Lutas da vida por Esantos


[Comentários - 189]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

--Nós temos que falar para ela Juli – Elas estavam na moto indo para a escola.

--Eu sei Deia, hoje à noite tá certo?

-- Tá certo – Andreia sorriu, não via a hora de mostra a todos que era namorada dela.

--Deia como funciona? Uma vez o Junior me disse que não podemos nos beijar ou andar de mão dadas.

--É melhor evitar Juli, demonstrar alguns carinhos como beijo algumas pessoas acham ruim é muito preconceito.

--Isso é uma merda, mas eu vou fazer questão que todos saibam que você é minha namorada

--E eu vou adorar que saibam – Parou a moto e fez um carinho nos braços morenos.

 

 

-- Nossa quantos sorrisos – Viram um passarinho verde foi? – Claudia perguntou

-- Eu acho que esse passarinho foi um periquito Clau – Os dois sorriram.

--Deixem minha namorada em paz – Juliana disse abraçando Andreia que sorriu

--Namorada é? Até que fim assumiram – Junior disse abraçando as duas de uma única vez, ficaram ali conversando até a ruiva aproxima-se para sorrir debochada.

-- O que foi garota, não cansou de apanhar não? – Juliana disse ficando de pé

--Garota você é muito chata, seu namorado não deu um jeito em você? Vou perguntar para o JM se ele não deu no coro ontem – Ela disse debochada.

-- Você tá maluca, sai daqui senão eu vou quebrar sua cara. – Andreia nada disse, apenas fechou a cara

--Estou me  tremendo de medo de você – Ela saiu e Juliana viu a garota com a cara feia.

-- Quem devia ficar de cara feia era eu – Juliana falou baixo

--Por que ela disse aquilo?

--Ela deve ter te me visto conversando com o JM ontem – Maria falou e Andreia olhou para Juliana como que se pedisse explicação.

--Ele queria falar comigo e eu disse que estava gostando de outra pessoa, satisfeita? Não precisa ficar com essa cara feia

--Não estou com cara feia Juli, só queria saber por você – Andreia levantou – Vou entrar, está quase na hora – Andreia saiu na frente

--Ai como mulheres são dramáticas – Junior falou olhando para a amiga – Vai lá Juli, dá uns beijinhos nela que o humor dela melhora.

--É vou fazer isso – Juliana saiu atrás da maior que estava entrando no banheiro, esperou ela acabar de usar e quando ia sair do reservado a empurrou para dentro.

--Juli você...

--Shiu! Não fala – Beijou-a  e Andreia não tinha o que fazer a não ser retribuir, ficaram mais de cinco minutos ali dentro, só pararam quando escutaram o sinal tocar, Juliana colocou a cabeça para fora viu que estava vazio, daí saíram

-- Juli, não me esconde nada está bem? Vamos sempre falar as coisas uma para outra combinado?

--Combinado – Deu um selinho rápido nela.

--Eu vou treinar depois do trabalho, vou chegar um pouco mais tarde.

--Eu sei, mas não demora muito, temos que falar com a dona Paula -  Elas caminhavam para a sala de aula.

--É eu sei, espero que ela não queira nos matar.

--Não vai, ela te ama. – Entraram na sala e assim que o sinal toca Andreia sai rápido, manda um beijinho no ar para Juliana que sorriu.

--Ai com o amor é lindo – Julia disse sorrindo.

--Vamos fazer aquele trabalho chato de geografia?

--Eu fiz o meu com o Junior ontem, quem é a dupla da Andreia?

--Ela disse que ia fazer só Mary, mas não quer ir conosco assim nos ajuda?

--Juli é para recortar desenhos de rio e montanhas na revista, não tem nada demais nisso.

-- Deixa a Mariazinha Juli, eu já disse a ela para dá uns beijinhos na boca as vezes, faz bem para a pele – Claudia e Juliana sorriu.

--Vamos Clau que estou faminta – Juliana e Claudia não demoraram e chegaram em casa.

 

 

--A tia já sabe? – Elas conversavam no quando de Juliana

--Vamos contar mais tarde.

--Vocês já transaram?

--Não, ainda não – Claudia ficou admirada, ela nunca falara daquele jeito com os outro namorados, sempre falava que não estava pronta.

--Então você quer?

--Eu quero, ontem quase rolou

--Serio? Quero saber em detalhes.

--Eu não sei Clau, estávamos nos beijando e quando eu vi já estava encima dela, eu estava tão...tão.. – Ficou sem saber como falar

--Excitada?

--Isso, eu só queria saber de continuar.

--E por que não continuaram, sério Juli essa sua história de guarda a virgindade, você não sabe o que está perdendo, não para, deixa rolar

--Mas foi ela que parou, ela disse que era melhor parar me abraçou, ficou fazendo carinho no cabelo depois foi para o banheiro ficou lá um tempão e voltou.

-- Coitada Juli, ela foi alivia no banheiro – Claudia sorria

--Ela foi? – Fez um gesto com a mão

--Se masturbar? Claro né Juli, você deve ter deixando a coitada em um fogo da peste. – Claudia sorria.

--Mas eu não pedi para ela parar – Fez bico

--Juli vocês tinha acabado de começar o namoro, ela não ia te pedir isso, ela gosta de você.

--Eu sei, mas estava tão bom – Juliana sorriu só em lembrar.

--Juli ela te respeita, dá para ver nos olhos dela, mas você acha que está pronta?

--Não sei, eu sei que eu gostei.

--Então vai com calma, deixa rolar, se acontecer aconteceu.

-- Eu vou deixar, agora cola esse aqui – Elas ficaram o resto da tarde conversando e fazendo aquele trabalho, no começo da noite Andreia chegou e foi logo para o quarto.

--Juli? – Ela entrou e viu ela e Claudia ali no chão do quarto.

--Oi Deia, já chegou? – Ela levantou abraçando-a – Ai você está suada – Andreia sorriu e deu um selinho nela.

--Eu sei, vou tomar um banho. – Passou por Claudia e deu uma leve tapa na cabeça dela.

--Eu adoro esses seus gestos de carinho comigo sabia? – Ela disse fazendo careta.

--Eu sei. – Jogou o seu kimono sobre a garota que fez cara de nojo.

--Ai que troço fedido, Juli senti só – Jogou para Juliana que fez careta.

--Deia quanto tempo faz que você não lava isso?

--Esse estava lá na academia, trouxe para lavar.

-- Acho que ela derrota os adversários com esse mal cheiro – Claudia zombou

--Olha aqui para você – Andreia mostrou o dedo do meio para ela e depois tirou a blusa colocando ao lado do Kimono.

--Deia vai ficar nua na frente da Claudia mesmo?

-- O  que é que tem? Já fiquei várias vezes.

--Mas agora é diferente

--A diferença agora é que sou sua – Andreia abraçou a morena por trás beijando o seu pescoço

--Eu vou é embora, não quero ver uma cena de sexo lésbico ao vivo – Claudia disse sorrindo

--Deixa de ser besta – Andreia disse sorrindo, ela pegou uma toalha e saiu do quarto.

-- Como pode ser tão linda – Juliana disse olhando para a porta.

--Enxuga a baba – Claudia começou a arrumar suas coisas.

-- Não vai ficar para o jantar?

--Não, vocês  vão falar com a tia Paula é melhor ficarem sozinhas – Ela disse saindo. - - Boa sorte ai – Despediu-se da amiga e voltou para o quarto, encontrou Andreia saindo do banheiro de toalha.

--Eu só vou pegar minha roupa, não me trocarei no quarto – Ela disse pensando que ela ficaria com raiva dela trocar de roupa na frente de Claudia.

--A Claudia já foi – Entrou no quarto e começou a arrumar a bagunça do quarto.

--Pensei que ela ficaria para jantar -Andreia começou a trocar de roupa, quando Juliana levantou a cabeça ficou paralisada olhando aquele corpo –Juli por que ela não ficou para o jantar?  - Tirou a morena de seus pensamentos

--Eu falei para ela que vamos falar com a dona Paula e ela não quis atrapalhar.

--Eu já tinha esquecido desse detalhe, espero que ela não reclame.

--Não vai, vamos lá?

-- Só depois de um beijinho – Andreia a puxou para um beijo lento que só finalizou quando o ar faltou. – Agora sim eu enfrento até uma guerra – Andreia falou divertida.

-- Boba, boa sorte para nós

 

-- Meninas vamos jantar? – Paula chamou assim que a viram.

--Vamos mãe – Caminharam em silencio até a pequena cozinha, lá continuaram no mesmo silencio.

--Nossa o que está acontecendo? Vocês caladas? É algum milagre? – Paula comentou sorrindo, pois as garotas sempre conversavam.

 

-- Não tia é que eu preciso falar com a senhora – Andreia respirou fundo, de certa forma temia a mulher não aceitar.

-- O que é Andreia? Você está suando, fala logo

--É que eu queria dizer que estamos namorando e pedir autorização para namorar com a Juli. – Falou rápido e Paula deu um gritinho que assustou as meninas.

--Até que fim vocês se acertaram, nossa demoraram – Paula disse sorrindo

--Como assim? – Andreia perguntou surpresa.

-- Andreia só uma tonta como a minha filha pra não notar que a você é louca por ela, desde sempre.

--Então a senhora deixa?

--Eu sempre deixei Andreia, sempre – Sorriu para ela. – Agora nada de sacanear minha filha entendeu?

--Ela não seria maluca eu já disse isso a ela

-- Não se preocupe tia  eu nunca faria nada para magoar essa morena- Andreia pegou a mão de Juli a beijando,

-- Ai que lindinhas – Paula disse feliz vendo o brilho no olhar das delas, após o jantar Andreia foi estudar e Juliana ficou vendo a novela com a mãe. -- Juli então está feliz?

--Feliz? Com a Deia? – A mais velha afirmou com a cabeça – Estou mãe, nunca fiquei assim com nenhum namorado, é tão bom mãe – Ela deitou no colo da mãe.

--Vocês já transaram?

--Eu sabia que a senhora ia pergunta isso dona Paula, não, nós não transamos, mas por que a pergunta?

--Sei lá vocês dormem no mesmo quarto e hoje de manhã quando passei na frente do quarto estavam dormindo abraçadas.

--Só dormimos mesmo, mas eu acho que estou pronta mãe – Paula sempre manteve um bom dialogo com a filha, como engravidou cedo, sempre quis esclarecer para filha o máximo de coisa sobre tudo, principalmente sexo, muitas vezes Juliana a tinha não só como mãe, mas tambem como uma amiga e confidente.

--Então você vai transar com ela?

--Eu acho que sim, mas não sei se ela vai querer

--Quem a Andreia? Duvido muito – Paula sorriu.

--Como assim mãe? – Ela voltou a sentar no sofá, ficou de frente para a mãe

--Como eu vou te explicar – Pensou em que palavras usar. – Além da Andreia ter uma vida sexual bem agitada, podemos dizer assim, já peguei ela olhando para você como aqueles cachorros com fome que ficam olhando o frango na churrasqueira sabe?

--Sei sim – Juliana sorriu.

--Mas não tenha pressa eu aposto que ela vai saber te esperar, não se preocupa, tudo no seu tempo, é o seu corpo, você decide.

--Mas eu quero mãe – Paula sorriu- Se você quer, então o faça, tive uma ideia, o que acha de uma noite só para vocês?

--Como assim?

--Eu vou para o pagode sábado, com o pessoal, e só volto bem tarde da noite.

--A casa para nós?

--Isso mesmo.

--Mãe você é a melhor mãe do mundo sabia?

--Sabia- Abraçou-a – Eu sou a melhor, mas lembre-se de uma coisa, se você inventar de reprovar você vai ter o pior castigo de todos.

 -- Eu não vou reprovar, a Deia tá me ajudando, falando nela eu vou para o quarto namorar um pouco

--Lembra de fechar a porta, não quero ser obrigada a ver coisas demais – Paula disse sorrindo vendo a filhar entrar no pequeno corredor que dava no quarto.

 

 

--Por que os seus trabalhos sempre ficam melhores que o meu? – Juliana perguntou ao entrar no quarto e ver a namorada fazendo umas montagens.

--Porque eu sou a melhor – Piscou para ela.

--E nada convencida não é? – Juliana deitou na cama olhando para cima, como que se estivesse pensando.

 

--Pensando em quê marrenta? – Andreia deitou ao lado da outra

--Em nós, já tem quase um ano que nos conhecemos e agora nós descobrimos que estamos uma apaixonada pela outra.

--E quem disse que estou apaixonada? – Juliana subiu no corpo dela.

--Então não está? Você já sabe que vai pagar por isso não é?- Juliana colocou as mãos nas costas dela.

--Não Juli, não faz isso – Ela tentou sair debaixo dela, mas ela começou a fazer cocegas nela, que a virou imobilizando-a sob si – Agora é minha vez. – Andreia começou a beijar levemente o pescoço de Juliana que sentiu o sexo molhar no mesmo instante, a maior sentiu o aroma próprio da curva do pescoço da outra depois subiu passando a pontinha da língua até alcançar o lóbulo da orelha dela. – Você é uma delícia marrentinha – Não a deixou falar nada, apenas a beijou, um beijo lento, porem cheio de desejo, sem nem notar Andreia estava fazendo uma leve pressão com sua coxa que estava sobre o sexo da morena, essa estava ofegante, sentindo que a qualquer hora seu corpo iria pegar fogo

--AHH Deia! – ela gemeu, ato que fez Andreia pular da cama, assustando Juliana.—O que aconteceu?

--Er... Eu lembrei que tenho que arrumar essa bagunça – Começou a pegar as coisas que estavam no chão.

--Mas... – Estava confusa. – Deixa isso ai Deia, volta para cá

--Não vou deixar essa bagunça aqui – Andreia sentia o corpo ferver desejava tanto aquele corpo, mas não poderia forçar nada, não queria que Juliana pensasse que era apenas por sexo que estava com ela, iria se segurar ao máximo.

--Deia vem aqui – Pegou na mão dela a fazendo sentar na cama.--Eu faço alguma coisa de errado?

--Errado? Claro que não Juli, de onde você tirou essa ideia?

--Por que você toda vez corre?

--Eu não corri.

--Não Deia? Então o que foi isso?

--Eu apenas vim arrumar a bagunça.

-- Deia não foi isso. – Andreia respirou fundo

--Não foi mesmo, é que eu não quero forçar nada, eu vou esperar por você, não importa o tempo que passe. – Fez um carinho no rosto dela.

--Eu sei que você me respeita, nunca faria nada disso comigo.

--Então por isso que eu tento me controlar e só me freando eu consigo me segurar entende?

-- Eu sei que você consegue se segurar, mas vem vamos deitar e descansar o que acha?

--Tá certo – Andreia abraçou-a. – Vamos dormir- Elas se abraçaram e logo  estavam dormindo, os dias seguiram com tranquilidade Andreia evitava ao máximo deixar as coisas esquentarem demais.

Notas finais:

ola minhas flores.

 

Apareci depois do FDS sumida, para compensar eu talvez poste outro amanhã.

 

Bem, as coisas parecem se ajeitando, a Andreia resistindo a tentação que é a Juli kkk A Paula sendo uma fofa como sempre e o grande dia se aproxima..... kkkk

 

BJS 



Comentários


Nome: Mille (Assinado) · Data: 15/05/2018 10:32 · Para: Capitulo 14

Oi Lili 

Está tudo maravilhoso mãe aceitando e com certeza sabia antes da filha. 

Juli planejando a primeira vez delas.

Mais acho que o JM não vai aceitar esse namoro delas e Juli não pode conversar com ele sozinha estou com péssimo pressentimento que este fdp vai aprontar. E caso ocorra a Deia vai deixar a cara dele toda amassada.

Bjus e até o próximo capítulo 



Resposta do autor:

Paula é uma super mãe mesmo.

E realmente se a Andreia pegar o JM fazenda algo errado.... Nem sei kkkk

BJs



Nome: Pipoca ramos (Assinado) · Data: 15/05/2018 01:09 · Para: Capitulo 14

Só vou comentar no capítulo de amanhã 

Ótimo capítulo autora



Resposta do autor:

Correndo pra postar outro capítulo..... Kkk



Nome: Elizaross (Assinado) · Data: 15/05/2018 00:02 · Para: Capitulo 14

Nossa, dona Paula e a mãe do ano que fofa..

Eita que o grande ta chegando.... vem logo..



Resposta do autor:

Realmente uma mãezona, é está bem próxima.

Bjs flor



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.