Última noite de amor por Vandinha


[Comentários - 1262]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

 

Última Noite de Amor -- Capítulo 58

 

 

Os amigos estavam agitados, faziam gestos com os braços e falavam algo que ele não entendeu.

-- O QUE? -- berrou.

-- Lá, lá, lá -- apontaram juntos e ele olhou.

-- Aiiiiiiiiii... UM LEÃOOOO... Aiiiiiiiiii...

 

 

Pausa para nota da autora.

A já comum predominância dos corredores africanos nas últimas décadas sempre foi motivo de indagações e estudos na comunidade científica, na tentativa de encontrar as razões para o sucesso desses atletas. Muitos estudos mostram que a herança genética, sozinha, não faz um campeão. E eles tinham razão.

Finalmente o segredo de toda essa hegemonia foi desvendado: O leão.

André estabeleceu o novo recorde mundial de curta distância com a marca de 9s30, baixando em 1s11 a marca anterior que havia sido estabelecida há exatamente um ano na final olímpica.

Fim da Pausa.

 

 

-- ABRE, ABRE, ABRE... -- André corria e gritava ao mesmo tempo.

O motorista abriu a porta do automóvel e ele jogou-se para dentro como um saco de batata.

-- Meu Deus... Meu Deus... Meu Deus... -- Tremia tanto que os dentes batiam uns contra os outros. Lançou um olhar apavorado para o leão que deu um rugido surdo e medonho ao lado do carro -- Será que não falta nenhuma parte do meu corpo? -- examinou-se, se apalpando por completo.

-- Fiquem quietos -- o homem sussurrou -- Nada de movimentos bruscos.

-- Como se isso fosse possível. Minhas pernas não param de tremer -- Tatiana resmungou -- Elas não obedecem ao cérebro.

-- Shiiiii... -- Valéria pediu silêncio.

O leão rodeou o carro, rosnou grosso balançando o rabo, sacudiu a juba e desapareceu entre os arbustos.

O motorista ergueu o pescoço e avaliou a situação.

-- Ufa! Essa foi por pouco -- olhou para o grupo -- Todos bem? Alguém precisa se limpar? -- deu uma gargalhada.

-- André você está bem? -- Ramon tocou no braço dele -- André me responde -- insistiu e nada.

-- Ele está em choque -- Valéria sacudiu o rapaz como se fosse um boneco de pano, mas ele continuou imóvel.

-- Eu sou da opinião que deveríamos aproveitar esse momento para votarmos pelo impeachment do André.

-- O que é isso Tati? Virou traíra agora é?

-- Não é isso Ramon. Só acho que ele se mostrou incapaz de ser o nosso líder.

-- Pelas nossas vidas, pelos meus filhos, a esposa, as amantes e as cervejas mais baratas -- o motorista levantou a mão -- Eu voto sim.

-- Você não tem direito a voto -- Ramon falou passando a mão pelo ombro do namorado -- Agora toca logo esse carro. Já perdemos tempo demais.

-- Tá bom. Mas vou avisando que quase todos os animais enxergam o carro como um único bloco, sem conseguir distinguir as pessoas separadamente. Por isso, peço que não sejam feitos movimentos com braços ou qualquer coisa fora do carro, porque isso desmontaria esse bloco enxergado pelo bicho, e aí poderemos enfrentar sérios problemas.

Todos concordaram.

Com a resposta positiva, ele ligou o carro despertando a atenção de dois leões que ainda estavam por ali. Até esboçaram uma pequena vontade de investigar o carro, mas dormir parecia mais interessante, então eles ficaram por ali mesmo.

 

 

 

No hotel.

 

-- Sinto muito Alex, mas a tal da Valentina e o Gustavo não saíram da boate por um minuto sequer.

-- Essa é uma péssima notícia Dengo. Terei que mudar os planos -- Alex caminhou pela suíte com as mãos nos bolsos pensando em uma solução para o problema -- Com eles lá não poderei entrar como a Princesa.

Bruna entrou no quarto mancando e fazendo uma careta de dor.

-- Meu dedinho do pé tem uma sedução por cantos de mesas, camas e portas -- sentou na cama e colocou o pé para cima -- Que coisa mais doída.

Alexandra parou e ficou olhando para ela por um bom tempo.

Bruna logo deduziu que viria bomba.

-- Não gosto dessa sua cara de pamonha,  Alex. Coisa boa não deve estar pensando.

-- Acabei de ter uma ideia maravilhosa e que envolve você doutora.

-- E se eu disser que não quero me envolver?

-- Então conhecerá o meu lado mal.

-- Você só tem o lado mal Alex.

-- Eu tinha um lado doce Bruna, mas eu comi!

-- Que triste! -- Bruna deitou na cama e esticou as pernas -- Que plano maravilhoso é esse?

-- O plano inicial seria de que eu mesma entraria no bordel como a princesa Liechtenstein, mas... Valentina e Gustavo me reconheceriam assim que colocasse o pé lá dentro.

-- E qual é o plano b?

Alexandra deu o seu costumeiro sorriso irritante e sentou ao lado de Bruna na cama.

-- Eu sei que será um esforço enorme para você se transformar em uma princesa. É uma coisa que já vem de berço, é difícil construí-lo, simplesmente é uma coisa muito espontânea da pessoa. É preciso ter elegância, delicadeza, autoestima, leveza e linda... Ser muito linda -- Alexandra falava enquanto olhava-se no espelho.

-- Assim como você?

-- Isso mesmo -- ajeitou os cabelos com as mãos, alisou a camiseta e sorriu para a sua própria imagem -- É a reunião de um conjunto de características na medida certa.

-- Entendo -- Bruna olhou para ela pelo espelho -- Me fale sobre essas características.

-- Ah! Sei lá. É uma coisa que vem de dentro. Ela tem que antes de tudo ter personalidade, estilo e charme. Um corte e um cabelo bem tratado, uma roupa que combine com seu tipo físico e estilo, pele, dentes, mãos e pés bem tratados, inteligência e sabedoria. Realmente não é fácil porque poucas conseguem reunir todas estas qualidades e ainda ser bonita naturalmente.

Bruna ficou sem palavras.

-- A Isa tem bom gosto né Bruna? -- Alexandra jogou um beijo para o espelho.

-- Você tem razão. A Megan Fox se veste de demônio e fica linda, tem gente que se veste de linda e fica parecendo um demônio.

-- Foi o que disse.

-- A Victória sempre achou tudo isso aí de mim.

-- Ela não conta. Mas não fica assim, mulher feia é igual mulher bonita, só que feia!

-- Hum... 

-- Não importa o quanto você é feia Bruna, no Facebook sempre existirão milhares pra te chamar de linda.

-- Hum...

-- Não existe mulher feia, o que existe é mulher mal desenhada.

-- Hum...

-- Tem meninas que brincam de serem lindas, mas tem outras que brincam de serem feias e não param mais.

-- Obrigada Alex por fazer me sentir um monstro.

-- De nada.

-- Mas voltando ao assunto... Qual é o plano mesmo?

-- O plano é simples. Você será a princesaaa... Ficou feliz?

Bruna virou a cara e não respondeu.

-- Então?

-- Não serei a princesa.

-- Mas porque Bruna? -- levantou-se irritada -- Será uma honra me substituir.

-- Não quero -- fez um bico enorme -- Sou feia.

-- Para com isso! Tá besta é? A Gata Borralheira, A Branca de Neve, A Cinderela, eram todas uns buchos e mesmo assim eram princesas.

-- Elas eram lindas! Você não pode falar uma coisa dessas. Safadas, sem vergonhas sim, mas eram lindas.

-- Bruna -- Alexandra procurou manter a paciência -- Você vai, sim.

-- E se não for?

-- Mando o Van Damme te largar no meio da floresta. Igual à Branca de Neve.

 

 

No bordel.

 

Valentina Abriu a porta do quarto de Isabel com violência e entrou fazendo barulho.

-- O que é isso? Pegou por costume entrar sem bater agora é? -- Isabel pulou da cama e parou de forma desafiadora em frente a ela -- Tá pensando o que?

-- Estou pensando que: Entro a hora que quiser aqui em seu quarto -- ela falou com um tom de voz irritante.

-- E sabe o que estou pensando? Estou pensando em meter a mão em sua cara -- levantou o braço.

-- Calma aí garota -- Valentina se afastou para longe --Tá nervosinha é?

-- A sua voz me deixa nervosa, a sua risada me deixa nervosa. Tudo em você me deixa nervosa -- falou alto.

- Você nunca mais sairá daqui Isabel. Escuta o que estou falando - seus olhos estavam cheios de ódio -- Nem que para isso precise acabar com a sua vida com as minhas próprias mãos.

-- A sua hora vai chegar Valentina, ou você acha que a Xanda esqueceu que você foi à causadora do acidente que matou a Giovana, ou da tentativa de assassina-la?

Valentina arregalou os olhos e gaguejou:

-- Alexandra nunca chegará perto de mim. Aliás, ela nunca deu muita importância a esse assunto.

-- Engano seu. Não teve um minuto sequer desde o dia da morte de Giovana em que ela não pensasse em como vingaria a amiga -- falou ameaçadora -- Presta bem atenção no conselho que vou lhe dar: Quando sair a rua olhe bem para todos os lados. A qualquer momento, do nada, a morte pode lhe visitar. E aí será o momento de você prestar contas das suas maldades lá para o capeta.

Valentina ficou parada e pensativa, sua expressão mudou. Sabia que dia menos dia Alexandra iria atrás dela e de Heitor. Fingia tranquilidade, mas temia esse encontro. Ela era estrategista e só os procurariam no momento certo, com um plano perfeito.

 

 

Na Selva.

 

Logo depois de muitas orientações, o guia entrou de fato na reserva. Com alguns minutos, num misto de excitação e tensão, olhando pros arbustos na tentativa de enxergar alguma coisa, o guia diminui a velocidade, virou à direita e avisou que havia um grupo de leões por ali.

-- Olhem que maravilha -- o homem apontou com o nariz para os seis leões deitados. Chegou mais perto e desligou o carro -- fiquem quietos e não façam movimentos bruscos.

-- Caramba! É incrível ficar tão perto desses animais no habitat deles -- Valéria estava radiante.

-- Apesar da tensão, a beleza do leão impressiona demais, mas é complicado imaginar que se por algum motivo ele resolver nos atacar, não há nada a ser feito.

-- É verdade Tati. Mas acho que no momento eles estão mais preocupados em dormir, nem se importam muito com a nossa presença -- Ramon sorriu com a visão de André ainda em choque -- Olha André o seu amiguinho está procurando por você.

Um dos leões deu um rugido alto fazendo André dar um pulo no banco.

-- Um leãoooo...

O guia tapou a boca dele.

-- Cala a boca infeliz. Tem búfalos aqui perto e eles são mais perigosos que os leões. É preciso ficar quieto, quase como uma estátua, para não despertar a curiosidade deles.

-- Humm... Humm... Humm... -- André resmungou todo agitado.

-- Larga ele seu grosso -- Tatiana deu um tapa no pé do ouvido do motorista.

-- Sua grossa! Vocês são todos loucos.

-- Estou reassumindo o comando -- André ajeitou-se no banco -- O Safári terminou. Toca logo para a fortaleza do General Sebastian -- falou grosso.

-- É assim que se fala chefe. Toca aqui -- Tatiana levantou a mão para ele tocar.

-- Aiiiiiiiiii... -- André deu um grito fino e todos os animais levantaram a cabeça -- Uma abelha Africana no seu braço.

-- Não é uma Abelha Africana, ô Mané -- o guia falou de cara feia.

-- Como que não? Vai me dizer que ela não nasceu aqui na África? É imigrante de certo?

-- Ai meu Deus! -- o guia bateu na própria cabeça.

 

 

No Hotel.

 

-- Kkkkkk... -- Bruna rolava na cama de tanto rir -- Que lindo!

-- Conta uma piada pra eu rir, sua sem graça.

-- Tá bom. Vou Contar Uma Piada Pesada E Suja: O Elefante Caiu Na Lama. Kkkkkk...

-- Bruna, a sua sorte é que eu não estou armada.

-- Desculpa Alex, mas é que você é um loirinho tão lindo -- Bruna apertou a bochecha de Alexandra -- Uma mistura de Justin Bieber com Michel Teló.

Alexandra revirou os olhos e sentou na cama.

-- Preferia estar parecido com o Chuck Norris, ao menos ele jogava roleta russa com um revólver totalmente carregado e ganhava.

-- Lésbica disfarçada de homem parece uma bicha. Não tem jeito -- Bruna ficou séria de repente -- Está faltando um detalhe nesse seu disfarce Alex.

-- Você acha?

-- Acho. Dá um tempo que eu vou pedir para o gaúcho providenciar.

 

 

Na Selva.

 

O guia estacionou o carro embaixo de algumas árvores.

-- Vamos esconder ele com alguns galhos. Assim não corremos o risco dos capangas do General encontra-lo.

-- Tá certo -- Ramon e as meninas ajudavam o homem enquanto André dava uma olhada ao redor.

-- Acho que você não aprendeu a lição né.

-- Não me irrite Tati. Estou estudando o terreno.

-- Pra mim quem estuda o terreno é geólogo.

-- Chefe de operações na Selva também kirida -- inspecionou o trabalho deles e bateu duas palminhas -- Ficou perfeito. A partir de agora o comando total da operação ficará sobre a minha responsabilidade -- Sigam-me.

Os amigos se entreolharam e deram de ombros. Fazer o que?

 

Na boate.

 

Isabel observava da escada a estranha movimentação que estava no salão principal. Empregados andavam de um lado para o outro, sem descanso. Ajeitavam as mesas, carregavam caixas de bebidas, faziam faxina.

Até Malú e algumas meninas ajudavam na organização do lugar.

Desceu as escadas lentamente e parou diante delas. Sua expressão era de extrema curiosidade.

-- Posso saber o que está acontecendo? Já estamos no final de ano e eu nem percebi?

-- Credo Isa -- Malú parou o que estava fazendo para responder -- Esqueceu-se da princesa de Li... Exus... , qualquer coisa assim?

-- Não esqueci, mas ela virá quando? -- perguntou achando graça da mulata que falava e sacudia o espanador no ar.

-- Hoje à noite. Virá ela e a comitiva. As meninas estão em polvorosas! Estão pirando com o fato novo.

-- Pois para mim esse fato não tem nada de novo -- Isabel falou desanimada -- eles virão, farão a festa e depois vão embora. Como sempre.

-- Até pode ser, mas vai que lá no meio tem alguém com fome de justiça e denuncie o Vemba.

-- A única fome que eles sentem você sabe muito do que é -- sorriu.

-- Ai, ai, Isa. Esse seu otimismo contagia qualquer um.

Risos.

 

 

No Hotel.

 

Alexandra pestanejou e olhou para o espelho que havia à sua frente, ela analisava a sua imagem sem muito entusiasmo.

-- Eu não falei que faltava um detalhe -- já Bruna estava toda empolgada.

-- Sei não doutora. Pareço Adolf Hitler na puberdade. Esse bigodinho ralo está ridículo.

-- Deixa de neura. Está um gato -- segurou no ombro dela -- Até a Isa vai se apaixonar por você.

-- Não fale isso nem brincando -- virou-se e saiu irritada.

-- Como não? -- Bruna a seguiu -- Com algumas pessoas o amor é assim Alex: Não é a soma de dois corpos, mas o encontro de uma só alma.

Alexandra parou para encarar Bruna.

-- Como assim?

-- Independente de serem feminino ou masculino, as almas companheiras têm a sensação de serem camaradas, peregrinos empenhados num caminho comum, e sentem que aquilo que fazem tem de ser feito em conjunto. Estas almas podem ter-se reencontrado em várias reencarnações, havendo um laço profundo entre elas.

-- Eu não acredito em nada disso Bruna -- voltou a caminhar pela suíte.

-- Não se chateie se ela se interessar por você disfarçada de homem. Será a alma dela buscando a sua.

-- Você está me confundindo doutora.

-- A relação de almas companheiras tem a ver com a amizade, com a sincronia de pensamentos, já que são almas que buscam ajudar umas às outras a fim de partilhar uma missão.

-- Não sei. Tudo é muito complicado.

-- Geralmente estas almas possuem uma ótima convivência, onde o diálogo é a fonte para o crescimento espiritual de ambas.

Alexandra parou novamente em frente ao espelho. Pela primeira vez sentiu que seu coração queria pedir ajuda a Deus. Mas calou-se.

-- Deus nunca me escuta Bruna.

 

 

 

Na selva.

 

André cortou caminho pelos campos. Avançava a passos largos. Até que...

-- Estamos perdidos! -- Andou as voltas, revisitando as mesmas paisagens, como num sonho.

-- Estamos? Quem se perdeu foi você! -- o homem encarou-o enraivecido, como se o achasse responsável pelo maior crime do mundo.

-- Esses caminhos são todos iguais -- André confessou desconcertado.

-- André. Que tal se você deixar o guia levar a gente? Foi para isso que ele veio meu amor.

André olhou para o homem e suspirou fundo.

-- Está certo. Mas quero deixar bem claro que sou eu quem manda. Pode ir à frente.

-- Finalmente! -- o motorista levantou as mãos ao céu -- Vamos acelerar. Logo vai anoitecer e precisamos de um lugar para nos proteger dos animais selvagens.

-- Se está tentando me chocar, escolheu a maneira errada. Fui criado com irmãos menores. Verdadeiros selvagens.

-- Tá bom André. Vamos...

-- André não! Poderoso -- falou de braços cruzados sobre o peito magro e o rosto fechado.

-- O QUE? PODEROSO? -- o guia não estava acreditando.

-- É isso aí. Você é meu subordinado.

-- Isso é assédio. Vou exigir que a dona Alexandra pague o dobro.

-- Desde que não seja assédio sexual, o resto entenda como quiser. Tô nem aí.

-- Vocês dois, por favor, parem com esse ataque de frescura e vamos continuar - Tatiana falou já sem paciência -- Desse jeito a Alex termina a missão dela e vem até aqui fazer a nossa parte.

-- Não quero nem pensar nisso -- André voltou à realidade -- Vamos, vamos. Se isso acontecer à poderosa me faz voltar de skate para o Brasil -- começou a caminhar e parou -- Quero confessar uma coisa -- falou sério -- Na verdade fingi estar perdido para ver se encontrávamos o carro. Que belo trabalho o nosso! Nem nós o encontramos.

 

 

Em frente à boate.

 

A comitiva da princesa de Liechtenstein chegou por volta das vinte e três horas ao bordel. Os quatro carros pretos pararam em frente da boate e foram recepcionados por Vemba, Valentina e Bob.

-- Trouxe o chapéu? -- Bruna perguntou para Alexandra.

-- Claro. Está aqui.

-- Me deixa colocar -- ajeitou o chapéu, o bigode e a olhou analisando todos os detalhes -- Coloca os óculos escuros. Se a Isa ver esses olhos verdes, vai lhe reconhecer de cara, e não fica olhando o tempo todo para ela né.

-- Você está me chamando de burra Bruna?

-- Claro que não. Esqueceu que também sou loira?

A loira e suas amigas estavam andando de jipe no deserto quando o jipe quebrou. Então a loira disse:

-- Cada uma carrega algo.

Quando elas chegam a uma sombra uma de suas amigas fala:

-- Eu trouxe água para se nós ficarmos com sede.

E a outra falou:

-- Eu trouxe comida para se nós ficarmos com fome.

Então elas perguntaram:

-- O que você trouxe loira?

-- Eu trouxe a porta do carro para abrir a janela quando estivermos com calor!

Alexandra e Bruna caíram na gargalhada.

-- Duas loiras rindo de uma piada sem graça -- Demo comentou com Gaúcho -- Isso é raro. Geralmente uma não entende a piada.

Alexandra saiu do carro e abriu a porta para a princesa.

-- Vossa alteza. Seja bem vinda -- Vemba saudou sorridente.

Bruna caminhou em direção à entrada do bordel ao lado de Vemba. Alexandra vinha logo atrás.

O cafetão abriu a porta e abriu os braços.

-- A casa é sua.

Alexandra não resistiu e procurou Isabel com os olhos e, quando encontrou...

 

 

 

O miau de hoje vai para:

Nay Gomez -- Valeu pela dica. Você fez a Alexandra mudar de plano. Quanto ao MMA da Bruna você terá a resposta em breve.

Ada M Melo - Que volta e meia desaparece, mas sei que está sempre comigo.

Sonhadora - Aí garota. Vê se não ri muito sozinha, vão te chamar de maluca.

MIAUUUU...

 

 

 

 

 

 

 

 

:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nome: rhina (Assinado) · Data: 23/05/2018 12:26 · Para: Capitulo 58

 

Olá 

Bom dia.

Bruna e Alex juntas.....é muita diversão 

Imagina dupla piadista.....oh coisa louca

Rhina



Nome: lucy (Assinado) · Data: 22/07/2016 03:42 · Para: Capitulo 58

kkkkkk piada de loira e essas duas juntas affz.....

André tinha que aprontar mas foi muito engraçado, visualizei a cena do leão kkkkk

é muito bichado da sorte ele, 

bjs ótimo capítulo

karaaaacas então Bruna a princesa e Alex de hominho  disfarçada kkkk assim ela passa pela

Vagalentina, que vai marcar em cima da Bruna ,e vai se lascar kkkkkk

bjs Parabéns



Nome: darque (Assinado) · Data: 21/04/2016 22:14 · Para: Capitulo 58

Muito bom esse capítulo.

Vandinha parabéns!

Bjs

Darque



Resposta do autor em 25/04/2016:

Obrigada minha querida. Continue comigo. Bjã gata.



Nome: darque (Assinado) · Data: 21/04/2016 22:14 · Para: Capitulo 58

Muito bom esse capítulo.

Vandinha parabéns!

Bjs

Darque



Nome: lis (Assinado) · Data: 21/04/2016 18:39 · Para: Capitulo 58

Boa tarde Vandinha, tudo bem? Demais a Alex e a Bruna juntas é muita risada rs, parabéns ta muito legal a história.



Resposta do autor em 25/04/2016:

Obrigada Lis. Valeu mesmo. Bjã.



Nome: Pollyxpc (Assinado) · Data: 21/04/2016 03:52 · Para: Capitulo 58

Gosto mto da historia, mas desculpe a minha opiniao que contraria a maioria... pra mim estava mais interessante no começo, tinha mais conteudo... xgosto do toque comico, mas neste capitulo por exemplo, pulei todas as partes da selva, acho mto curta a parte dedicada as protagonistas e q realmente da uma continuidade a historia.... mas enfim... continuarei lendo os proximos capitulos e torcendo para que a Alex saia de la com a Isa nos braços... 



Resposta do autor em 21/04/2016:

Olá minha querida. Não peça desculpa por sua opinião.Para conviver bem, a gente não precisa aceitar a opinião do outro, nem concordar com os pensamentos. Mas, respeitar o próximo é nossa obrigação, cada qual com a sua opinião, com o seu jeito de ser...O que seria da humanidade, se todos pensassem igual? Continue comigo sua opinião é muito importante, ela só me faz engrandecer. Bjs.



Nome: graziela (Assinado) · Data: 21/04/2016 03:04 · Para: Capitulo 58

Cada capítulo melhor que o outro. 

Esse André é uma figura. 

As piadas da Alex são demais.  😂 

E agora mega curiosa para saber como será o encontro das 2. 

 

Bj. Bom feriado. 



Resposta do autor em 21/04/2016:

Obrigada Graziela. Um feriado maravilhoso para você também meu anjo. Bjs.



Nome: lia-andrade (Assinado) · Data: 20/04/2016 22:47 · Para: Capitulo 58

É sério que já acabou? Poxa logo agora..😭😭 assim morro de ansiedade autora..rsrs Alex perto de sua amada, Isa ficará tão feliz quanto eu.. kkk 

Bom, capítulo perfeito como sempre.. me acabando de rir do André kkkk essa missão deles dará muito o que falar..

Beijos 



Resposta do autor em 21/04/2016:

Olá minha querida. Obrigada por sempre comentar a sua opinião é muito importante para mim. Bjs.



Nome: lenna11 (Assinado) · Data: 20/04/2016 00:59 · Para: Capitulo 58

Esse André é uma figura kkkkkkkk muito louco! Já estou ansiosa pra saber o que vai acontecer, se a Xanda vai se conter qdo ver a Bel imagino a felicidade delas! Esperando ansiosamente pelo próximo capítulo! Boa noite! 



Resposta do autor em 25/04/2016:

Obrigada pelo comentário Lenna. Fique com Deus. Bjã.



Nome: wood (Assinado) · Data: 19/04/2016 22:57 · Para: Capitulo 58

André teve muita sorte foi por pouco😂😂😂😂😂acho que ficou breado depois do susto.Viajo nos pensamentos em imaginar o encontro da Alex e da Isa,aposto que no mesmo instante Isa vai reconhecer a Alex,e vai ser uma linda noite de amor😍😍😍😍.Cada dia mais apaixonada pela Última noite de amor,e adoro você minha autora linda se é que me entende 😁😊😊😚😚😚



Resposta do autor em 25/04/2016:

Obrigada linda. Fico feliz que esteja apaixonada pelo romance, espero não decepcionar essa sua paixão. Bjs, bjs, bjs e até.



Nome: BCanti (Assinado) · Data: 19/04/2016 21:37 · Para: Capitulo 58

O que dizer desse capítulo: Uma obra prima. André sei não como uma boa bicha só faz cagada. Kkkkkkk.

Adoro os diálogos da Bruna e Alex. Realmente toda Bruna arrasa kkkkkkk Agora a Alex sei não colocando a pobrezinha mas rasa que o chão, hilário.

Ansiosa pela estréia da nossa Ronda Rousey da balada 💃 💃 💃. Quero chave de braço, mata leão tudo que tenho direito. Kkkkkkk amo MMA.

Van quero te agradecer a cada capítulo você se supera e arrasa obrigada.

Ansiosa para ver tudo pegar fogo literalmente se é que me entende. Bjus minha autora.

 



Resposta do autor em 25/04/2016:

Olá garota. Tudo bem? Estamos nos encaminhando para o momento crucial da "Operação Puteiro". Com certeza nossa Bruna vai arrazar no MMA. Bjã e até lá então.



Nome: patty-321 (Assinado) · Data: 19/04/2016 20:36 · Para: Capitulo 58
O André só faz cagada. Hilário. A Bruns e a Princessa. Sobrou p ela. E Alex dizendo q ela é feia. Kkkk. Van vc é demais. Te adoro. Bjs

Resposta do autor em 25/04/2016:

Obrigadão Patty, minha querida e assídua leitora. Bjã garota.



Nome: Ada M Melo (Assinado) · Data: 19/04/2016 18:56 · Para: Capitulo 58

kkkkkkkkk eu me acabo de ri com o andré  e a alex, chagas abertas....rsrsrsrsrs coitada da Bruna...eu ja estava pronta pra ação o cap acaba....pode pedir presente de aniv. andiantado? quero a sequencia logo!!!

 

abraço!



Resposta do autor em 25/04/2016:

Olá Ada. Não sei qual a data do seu aniversário, se soubesse teria feito algo especial, pois você merece.

Não quero te desejar parabéns! Mais sim Feliz ano novo! Que essa data que chamamos de aniversário, seja mais uma virada em sua vida cheia de expectativas, emoções, diversões, realizações, enfim tudo de bom pra você! FELIZ ANO NOVO! Beijos.



Nome: Mille (Assinado) · Data: 19/04/2016 17:28 · Para: Capitulo 58

André superou o Bolt, sei não mais acho que a missão deles será a última a ser concluída. 

Quero ver o encontro das almas, Isa irá reconhecer a Alex. Sim minha gênia da estória a tropa está  armadas para o combate.

Gustavo, Valentina é Bob terão uma tortura da Alex.

Já o Vemba esse aí pode ser torturado pelas meninas.

Mais um capítulo sensacional, morro de rir.

Bjus e até o próximo

Pronto para ter pancadaria.



Resposta do autor em 25/04/2016:

Olá Mille. Preparando o terreno para a batalha. Vamos ver no que dá. Bjã gata.



Nome: line7 (Assinado) · Data: 19/04/2016 17:18 · Para: Capitulo 58

Kkkkkkkkk...capítulo  que deixa a leitora aos prantos de risos, até  parecer doida no meio da multidão...todos q me ver, ficam com olhar ; Essa tá viajando na maionese, Alex de homem! Agora sim vai  Ter ação / jab,direto,cruzado e nocaute😂💪👌



Resposta do autor em 25/04/2016:

Olá Line. Obrigada pelo comentário meu anjo. Continue comigo. Bjs.



Nome: NayGomez (Assinado) · Data: 19/04/2016 17:06 · Para: Capitulo 58

Hahaha amei a surpresa, não tem como não imaginar várias coisa esse conto é  simplesmente maravilhoso, agora que elas estão na boate que a festa comessem, Isa irá  reconhecer a Alex com certeza ou pelo menos terá a sensação que conhece ela de algum lugar, Bruna irá  perguntar pra Alex quem ela quer se "Divertir" e ela escolherá a Isa, dentro do quarto ela se revelará  a Isa, e ai as coisas vão acontecer, Bom é  isso que imagino para o próximo cap,  agora não sei o que o Time do André  foi fazer lá  no general, curiosidade,  sei que os plano de Alex nunca deixa brecha pra qualquer coisa.....  Ansiosa pra o próximo cap.  E obrigada pela surpresinha 😍😘😘😘😘



Resposta do autor em 21/04/2016:

Obrigada a você minha querida. No próximo capítulo já ficará claro o objetivo da missão deles no quartel do General. Fique com Deus e até.



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.