Meu corpo no teu por Julieta Adams


[Comentários - 22]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

— Alanna! Eu estou guiando a moto! Veja! - Ela se empolgou, e nisso que foi festejar, acabou desequilibrando, e caímos num riacho que tinha entre o matagal.

A moto rodou na terra, e nós duas voamos longe e eu fui socorrê-la imediatamente.

— Bianca, pelo amor de Deus! Fala comigo! - Fui sacudi-la, e ela despertou.

— Gente que adrenalina! Eu quero mais! (Risos)

— Você me assustou garota! Nossa... Nunca mais ando de moto com você. - Tentei ficar séria, mas, vê-la com aquela risada gostosa no ar, me contagiou. — Vem cá sua maluquinha!

Agarrei-a forte, no intuito de sufocá-la nos meus braços... E foi nesse momento... Que ficamos cara a cara novamente, ainda rindo do que aconteceu, porém foi ficando um clima sério, entre nossos olhares.

— Melhor irmos... - Comentou Bianca, e nós duas molhadas da queda que levamos ao riacho.

— Foda-se o que vão dizer! Vem cá!

Puxei-a forte pegando na sua bunda, arrancando um beijo arfante dela... Ela chegou a abrir a boca surpresa, com aquele meu ataque inesperado nela. Que só teve tempo de prender a respiração e se entregar a minha boca, que a engoliu. Bianca tremeu nas minhas mãos...

— Faça o que nossos corpos querem Alanna... - Gemeu meio ao beijo quente que trocávamos, ainda com os olhos fechados.

— Aii você é tão deliciosa... Sabe como deixar uma mulher louca... Como eu tentei te evitar! - Beijava sua boca e seu rosto repetidas vezes, me "embriagando" dela.

Ela foi tirando sua blusa lentamente, e pediu pra que eu a olhasse... Quando tirou seu sutiã, me deu ele, eu o cheirei... Suspirando, cheguei a tremer lá na espinha...

— Bianca... Melhor terminar isso em casa... - Ela pôs um olhar sedento em mim, e veio se aproximando igual uma felina, pronta pra dar seu ataque, como fica mais linda assim... Quase sem suas roupas, fiquei desnorteada com tanta beleza de vê-la assim.

Foi tirando suas partes de baixo, seu short saiu com mais dificuldade atrás, e quando o tirou, chegou em mim se esfregando com seu traseiro gostoso entre minhas pernas, só para me fazer perder o controle.

—  Faça seu dever comigo, delegada! - Pegou forte no meu rosto, com uma voz de autoridade, rebolando com mais força entre minhas pernas, estando nós duas de pé. Naquele meio do nada... Numa mata fechada.

— Agora eu sou a delegada né? E você é o que? - Revirei meus olhos, com aquela voz macia e sedutora dela.

— Eu? Eu sou apenas uma garota que necessita ser colocada na linha... - Chegou com sorriso vaidoso, pegando no meu cordão com certa força, pondo pressão no cordão e nisso fazendo meu pescoço também sentir a pressão. Quase que minha saliva não desceu, parece que de garota ela tem é nada!

Notas finais:

EITAAAA BIANCA! MATOU A DELEGADA! HAHAHAHAHAHAHAHA Comentem amores, isso me inspira a sempre agilizar com a procedência da história.



Comentários


Nome: Elizaross (Assinado) · Data: 14/05/2018 14:05 · Para: Capítulo 9

kkkkkkkkkk da delegada cheia de posse e tal, caiu direitinho na menina mulher chamada Bianca.

Agora vai ficar bomm......

volte logo!!!



Resposta do autor:

Parece que a marra dela foi por água abaixo kkkkkkkkkk Bianca vai deixar ela louquinha, me aguarde.



Resposta do autor:

Parece que a marra dela foi por água abaixo kkkkkkkkkk Bianca vai deixar ela louquinha, me aguarde.



Resposta do autor:

Parece que a marra dela foi por água abaixo kkkkkkkkkk Bianca vai deixar ela louquinha, me aguarde.



Nome: Socorro de Souza (Assinado) · Data: 14/05/2018 11:11 · Para: Capítulo 9

Delegada morreu kkkk

dar-lhe Bianca !!!!



Resposta do autor:

Será que Bianca ressuscita a coitada? Quem é a durona agora né? kkkkkkkk



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.