Última noite de amor por Vandinha


[Comentários - 1262]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +


                                         Última Noite de Amor -- Capítulo 64


Assim que o ônibus alcançou a rodovia em direção à casa de Demo, uma das garotas se levantou e foi até Alexandra.
-- Olha Tom, nós estamos muito agradecidas pelo que vocês fizeram pela gente. Sair daquele lugar foi tudo de bom, mas confesso que estamos preocupadas com o nosso futuro. O que vai acontecer com todas nós de agora em diante?
Alexandra olhou para Isabel sem saber o que responder para a garota. Havia feito a  vontade da namorada e agora estava com dez garotas sobre sua responsabilidade e não fazia a mínima ideia do que faria com elas.
-- Estava pensando seriamente em montar um harém para mim. O que vocês acham?-- falou brincando, mas não deixou de levar um beliscão de Isabel -- Estava só brincando amor. Resolve você então.
-- E vou resolver mesmo -- Isabel se levantou olhando calmamente em volta e todos os olhares se fixaram nela -- Essa maluca aqui que arriscou a vida para resgatar a gente, se chama Alexandra Girani. Ela é uma mafiosa, nervosinha, encrenqueira, mau humorada...
-- Calma aí Isa, desse jeito você queima o meu filme -- falou chateada.
Isabel sorriu e continuou.
-- Mas apesar de tudo isso, ela é um amor de pessoa. E eu a amo loucamente.
-- Ama? -- As garotas perguntaram em coro.
-- Amo. A gente se ama né vida?
Alexandra balançou a cabeça toda orgulhosa.
-- Poxa. Essa pra mim é a maior surpresa. Sempre achei que você fosse a maior pegadora.
-- Engano seu, minha cara Helena. Eu e Xanda estamos juntas já faz algum tempo. E desde então não fui para a cama com mais ninguém.
Nesse momento o ônibus parou no enorme quintal da casa de Demo, o que deixou as meninas ainda mais apreensivas.
-- Então Alexandra, você nos tirou de lá, agora vai ter que cuidar da gente.
As garotas bateram palmas, assoviaram e gritaram. Todas compartilhando a mesma felicidade de voltarem para o Brasil sem terem que retornar à vida de prostituição.
Alexandra arregalou os olhos.
-- O que eu vou fazer com essa mulherada Isa? Se ao menos eu fosse uma apresentadora famosa criaria as Xoxetes.
-- Tá Xanda, que tal começarmos por partes.
-- Boa ideia Isa. Se é por partes, podemos começar pela bunda. Adoro bundas.
-- XANDA!!! -- Isabel deu um tapa na cabeça dela.
-- Eita, que agora lembrei de minha Vic. Ela adora bater na minha cabeça.
-- Descobri o motivo de você ser tão desmiolada. Esses tapas devem ter deixado sequelas graves, né Bruna?-- Alexandra falou com a médica e logo voltou sua atenção para Isabel -- Explique melhor esse negócio de: "Ir por partes", Isa.
-- Simples. Primeiro colocamos as meninas no avião; segundo ligamos para Janaína e pedimos para ela providenciar um lugar para acomodá-las até a gente voltar para o Brasil e você ajeitar a vida delas.
-- Tudo tão fácil, né vida? -- Alexandra falou com ironia.
-- Você faz tudo ficar fácil amor -- Isabel sentou no colo de Alexandra e sensualizou mordendo os lábios de forma sexy e provocante, o suficiente para deixar a promoter excitada -- A minha gatona é a mulher mais powerful (poderosa) do mundo.
-- Powerful... gostei vida -- Alexandra sorriu sentindo-se o máximo.
-- Abram a janela que eu vou vomitar -- Bruna se levantou e foi até o motorista -- Melhor... Abre a porta, por favor quero sair daqui. Estou me sentindo sufocada.
-- Espera Bruna, vamos com você -- Malú e as meninas foram atrás dela.
-- Coitada da doutora mediúnica, ela está muito tempo sem fazer sexo. A essa altura ela já está falando: "Amai-vos uns sobre os outros".
-- Como você é debochada Xanda. A Bruninha é fiel e isso é muito bonito. Espero o mesmo de você. Ouviu?
-- Não se preocupe amor, eu te amo tanto que para não te gastar prefiro usar a mulher dos outros.
-- Xanda!!! -- Isabel ficou bicuda.
-- Estou só te provocando meu amor -- Alexandra deu um beijinho na ponta do nariz dela -- Você sabe que eu te amo e sou a pessoa mais fiel do mundo.
-- Eu sei disso -- Isabel retribuiu com um sorriso lindo -- Agora é melhor a gente juntar-se a elas. O voo é pra daqui à três horas. As meninas precisam tomar banho e se ajeitarem -- a pele de Alexandra se arrepiou quando Isabel passou as unhas pelo seu braço -- Lá no hotel a gente mata a saudade.
-- Hum... delícia. Não vejo a hora -- falou cheia de malícia.




Enquanto isso...


-- Falta muito? -- André se arrastava pendurado no pescoço de Ramon -- Estou morto, não consigo dar mais um passo.
-- Aguenta firme aí. Afinal você não é o chefe? O coordenador? O idealizador? O mestre de obras? O garçom? Sei lá mais o quê? -- Valeria caminhava lentamente um pouco mais a frente.
André levantou as mãos para o alto e falou fingindo chorar:
-- Alguém por favor peça meu impeachment, quero ser afastado das minhas responsabilidades por 180 dias.
-- Belo líder você é, né André? Já quer pular fora.
-- Não é isso Tati, é que às vezes tomamos atitudes que dão vontade de ir no cartório para assinar um atestado de trouxa. Aonde já se viu escondermos o carro de nós mesmos?
-- A culpa foi desse guia cabeçudo que arrumaram pra gente. Devia estar em promoção: "Leve um guia e ganhe um safári a pé pela selva africana".
-- Calma Tati! Não vamos colocar a culpa toda sobre ele -- Ramon ponderou -- Também fomos bem inocentes.
-- Que fome! -- Valeria passou a mão pela barriga e fez uma careta.
-- Me lembrei de uma história: Joãozinho e duas mulheres, se perdem no Alasca.
Sem terem o que comer, resolveram cortar o próprio corpo.
No almoço, a primeira mulher cortou um pedaço de uma das suas pernas e disse:
-- Agora temos pernil para comer!!!
No jantar foi a vez da segunda mulher, que cortou um pedaço das suas costas e disse:
-- Agora temos lombinho!!!
Às 23:00 chegou a vez do Joãozinho. Ao tirar o pau para fora, as duas mulheres gritam:
-- Que Bom!!! Temos linguiça!!!!!!
Retrucou Joãozinho: Linguiça o caralho. Beber leitinho e "mimi".
-- Que coisa feia André! -- Ramon sorriu -- Piada de mal gosto.
-- Nesse momento amor só consigo pensar: Eu, você, dois hambúrgueres e um litro de Coca-Cola. Aiiiiiiiiii... que dor nas costaaaasss...
-- Eu também estou morta. Seremos a pior geração de idosos que já existiu -- Valeria parou com as mãos nas costas e se dirigiu ao guia estranhando o seu comportamento -- Você não fala nada criatura?
O guia olhou para ela e colocou o dedo sobre os lábios pedindo silêncio.
-- Shiuuu...Tive a impressão de ter ouvido o ruído de motor.
O grupo ficou em silêncio tentando ouvir.
-- Verdade! Também estou ouvindo -- Tatiana abriu um sorriso largo -- Finalmente meu Deus!!!




Na casa de Demo.


Valentina e Gustavo estavam há horas presos dentro de um quarto. Andavam de um lado para outro sem saber o que fazer.
-- O que você acha que está acontecendo Gustavo?
-- Não sei Valentina, mas não estou gostando nada, nada disso -- sentou na cama e passou a mão pelo cabelo. Estava muito nervoso e com medo -- Seja lá o que for, algo me diz que vamos nos dar mal.
-- Deve haver algo que possamos fazer para virarmos o jogo -- a loira não se conformava com a situação -- Só temos uma saída Gustavo -- parou diante do advogado, jogou os cabelos para trás e esfregou o rosto com força -- Vamos propor dividir o dinheiro com eles em troca da nossa liberdade.
Gustavo fez cara de quem não gostou muito da ideia.
-- Será que não temos outra maneira de sairmos dessa? O Vemba vai acabar com a gente.
-- Estava pensando em dar o cano no Vemba. Fazemos o acordo com os nossos raptores e fugimos para a Ásia.
-- Valentina! Isso vai ser muito perigoso.
-- Larga de ser covarde homem. Bote uma coisa em sua cabeça: Não temos outra saída. Ou é isso, ou morremos.
-- E o Heitor?
-- Assim que estivermos livres, ligo para ele e falo para nos encontrar no aeroporto.
Gustavo colocou a mão no queixo e pensou por alguns segundos.
-- É. Acho que só nos resta essa opção mesmo -- concluiu.
-- Bem. O próximo passo é convencer esses brutamontes a negociar com a gente. Aonde está a mala de dinheiro?
-- Escondido atrás do armário.
-- Ótimo. Agora vamos esperar por eles...
Mal Valentina terminou a frase, um homem abriu a porta do quarto. A loira corou e calou-se, confusa e embaraçada assim que ele a olhou de cara feia.
-- Vem comigo moça -- falou puxando ela pelo braço até a porta.
-- Eu não vou... -- Valentina resistiu com todas suas forças, esperneando e soltando tapas -- Me solte. Quero falar com seu chefe.
-- Você vai falar com ele. É por isso que estou aqui.
Valentina se acalmou e parou de espernear.
-- Hum, menos-mal -- alisou a roupa com a mão e ajeitou o cabelo -- Agora podemos ir.



Assim que o caminhãozinho deixou o Distrito de Maria Teresa e pegou a Estrada Nacional 230, comemoraram aliviados. Depois de horas de solavancos e chacoalhadas, finalmente asfalto.
-- Que situação constrangedora. Dividir o espaço da carroceria de um caminhão com mais de vinte galinhas.
-- Caramba Valéria. Nunca entrei em uma batedeira, mas deve ser bem assim.
-- Não reclama Tati. Pensa nas coitadas das galinhas, a essa altura os ovos delas já devem ter virado omelete -- André falou com tanta solenidade que Tatiana não conseguiu evitar rir. Ele franziu a testa.
-- Olhem só quanta discriminação pessoal. A galinha de granja  vive em ambiente climatizado, recebe ração regularmente, se alimenta bem... enquanto a coitada da galinha caipira só vive ciscando pelo chão, comendo qualquer porcaria, e ainda por cima no maior calor!
-- Ai amor, prefiro a liberdade e a simplicidade da galinha caipira -- André pegou uma galinha no colo e fez um carinho -- Né có-có?
-- É, mas todo esse cuidado faz com que o ovo da galinha de granja seja bem maior e valha 50 centavos.
-- E o da galinha caipira vale quanto? -- perguntou André.
-- É miudinho e só vale 40.
-- Credo, e você acha que vale a pena rasgar o cú por causa de 10 centavos???
-- Ai meu Deus! -- o guia tapou o rosto com as mãos -- Eu mereço. Vocês não conseguem conversar sobre algo que não seja besteira?
-- Conseguimos sim -- Ramon empurrou uma galinha pra longe e virou-se para ele -- O que faremos agora? Combinamos de nos encontrarmos na casa do Demo. Como chegaremos até lá?
-- Não sei... -- ele disse sem tirar seus olhos da paisagem.
-- Pois eu sei! -- André falou com tanta convicção que animou a todos.
-- Fala aí então -- Tatiana pediu.
André largou a galinha com todo o cuidado.
-- Vou oferecer uma bela recompensa para o motorista das galinhas, com certeza ele não vai recusar de levar a gente até a casa do Demo.
-- Poxa. Tá podendo, hein querido?
-- Não esqueçam que sou o vice da Xandinha, amor. E hoje em dia vocês sabem né? Vice também tem poder. Pode falar com ele, nós pagamos qualquer valor.
-- Se você está dizendo... -- O guia fez conforme André havia orientado e o motorista feliz da vida tocou em direção à casa de Demo.



Na casa.

Valentina parou diante da porta fechada de um dos cômodos da velha e sombria casa. O homem que a acompanhava abriu a porta com cuidado deixando-a entreaberta.
-- Pode entrar, o chefe está lhe aguardando.
Valentina titubeou um pouco, seus lábios estavam tensos, suas mãos tremiam. Respirou fundo, reunindo coragem e entrou na sala, cujas venezianas se mantinham quase cerradas, criando uma assustadora meia-luz.
A pessoa estava sentada à sua escrivaninha de costas para a porta. A loira endireitou o corpo e pigarreou na tentativa de chamar a atenção, mas não teve sucesso. Então disse:
-- Olha aqui... Se pensa que tenho medo de você, está muito enganado. Aconselho a soltar a gente urgentemente antes que o Vemba e os seus homens invadam o lugar e acabe com todos vocês.
A pessoa não moveu um músculo, não emitiu um único som. O que irritou Valentina profundamente.
-- Escutou o que falei? Exijo que nos solte agora -- falou um pouco mais alto e recebeu como resposta uma gargalhada debochada.
A pessoa enfim se virou e Valentina estremeceu.
-- Arrogante como sempre hein Valentina? Até mesmo quando está mais por baixo que poleiro de pato.
Isabel finalmente sentia o sabor da vitória. O poder em suas mãos. Sempre imaginou que quando chegasse esse momento, esmagaria Valentina sem dó e piedade. Mas agora, o único sentimento que tomava conta do seu ser, era o de pena. Não que ela fosse digna disso. Valentina não presta, nunca prestou, porém no coração de Isabel tão cheio de amor e felicidade já não cabia mais espaço para o ódio. Ela merecia pagar por seus crimes, isso era fato, mas não sujaria as mãos com ela.
-- Sabe Valentina, havia pensado em tantas maneiras de me vingar de você...uma mais terrível que a outra -- sorriu -- Engraçado, mas agora só tenho vontade de te dizer uma coisa: Eu nunca fui tão feliz na minha vida assim como estou sendo agora. Nunca me senti tão amada e cuidada. E não precisei pisar, maltratar, enganar as pessoas para alcançar a felicidade.
-- Sua sorte foi ter conhecido a Alex. Se não fosse por ela, você estaria até hoje trabalhando naquele galinheiro.
-- Não foi por sorte Valentina, foi por merecimento. Deus me presenteou com amigos maravilhosos e uma companheira apaixonante, porquê me quer bem.
-- Você se deu bem! Alex é rica e poderosa. Não me venha com esse papo de presente de Deus.
-- Deve doer muito me ver feliz, não é mesmo? Essa é a vingança que escolhi para você. Vai viver o resto de seus dias lembrando-se de que a Isa, aquela que você tanto odiou e infernizou, é a pessoa mais feliz do mundo -- olhou no fundo dos olhos da loira e gravou aquele olhar em um cantinho de sua memória -- Vou viajar pelo mundo, me divertir, fazer compras, trabalhar, estudar, casar, ter filhos. E você? Quais os seus planos?
Valentina abaixou a cabeça e só levantou para fazer a pergunta que lhe torturava.
-- O que você fará comigo e com o Gustavo?
Isabel deu alguns passos e se virou para ela.
-- Eu? Nada. Mas com certeza Alexandra fará -- fez uma cara de descaso -- Minha Xanda é tão malvadinha.
De repente, Valentina ajoelha-se a seus pés.
-- Não permita que a Alex nos machuque. Peça para ela nos perdoar. Por favor Isabel.
-- Levanta Valentina. Mostre ao menos um pouco de dignidade. Não vou pedir nada para a Alexandra -- empurrou a loira que caiu sentada no chão -- Peça você mesma. "Somos aquilo que vivemos e pensamos. A Lei de Ação e Reação é implacável e a vida cobra sua fatura, momento em que todos terão de pagar o preço da ambição, com exceção daqueles que viveram o amor puro". (Médium: Sônia Tozzi). Portanto, conforme-se, chegou o momento de pagar a sua fatura -- Isabel passou os olhos por Valentina pela última vez. Tinha a sensação de que nunca mais a veria de novo -- Adeus Valentina... -- Abriu a porta e saiu.

 

Em outro cômodo da casa.

-- SILÊNCIOOOO...
Após o berro pedindo silêncio todos pareciam notar a presença de Alexandra. Ela sentou no sofá e deu um sorriso de canto, quase imperceptível.
-- Posso saber o motivo do furdunço? -- cruzou os braços e as pernas.
-- Estamos nos arrumando para a viagem -- Malú sentou ao lado dela -- Estamos ansiosas e felizes.
-- Credo! E precisa de toda essa movimentação e barulho? Que modos são esses?
-- Calma, Alex!
-- Estou calma Bruna. As pessoas, é que me irritam.
-- Estamos prontas Alexandra -- Helena falou com um sorriso enorme -- Podemos ir.
-- Ótimo. Bruna, fica de olho nelas enquanto eu vou chamar a Isa.
-- Porque eu?
-- Porque você é a mais religiosa de nós.
-- E o que isso tem a ver?
-- Nunca ouviu falar em: "orai e vigiai"? Fica aí, já volto.
Bruna ficou olhando para ela sair sem dar a menor chance de resposta. Não teve outro jeito a não ser atender ao seu pedido.
-- Escutaram a Alex né garotas? Vamos nos organizar... Duas filas de cinco aqui na minha frente...


Alexandra encontrou Isabel parada diante da janela da cozinha apenas olhando para o quintal. Estava de costas para ela. Parecia pensativa e preocupada.
-- O que foi vida? Algo está lhe incomodando? -- perguntou e a abraçou por trás, envolvendo delicadamente sua cintura.
-- A Valentina e o Gustavo? O que você fará com eles?
-- Vou mandar o Dengo largar eles na selva para os leões devorarem.
-- XANDA!!! -- se virou e levantou o olhar para encará-la, ela estava a olhando séria. Sinal de que não voltaria atrás na sua vingança.
-- O que Isa?
-- Você não pode fazer isso -- deu um soquinho em seu ombro -- É maldade.
-- Maldade é colocar uma tachinha no assento da cadeira elétrica. Isso o que estou fazendo se chama: Justiça.
-- Porquê você não entrega eles para a Polícia Federal, Xanda?
Alexandra bufou impaciente.
-- Isa meu amor. Me peça qualquer coisa que você sabe que eu lhe atendo, mas isso não, por favor.
Isabel balançou a cabeça. Não concordava com a vingança de Alexandra, mas decidiu que não se envolveria mais nesse assunto.
-- Tudo bem! Não vamos discutir por causa desses dois trastes. As meninas estão prontas?
-- Estão. Só falta você.
-- Então vou indo amor.
-- Vai e leva a doutora mediúnica contigo. Eu vou conversar com o Dengo, preciso decidir com ele o que faremos com o Vemba e resolver sobre outras coisas antes de voltarmos para o hotel.
Os olhos se cruzaram, e elas foram lentamente se aproximando, até que os lábios se encontraram, foi como se o corpo não obedecesse, não conseguiam resistir ao desejo. A força do amor era mais forte que elas.
A mão de Alexandra começou a escorregar. Isabel interrompeu o beijo e olhou para ela sorrindo, Alexandra sorriu de volta.
-- Que tal uma despedida rápida?
Voltaram a se beijar...
-- PODEROSAAA...
André empurrou Isabel e agarrou Alexandra.
-- Quase morremos!!! -- colocou a galinha no chão e abraçou Alexandra novamente -- Fomos atacados por leões famintos, enfrentamos o exército de Sebastian, ficamos perdidos na selva com fome, sede... Foi horrível!
-- Que galinha é essa? -- Isabel perguntou meio sem reação ainda, tentando absorver o que aquilo significava.
-- Essa é a mais nova amiga do André -- Tatiana falou se aproximando de Isabel e lhe abraçando -- Como você está?
-- Agora estou muito bem. E vocês? -- Refeita do susto, Isabel foi ao encontro dos amigos. Deu um abraçou demorado em cada um. A saudade era enorme.
-- Então vocês passaram por grandes dificuldades? Deve ter sido bem complicado conseguir as provas contra Sebastian. Vocês conseguiram? Não é mesmo?
-- Conseguimos, Alex. As fotos estão em nossos celulares -- Ramon respondeu com imensa satisfação, afinal haviam cumprido a missão -- Modéstia a parte, ficaram ótimas.
-- Parabéns a todos -- Alexandra elogiou com uma pontada de orgulho -- Vocês foram perfeitos.
Isabel sorriu. Alexandra era justa, mas raramente elogiava seus funcionários. Talvez por isso naquele momento, seus olhos brilhavam de forma tão intensa.
-- Obrigado poderosa. Fizemos o possível -- André agradeceu sorrindo.
-- O papo está bom, mas tenho que ir -- Isabel olhou no relógio e assustou-se com a hora -- Vou levar as garotas ao aeroporto, quando voltar, conversamos com mais calma -- fez um gesto de despedida e saiu andando apressada.
Alexandra suspirou fundo e deu dois passos em direção à porta.
-- Bom, quanto a nós, vamos nos preparar. Assim que a Isa voltar do aeroporto, retornamos ao hotel.
Alexandra abraçou André e saíram caminhando.
-- Como é o nome da galinha?
-- Có-có. Ela é caipira. Sabia que as galinhas de granja tem o cú maior...



Os faróis cortavam a escuridão das trilhas desertas da selva de Luanda. Valentina e Gustavo nunca tinham visto tanta escuridão. Por onde passavam ouviam rugidos, grunhidos, uivos, bater de asas... Era horripilante. Valentina estava desesperada sabia que, se não tentasse um acordo, seu destino seria morrer no meio da floresta. Então, como última tentativa ela fez a proposta aos três homens:
-- Temos muito dinheiro -- falou cortando o silêncio -- Que tal um acordo? Cinquenta por cento para nós, cinquenta para vocês.
-- Aonde está o dinheiro? -- um deles perguntou mostrando interesse.
-- Em um lugar seguro -- Gustavo respondeu.
-- Alexandra nunca saberá. Vamos para a Ásia, não pretendemos voltar para o Brasil, aconteça o que acontecer ficaremos por lá -- Valentina falou sorrindo -- Então? O que me dizem?
Os homens se olharam por alguns segundos.
-- Sessenta por cento -- o mais velho falou.
-- Fechado -- Valentina nem quis barganhar, aceitou de imediato e comemorou abraçada a Gustavo.

Nome: rhina (Assinado) · Data: 23/05/2018 18:51 · Para: Capitulo 64

 

Turma Boa esta. ......amigos pra valer....André. ...este então nem se fala.

Valentina não  desste ....ela é foda 

Rhina



Nome: lucy (Assinado) · Data: 22/07/2016 22:29 · Para: Capitulo 64

A cocó se deu bem.MMM esse André....

Adorei a Isa ter essa conversinha téte a téte com Valentina

Mas hein ?  Será que Xanda teria coragem de deixsr Valentina e Gugu

serem devorados por leões ????  concordo com a Isa não precisa tanto..

e olha só será que esses dois vão. Conseguir fugir ? ou serão enganados

pos caras ??? tomara queseja um plano da Ale,, e recupere o dinheiro e quem sabe

dividir entre as garotas pra elas refazerem suas vidss......mas então.... Eis

a questão Valentina e Gustavo vão conseguir fugir ??? capaz........bjs muito bacana

o capitulo



Nome: lenna11 (Assinado) · Data: 24/05/2016 02:56 · Para: Capitulo 64

Aí só o que faltava com certeza esses dois vão voltar pra atazanar a vida delas! Quero só ver o André com essa galinha kkkkkk! 



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá Lenna11. Se eles conseguirem fugir, com certeza voltarão para aprontar ainda mais. Então esse é o momento de acabar de vez com eles. Será que o André trouxe a galinha para o Brasil? Bjã garota. Até.



Nome: graziela (Assinado) · Data: 23/05/2016 23:40 · Para: Capitulo 64

Oi Vandinha.  Td bem com vc? 

Que sorte que essa turma teve conseguindo viajar no caminhão com as galinhas.  😂 

E que bom que está saindo td certo com os planos deles,   com exceção da Valentina e do Gustavo que parecem ter conseguido um acordo para se livrar dos castigos,   será mesmo? 

 

😘 



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá Graziela. "O bem sempre vence o mal. O mal vence por alguns minutos, por algum tempo, mas o bem sempre vence o mal". A Valentina e os seus comparsas vão pagar pelas suas maldades. Pode ter certeza. Bjs.



Nome: Liahbook (Assinado) · Data: 23/05/2016 05:02 · Para: Capitulo 64

Vai terminar em pizza pra Valentina e Gustavo? Não posso acreditar! Até que morrer para eles seria chato, a Valentina merecia acabar na ex profissão da Isa e o Gustavo preso. Olha eu querendo mandar na história kķkk, meu tempo de escrever passou. Adoro o André, o amigo bicha que todos queriam ter. Eu quero ver a mulher da Bruna aparecer, estou esperando e acompanhando a história que é ótima.



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá garota. Obrigada por comentar. Sempre que possível apareça é uma grande alegria para mim. A Victória vai aparecer por aqui sim, ela e a Isa tem tudo para serem grandes amigas. Bjã meu anjo e continue comigo.



Nome: Ana_Clara (Assinado) · Data: 23/05/2016 00:18 · Para: Capitulo 64

Eu adoro a Isa e com certeza na minha opinião acho que ela deve ficar com a Xanda com todos os louvores! *_*



Resposta do autor em 24/05/2016:

Valeu Ana!!! Bjã gata.



Nome: patty-321 (Assinado) · Data: 22/05/2016 23:28 · Para: Capitulo 64
Tá estranho isso. Tão enganando os velhaco s.não são loucos de trair a Alex. Esses amigos são muito loucos. Amei a conversa da isa c a Valentina. Toma loira aguada, pilantra. Tem q se dar mal mêsmo. BJ

Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá Patty, falou pouco, mas falou tudo. Bjã garota. Até.



Nome: wood (Assinado) · Data: 22/05/2016 18:18 · Para: Capitulo 64

A Valentina está achando que vai se dar bem com o acordo que quer fazer com os 2 homens,na verdade vai se ferrar perdendo o dinheiro e vai ter que se entender com a Alex..Ela achou que é  muito espertinha kkkkk que se prepare porque a Alex não é nenhuma madre Tereza😂😂😂😂😂até  O próximo capítulo 😚😚😚😚



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá meu anjo. Espertinha hein!!! A Alex é muito esperta e não se deixaria enganar pela loira aguada. Parabéns acertou em cheio. Bjs.



Nome: NayGomez (Assinado) · Data: 22/05/2016 17:09 · Para: Capitulo 64

Gostei cap mara,  mais eu queria que tivesse uma conversa entre Valentina e Valéria,  pois são irmãs e por mais que não se dava bem, não deixava de ter o mesmo sangue, enfim essa fulga de Gustavo e valentina, tá esquisita tenho certeza que a Alex sabe disse, e planejou isso ela não faz as coisa errada,  espero de coração que a Valentina possa recomeçar  novamente pois todos merecemos uma nova chance neeh?! Agora o mal caráter do Heitor tem que pagar. 



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá Nay. O próximo capítulo é para satisfazer todos os seus desejos. Kkkk... garota esperta. Bjs.



Nome: Leonor (Assinado) · Data: 22/05/2016 16:54 · Para: Capitulo 64

Isso é tudo mentira, a Alexandra sabe de tudo. Eles estão fodidos cara, eu nao queria tar na pele deles não. Isto é só para provar que muitas vezes nem o dinheiro salva a gente.



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá Leonor. Você está coberta de razão. Tem muitas coisas que nem o dinheiro compra. Bjã gata.



Nome: Eduarda A (Assinado) · Data: 22/05/2016 16:41 · Para: Capitulo 64

A Valentina a se ajoelhar e tudo eu até tive compaixão dela, fogo foi fraca agora :/ e não quero mandar ela aos leões :/ estou amolecendo :/ cara o que está acontecendo?



Resposta do autor em 24/05/2016:

Eita, que coraçãozinho fofo. Será reflexo dos ensinamentos da doutora mediúnica? Kkkk... Bjã gata.



Nome: Laylla (Assinado) · Data: 22/05/2016 16:28 · Para: Capitulo 64

Perfeito...parabéns a autora !

Super ansiosa para o próximo cap.



Resposta do autor em 24/05/2016:

Valeu garota. Que venha o próximo. Conto contigo. Beijão.



Nome: Teresa (Assinado) · Data: 22/05/2016 16:25 · Para: Capitulo 64

A Isabel é tão perfeita senhoooooooor

Eu to apaixonada 😍 kkkkk brincadeira

Ela é perfeita para a Alexandra, elas se completam uma à outra. Que lindas 😍



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá Teresa, tudo bem? A Isa é uma fofa né? A Alex quem diga. Bjã garota.



Nome: Susana (Assinado) · Data: 22/05/2016 16:10 · Para: Capitulo 64

Esse André é do melhor kkkkkk eu estou morrendo de tanto rir caramba

Mas é um empata foda heim caramba agora que elas já tavam no maior clima, até deu vontade aqui kkkk

abraço



Resposta do autor em 24/05/2016:

Olá Susana. O cara é muito inconveniente, caramba, tá sempre atrapalhando. Bjã gata.



Nome: Catarina (Assinado) · Data: 22/05/2016 14:27 · Para: Capitulo 64

Oieeeeee

Adorei o capítulo, só espero que a Valentina e o Gustavo não acabem mesmo no meio da selva. Eu sei que eles foram muito maus mas sei lá parece muito cruel, e agora que já está tudo bem era só mandá-los pra longe e pronto. A Isa pensa como eu haha só que ela tem mesmo um bom coração, depois de tudo o que passou por causa deles, não é qualquer um que não se quer vingar ou assim. Ela é mesmo boa pessoa, merece ser feliz :)

E a galinha kkkkkk eu ri tanto ai até chorei de tanto rir. Vc é demais autora :)

Bjs



Resposta do autor em 24/05/2016:

Oi Catarina. Seria uma morte bem cruel servir de comidinha para os leões, não é mesmo? Acho que a Alex não seria tão cruel assim.

"Perdoar não é esquecer: isso é amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer: isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento... Bjã gata. Até.



Nome: NayGomez (Assinado) · Data: 22/05/2016 02:23 · Para: Capitulo 64

Gostei cap mara,  mais eu queria que tivesse uma conversa entre Valentina e Valéria,  pois são irmãs e por mais que não se dava bem, não deixava de ter o mesmo sangue, enfim essa fulga de Gustavo e valentina, tá esquisita tenho certeza que a Alex sabe disse, e planejou isso ela não faz as coisa errada,  espero de coração que a Valentina possa recomeçar  novamente pois todos merecemos uma nova chance neeh?! Agora o mal caráter do Heitor tem que pagar. 



Resposta do autor em 21/05/2016:

Olá Nay. Bem observado garota. No próximo capítulo você verá o quanto estava certa. Bjã e tenha um final de semana iluminado. Até.



Nome: line7 (Assinado) · Data: 22/05/2016 02:13 · Para: Capitulo 64

Kkkkk..cada vez que leio é  só risadas...você  é  a comediante das histórias românticas...kkk😂. Essa Valentina têm  mais que ser comida por leõs junto ao seu parceiro! A Isa é um anjo pedindo pra xanda não matar Val e Gustavo..LINDA.  a galinha de granja tem cu maior..kkkk..a volta de André e companhia como sempre ilário😅 até  mais linda, mais uma vez parabéns pela criatividade e humor contagiante😊 bom final de semana😍



Resposta do autor em 21/05/2016:

Olá Line. Tudo bem? O André é uma figura, e agora com essa galinha de estimação, ficou ainda melhor. Obrigada pelas palavras tão amáveis. Um ótimo final de semana. Seja feliz. Bjs.



Nome: wood (Assinado) · Data: 22/05/2016 00:31 · Para: Capitulo 64

Adorei a atitude da Isa prova que ela é uma pessoa do bem,ela merece ser muito feliz com  a Xanda.Será que Vanlentina vai conseguir se dar bem não deixa isso acontecer Vandinha.Ainda bem que a galera saíram ilesos da selva e o André  adoro essa bichinha parabéns Vandinha capítulo maraaaa até o próximo minha autora linda adoro você 😚😘😙🌻🌻🌻🌻



Resposta do autor em 22/05/2016:

Oi meu anjo. A Xanda é esperta Wood, ela com certeza está ligada. A Valentina e os outros vão pagar por seu crimes. A galera do bem sempre aprontando né. Bjã gata e até o próximo cap.



Nome: Mille (Assinado) · Data: 21/05/2016 23:54 · Para: Capitulo 64

Oi Vandinha tudo bem?

Andre e sua turma voltaram sãs e salvos e ainda com uma galinha a tira cola, nossa ri horrores aqui deles.

Se a Valentina e Gustavo tiver amor a vida, nunca mais colocam os pés no Brasil e se tornam pessoas melhores e deixam de ser trambiqueiros, porque senão adiantou de nada esse sufoco que passaram.

Isa tem um coração bondoso e essa bondade contagia a mafiosa, que se faz de braba mas no fundo é uma pessoa maravilhosa.

Amanha é dia do abraço e não poderia deixar de mandar eu meu pra ti, um forteeeee abraçooooooooooo

Bjus minha linda autora.



Resposta do autor em 22/05/2016:

Olá Mille. Sabe aquele abraço



Resposta do autor em 22/05/2016:

Sabe aquele abraço apertado bem gostoso que só se dá em alguém especial? Pois é, estou enviando um enorme para você. Bjã garota e dê muitos abraços em quem você ama. Até.



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.