Capitulo 18

Já tô vendo que esse JM vai aprontar, e vai ser na covardia ainda por cima! 

Essa onda de fofura e amor está me deixando nervosa, sei que daqui a pouco vai vir chumbo grosso pra Andréia e a Juli.

A capa ficou linda! ????

Abrs ??‘?



Nome: Mille (Assinado) · Data: 24/05/2018 09:42 · Para: Capitulo 18

Olá Lili 

Hummmmm o JM vai aprontar pois se sente traído e ainda mais por uma mulher o orgulho ferido.

Que a Andrea de uma surra para aprender ser homem. 

Bjus e até o próximo capítulo 

Olhe lá nada de fazer nossos corações acelerar, o meu é fraco viu.



Nome: Lili (Assinado) · Data: 24/05/2018 04:01 · Para: Capitulo 18

Vai dá B.O por causa de JM, vai arrumar problemas pra elas e os amigos.



Nome: preguicella (Assinado) · Data: 24/05/2018 03:28 · Para: Capitulo 18

Minha preocupação é que tá tudo lindo, tudo bem, mas esse espírito de porco do JM vai aprontar e vai dar merda, pra ter aquelas reviravoltas na história.

Enfim, vamos ver o que vc vai aprontar, com as meninas e com a gente! haha

bjão



Nome: SaraSouza (Assinado) · Data: 24/05/2018 02:57 · Para: Capitulo 18

JM é mto babaca jesssusss ...Deia, dar tapas nele e cuidado ele vai querer roubar sua mulher.

 

Essas duas sao fofas....



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.