O amor e suas conquistas por Bia Ramos

Quando sai do Studio fui direto para casa, estava cansada e minha cabeça estava doendo, tomei um banho, preparei um lanche e comi, depois fui direto para o quarto, me joguei na cama, não demorou muito adormeci, acordei de madrugada com frio jogando o cobertor por cima voltando a dormir, na manhã de terça-feira acordei como se tivesse bebido a noite toda, com muita dor de cabeça.

Levantei indo direto para o banheiro, tomei um banho relaxando um pouco, voltei para o quarto, olhei pela janela estava chovendo que tempo doido, coloquei uma calça, tênis e um casaco, peguei as chaves do carro e segui para a escola, passei para tomar um café no lugar de sempre estacionando o carro em frente ao prédio, quando sai do carro corri para não me molhar.

Estava no elevador quando alguém pediu para segurá-lo e qual não foi minha surpresa quando Jéssica apareceu sorridente, com o cabeço todo molhado dizendo:

-Bom dia, o tempo mudou completamente.

-Então, quando olhei pela janela tomei um susto, tempo maluco, quer ajuda?

-Sim obrigada.

Estava com algumas pastas na mão entregando-as para mim e se ajeitando, o elevador parou e dei passagem para ela sair, seguimos para a escola, ela pegou as pasta novamente, desejando um bom dia para Bianca que já estava por ali, seguindo para sala dela, mais uma vez fiquei observando ela caminhar até sentir um papel sendo jogado em mim, olhei e Bianca sussurrou:

-Disfarça, porque já está dando pinta demais.

-Do que você está falando sua doida?

-Tão inocente, pensa que não ando reparando no seu súbito interesse por sua sócia?

-Não tem nada a ver eu só...

-Pra cima de mim não Bia, te conheço muito bem, vai com calma ou poderá assustar ela.

-Não faço a menor ideia do que está dizendo.

Peguei o papel que ela jogou em mim e joguei nela novamente seguindo para minha sala sorrindo, liguei meu computador abrindo o e-mail checando minha caixa de entrada, com vários e-mails para responder, o que levou quase uma hora, o interfone tocou:

-Alo!

-Anny está aqui.

-Estou saindo!

Quando abri a porta lá estava a morena que sorria lindamente, sorri abrindo meus braços e a saudando:

-Finalmente ela apareceu, estava com saudades já.

-Não faz nem um mês que estive aqui conversando com você?

Ela me abraçou de volta dando-me um beijo no rosto! Porque as mulheres gostam de deixar marcas de batom em meu rosto? Será o jeito delas marcarem território? Sorri com meu pensamento, quer saber, nem ligo até gosto, a conduzi para minha sala falando com Bianca:

-Bibi, aquele café... Especial que só você sabe fazer, obrigada.

Entramos na sala e perguntei a Anny:

-Então, quais as novidades?

-As de sempre.

-Não, tem que ter alguma coisa nova.

Nos acomodamos no sofá e ela logo falou:

-Tem uma, Helena e eu estamos pensando em adotar!

-Sério, nossa, que bacana, fico feliz por vocês anjo.

-Estamos planejando ainda, mas é quase certo ela ainda está relutante.

-Porque?

-Tem medo de não dar certo, temos um casal de amigas que estão na fila de espera quase seis meses.

-Ah, Anny, mas isso leva tempo mesmo, não desanima não, Helena vai cair na real, quanto antes vocês correrem com as papeladas melhor.

-Eu sei, estamos vendo uns advogados, mas sabe como é néh, muita burocracia, e por sermos um casal homoafetivo piora a situação o preconceito grita.

-Pro inferno com essa descriminação, escuta tenho uma amiga que é Advogada, vou conversar com ela e ver se ela atende esses casos, indicarei ela, antes do final de semana ela entrará em contato com vocês.

-Valeu Bia, a sua ajuda será bem-vinda claro.

-Adoro vocês sabem disso e você é como uma irmã para mim.

-Irmã néh, sei?

Bianca entrou com o café nos servindo e saiu, continuei:

-Sabe que praticamente entreguei você de mãos beijadas para Helena, o seu lugar é ao lado dela, que aliás, faz tempo que não dá o ar das graças, o que ela anda fazendo?

-Muita atarefada agora, está dando aula em duas escolas, de manhã ela acompanha uma menina com Deficiência Auditiva e a tarde leciona pelo Município.

-Nossa, que legal, preciso conversar com ela sobre algumas ideias para aulas de Informática para essa galerinha, com urgência.

-Ela vai adorar Bia, ama lecionar, Informática Aplicada a Educação Especial é uma grande ideia.

-Sim, precisamos dar mais atenção a esse assunto, fala pra ela vir conversar comigo quando puder, assim ela pode conhecer “minha sócia” e darmos seguimento a isso.

-Opa, calma ai, que história é essa de Sócia? O que aconteceu com o Fábio?

-Vendeu a parte dele para a irmã, que agora assumiu o seu lugar.

-E eu vou conhece-la quando?

 -Assim que terminarmos nossa reunião se ela ainda estiver ai.

-Hum, interessante! E como você está com essa situação?

-Perdida, não sei...

-Ela é bonita?

-Muito!

Ela soltou uma gargalhada, já esperava por isso, quando terminou o acesso de riso simplesmente disse:

-É minha amiga, de volta ao jogo!

-Não, ela é hetero e tem uma filha, nem quero pensar em me envolver.

-Bia, conheço você, já deve estar envolvida.

-Poxa Anny, não fala assim, além disso Amanda voltou, lembra dela? Estou balançada.

-Não acredito que esteja balançada depois de tudo o que aconteceu?

-Namoramos por dois anos Anny, quando nos separamos fiquei muito mal, depois que sai da faculdade não tivemos mais contatos até uma semana atrás.

-Traição é uma coisa chata e como você se sente perto dela?

-Ela continua linda e ainda mexe comigo, mas estou vacinada não rola mais nada.

-Será mesmo Bia? Muita coisa aconteceu depois que terminaram, ela pode ter mudado?

-Não Anny, eu me magoei muito, sofri muito com nossa separação ela pode até tentar, mas não vai rolar não.

-Entendi, quanto a nós...

-Você também me abandonou, não temos volta.

-Deixa de ser boba, não estou falando disso.

-Eu sei, estava brincando, pronta para trabalhar?

Entramos no assunto da escola, conversamos por uma hora mais ou menos, Bianca sempre nos servindo café, deixamos os detalhes para resolver com Jéssica, concluindo ali levantei indo até o telefone:

-Bianca, Jéssica ainda está na escola?

-Está sim, porque?

-Poderia ver se ela pode me atender, por favor?

-Claro, só um minuto.

Estava no viva voz quando Jéssica retornou:

-Beatriz, queria falar comigo?

Anny arqueou a sobrancelha e pelo gesto dela teve a mesma impressão que eu tive quando ouvi a voz dela pela primeira vez, confirmei:

-Sim, está ocupada? Poderia vir até minha sala um instante?

-Claro, em um minuto estarei ai!

Desligou o telefone, Anny levantou e veio até mim dizendo:

-Se ela for tão bonita quanto a voz, estamos em sérios apuros minha amiga!

-Estamos?

-Eu nem conheço a mulher e já me apaixonei por ela.

Ouvimos batida lá porta, e ela abrir, olhei para Anny e disse baixinho:

-Comporte-se, você é casada!

Ela sorriu enquanto fui em direção a Jéssica a conduzindo para o interior da sala fazendo as apresentações:

-Jéssica essa é Anny professora da qual comentei com você!

-Muito prazer Anny, A Bia falou de você ontem!

-Olá Jéssica, o prazer e meu, obrigada, espero que ela tenha dito boas coisas a meu respeito.

-Sim claro.

E olhou-me sorridente, as duas aparentemente se deram bem, sentamos e comecei a falar:

-Como havia comentado para as duas preciso de férias, com urgência!

As últimas palavras foram ditas com cara de sofrimento, as duas riram, continuei:

-Anny está acostumada e ficar em meu lugar Jéssica, já me substituiu algumas vezes, e para você entender, ela irá guiar os Monitores durante a semana, temos um planejamento semanal, no entanto precisamos ficar de olho.

-Entendo, e o que exatamente seria esse planejamento?

-Funciona assim, acho que percebeu na aula de ontem que as aulas são totalmente Virtuais?

-Sim, estava a par disso.

-Então, os alunos não necessitam tanto da intervenção de um professor, por isso os Monitores ficam com eles para auxilia-los, acontece que tem os alunos mais velhos que acabam tendo algumas dúvidas a mais sobre o curso, nessa parte eu entro conversando com eles, Anny fará isso na minha ausência.

-Bia, você falou que teve algumas mudanças durante a nossa reunião...

-Sim Anny, alguns Softwares novos foram aplicados, por isso gostaria de saber se pudesse vir uma semana antes de começar, dois ou três dias talvez, para eu mostra-los e fazermos um pequeno treinamento.

-Claro, com certeza, tem ideia de quando exatamente quer sair de férias?

-Em duas ou três semanas, preciso ajustar algumas coisas antes de poder sair, mas alguma pergunta, Jéssica, ok?

-Sim, acho que podemos dar conta de tudo na sua ausência.

Ela sorriu sendo seguida por Anny, seu telefone tocou pedindo licença para atender, fiquei conversando com Anny quando ela retornou de desculpando:

-Desculpe-me, preciso resolver um problemas, terminamos por aqui?

-Sim fique à vontade, Anny...?

-Eu também preciso ir Bia, Helena está a minha espera, quase nunca temos tempo de almoçarmos juntas, quando podemos aproveitamos.

-Claro, compreendo.

Levantamos indo em direção a porta, abri dando passagens para as duas, no corredor o celular de Jéssica tocou novamente, ela se desculpou se despedindo e indo em direção a porta, abracei Anny e a levei até o elevador, quando estávamos lá ela comentou:

-Ela não é só bonita Bia! Ela e cativante também.

-Você reparou néh?

-E vi a forma como olhava para ela, mas o que me chamou a atenção foi a forma como te olhava avaliativa.

-Ela sempre me olha assim.

-Talvez ela esteja interessa também Bia!

-Não delira Anny, ela...

-Ei, ninguém sabe, eu aconselharia você a tentar, quem sabe?

A abracei forte, ela chamou o elevador, me deu um beijo demorado no rosto, ao mesmo tempo em que Jéssica vinha em nossa direção, também estava de saída, pisquei para ela que apenas comentou entrando no elevador:

-Às vezes vale a pena arriscar Bia, bye, bye!

-Tchau Anny.

-Até mais tarde Bia!

-Até Jéssica.

 

O elevador fechou e fiquei ali parada por um tempo, retornando para a escola, sentei conversando com Bianca, resolvemos ir almoçar, liguei para Ricardo para saber se ele queria nos acompanhar, em meia hora saímos os três do prédio.

Notas finais:

Obrigada pelo carinho do pessoal que está comentando minhas histórias via página Lettera e via email...

Beijos meninas

 

Até a próxima!!!



Comentários


Nome: patty-321 (Assinado) · Data: 10/10/2016 01:46 · Para: 7º Capítulo – Conselho de amiga
Jess e realmente cativante e misteriosa. Legal esse romance indo devagar. Gosto assim.. bjs


Nome: rhina (Assinado) · Data: 09/10/2016 15:24 · Para: 7º Capítulo – Conselho de amiga

 

Olá. 

Bom  dia Bia. 

Como andas linda garota? 

Estou super curiosa e encabulada com a Jéssica. ..ela está me saindo mais misteriosa do que tu. E isso a deixa super charmosa interessante e intrigante. ....a atmosfera que criaste em volta dela é perfeita. ....a toco. ..não. ..não a toco...sempre escapole entre meus dedos.

Beijos. 

Rhina



Resposta do autor:

Muito bom saber que estou deixando minhas leitoras curiosa sobre os aconteceimentos em minhas histórias, principalmente você, ;)

Espero que se surpeenda cada vez mais com os fatos e contiune acompanhando como sempre os capítulos...

 

Grande beijo no seu coração!!!



Nome: Unica (Assinado) · Data: 09/10/2016 02:40 · Para: 7º Capítulo – Conselho de amiga

Oi... estou amando sua estória, assim como todas as outras. A Bia é encantadora e a Jessica apaixonante, todas as estórias que eu leio acredito que tem um pouco da autora em uma de suas personagens,  para mim vç é como a Bia, leve tranquila e determinada. Parabéns pela estória. Obrigada..... ??‘???‘???‘???‘???‘???‘?



Resposta do autor:

Seja bem vinda Unica, sempre bom ver caras novas em meus comentário, parece que atraio as curiosas de plantão? rsrs

Isso é bom, sempre é bom desenvolver as curiosidades alheias... Fica mais interessante esperar futuros comentários.

Obrigada pelo carinho...

Beijos!!



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.