Por acaso | a história de duas mulheres e seus acasos por Poracaso


[Comentários - 209]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Foram dois meses de muita correria, muita briga, mas de muita aproximação também. Não nos desgrudamos, como se quiséssemos compensar o tempo que passaríamos separadas.

Foram inúmeras despedidas com os amigos, mas reservamos a última noite para nós. Jantamos no restaurante que tinha a nossa cara, onde comemoramos todas as nossas grandes conquistas. Escolhemos nossos pratos preferidos e tomamos vinho.

Fizemos amor em nossa cama como se fosse a primeira vez, há quase três anos. Começamos nos tocando suavemente, com toda a delicadeza das primeiras vezes. Parecia que Carol queria sentir cada parte do meu corpo para não esquecer. Percorreu-me como se eu fosse um mapa e nele procurasse alguma cidade a ser conquistada. Mas tudo já era dela. Meu corpo já era dela. Eu era dela.

E como se, de repente, tivesse se dado conta da urgência do momento, penetrou-me com tanta força que não pude conter um grito de prazer.

Ela estava com tanta vontade de mim que não me deu espaço para entrar no seu corpo. O corpo dela estava grudado ao meu pelo suor e pelos nossos líquidos, minha mão sentia seu sexo e seu prazer, enquanto a mão dela se movia dentro de mim.

Ela dormiu dentro de mim, tal qual um exilado que procura abrigo em local seguro. Acordamos abraçadas como se fôssemos capazes de resistir a tudo, inclusive à distância.

Fomos só nós para o aeroporto. A espera pelo embarque foi ansiosa. A despedida foi com lágrimas contidas de ambas as partes. Ela apertou meu corpo contra o dela e disse no meu ouvido, já sem conseguir segurar os soluços:

– Não quero perder você.

– Não vai perder – eu disse.

Voltei para casa pensando sobre como os papéis podem se inverter. Eu, que sempre tive tanto medo de ser deixada, estava agora vivendo outra personagem. Eu, com todas as minha inseguranças, tentava manter alguém segura acerca dos meus sentimentos.

Nome: mtereza (Assinado) · Data: 24/11/2017 09:25 · Para: Capitulo 16 - É cedo ou tarde demais pra dizer adeus

A postura de Luísa me surpreendeu rsrsr torcendo para que continue assim



Resposta do autor:

#somostodasluisa.



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.