O amor chega sem avisar por patty-321


[Comentários - 102]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

 

Meus filhos neste fim de semana estariam com o pai, então eu teria o meu tempo pra dispor com toda liberdade. Marina me convidou para passarmos o fim de semana num hotel de selva, deixaria a filha com a prima.

Pegamos a estrada bem cedo, no sábado. O hotel era lindo, com uma arquitetura rústica, mas com todo o conforto e tecnologia moderna. Ficamos num chalé que dava para ouvirmos a queda d’água da cachoeira. Show.

Deixamos nossas coisas no chalé e fomos conhecer o lugar. Havia piscinas de água natural e a cachoeira com corredeiras, onde havia passeio de canoa e também mergulho e um passeio pelas cavernas. Tudo muito lindo. Marina todo tempo me tratando com muito carinho e atenção. Muito fofa. Curtimos o restante da manhã, fazendo alguns passeios. Voltamos ao hotel para o almoço.

Degustamos iguarias típicas da região e fomos descansar no nosso chalé.

- Amor, to morta de cansada. Mas se você quiser só descansar um pouco e voltar aos passeios, sem problemas, vamos.   

- Não Marina, to morta também. Vamos tirar um cochilo e ficamos por aqui mesmo, já são 15 horas.

- Acorda preguiçosa. Já são 18 horas. Falei abraçando Marina por trás e dando beijinhos em seus ombros e rosto.

- Hum...muito bom acordar assim com tanto carinho- ela me disse se virando e me abraçando, em seguida nos beijamos muito e ficamos naquele chamego gostoso até que foi evoluindo para algo mais quente, minhas mãos já estavam nos seios dela, apertando e massageando, quando ela me segurou.

 - Oiii, parou porque? Porque parou?

- Porque se continuarmos vamos nos atrasar para o jantar e eu quero você muito linda e cheirosa. Teremos o restante da noite para fazermos amor.

- Ui, adorei. Ok, ok, você venceu. Vou pro banho primeiro – eu disse lhe dando um selinho.

-Pronto flor, enquanto você banha eu me arrumo.

Meu vestido era preto com um decote generoso, valorizando meus seios médios, cintura afinada e a saia era um pouco rodada, era um pouco acima dos joelhos, mostrando minhas pernas grossas e bonitas de fora. Fiz uma maquiagem com um olho marcado e batom vermelho. Nos pés uma sandália de salto fino, preta.

Quando estava colocando as sandálias a Marina sai do banheiro, já vestida, com um vestido com flores médias, de alças finas e já maquiada. Linda. Sorrimos uma para a outra.

- Nossa, Sandra você ta linda. Acho que vamos pedir o jantar aqui no quarto mesmo e pulamos a sobremesa. Kkk.

- kkkkk. Negativo. Agora vamos desfilar pelo restaurante. Taradinha.

Ela pegou minha mão e deu um beijo na palma e saímos.

O jantar estava maravilhoso. Pessoas bonitas e o atendimento nota 10. Tomamos umas taças de vinho, conversamos e rimos bastante, naquele clima de olho no olho. E a danadinha sempre dava um jeito de roubar um beijo rápido ou passar a mão nas minhas coxas. Safada. Me deixou muito excitada.

- Finalmente a sós, novamente. E agora, senhorita, o que faremos?

- Tem nada em mente?  -Eu disse isso passando as minhas mãos pelos seus ombros e lhe dando um selinho demorado, que virou um beijo de tirar o fôlego. Oh mulher de beijo gostoso. Vou confessar, o melhor beijo de todos os tempos. Ai, ai. Loucura.

- Só um momento, meu amor. – Marina disse e foi pegar o celular onde colocou uma playlist para embalar nosso momento.

- Dança comigo, Sandra?

- Com toda certeza, Marina.

Quem de Nós Dois

Ana Carolina

Eu e você
Não é assim tão complicado
Não é difícil perceber

Quem de nós dois
Vai dizer que é impossível
O amor acontecer

Se eu disser
Que já nem sinto nada
Que a estrada sem você
É mais segura
Eu sei você vai rir da minha cara
Eu já conheço o teu sorriso
Leio o teu olhar
Teu sorriso é só disfarce
O que eu já nem preciso

Sinto dizer que amo mesmo
Tá ruim pra disfarçar
Entre nós dois
Não cabe mais nenhum segredo
Além do que já combinamos

No vão das coisas que a gente disse
Não cabe mais sermos somente amigos
E quando eu falo que eu já nem quero
A frase fica pelo avesso
Meio na contra mão
E quando finjo que esqueço
Eu não esqueci nada

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro
Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida

Eu procurei qualquer desculpa pra não te encarar
Pra não dizer de novo e sempre a mesma coisa
Falar só por falar
Que eu já não tô nem aí pra essa conversa
Que a história de nós dois não me interessa
Se eu tento esconder meias verdades
Você conhece o meu sorriso
Lê o meu olhar
Meu sorriso é só disfarce
O que eu já nem preciso

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro
Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida

 

E ela cantava no meu ouvido, com aquela voz rouquinha e gostosa. Nem sei como ela tirou minha roupa e a dela e já estávamos rolando na cama. Dessa vez eu mandei todas as minhas convicções idiotas e a entrega foi total. Marina me beijou com muita paixão, descendo os beijos e chupões pelo meu pescoço e seios, dando pequenas mordidas que me derretiam completamente. E o quarto se encheu de gemidos e frases sem sentidos.  Ela passou a beijar e morder minha panturilha e coxa - Você é muito linda e gostosa, Sandra – ela me disse e veio beijar minha boca.

Peguei no rosto dela e quase sem voz eu disse: Faz amor comigo? Quero tudo com você.

Ela me olhou nos olhos e deu um sorriso maravilhoso. Depois disso foi loucura total. Ela dedilhou o meu corpo com maestria, me deixando no paraíso. Dava pequenas mordidas no meu sexo, e enfiou a língua endurecida na minha ppk e olhava nos meus olhos, aquilo era bom demais. Tive um orgasmo louco, duplo, triplo, sei lá. Não sei por quanto tempo fizemos amor, de várias maneiras. Foi lindo.

Abri um olho com muita preguiça, passei a mão na cama e não sentir a presença da Marina, de repente ela sai do banheiro enrolada numa toalha, muito linda.

- Bom dia meu amor.

- Bom dia minha flor- respondi.

O café está servido na varanda. Vai tomar banho que te espero- ela foi falando e me dando um selinho.

A mesa do café estava linda e a nossa fome, gritante.

- Sandra,  quero te fazer uma pergunta.

- Faça, minha linda.

- Quer namorar comigo?

- Oiiii? – Fiquei bem nervosa – E o teu namorildo?

- O que tem ele? Não tenho mais nada com ele. Apesar dele ficar me enchendo o saco, eu já deixei bem claro, que acabou, conversamos antes dele viajar. Agora é entre nós. Eu estou completamente apaixonada por você e não me vejo ficando sem você. Sem te pressionar, mas preciso saber o que você pensa sobre nós.

Enchi o peito de ar e fiquei olhando pra ela. O silêncio se fez durante uns segundos e ela me olhando com apreensão, seus olhos foram enchendo de lágrimas.

 

Notas finais:

Olá. boa noite. Sorry, queridas. Ando super ocupada e os capitulos prontos terminaram. Mas continuem me acompanhando. Não vou desitir, só vai demorar um pouco mais as postagens.

Façam suas apostas. Será que a Marina irá ganhar um sim?



Comentários


Nome: Bia Ramos (Assinado) · Data: 04/04/2018 14:09 · Para: 19- Pedido de namoro

Oiie Patty!!

Mulher, como tu para nessa parte!! :/

Volta logo com a resposta que estamos ansiosas.. Plisiiii

Bjs

Bia



Resposta do autor:

Oi Bia. Acabou o suspense.  Postei capitulo. Tá td corrido pra mim, mas to me esforcando para que não demore muito postagens novas. Bjs;



Nome: flawer (Assinado) · Data: 03/04/2018 10:06 · Para: 19- Pedido de namoro

Respondeeeee logo, Sandraaaa! ( Carinha Bicuda aqui) genteeee pq essas môças nos fazem esperar angustiadas assim por uma resposta tão rápida: sim! Kkkkkkk

Meu momô, aquela cruela levou 5min mais longos da galaxia pra responder, e por celular... Pense q minhas órbitas ficaram grudadas na tela! ( Virando os olhinhos aqui) mas valeu pq me deu simmm

Kkkkkk

Beijinhos

P.s.: esse cap me trouxe boas lembranças 



Resposta do autor:

Oi libda. Obrigada pelos coments. Meu tempo ta corrido mas em breve a prof Sandra dará a resposta. Si bao sei se irao gostar. Carinha de suspende aqui. Kkkkk. Bjs



Nome: Mabre 27 (Assinado) · Data: 01/04/2018 18:59 · Para: 19- Pedido de namoro

Oxente que esse sim, tem que sair!

Marina minha filha estou tão aflita quanto você kkk

 



Resposta do autor:

BORA VER SE É UM SIM. BJS



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.