Delirium por TessaReis


[Comentários - 2875]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Capítulo 50 - Antes do Fim

            Rio de Janeiro, Dezembro.

      Diana não voltou para Brasília até o Natal. Ficou no apartamento da Barra, pondo as coisas no lugar, levou o tal “carro popular” para a revisão, ele não era usado há um ano, Diana decidiu que cuidaria melhor da casa delas até Rhian voltar. E estar ali também lhe ajudava a se sentir que fosse um pouquinho mais perto de Rhian, já que a volta da África da Sul deixou as coisas muito mais difíceis de serem suportadas.

Os últimos meses foram os piores. Apesar da comunicação ter melhorado, apesar delas ficarem grudadas por mensagens o dia inteiro, da possibilidade de poderem se ligar uma vez por dia e ficar por horas nas chamadas de vídeos. Tudo era muito melhor na Cidade do Cabo, Rhian não atendeu nenhuma mordida de leão, nem crianças com ferimentos de balas, nada disto, seu trabalho ali era bem mais ameno. Rhian ficou alocada em Khayelitsha, uma cidadezinha aos arredores da Cidade do Cabo, e ali trabalhava com crianças com AIDS, incluindo essas crianças em grupos de apoio, cuidando de suas necessidades, era cruel, ver crianças que já nasciam com o vírus, inocentes, sem culpa nenhuma, mas era um tipo diferente de impacto.

Passar o Natal longe de Diana foi uma pancada. O Ano Novo nem citaria, era o feriado que elas mais curtiam, adoravam passar juntas, mas tentou mergulhar no trabalho e amenizar a falta, que paradoxalmente, estava pior agora que podiam se falar mais. Era difícil. Doía mais que um tiro (e ambas podiam mensurar a respeito com propriedade), mas era o que tinham. Diana precisava apoiar Rhian, havia voltado comprometida com isso, mas isso não a impediu de passar o ano novo sozinha, chorando na banheira com uma taça de champanhe depois de brindar com Rhian por uma chamada de Skype.

***

Grace Bay, Janeiro

E naquela manhã recém-amanhecida, Amelie Kesnar foi acordada por violentas batidas em sua porta.

Violentas batidas em sua porta? Não, Rhian foi absolvida, deveria estar sonhando, se ajeitou na cama afofada para tentar pegar no sono de novo, quando... BATIDAS MAIS VIOLENTAS AINDA NA PORTA. Acompanhada pelo seu interfone tocando insistentemente, sério, sério mesmo? Amelie rosnou muito irritada e se pôs de pé, em busca de um robe para pôr por cima da camisola curtinha de seda, não havia sido assim que havia planejado começar o seu dia. Se cobriu com o robe e atendeu o interfone antes de atender a porta.

_ O que foi?

_ É a polícia, dona Amelie!

_ A polícia? Como assim a polícia?

_ Eu não pude impedir!

Desligou o interfone, ok, por que a polícia estava espancando sua porta outra vez? Deve ter sido a maldita da festa, já morava em Grace Bay há mais de três anos e ainda não haviam se habituado com as suas festas? Talvez fosse melhor cogitar mudar de ilha, nas Bahamas ninguém reclamava do volume de suas festas...

As batidas ficaram mais fortes ainda.

_ Eu já estou indo! Que coisa!

Batidas mais ferozes ainda.

_ Faz ideia de que horas são?!_ Disse, engatando as chaves na porta_ Não, eu sei, pelo jeito policiais nunca fazem ideia de horários apropriados para..._ Abriu a porta e Amelie sequer teve tempo para raciocinar.

Porque Maria a enlaçou pela cintura e a tirando do chão, pegou Amelie em um beijo intenso e cheio de vontade... Levando-a para dentro, dando um tranco nas ideias e no tesão de Amelie, chacoalhando todos os sentimentos dentro de si, havia acabado de acordar, ou ainda estava dormindo? Ah não, estava acordada, aquela pegada em seu queixo, em sua cintura, ah não, só podia ser a sua delegada mesmo.

_ Maria...!_ E gemeu, porque ela lhe virou de costas e lhe pegou firme pelos cabelos, descendo ansiosamente aqueles lábios pela sua nuca, as mãos pelo seu corpo...

_ Cadê seu quarto?

_ O quê?

_ Seu quarto, Amelie, agora, vai, me mostra_ Ela disse extremamente séria ao mesmo que a pegava de um jeito que...

_ Final do corredor, é o quarto com...

_ A porta aberta_ Maria a virou de frente e a tirou do chão, fisicamente e mentalmente, a levando por aquele corredor, a beijando, a pegando e quando entraram no quarto ela deu uma rápida olhada em volta e levou Amelie para a cama, a prendendo sob o seu corpo, enquanto a boca encontrava a dela em um beijo quente, ardente, sem pausa para respirações e imediatamente, os dedos de Maria buscaram o meio daquelas coxas das quais já estava morrendo de saudades. E foi sentir e...

_ Você estava se agarrando com quem, Amelie?

_ O quê?_ Perguntou ainda zonza por ela.

_ Quem está aqui com você? Você está molhada assim por quem?!

E Amelie abriu um sorriso, cravando os dedos pela garganta daquela maldita que adorava.

_ Você entra aqui do nada, me pega praticamente pelo cabelo e não quer que eu fique molhada instantaneamente?

Maria pegou pelo cabelo um pouco mais, naquele tipo de pressão que não machucava, só dava prazer, a beijando outra vez, sentindo aquelas coxas se apertando contra os seus quadris, enquanto os batimentos e pulsações ainda não conseguiam se reorganizar em nenhuma das duas.

_ Me disseram que você estava dando uma festa aqui.

_ Eu dei ontem, para umas amigas...

Maria segurou o queixo dela entre os dedos.

_ E cadê as vadias? Com quem você dormiu?

_ Com quem eu dormi? Sozinha! Podia ter dormido com cinco garotas diferentes e ao mesmo tempo, mas não, eu gosto de você, sua ignorante, bruta, insensível...!

Maria a calou rindo com outro beijo, um beijo mais calmo, gostoso, de quem estava morrendo de saudades.

_ Jura pra mim que não dormiu com ninguém?

_ Não dormi, Luísa, para...

_ Mas deve ter dado outras festas, ficado com outras pessoas... Amelie, o que deu em você? Quando eu voltei você não estava mais em casa, não me deixou dizer nada, trocou de número para não me atender, é isso?

_ Então você ligou?

_ É claro que eu liguei, mas acho que você já estava aqui, eu tinha plantão no dia seguinte, lembra? Liguei para casa, mas ninguém atendeu, aí decidi te dar um espaço para pensar, iria pra casa depois do plantão ficar com você e então... Você tinha ido embora. Seu celular só dava fora de área, e eu não fazia ideia de onde você estava, com quem você estava...

_ Luísa..._ E Amelie ainda sequer estava acreditando que ela estava ali, menos ainda lhe dizendo aquelas coisas todas_ Eu voltei para casa, disse pra você que ia voltar, e eu não fiquei com ninguém, não dormi com ninguém, eu sei que você não acredita, mas..._ O choro veio na garganta, por isso se agarrou nela, para que ela não visse, apenas sentisse_ Eu só conseguia querer você...

_ E ainda quer, meu amor? Porque eu peguei horas de voo até aqui, porque você fugiu de mim.

_ Eu não fugi, eu deixei você por causa da sua...!

Luísa a beijou sorrindo outra vez, calando aquela boca nervosa.

_ Para, está bem? Eu estou aqui, vim te buscar.

_ Ah, veio me buscar? E você acha que basta vir, invadir a minha casa, me pegar pelo cabelo que eu vou?

Maria enfiou a mão no bolso da calça e tirou de lá um anel de diamantes.

_ Escuta aqui, se você quer compromisso, eu vou te dar um. E você só ouse sair por aquela porta comigo se for pra casar, você entendeu? Esse é o único compromisso que eu vou aceitar ter com você. Então, Amelie Kesnar, o que vai ser?

***

Rio de Janeiro, Ipanema, Fevereiro.

Ariana estava ao celular andando de um lado a outro na frente de Isis que estava no sofá da sala, com os olhos grudados na tela de seu computador. Isis havia vindo para o Rio de Janeiro aquele final de semana prolongado de Carnaval e agora estava ali, com as pernas dobradas sobre o sofá e os olhos mais do que ansiosos perscrutando a tela do computador, enquanto Ariana falava com alguém. Era Amelie? Era, Isis havia perdido uma chamada dela no celular e ela havia ligado para Ariana, claro, depois podia falar com ela, porque o que estava fazendo agora não podia esperar. Mas ela estava esperando. Havia baixado o arquivo e agora precisava ter coragem para abrir. Um arquivo em PDF que continha o seu futuro. Haviam sido noites e noites em claro, estudando, se esforçando, se pondo a prova, e o resultado estava bem ali, a um clique de distância.

_ Eu sei, eu sei, eu falei com ela sobre isso mais cedo, eu sei que ela está verificando pra você, mas o Carnaval atrapalhou tudo... Então, a Priscila mesma enviou, aliás, só existe no mundo uma ex melhor do que eu que é exatamente ela... Tudo bem, eu acabei de anotar, a Isis tem o número dela, não tem? Quando você chega? Entendi, não, fica tranquila, a Isis resolve, peço para ela te ligar daqui a pouco, ok, beijo_ Desligou_ Ela vai casar mesmo, Isis, você acredita? Eu ainda estava achando que não ia acontecer, mas depois dessa... Isis?_ Ela estava com o olhar fixo na tela do computador e com os olhos brilhando de um jeito... Os olhos, o sorriso, a aura inteira de Isis de repente, havia se iluminado.

_ Ariana, vem aqui, vem aqui!

_ O que foi? O que você est..._ Ariana olhou a tela do computador que ela estava lhe mostrando, e era o resultado do concurso para juiz, aquele com uma única vaga, uma única aprovação, uma folha inteira cujo o nome que brilhava em primeiro lugar era o de Isis Ribeiro Ferraz_ Isis, você passou!

_ Passei, eu passei!_ E saltou no pescoço de Ariana, aos beijos de felicidade, com o coração saltando fora do peito de tanta alegria! Mais de cinco mil candidatos e apenas um aprovado, era uma única vaga, era a vaga de Isis.

_ Eu sabia que você ia passar, meu bem, este concurso era impossível! Mas só para os pobres coitados que decidiram concorrer com você..._ Ariana disse sorrindo, a beijando mais uma vez_ Vou ser namorada de juíza! _ Exclamou, com os olhos molhados de empolgação e de uma outra coisa inconsciente_ Quero dizer, você passou em Brasília, então..._ A coisa inconsciente se tornando consciente_ Desculpa, desculpa! Eu não tenho que estar pensando nisso agora, tenho só que ficar feliz por você, porque...

Isis a calou com um beijo, a agarrando pela cintura, a puxando bem para perto sem perder o sorriso do rosto.

_ Você tem que ficar feliz por nós, meu amor. Feliz porque você será esposa de uma juíza federal linha dura, mas que se derrete instantaneamente pela simples presença da sua esposa médica loira meio tailandesa, meio brasileira que é a coisa mais linda deste mundo...

Aquela Isis que a deixava tão boba, ela nunca mais havia ido embora. Ariana a beijou outra vez, sorrindo ao ouvir aquilo.

_ Você é maravilhosa. Eu estou feliz, é só...

_ Só o quê, meu amor? Ariana, você é mesmo ingênua demais, não é?

_ Como assim?

_ Como assim? Todo mundo já sabe! Ou ao menos desconfia, mas você nada, não é?

_ Nada do quê Isis?

Ariana não existia! Isis a agarrou em outro beijo, sem perder o sorriso.

_ Que eu fiz o concurso para o Rio de Janeiro, não para Brasília.

_ Você...? Isis!_ E Ariana se agarrou nos braços dela e começou a chorar e Isis não aguentava com o quanto ela era linda! Dava até uma peninha de tê-la a enganado, mas sabia que a reação ia ser a mais fofa possível.

_ Você acha mesmo, meu bem? Que eu ainda sei viver sem você? É claro que eu estava prestando concurso para cá, vim três finais de semana escondida de você para fazer as provas, eu queria te fazer uma surpresa caso passasse, e não queria que você ficasse decepcionada caso eu não passasse, então...

Ariana a beijou, apertando a mão nos cabelos dela, a puxando para mais perto ainda, não cabendo de felicidade.

_ Então você vem morar comigo?

_ Morar com você? Olha aqui, Ariana, se até a Amelie vai casar de verdade, ai de você se não casar comigo!

Outro beijo, molhado de lágrimas e sorrisos, Ariana não estava acreditando.

_ Eu amo você_ Disse Ariana, a beijando, a agarrando, a fazendo sorrir mais_ Eu amo você demais, nós vamos casar!

_ Então pede direito, acha que eu vou aceitar um pedido simples assim?

Então Isis podia lhe intimar, mas Ariana não, é claro que não.

_ Me dá um minuto_ E ela correu para o quarto, deixando Isis sozinha na sala.

_ Ariana? Ei Ariana!_ Isis a seguiu até lá, sua namoradinha ingênua havia corrido tão rápido. A alcançou no quarto e quando entrou, a encontrou de frente para o armário, olhando para algo nas mãos_ Ariana...?

_ Eu comprei tem muito tempo, mas não tinha coragem de pedir.

_ De pedir o quê?

Ariana se virou de frente e mostrou um par de alianças para ela.

_ Que você seja minha pra sempre. Você quer?_ E ela tocou o rosto de Isis a olhando nos olhos da maneira mais doce deste mundo..._ Ser minha pra sempre?

E Isis chorou. Sentindo a mão dela em seu rosto, o pedido dela em sua mente, chorou porque nunca que podia imaginar que Ariana tinha alianças compradas, porque nunca podia imaginar que aos trinta e quatro anos recém-completos, estaria amando de verdade pela primeira vez. E amava uma mulher linda, maravilhosa, de bom coração e que parecia lhe amar tanto de volta, mas tanto... Beijou Ariana, romanticamente, prendendo o rosto dela entre suas mãos e o amor dela dentro do seu.

_ Eu quero! Ser sua pra sempre, e mais uns dias. Eu te amo, Ariana_ Ela disse, pela primeira vez_ Eu te amo, te amo muito, você é o amor da minha vida...

Era. E Isis não queria perdê-la nem por mais um minuto, não queria pedê-la nunca, nunca mais...

***

Rio de Janeiro, Deodoro, Março.

Três semanas inteiras. Kiria havia contado um a um todos os dias de ausência total de Andressa em sua vida. Não podia culpá-la, era culpa sua. Havia trabalhado para isso, para afastá-la de si, porque ela não merecia. Somando tudo, seriam dois anos namorando numa cela, apesar de Kiria não ter ido parar em nenhuma penitenciária, sua namorada não merecia passar por aquilo. Não merecia se deslocar todos os dias até uma Vila Militar, não merecia se indispor e se expor, não merecia beijos escondidos, ou olhares de julgamento. Kiria já havia sido julgada o suficiente, Andressa não merecia o mesmo. Então lutou, insistiu, até que conseguiu, Kiria a afastou. Porque era o certo, porque era o que devia fazer, porque... Ela não precisava se justificar tanto, precisava? Kiria estava amarga. Ninguém nunca poderia dizer por ela, o quão perigoso poderia ser passar tanto tempo sozinha consigo mesma enfrentando seus próprios demônios.

Era desesperador. Porque percebia agora claramente a boa moça que era e em quem ela havia transformado aquela boa moça. Na verdade, seria muita arrogância sua achar que sairia ilesa de tudo, e realmente era, arrogância da Kiria em que ela havia tornado a Fernanda de sua mãe. E tinha que ter conhecido Andressa justamente agora. Não poderia ter sido antes? Ela poderia ter lhe salvado. Salvado de ter que enfrentar seu próprio inferno, de ter caído na lama dos espíritos imundos, mas a grande verdade é que no fundo o que importava, era a luz que nunca havia apagado. Lembrava de ter lido isto em algum lugar. Sua luz havia ficado bem fraca, mas não havia apagado.

Mas a verdade é que Andressa não merecia alguém com uma luz leve, merecia alguém que brilhasse forte feito um diamante. Coisa que Kiria nunca poderia ser assim, presa feito um animal. Chorou no banho aquela manhã, um choro em silêncio, sempre detestou que a vissem chorando, então sempre que precisava chorar, chorava sozinha, consigo mesma, se guardando em segredo. Saiu do banho, mas seus olhos azuis sempre a traiam quando ela chorava, estavam vermelhos, tal como sua boca. Recebeu seu café, sentiu o cheiro dos cavalos passando para o treino, deitou na cama e manteve seus olhos no teto, pensando em tudo o que sua vida havia se transformado.

E então, ouviu um barulho em sua porta. O som das trancas de ferro inconfundivelmente se abrindo. Olhou para trás e:

_ Andressa?

_ Eu vim te buscar_ Ela anunciou, muito diferente daquela que Kiria costumava ver. Andressa estava ali, sem seu uniforme da polícia, vestida em roupas sociais, terninho feminino, saia justa, saltos, cabelos soltos.

_ O quê? Quero dizer, como assim?­_ Kiria se sentou na cama, ainda se enroscando nas palavras, tanto pelo súbito aparecimento de Andressa, tal como o tanto ela estava ainda mais atraente.

_ Alvará de soltura_ Mostrou um papel para ela_ Concedido a Fernanda Kiria Schutze Eli, devidamente assinado pelo juiz, que em sua plenitude, significa que você deve ser posta em liberdade imediatamente. A redução de pena foi aceita.

_ Você está brincando?

_ E eu lá ia brincar com uma coisa dessas, Kiria? Está aqui, você está livre, pode ir para onde bem entender. Martina vai te acompanhar_ E foi embora, sem dar tempo de Kiria dizer qualquer coisa que fosse. E Kiria ficou perdida entre olhar para ela, tentar dizer qualquer coisa, olhar para o alvará, se localizar no mundo, entender, lembrar o quanto ela estava deslumbrante e...

_ Oh, princesa do tráfico, ei, você não ouviu a doutora? Este papel significa que eu tenho que te pôr em liberdade imediatamente, quer adiantar o meu lado?

_ Cadê ela? Ela foi embora?

_ Acho que você mandou ela embora tem um mês. E só para te atualizar, ela saiu da polícia e estava atuando diretamente como sua advogada tem três semanas, conseguiu o abatimento dos seus últimos meses de pena sei lá como, já que a pena já havia sido abatida, mas ela conseguiu.

_ Então...?

_ Ela não te deixou. Bem, agora parece que deixou, mas antes não havia deixado...

Kiria sentiu uma coisa no coração. E Martina a obrigou se apressar. Kiria juntou as coisas que não tinha, vestiu uma das roupas que Andressa havia trazido quando esteve em Florianópolis, preto, cinza, preto, camiseta cinza, jaqueta preta, há quanto tempo não usava uma jaqueta? Gostaria de poder checar se estava apresentável, mas era outra coisa que não via aqueles meses todos, seu próprio reflexo.

_ Eu deixo você se olhar no carro, vamos vai, achei que estava louca para ser posta em liberdade.

Kiria estava, é claro que estava, mas onde estava Andressa? Deixou para pensar depois, seguiu Martina de uma vez. Tinham que ir até a delegacia, para então Kiria ser posta em liberdade. Seu coração estava estranho no peito, trêmulo, nervoso, buscou Andressa com os olhos por todos os lugares por onde passou, mas aparentemente ela realmente havia ido embora. Delegacia e foi estranho que sua única companhia fosse Martina. Assinou alguns papéis, recuperou seus documentos e, nem Martina teria mais.

_ Então, ficamos aqui, Kiria Eli.

_ Ficamos aqui?

_ Sim, você está livre, não precisa mais ser guardada.

_ E o que eu faço? Quero dizer...

Martina deu uma olhadinha para fora.

_ Kiria, vai lá fora ver o sol, vai.

Kiria olhou para ela. E pegou sua mão.

_ Obrigada pela companhia.

Martina apertou a mão dela. E assim se despediram.

E estava livre. Kiria olhou para fora e houve um medo quase infantil de pisar do lado de fora da delegacia. Mas o fez. Colocou o pé direito para fora, e então o esquerdo e o sol estava tão, mas tão quente... Kiria fechou os olhos sentindo aquele sol diretamente na sua pele, o vento beijando seus cabelos, respirou fundo e quando abriu os olhos novamente, ela estava ali.

Sua bonitinha que naquela manhã estava linda demais. Ela estava parada na frente de um carro, de braços cruzados, lhe olhando com um sorriso... Kiria olhou para trás, para o outro lado da rua e para ela outra vez, era uma visão ou ela realmente estava ali? Estava, e assim, paradinha no sol, estava ainda mais linda do que Kiria havia guardado na mente... Kiria abriu um sorriso bobo e caminhou para ela timidamente, mordendo a boca, ainda meio sem acreditar que estava realmente livre e que ela estava realmente ali.

_ Oi.

_ Oi_ Ela respondeu, ainda de braços cruzados.

_ Acho que eu preciso agradecer a você.

_ Por ter feito o que eu prometi que ia fazer? Kiria..._ Andressa a puxou para perto pela barra da jaqueta, porque aquela energia continuava ali, a fazendo de refém cada vez que se aproximava de Kiria.

_ O quê?_ Kiria a segurou pelo rosto carinhosamente, olhando naqueles olhos que adorava bem de perto.

_ Por que você fez isso comigo?

_ Porque eu te amo_ Ela disse, rápida e certeira, aproximando seu rosto ainda mais do que de Andressa e a fazendo derreter instantaneamente... Era a primeira vez que ela dizia_ Você entende? Eu te amo, não podia te machucar, te submeter a aquela realidade por tanto tempo, eu não sei, só sei que eu te amo_ Ela repetiu, fazendo Andressa fechar os olhos e sentir aquela promessa na sua mente..._ Eu só sei que você é a pluma linda flutuando num mundo perfeito daquela música do Radiohead. Você é o anjo com a pele de fazer chorar, com o corpo perfeito, a alma perfeita. Você é essa música do Radiohead. E eu sou a criatura esquisita ousando amar você.

_ Kiria..._  As mãos encontraram lugar pela barra da jaqueta dela, enquanto os batimentos fugiam pelo seu corpo inteiro.

_ Você me amou no meu pior momento. Na pior versão de mim possível. E eu sei que eu nunca vou amar ninguém igual a como eu estou te amando. E sei que ninguém irá me amar igual a você, nunca_ E a primeira lágrima escorreu pelo rosto de Andressa_ Foi por isso, bonitinha. Foi só por isso. Me perdoa?

Andressa a beijou. Se agarrando ao pescoço dela, sentindo aqueles braços lhe envolverem, a beijou longamente, apaixonadamente, roubando Kiria de si mais uma vez, e mostrando a ela que era definitivo: era amor definitivo.

_ Eu amo você, amo você como nunca amei ninguém_ Disse, a abraçando forte e sentindo os braços de sua namorada lhe cobrindo com amor_ Eu não sei o que ia fazer se você me deixasse...

_ Se eu te deixasse? Bonitinha, olha pra mim, olha bem pra mim: a única maneira de eu parar de te querer é se arrancarem meu coração do peito. De outra forma, se você quiser, é pra sempre.

Andressa chorou mais, beijando-a mais, se agarrando a ela mais ainda. Era um sonho! Sua Kiria estava livre, e estava ali, na sua frente, lhe dizendo as coisas mais lindas do mundo. E sendo assim, só havia uma coisa a fazer:

_ Vem, vamos embora daqui!_ Disse já a puxando para o carro.

_ Vamos, vamos sim, mas vamos pra onde?

_ Como assim, pra onde Kiria Eli? Vamos até o meu apartamento, fechar a conta e depois vamos direto para o aeroporto.

_ Aeroporto, assim, já?

_ Você só vai parar quieta quando estivermos em Florianópolis, eu sou bonitinha, moça de família, mas também já deu, né? Eu vou ficar louca se tiver que esperar mais..._ Disse, mantando Kiria de rir. Florianópolis, destino? A noite perfeita de amor que havia prometido a mulher de sua vida. Parecia justo. Parecia mais do que perfeito.

***

Cidade do Cabo, África do Sul, Maio.

Janeiro passou devagar, fevereiro nem diria, tomou contornos de mês mais longo do ano, março Rhian começou a sentir seu coração esmagado no peito e em abril quando não conseguiu desligar a chamada de vídeo e Diana acabou dormindo a frente da câmera, Rhian sequer dormiu, imagine desligou. Ficou ali, com os olhos parados, olhando cada pedacinho de sua noiva, enquanto não conseguia parar de chorar, porque a saudade era uma dor imensa que fazia buracos em sua alma tão renovada. Como queria estar com ela, por Deus, como queria... Se teletransportar, aparecer naquela cama, fazê-la acordar rodeada pelos seus braços, pelo seu carinho. Não era fácil, não era fácil mesmo. Maio chegou e a convocação para a última parte de seu voluntariado também. Mais seis meses no Congo, cuidando de crianças com pólio e sarampo e Lorena, bem, sua amiga gaúcha falante e meio maluca estava indo embora.

Pegaram uma carona e foram almoçar na Cidade do Cabo, num restaurante maravilhoso com vista para a Table Mountain, e voltar naquela cidade só deixou Rhian mais cheia de saudades de Diana ainda.

_ Olha, foi maravilhoso, uma experiência incrível, mas eu não vejo a hora de voltar! De ouvir português o dia inteiro, sabe? Em todo lugar, voltar para a minha casa, para a minha cidade, para os meus amigos! Foi maravilhoso, mas eu sinto falta de tudo!

_ Nem me fala_ Rhian suspirou.

Lorena olhou para ela. Ela estava distraída, mexendo seu café sem nenhum entusiasmo com o olhar perdido no teleférico onde havia passeado com Diana.

_ Rhian, cada um vem para cá com um objetivo. Eu vim para me endurecer como médica, porque era molenga demais nos meus plantões, ficava ansiosa com tudo, tinha medo de quase tudo, já era médica, mas ainda sentia todos os pânicos dos residentes, mas você não. Você chegou aqui uma médica feita, dura, casca grossa. Tratou uma amputação violenta causada por um leão no seu primeiro dia, ou seja, você não veio para cá para isso. Você veio para clarear a sua alma, para amadurecer como ser humano, e tem uma coisa Rhian: este trabalho só funciona quando a nossa alma está 100% aqui. Eu te vi dando 200% de alma no Níger, lá no Chade também, mas esses últimos meses... Acho que aquela moça linda levou metade da sua alma na mochila.

_ Agarrada na nuca dela_ Concordou sorrindo_ E eu sinto metade dela aqui, agarrada no meu pescoço. Está tão difícil, Lorena... Estava difícil antes, e eu achei que ia melhorar depois que eu tivesse ela ao menos por uns dias, mas na verdade...

_ Melhorar? Rhian, um amor como o de vocês só pede mais. Você chegou aqui vocês estavam num momento complicado, a energia estava difícil, mas agora você está diferente, ela está diferente e vocês se encontraram naquele amor todo... Como não piorar a saudade assim?

_ Pois então. Eu sinto falta até dos momentos ruins com ela, imagina dos bons, dos ótimos, dos maravilhosos..._ Deitou a cabeça na mesa, apoiando a testa no braço_ Eu sinto tanta falta de acordar com ela, Lorena, eu não sei nem explicar, só sei que eu já acordo querendo chorar...

Lorena sorriu, fazendo um carinho na mão dela.

_ Será que algum dia eu vou ter um amor assim?

_ Claro que vai. Eu achei que isso sequer existia, até ser atropelada pela Diana. Seis meses, Lorena, mais seis meses sem a minha moça linda de Brasília.

_ Eu sei que está punk, mas por outro lado, agora só faltam seis meses. Eram vinte e quatro, lembra? Se você suportar e terminar a sua missão aqui, as crianças do Congo vão agradecer e eu tenho certeza que a sua noiva estará te esperando da mesma maneira, melhor, com o dobro de saudades, mas estará te esperando. Só não esteja aqui aos pedaços, se não, você vai voltar da mesma maneira com a qual chegou aqui, entende?

Entendia, Rhian estava entendendo. Melhor, estava sentindo.

***

Brasília, Junho.

Diana acordou cedo. Se espreguiçou longamente e rolou na cama, abrindo os olhos para olhar pela sua janela. Rhian gostava de dormir no escuro total, já Harumi gostava de ver o sol nascendo pela janela e Diana havia pego esta mania dela. Coisa para que toda manhã lembrar de suas duas garotas ao mesmo tempo. Então Diana levantava, olhava o sol, e fechava a janela, para ter a sensação de que ia para o banho, mas deixava sua Rhian dormindo um pouco mais. Foi para o banho, havia se dado algumas horas de folga, tinha duas reuniões complicadas pela tarde, então tiraria uma manhã para si mesma. Para tomar um banho longo, apenas para sentir saudade da banheira do apartamento no Rio, para se fazer um bom café da manhã, sem saber o que Rhian estava comendo na África, para pensar na companhia que ela lhe faria se estivesse ali, naquela manhã de folga. Seis meses. Agora só faltavam seis meses.

A verdade, é que depois que havia voltado da África, tudo havia ficado pior. A saudade doía mais, a falta ardia em seu peito, e por mais que mergulhasse no trabalho, em vários projetos ao mesmo tempo, não conseguia parar de pensar em Rhian nem por um instante durante o seu dia. E piorava a noite. Quando tinha que dormir sozinha. E nas manhãs nem diria nada sobre. Deveria ser o momento que mais sentia falta. Não acordar do lado dela era uma tortura. Trocar mensagens era algo que confortava e maltratava. E as chamadas de vídeos. Andava desligando mais cedo para não chorar na frente de Rhian. Precisava apoiá-la, lhe dar forças, ela estava fazendo um trabalho lindo, tanto em se tornar alguém mais maravilhoso ainda de quem ela já era, como em fazer o bem para os outros. Diana precisava ser forte, ser forte por elas duas. Ir para o apartamento no Rio lhe dava conforto também. Sentia-se abraçada por Rhian ali, a cobertura era tão ela que sempre parecia que ela estava ali, em outro cômodo, tomando banho ou jogando videogame no sofá.

Diana jogaria videogame com ela quando Rhian voltasse, prometeu pra si mesma. Diana era péssima jogando qualquer coisa que fosse, então costumava ficar com ciúmes quando Rhian jogava por uma tarde inteira, mas quando ela voltasse, ficaria com ela até nesses momentos. Se enfiaria entre os braços dela, e ficaria ali, no colo dela, esperando pacientemente a sua vez de ter atenção de tanta falta era aquela que sentia. E também iria assistir aos treinos dela todos os dias. E iria buscá-la no trabalho, e dirigiria para ela quando ela estivesse cansada. Faria outra tatuagem para ela, porque sabia que ela iria adorar. E cozinharia todos os dias, tudo o que seu amor gostasse. Trataria Rhian como a princesa que ela sempre havia sido, e a faria feliz como nunca. Jurava essas coisas para si mesma todos os dias, e assim, tinha forças para superar mais um dia longe dela...

Checou o celular, ela havia lhe mandado uma mensagem logo cedo como sempre, antes de começar o trabalho. Lhe mandava uma foto sua, e então a foto de um bilhete escrito a mão “Todos os dias a saudade me sufoca. Mas hoje eu sinto que paro de respirar se não tiver você... Te amo, te amo, te amo. Todos os dias um pouco mais”. Diana sentiu um nó na garganta. Mas se controlou. Se vestiu, um vestidinho curtinho sem sutiã, daqueles que Rhian adorava, mandaria uma foto para ela mais tarde, era outra coisa que fazia, sempre se vestia para ela, ficava bonita para ela, era uma maneira de ficarem perto uma da outra, e foi para a cozinha. Cortou algumas ervas para deixar seu almoço marinando, e outra erva para fazer seu chá matinal. Havia reduzido significativamente o café da sua vida, tal como outros alimentos não tão saudáveis, e aplicava o mesmo aos sentimentos. Estava reduzindo tudo o que não era saudável, e esperava sinceramente que quando Rhian voltasse, só tivesse disponível as melhores coisas para ela.

Seu celular tocou e era Isis.

_ Bom dia, senhora juíza!

_ Bom dia excelência, vou começar a responder somente pelo tratamento correto_ Ela respondeu rindo, “a Isis que ria” agora era presença constante em sua irmã_ Você está em casa?

_ Estou sim, acabei de acordar.

_ Então vou subir pra gente tomar café, tá bem? Tenho novidades pra você.

Deveria ser algo de sua mudança para o Rio. Isis andava tão empolgada com tudo, tomaria posse nos próximos dias e não via a hora de ficar de vez com Ariana no Rio. Elas mal cabiam em felicidade, tal como Amelie e sua delegada, que haviam casado de verdade em março, numa cerimônia linda em Niterói, no final das contas Isis estava certa, Amelie com sua chave de coxa caribenha havia casado antes delas, e nem diria nada sobre Harumi, que havia tirado sua traficante, ops, namorada, Diana precisava cortar os sentimentos ruins, era namorada, isto e depois de uma longa lua de mel em Florianópolis, pareciam prontas para recomeçar no Rio de Janeiro. Arrumou o balcão para duas e logo, ouviu as batidas na porta. Enxugou as mãos e foi atender.

Porém quando abriu a porta...

O coração de Diana parou de bater no peito. Não, ainda deveria estar dormindo, porque ali, paradinha em sua porta, linda de morrer, estava o amor de sua vida.

_ Rhian!

Era Rhian. Por Deus, era a sua Rhian! E nem deve ter levado um segundo e Diana já estava dependurada no pescoço dela, agarrada em Rhian por inteira e com os lábios escorregando pelos dela. Saltou em Rhian, se agarrando em seu pescoço e a beijou, escorregando seus lábios pelos dela num beijo mais do que apaixonado...

E Rhian sorriu ao sentir aquele beijo, ao receber o impulso dela contra o seu corpo, ao ver aquela coisa linda brilhando nos olhos dela, como podia ser tão bonito? Não sabia, só sabia que era e receber aquele beijo tão acalorado... Ah não, nada poderia ser melhor!

            E nem tão bonito. Isis sorriu ao ver a cena. Paradinha ali, com a mochila de Rhian nas mãos, ela havia lhe pedido para segurar, porque se tudo desse certo, sua garota abriria aquela porta e saltaria em seu pescoço beijando-a até o coração escapar pela garganta ou faltar o ar para respirar. E havia dado certo. Ali estava Diana na exata cena descrita, com os olhos cheios de brilho e emoção, beijando Rhian, a agarrando pela camiseta, pela nuca, se certificando que ela estava realmente ali. Diana agarrou o rosto de Rhian entre as mãos, parando o beijo para olhá-la nos olhos, encostando sua testa na dela e querendo chorar.

            _ É coisa da minha cabeça?_ Ela lhe perguntou seriamente escorregando a mão à nuca de Rhian, com os olhos cheios, prestes a derramar_ Daqueles delírios que eu tinha ou você está aqui mesmo, parada na minha porta?

_ Parada na tua porta e louca por você..._ Rhian a pegou em outro beijo E Diana saltou em seu colo outra vez, agarrando-a firmemente e Rhian abriu um sorriso, a segurando pelas coxas e sentindo aquela boca atrevida escorregando pelo seu pescoço, pelo lado do seu rosto, olhou para Isis sorrindo, sentindo aqueles carinhos_ Isis, me desculpa, mas você não vai tomar café com a gente...

_ Eu nem cogitei a ideia_ Respondeu sorrindo ao ver Rhian levando Diana para dentro no colo e aos beijos.

Isis jogou a mochila para a sala e fechou a porta, as vendo entrando cheias de sorrisos, amor, paixão e saudades transbordando pelos olhos e por cada poro de suas peles...

_ Qual é o meu sofá?_ Rhian perguntou sentindo aquela boca pela sua mandíbula, enquanto a mantinha no colo.

_ O quê?_ Diana não conseguia parar de sorrir.

_ Aqui!_ E derrubou Diana no sofá preto da sala, caindo sobre ela_ Só pode ser este aqui_ Disse, lhe acariciando o pescoço_ É preto, grande, confortável_ Afundou seu corpo pelo meio do dela, sentindo as coxas de Diana lhe agarrando os quadris e ela inteira derretendo de vontade naqueles carinhos..._ Comprou pra mim, não foi? Pra gente fazer amor de reconciliação quando eu aparecesse na sua porta?

_ Foi_ Respondeu sorrindo, tocando o rosto dela com os olhos cheios_ O nosso sofá. Meu Deus, Rhian, você está mesmo aqui?

Rhian beijou a mão dela que lhe tocava o rosto carinhosamente.

_ Mais um dia sem você e eu ia morrer. Diana, olha, eu sei que ter ido embora daquele jeito não foi bom para nós duas, eu sei que você sofreu, eu sofri demais, mas eu não via outra maneira de ficar inteira para você outra vez. Então você foi lá ficar comigo, e foi maravilhoso, mas quando você voltou pra cá, eu fiquei aos pedaços outra vez. Olha amor, eu ainda tenho nojo de algumas coisas, e de vez em quando, ainda choro por causa da minha mãe, e estava feliz com meu trabalho lá, porque é realmente gratificante. Mas não tinha nem um dia em que eu acordasse lá e não me sentisse pela metade sem você..._ Disse, derretendo Diana um pouco mais_ E quando a gente ficou junto e você voltou, eu passei a me sentir com menos da metade e sem um coração funcional no peito, porque você trouxe ele com você. Então, eu sei que você já se refez aqui em Brasília, e eu sei que eu cheguei assim, de repente, do nada, mas amor, se você quiser, se você ainda me aceitar..._ E Rhian olhava nos olhos dela e via o reflexo dos seus e ambos brilhando na mesma felicidade, ela estava feliz, não estava? A sua noiva, a namorada de toda a sua vida_ A gente casa, casa agora, já, rapidinho. Você ainda quer, meu amor?

E Diana sentiu sua garganta fechando, seus olhos enchendo.

_ Casar com você?

_ Casar amanhã. Você ainda quer?

E Diana se virou para cima dela e a pegou num beijo, se agarrando a ela, puxando sua camiseta, subindo pelo corpo de Rhian e por sua mente e tesão como sempre, ah sim, como sempre, sempre ela fazia... Sentou-se com ela em seu colo, a puxando pela cintura firmemente, sentindo aquele beijo queimando, ardendo em toda a saudade do mundo.

_ Se eu ainda quero casar com você? Ah Rhian..._ Encostou sua testa na dela com os olhos e o sorriso cheio_ Eu caso agora, meu amor...

Casava. Mas não antes delas fazerem amor, naquele sofá, no meio da sala de Diana. Diana arrancou a camiseta dela e Rhian girou com ela, a deitando contra o sofá, pondo as pernas dela de lado para sensualmente, lhe puxar a calcinha, pelas coxas, pelas pernas, por baixo do tecido do vestido, e Diana já estava tão, mas tão pronta para ela... Fizeram um amor urgente, cheio de falta e necessidade e paixão, um amor feito de marcas fundas de dedos e de sorrisos escapando da alma, um amor de batimentos acelerados e fora de lugar, que começava dentro do peito, percorria o corpo inteiro e culminava no cérebro, porque aquele amor ali também era cerebral, mental, fora de mão. As roupas foram todas para o chão, enquanto elas estavam no sofá, Diana nua em pele sobre Rhian, a levando para o segundo orgasmo quando de repente, a chaleira enlouqueceu no fogão, o chá, claro, o chá que ela estava fazendo! Então a abandonou no meio da coisa toda e correu para desligar o fogo aos risos e imediatamente Rhian veio atrás dela, a pegando no meio da cozinha, a arrastando para o balcão? Não, ela queria ir para a cama, pra cama de Harumi! Diana mandou que ela respeitasse sua ex e Rhian disse sorrindo que mostraria todo o respeito do mundo na cama dela...

Fizeram amor outra vez, amor longo e profundo, amor devagar, porque queriam se curtir em cada pedacinho de pele, em cada gemido, em cada respiração ofegante e lá por perto das onze, foram aos risos para o banho, queriam tomá-lo juntas, agarradas uma na outra e se havia alguma possibilidade de entrarem naquele banho e não fazerem amor outra vez, foi quebrada assim que se beijaram, sob o chuveiro, ok, aquela era a sua Rhian, plenamente de volta, em cada pormenor, a Rhian que Diana havia começado a namorar há oito anos atrás, nas risadas, nas pegadas, nas tiradas rápidas de humor, Rhian estava leve! E estava sua, como ela estava sua outra vez...

Depois do amor, ficaram sob o chuveiro, Diana de costas para Rhian, sentindo os braços dela em volta do seu corpo e o coração dela batendo forte no peito.

_ Você sabe que este chuveiro da Harumi até que não é tão ruim...

_ Chuveiro da Harumi, cama da Harumi... Você está se divertindo, né?

_ Muito! Só preciso tirar umas fotos e enviar para ela depois, aí estaremos quites...

Diana virou de frente, sorrindo.

_ Ah, tirar fotos, é?

_ Da sua cara de felicidade depois de fazer amor comigo...

_ Mas, olha, sua...

Rhian a calou com um beijo, gostoso, longo.

_ Você está feliz, meu bem?

Diana enroscou os braços em volta do pescoço dela.

_ Muito feliz.

Foram ficar felizes na cozinha, porque claro, agora estavam morrendo de fome. Diana foi cozinhar de calcinha e camiseta, porque Rhian merecia aquela visão, merecia ficar ali, a ajudando no que conseguia, agarrada na cintura dela, enchendo aquela nuca tatuada de beijos, enquanto ela fazia um almoço maravilhoso, porque agora já era almoço. Diana fez frango xadrez, arroz primavera, uma salada maravilhosa, e suco de limão, e quando ela tirou uma água com gás da geladeira, Rhian não acreditou!

_ Como assim, você tem água com gás?

_ Comprei pra você. Eu sempre deixo uma na geladeira, vai que você aparece de surpresa, né...

Rhian a alcançou por cima do balcão e a beijou, sorrindo, tocando aquele rosto lindo.

_ Pois então, eu vim, não te decepcionei.

_ Rhian, eu ainda estou tentando entender.

_ Diana, eu não conseguia mais. Ficar mais seis meses longe de você, o primeiro ano foi muito difícil, e esses seis meses depois que você foi lá comigo eu nem vou citar. Eu cheguei lá aos pedaços, me refiz, mas preciso de você por perto para ficar inteira de novo. Eu posso continuar fazendo caridade por aqui, há muitas pessoas precisando de ajuda no nosso país...

_ Está falando como brasileira mesmo?

_ Tenho dupla nacionalidade e vou casar com uma, mais brasileira impossível. Eu posso continuar a minha jornada aqui, perto de você, casada com você, eu me refiz na África, Diana, mas só vou ser inteira por completo depois da gente começar a nossa vida. Juntas. Eu não reassinei o termo de compromisso, não vou mais passar seis meses no Congo, mas queria te fazer uma surpresa. Aí liguei para Isis, avisei que estava voltando, se ela poderia me pegar no aeroporto e me trazer para a sua porta.

_ Por isso você sumiu ontem! Não estava trabalhando.

_ Não, estava voltando pra você. Escuta, eu adorei o apartamento da Harumi, mas de verdade, estou louca para voltar pra nossa casa no Rio...

_ Nós vamos voltar, é a coisa que eu mais quero na vida. Só preciso encerrar os meus contratos por aqui, há outros que eu consigo ficar trabalhando lá do Rio mesmo e...

_ Precisa casar.

_ O quê?

_ Casar comigo, amor, casar em Alto Paraíso.

E os olhos de Diana cristalizaram no mesmo momento.

_ Em Alto Paraíso?

Rhian pegou a mão dela sobre a mesa olhando em seus olhos.

_ Em Alto Paraíso, amor. Em cima do seu mirante preferido, com um vestido branco feito pela sua mãe, usando uma coroa de flores como buquê e, eu acho que de acordo com o plano, eu posso usar qualquer coisa, não é?_ Perguntou e limpou uma lágrima que escorreu pelo rosto de Diana_ Mas não vou usar. Vou usar um vestido lindo, que orgulhe a minha mãe, que orgulhe você, preciso estar à altura da minha noiva linda que esperou tanto tempo por mim. O que você acha? Pode ser assim?

Diana a beijou, saindo da cadeira onde estava e vindo para o colo de Rhian.

_ Parece o final perfeito para mim.

_ Então meu amor_ Rhian limpou uma lágrima sua que também caiu_ Você tem sete dias para resolver todos os seus problemas de trabalho, porque no próximo final de semana, nós estaremos casando em Alto Paraíso!

E Diana a beijou outra vez, apaixonadamente, não cabendo em si de felicidade! E então, se deu conta:

_ Você disse uma semana?

_ Diana, eu não vou mais passar outra semana sem casar com você, eu levanto um casamento inteiro em uma semana, e você cuida dos outros problemas...

_ Mas Rhian, é tempo nenhum!

Rhian a beijou, profundamente.

_ Confie no seu herói! Eu caso com você em sete dias, ou eu não me chamo Rhian Kier. Então meu amor, o que vai ser?

_ Acho que você terá que mudar de nome de qualquer jeito. Rhian Ferraz-Kier, é como será, lembra?

Rhian lembrava, é claro que lembrava! E por isso não podia esperar, ah não, nem mais um minuto. Casaria com ela.

E casaria logo.

 

 

 

 

 

Notas finais:

Meninas, como vcs estão? Me contem as novidadades da semana, hein!!! Chegando no capítulo 50 e agora só mais um para encerrarmos o projeto Delirium. E olha, muitas surpresas vos aguardam, com certeza!!!

Capítulo 50 nos traz um extra mais que mega especial... Arisis!!! 

Bjos ;)

Retificação: Moças, quem posta o capitulo sempre no dia e hora certa para vocês é minha adorável namorada linda revisora, agente de marketing e mil coisas mais cuja a qual eu esqueci de avisar que mudei a ordem dos extras. O extra desta semana, pela ordem, seria Arisis, mas por uma situação cronológica, Arisis ficará para semana que vem e Kiressa entra na semana de agora, tá? Então extra da semana, Kiressa em Florianópolis! Que em virtude dos escritos do último capítulo, só estarei enviando na segunda, ok?

Beijos

Tess



Comentários


Nome: camilanew123 (Assinado) · Data: 26/05/2017 11:02 · Para: Antes do Fim
Me envia o extra pfvr?

Camilanew123@hotmail.com

Obrigadaa


Nome: brunafinzicontini (Assinado) · Data: 04/03/2017 04:59 · Para: Antes do Fim

Mais um capítulo delicioso a compensar todo o sofrimento passado!

Que ótima a chegada de Maria, deixando Amelie completamente extasiada! Maravilhosa essa delegada! Ainda bem que Amelie realmente tinha se "regenerado". Cheguei a ter medo de que houvesse mais alguém naquele apê!

Ariana e Ísis - uma história linda, desde sempre! Que surpresa maravilhosa Ísis conseguiu fazer! As duas se merecem - Ariana, com toda sua doçura, Ísis, com todo seu poder!

Que dizer de Kiria e Andressa? Kiria acabou sendo uma grande surpresa - toda cheia de sensibilidade, planejando um cenário de amor perfeito, recusando-se a expor Harumi a uma situação embaraçosa. Harumi, por sua vez, transformou a sua vida por causa desse magnetismo que a arrastou desde o início. Lindo ver as duas reconhecendo o amor que as uniu desde o começo!

Coroando toda a história, surge essa Rhian maravilhosa, deixando Diana totalmente sem chão! Emocionante ver esse encontro de almas mais do que ligadas, finalmente se unindo depois de tanto sofrimento! Ambas realizadas, inteiras, conscientes e apaixonadas! Tocante demais.

Bem... só me resta pedir o extra do capítulo, por favor!

brunafinzicontini@yahoo.com



Resposta do autor:

Oieeee Bruna!

 

A Amelie precisava se regenerar, né? E não fazer o que havia a afundado da última vez, só mostra que esta tarefa foi cumprida na moça ♥

Isis e Ariana é um encontro inesperado que deu certo. Não sabia bem se ia funcionar no começo, mas acabou que elas se completam, se merecem, não havia como ter outro final ^^

Outra regenerada é a Kiria. Particularmente, eu acho que a Kiria tem a melhor história pessoal, depois que escrevi sobre ela, pensei que poderia aproveitar o pano de fundo dela em uma história mais completa, mas enfim, eu a adoro *.*

 

E para finalizar, Rhian e Diana tendo o final que merecem, essa coisa de tirar do chão, coisa única, só delas ^^

Espero que o extra tenha agradado tbem

 

Beijos!



Nome: mari86 (Assinado) · Data: 05/02/2017 00:51 · Para: Antes do Fim
Oi,
Me envia o extra por favor.
Bjs mil!
mari86rangel@gmail.com

Resposta do autor:

Extra enviado!

 

Beijos!



Nome: mabi (Assinado) · Data: 28/01/2017 01:01 · Para: Antes do Fim

Manda extraaaa!!


 mariasabrina.821995@gmail.com



Resposta do autor:

Extra enviado!



Nome: Midnight (Assinado) · Data: 15/01/2017 22:36 · Para: Antes do Fim

Tessa Reis. extra! Extra! Extra!

Por favor mande para mim:

midnightgirl009@gmail.com

Beijos solares para você!



Resposta do autor:

Extra demorado, mas enviado!

 

Boa leitura! Mais uma vez, desculpa a demora viu ^^

Beijos!



Nome: Cristine Caetano (Assinado) · Data: 10/01/2017 21:36 · Para: Antes do Fim

Tessa minha autora preferida, será que ainda da tempo de ganhar um extra dessa preciosidade??

mello-pam@hotmail.com



Resposta do autor:

Extra enviado!



Nome: _kuonganjo (Assinado) · Data: 09/01/2017 17:56 · Para: Antes do Fim

Você poderia me enviar o extra, por favor?

laiine_moraes@hotmail.com



Resposta do autor:

Extra enviado!

Desculpa pela demora :/



Nome: LeticiaSilva (Assinado) · Data: 06/01/2017 03:34 · Para: Antes do Fim

Poderia me mandar o extra por favor? Bjs.

 

leticiacsilva@ymail.com



Resposta do autor:

Extra enviado! Desculpa a demora!

 

Beijos!



Nome: mr_amanda (Assinado) · Data: 05/01/2017 03:54 · Para: Antes do Fim

Olá!

Solicitando extra! rs

 

mr.amandacruz1000@gmail.com

 

Beijo



Resposta do autor:

Enviado, moça boa leitura!



Nome: Anjo_steh (Assinado) · Data: 04/01/2017 01:36 · Para: Antes do Fim

Minha Krida, como é gratificante ler cada  linha  que tu escreve. Quero ter o prazer de ler, chorar e aplaudir, a um de seus trabalhos postados aqui. E torcer pra que tenha sorte e sucesso fora também. Mil vezes  parabéns pelo seu talento. 

Queroa pedir o extra desse capitulo Stefany.candida@gmail.com  

Desde ja obrigada.

 



Resposta do autor:

Stefany ♥

 

Obrigada pela sua leitura, pelas suas palavras e pela sorte e sucesso desejados, qeu este ano seja incrivel pra gente e que eu consiga passa-lo na companhia de vcs, com mais mais história postada ♥

Extra enviado, boa leitura!

Beijos!



Nome: Perroni91 (Assinado) · Data: 03/01/2017 16:41 · Para: Antes do Fim

Oi.
Poderia me enviar esse extra por favor?
Obrigada  :)

marciasprates@hotmail.com



Resposta do autor:

Extra enviado!



Nome: Nany (Assinado) · Data: 02/01/2017 15:25 · Para: Antes do Fim

Oi..

 

Gostaria de receber o capítulo extra...

araujoelaini@gmail.com

 

Desde já, obrigada...

 

Bjux...



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: Saber (Assinado) · Data: 27/12/2016 01:58 · Para: Antes do Fim

ff.cpaula@hotmail.com



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: Mary (Assinado) · Data: 23/12/2016 16:30 · Para: Antes do Fim

Manda o extra, por favor. =]

mmary4999@hotmail.com



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: Celli (Assinado) · Data: 20/12/2016 21:55 · Para: Antes do Fim

bom.ler82@gmail.com



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: Zuza (Assinado) · Data: 18/12/2016 00:15 · Para: Antes do Fim

Não recebi o extra 

daiane_zuza@hotmail.com



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: tata_rj (Assinado) · Data: 16/12/2016 22:15 · Para: Antes do Fim

Almost there... :)

extras, please... freitas.taize@gmail.com



Resposta do autor:

Extra enviado, moça!



Nome: salesbeta (Assinado) · Data: 15/12/2016 23:08 · Para: Antes do Fim

Muita obrigada querida escritora por tudo.Sua história terminou da maneira mais linda possível.

Gostaria de receber o último extra: Capítulo 50: Extra Kiressa "Até Amanhecer"

Email: justinbeta@hotmail.com



Resposta do autor:

Oieee moça!

 

Extra enviado! Muito obrigada pela sua leitura até o final!

 

Beijinhos!



Nome: isa_bela (Assinado) · Data: 15/12/2016 00:51 · Para: Antes do Fim

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHH CADÊ MINHA INSULINA??????

Destaque para Ariana, que não existe, e é a coisa mais ingenuamente fofa dessa história. <3 <3

E essas moças, depois de tudo que passaram, estão agora fortalecidas para o que vier, juntas, mais fortes. O fim de um ciclo para o início de outro.

Tem uma música da Pitty que me veio a mente... "Pelo fogo, transmutação. Sem afago lapidando o aprendiz. O que sobra é cicatriz. A sustentação é que amanhã já vem, logo mais amanhã já vem."

Que lindeza essa história! *__________*

Bjo Tess!

P.S: AMELIE É UMA DIABA! HAHAHHAHA

isabelass2@gmail.com



Resposta do autor:

Isa ♥♥♥

 

Capítulo doce em doses over hahaha

Ariana é uma coisa linda, né, eu não me canso de escrevê-la, é uma das personagens que ganhou voz sozinha, ela fala na minha mente e eu só tenho que escrever o que ela dita =)

E nossas meninas cresceram e estão prontas para amar direitinho, com tudo o que elas tem direito *.* Elas se transmutaram, a citação encaixou perfeitamente, passaram por muito e agora vem a melhor parte, ser feliz deixando tudo para trás *.*

 

PS: Amelie é o demônio, eu sei hahaha Adoro escrevê-la!

 

Beijos!



Nome: Zuza (Assinado) · Data: 14/12/2016 11:34 · Para: Antes do Fim

Extra extra

daiane_zuza@hotmail.com



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: annagh (Assinado) · Data: 14/12/2016 09:03 · Para: Antes do Fim

Não recebi o ultimo extra de Kiressa "Até o amanhecer"????????????????

anna.paola.oliver@ gmail.com



Resposta do autor:

Anna, está com todos os extra agora certinho? Me perdi aqui rsrs Avisa se não estiver :)



Nome: Lenah Amaral (Assinado) · Data: 14/12/2016 08:21 · Para: Antes do Fim

Oi Tess!!

Ai, ai... esta chegando  o momento - q ninguém quer mas, precisa acontecer - da despedida...????????

Te agradecer mais uma vez, por tão belos momentos e te desejar muita inspiração para criar mais coisas belas!

Bjossx

Extra...rsss

lenahamaral@gmail.com ????



Resposta do autor:

Oieee Lenah!

 

Despedida bateu na porta né :/

Recebendo seus desejos de inspiração com muito amor e carinho, pq afinal, já estou trabalhando numa história nova =)

 

Beijos! Extra enviado!



Nome: Liana M (Assinado) · Data: 14/12/2016 08:14 · Para: Antes do Fim

c.melo9@hotmail.com



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: Aelis (Assinado) · Data: 13/12/2016 22:31 · Para: Antes do Fim

Na fila anciosa por esse extra também!



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: deni (Assinado) · Data: 13/12/2016 19:26 · Para: Antes do Fim

Extra

adenicebae@yahoo.com.br



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: deni (Assinado) · Data: 13/12/2016 19:23 · Para: Antes do Fim

Extra... extra...extra



Resposta do autor:

Enviado!



Nome: Ingrid Akron (Assinado) · Data: 13/12/2016 17:14 · Para: Antes do Fim

Tô louca pelo extra lol 

ingrid.555@hotmail.com 



Resposta do autor:

Extra enviado moça! Sorry pela demora :/



Nome: DNyx (Assinado) · Data: 12/12/2016 03:24 · Para: Antes do Fim

   No meu comentário desse capítulo, eu comentei que a semana não foi boa, na realidade foi bem ruim mesmo, tão ruim que até coloquei meu email errado e não recebi ele heueheuheuh... 

   Se puder me enviar novamente, agora no email correto, agradeço :)

 

   denisenyx@yahoo.com.br  

 

 Obrigada e desculpa o retrabalho :p 

 



Resposta do autor:

Mas como assim coloquei o e-mail errado, amiga? haha

O pior, é que nem voltou, tem dois e-mails que sempre voltam, mas o seu não voltou, sinal que alguém tem um e-mail parecido e ganhou um extra gay de grátis haha

Extra enviado! Espero que curta a leitura ^^

Beijos!



Nome: Maria Flor (Assinado) · Data: 09/12/2016 07:56 · Para: Antes do Fim

Rhian sendo Rhian, fazendo surpresa e enchendo nosso coração de amor *-*

Não quero crer que o próximo capítulo é o últimk. Diz que terá pelo menos um epílogo, hehe.

Não tou pronta pra dizer adeus a todas essas meninas :(



Resposta do autor:

Rhian não podia nos decepcionar no final, né

Ela voltou para a própria pele e para fazer a Diana feliz *.*

Ganhamos mais um capitulo antes do fim, e, vou pensar com muito amor na historia do epílogo ^^

Tbem não me sinto pronta para deixar Rhian e Diana para trás :/



Nome: thais (Assinado) · Data: 08/12/2016 14:32 · Para: Antes do Fim

flor ... me manda o extra arisis

thais.paula.lima@gmail.com 



Resposta do autor:

Olá moça!

Extra da semana foi Kiressa, já enviado e Arisis no extra final está uma coisa linda, viu *.*

Beijos, até mais!



Nome: anamacedinha (Assinado) · Data: 08/12/2016 05:44 · Para: Antes do Fim

Não acredio q esqueci de pedir esse extra kkkk tva lendo o outro cap, e percebi q algumas coisas estava subtendito que ja sabiamos kkk, ai voltei aqui e entendi o porque kkkk eu nao tinha lido o extra :(((
extraa

analuiza.mcdc@gmail.com



Resposta do autor:

Mas como assim perdeu um extra moça hahaha Pronto, erro corrigido, espero que tenha curtido a leitura hein

Beijos!



Nome: Line10 (Assinado) · Data: 08/12/2016 03:21 · Para: Antes do Fim
Parabéns autora historia maravilhosa Demorei mais consegui chegar antes do fim kkkk e agora só falta ler os extras rsrsrs super ansiosa

Sant_seya@outlook.com

Resposta do autor:

Não é que vc correu correu e chegou antes do fim haha

Gosto assim!

Recebeu todos os extras direitinho? Boa leitura de todos eles!

Beijinhos!



Nome: maeecl (Assinado) · Data: 07/12/2016 04:31 · Para: Antes do Fim

"Largo tudo se a gente se casar domingo..." hahaha

Amanhã o últimooo?
Meu coração não tá pronto Tess. rs
Vá com calma, viu?! hahahaa

<3 <3 <3 
Depois te mando um email. Beeeijos



Resposta do autor:

Rhian voltou com tudo haha Se é pra casar, é em sete dias, nenhum dia mais rsrs

Ganhamos mais um capitulo antes do final, para a gente ir se habituando nesta coisa de final né haha

Beijos! Espero seu e-mail =)

 

 



Nome: preguicella (Assinado) · Data: 06/12/2016 17:41 · Para: Antes do Fim

Caraca, perturbei muito mesmo! E como diz a marchinha de carnaval, quem não chora não mama! hahaha 

E com certeza valeu a pena cada extra lido! Foram perfeitos! A senhorita está super de parabéns, pelos extras e pela história! 

Aguardando mega ansiosa pelo extra Arisis, nem preciso dizer que são as minhas queridas né, ah, disse de novo! hahaha

Mais uma vez parabéns e super obrigada pela spins! ;)

Bjãoo

Ah, o extra Kiressa foi muito fofo!



Resposta do autor:

Perturbou demais haha Mas olha o resultado, tivemos spin-off Arisis, de quebra Kiressa e mais Ameria para fechar a história haha

Tivemos praticamente duas histórias paralelas e não sei bem como, mas tudo acabou dando certo no final rsrs

Olha, eu só posso dizer que o extra Arisis está *.*

Acho que vai agradar hein

Beijinhos! Obrigada pelo apoio e pelo carinho de sempre s2



Nome: Gabii (Assinado) · Data: 06/12/2016 16:01 · Para: Antes do Fim

Ai meu Deus, que lindo a surpresa da Rhian. Que bom que ela voltou mais cedo, né. Estávamos todas com saudades dela haha.. Mas percebo que esta viagem a tornou uma pessoa melhor, o que é ótimo

Fiquei muito feliz com o casamento da Amelie e da Maria

E a Isis juíza hein! Que máximo! Ela merece toda felicidade do mundo ao lado da Ariana

Ansiosa para ler o extra Kiressa

anagabriela.gm@outlook.com



Resposta do autor:

Olá Gabi!

Rhian voltou mais cedo, a saudade apertou demais e ela não conseguiria mais passar 6 dias longe da Diana, imagina seis meses :) Essa experiência na África a limpou de todos os sentimentos ruins e agora a Rhian está mais do que pronta a ser feliz ^^

Amelie casada e nossa Isis juiza! haha Felicidade a vista para essas duas tbem *.*

Extra Kiressa enviado!

Beijos!



Nome: Jehh0810 (Assinado) · Data: 06/12/2016 01:51 · Para: Antes do Fim

Olá Tess,

 

como sempre maravilhosa, e capitulo fantástico, se tiver extra e puder me mandar é

 

jesrodrigues08@hotmail.com



Resposta do autor:

Oieee Jes!

Extra enviado, espero que tenha gostado do final de Kiressa *.*

 

Beijos!



Nome: Erika57 (Assinado) · Data: 06/12/2016 00:04 · Para: Antes do Fim

Essa delegada tem pegada... nuuuu!!!

erika57@yahoo.com

Ansiosa pelo último capítulo... 



Resposta do autor:

Nossa delegada tem A Pegada haha

Colocou a Amelie nos trilhos!

Extra enviado!

Beijos!



Nome: GabihPicarelli (Assinado) · Data: 05/12/2016 22:25 · Para: Antes do Fim

Nossa acho melhor vocês postarem mais capítulos, ainda não estou preparada psicologicamente para o The End :/

Obrigada pelo extra atrasado!! E esse reencontro foi tão taaao taaaao *------* e cada vez mais morro de amores por Arisis sz

gabihgon@gmail.com



Resposta do autor:

Olha, nem vocês e eu nem, acho que por isso essa minha soma errada dos capitulos haha ganhamos mais um antes do fim :)

Sobre Arisis, só posso adiantar que essas duas estão uma coisa no último extra, overdose de amor *.*

Beijinhos!



Nome: Maria Luiza (Assinado) · Data: 05/12/2016 20:32 · Para: Antes do Fim

Não acredito que a Kes e a Maria casaram,que lindas! E a Ariana quando soube que a Isis prestou concurso pro Rio,nossa... O pedido de casamento foi perfeito!

Agora a Rhian chegando no apartamento da Diana com a Isis,que surpresa maravilhosa!  

Kiressa mais que perfeitas juntas! Achei que a Andressa estava puta com a Kiria kk Estou louca pela primeira vez dessas duas juntas!

silva_negri@hotmail.com



Resposta do autor:

Temporada de casamentos aberta haha

Amelie inaugurou o altar com Maria e a Ariana não fiquei para trás e agarrou a sua juiza em casamento agora que ela vai ficar no Rio *.*

E a Rhian precisava voltar logo, né, já foi tempo demais!

Espero que tenha curtido a primeira vez Kiressa no extra hein

Beijos!



Nome: Angribbons (Assinado) · Data: 05/12/2016 19:42 · Para: Antes do Fim

Meu coração fica tão feliz com essa cena bonita. So de imaginar como vai ser o casamento das nossas meninas *-*. Ansiosa pro prox

karynribbons@hotmail.com



Resposta do autor:

Oieeee moça!

 

Traços bonitos para a que esta história seja terminada como merece: com muito amor e beleza *.*

Capitulo final prontinho, espero que não decepcione!



Nome: Ingrid Akron (Assinado) · Data: 05/12/2016 16:20 · Para: Antes do Fim

Tive que ler bem devagar para poder durar mais.. Essa é uma das melhores estórias que já li e ja to chorando antecipadamente por causa do último capítulo kkkk.. parabéns autora, lhe garanto que já tens uma leitora garantida para suas próximas estórias :)

email: ingrid.555@hotmail.com 



Resposta do autor:

Oieee Ingrid!!!

 

Leitura devagar para saborear, sou dessas haha

Obrigada pelas suas palavras viu, por colocar Delirium entre as suas histórias preferidas *.*

E vou esperar vocês na minha próxima história viu ^^

Quero ao menos uma lágrima no último capitulo, acho justo haha

Beijos!



Nome: Isleyllima (Assinado) · Data: 05/12/2016 16:02 · Para: Antes do Fim

Oi Tessa e Ana p comentar esse cap tenho q lhes pedir licença e plagiar a frase ´´confie no seu herói´´pois vcs ao longo do conto se tornoram as heroinas das suas leitoras nos salvando da dura realidade do dia a dia, com a história pude mergulhar nas fantasias q foram vivenciadas pelas personagens, viajar na imaginação recriando na minha mente as cenas, situações e lugares do conto, nutri afeto e admiração para logo depois sentir antipatia pelas personagens e agora ´´antes do fim´´ eis q vcs fizeram resurgir o afeto por cada uma, fiquei na torcida para q o famoso clichê de final de historia onde todas são felizes para sempre acontecesse. Tessa vc com seu talento soube escrever com brilhantismo cada cena conduzindo os casais para o final feliz rss. Obrigada Tessa e Ana por despender do tempo de vcs nos presenteando com o compartilhamento dos capitulos e extras.

P.S: Faz um conto com Ari e  Isis como protagonistas 

P.S2: Quero meu extra rss isleyllima@hotmail.com



Resposta do autor:

Oieeeee moça!

Olha, eu ando aceitando orgulhosamente como nerd que sou, os titulos de heroína e alienigena haha

Mas agora falando sério, obrigada pelas suas palavras :) Não foi fácil viu, Deliirum começou a ser escrita em dezembro do ano passado e aqui estamos, em dezembro atual, terminando esta história. Um ano inteiro de trabalho duro mas muito gratificante, um ano inteiro em que dividi momentos lindos com vcs, em que conheci pessoas maravilhosas, inteligentes, que me deram a honra das suas leituras :)

E quando vc me narra os seus sentimentos durante a leitura, a imaginação do cenário, das cenas, a paixão e o ódio pelas personagens, moça, é um prêmio pra mim! É um enorme elogio saber que a minha escrita consegue transportar você por mundos melhores que o nosso ^^

Obrigada por honrar o meu tempo e o meu empenho de sempre tentar entregar um bom trabalho para ser lido por vcs *.*

PS: Moça, não prometo para agora, mas quem sabe mais para frente? ^^

PS2: Extra enviado! Espero que leitura tenha sido boa!

Beijos!



Nome: Greice (Assinado) · Data: 05/12/2016 11:54 · Para: Antes do Fim

Um... Engraçado como é estranho esperar o final de algo que se acostomou a ter sempre... Peguei a história quase no meio, me viciei e li em uma tacada só. 

Chorei, ri, fiquei com raiva, pensei, repensei, torci, e como torci, e finalmente estou vibrando pelas minhas 6 meninas, pois considero elas uma parte minha já, que vou levar com carinho, vou pensar e imaginar como vão, como amigos que já não tenho contato.

Semana final delas autora e não sua tá, pois te espero e a sua beta com novas histórias,  para não morrer de saudades do estilo envolvente. Saiba que aqui tem uma fã. E se de uma certa maneira dei tchau hoje é por não me garantir na parte final, pois se chorei até  agora o que vai ser no casamento delas?

Como de praxe e com carinho viu: Greicepazvargas@gmail.com 





Resposta do autor:

Olá Greice!

 

Estamos chegando ao final da nossa história que se tornou parte dos meus dias este ano. Eu já havia escrito antes, mas escrever assim, na companhia de tanta gente... Ah não, isso foi totalmente novo, e agora que chegamos ao fim, ando com um sentimento parecido com o seu, vou sentir falta disto aqui :)

Nossas garotas são amigas que vão partir, é engraçado vc me dizer isso pq acho que consegui sintetizar bem a sensação de terminar um romance com esta sua frase, é assim que eu me sinto, me despedindo de grandes personagens que não serão mais parte do meu dia a dia, mas que sempre vou poder visitar quando quiser. É a parte boa de se terminar uma história, se cria um mundo maravilhoso e então fechamos a porta e sabemos que ele sempre estará protegido e aberto a visitações ^^

Agora olha, uma lágrima no capitulo final, ao menos uma, eu vou querer sim, viu pq está lindo haha

Obrigada pelo apoio, pelo amor e pelo carinho. Espero encontrar vc na próxima história hein

Beijos!



Nome: nicky (Assinado) · Data: 05/12/2016 05:19 · Para: Antes do Fim

Olá Tessa e Ana,

Meninas obrigada pelo carinho , atenção e delicadeza com a resposta de vcs!!  estou mesmo me mantendo fiel aqui e nada de ler, então terei 3 capitulos e 3 extras maravilhosos pra fechar essa história deliciosa...e já que estou falando em coisas gostosas, fique à vontade pra usar como quiser a minha frase boba sobre chocolate, tenho que dizer que é tudo culpa da Selena Carente Albuquerque e o grupo maluco do Seven Days....mais isso é outra história kkkk.

Ana, não recebi o ultimo extra, vc esqueceu de mim, kkkkk, tudo bem, eu peço desculpas desde já caso suas orelhas...opa, nada não, bobagem minha,  é pq tem muitoooos pedidos né...certo, por favor pode me enviar junto com esse agora, obrigada por toda a sua participação, trabalho nas correções,  trabalho nos envios , enfim, toda a sua participação, obrigada.

Bjs Meninas

nickol-fifi@bol.com.br



Resposta do autor:

Nicky ♥

 

Gosto da sua firmeza de aguentar até o final haha Mas ai de vc se não voltar aqui para me contar o que achou hein

Então estou roubando frases da minha amiga Selena, ai, ai, viu ^^ Saudades dessa moça :/ Minha vida anda tão corrida que sequer tenho conseguido manter meus amigos perto, espero que ela nunca deixe de me amar como eu a amo ♥

 

Sobre o extra, por algum motivo seu e-mail voltou, Nick, o seu e da Yasmin, meu servidor não está sendo legal com vcs haha Mas enviei novamente, veja se chegou, se não chegar me deixe saber ^^

Vou repassar os seus agradecimentos a Ana, a moça trabalha viu, trabalha para conferir, revisar, postar direitinho, aturar as minhas crises existências e todos os meus momentos de "EU NÃO CONSIGO TERMINAR A HISTORIA, MINHA CARREIRA ACABOU, VOU FAZER OUTRA COISA DA VIDA, EU NÃO TENHO CAPACIDADE" e olha, são muitos rsrs

Beijos, sua linda!



Nome: LeticiaFed (Assinado) · Data: 05/12/2016 05:04 · Para: Antes do Fim

Tessa, querida!

Desculpa a intimidade mas no penúltimo capítulo, sabendo que só teremos mais uma quarta-feira com aquele e-mail do Lettera avisando a atualização, bate uma carência hahaha. La vou eu, repetindo mais uma vez o quanto tua história é boa (ótima, fantástica, maravilhosa) de ler. Estilo de escrita, linguagem, transmissão dos sentimentos de cada personagem. Se o capítulo anterior foi o mais fofo de todos (sim, superou o 20, a cena das girafas foi demais...), neste ficamos com aquela sensação de "ai, meu Deus, mais UM ANO?!?!" Mas...como disse Rhian, deixa eu ser teu herói. Problemas resolvidos, perdão no coração e um pedido de casamento pra ontem. Ótimo, otimo! 

De quebra um resumo do extra com a bonitinha deixando nossa malvada favorita hiper insegura na saída da prisão. Casórios mil nesse último (SNIF,!!!) capítulo. Mas sobreviveremos na expectativa da próxima história que, sabemos todas, virá logo, logo. Pressaozinha basica na autora, né? Contamos com a ajuda imprescindível da revisora- manager- empresaria - fiscal e namorada hahaha

 Beijo grande, até quarta!



Resposta do autor:

Leticia ♥♥♥

Eu criei uma personagem em sua homenagem, temos intimidade haha

Olha, como eu sou atrapalhada e não sei escrever pouco, ganhamos mais uma quarta-feira de convívio haha Estou nessa fase de carência tbem, viu, está sendo dificil terminar a história, me separar de Rhian e Diana e das outras personagens que ganharam o nosso amor pelo caminho.

A cena das girafas tombou todos os sentimentos haha Diana sendo fofa ao extremo ^^ Por ela ser esta pessoa linda é toda a pressa da Rhian, de não perder mais nenhum minuto sem o amor da sua vida, então, casório pra ontem haha

E pode deixar que assim que o ponto final cair em Delirium, eu começou a levar os rascunhos da outra história mais a sério e prometo trazer algo "legível" pra vcs ;)

Beijão! Te vejo no novo capitulo hein



Nome: OutroMundoLA (Assinado) · Data: 05/12/2016 03:28 · Para: Antes do Fim

Morta com Harumi! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Ri horrores!

Só eu sabia que Rhian ia fazer algo parecido?! Essas minas me enchem de orgulho! *-*

O extra da semana passada foi perfeito! Sabia que Ariana ter essa surpresa... E olha que Isis nem fez muita questão de esconder viu! kkkk

Agora to louca para ler o extra de Kiria e Harumi! Vai ser muito perfeito... Elas mais que merecem! Vai ser tão lindo o reencontro de Kiria e a familia dela! Não esqueça dos micos que só a familia faz a pessoa paga! KKKK

Então querida autora, queria agradecer por ter a oportunidade de ler uma história tão maravilhosa como essa, sei que ainda não é o último capítulo, mas já to começando meus agradecimentos, Delirium é aquela história que sempre iremos nos lembrar e que de tempos em tempos, pelo menos digo por mim, virei aqui para lê-la novamento e tenho outro agradecimento também, foi graças a Delirium que me cadastrei no site para comentar e um garota, muito linda por sinal, me encontrou no meio de tantos comentários daqui de Delirium e ela ta se tornando cada dia mais especial para mim e que um dia espero conhece-la pessoalmente... então é isso muito Obrigada! 

Email: outro.mundola@gmail.com

Até próximo . ;*



Resposta do autor:

Agora me diga se Andressa Harumi não é a melhor pessoa? hahhahahaha

Rhian precisava, veja bem, como nosso heroi ELA PRECISAVA FAZER ISSO. A Di não podia ficar sozinha mais tempo né, não seria justo ^^

Extra finalizando Ameria e a Ariana sendo enganada na própria presença dela com todas as pistas do mundo do que a Isis iria fazer hahaha eu adoro esta moça!

 

Depois me deixe saber o que achou do Extra Kiressa hein :)

Agora sobre o seu agradecimento: eu que agradeço a chance que vcs me deram, a coragem de apostar numa autora nova, desconhecida, que veio aqui e postou uma história meio maluca de uma policial meio fora das ideias e uma caribenha louca de pedra ♥ Agradeço demais a todas vcs que apostaram em mim, de verdade *.* E olha só como são as coisas! Fez a conta no site, saiu da moita e encontrou alguém especial! Espero que tudo corra bem para vcs duas, me deixem sabe a respeito hein

 

Beijos!

Muito obrigada pela sua leitura!



Nome: Lins_Tabosa (Assinado) · Data: 05/12/2016 02:19 · Para: Antes do Fim

Oi Tessa, olha quando vim ler! Lindo capítulo, como sempre. Recebi o extra da Maria e Amelie, do paraíso. Adorei. Pena que tá acabando e eu já tô sentindo saudades. Entrando em abstinência de Delirium :(

olha email - linstabs@gmail.com

Abrs o/



Resposta do autor:

Olá moça!

 

Que bom que curtiu o final de Ameria ♥

Tá acabando, ando conflitada de saudades tbem, vai ser dificil deixar Delirium para trás viu :/

Beijos!



Nome: sana (Assinado) · Data: 05/12/2016 01:27 · Para: Antes do Fim

Oi Autora:

Demais este penúltimo capítulo! Achei que Rihan não ficaria até o fim dos dois anos, um ano e meio tá de bom tamanho. Sou doadora do msf e achei bem legal incluires o trabalho deles na história. Acho tri importante e tem que ser divulgado mesmo. Arisis, tu me surpreendestes, mesmo. Que bom. Ameria tb, aliás, a-do-rei o extra, um amor mesmo, bem a cara delas e Kiressa, aguardando o grande "momento", bem bonita a dedicação e o amor e carinho de Andressa. A gente sente a proximidade do término da história,dá um dorzinha, mas é assim mesmo. Mais uma história pra ser guardada no coração, por ter personagens  bem especiais.

Agradecimento especial pra namorada, é assim mesmo que deve ser, compartilhar quase tudo.

Bj 

sana

 

susanatouguinha@gmail.com



Resposta do autor:

Oieee Susana!

 

Rhian aguento até demais hein, um ano e meio sem a Diana, ela realmente estava querendo mudar :) A MSF faz um trabalho extraordinário pelo mundo, conheci uma médica em campo quando estava voltando do Peru e as palavras e a determinação dela em fazer o bem nunca sairam da minha mente. É um trabalho honroso. Feito de doação e coração, parabéns por participar desta instituição, afinal sem as doações a engrenagem para :)

 

Extra Ameria cheio de amor, hein, elas se entenderam, e espero que tenha curtido o extra Kiressa tbem ♥

 

Repasso os agradecimentos a Ana, viu, ela sempre fica feliz *.*

 

Beijos!



Nome: DNyx (Assinado) · Data: 05/12/2016 00:12 · Para: Antes do Fim

  Resumo da semana: Uma semana pra esquecer..só acontecimentos tristes.. nem ânimo pra ler eu tive..  Espero que essa melhore.. Somente agora peguei o extra e o cap. 50.. 

  Que a próxima semana seja boa pra gente :)

   extra:  denisenyx@yahoo.com



Resposta do autor:

Denise ♥

 

Eu sei, a semana foi dificil, cheio de coisas que nos fazem repensar até onde vai a ganância humana, a falta de cuidado, o preço que se paga por não se fazer o certo: vidas de inocentes que nada tinham haver com isso. Enfim.

Bom final de ano para todas nós :)

Extra enviado!

Beijos!



Nome: Rosie (Assinado) · Data: 04/12/2016 21:52 · Para: Antes do Fim

 Meooo tá acabando sniff sniff

Rosana.rib09@gmail.com

 

Obrigado bjs



Resposta do autor:

Agora tá acabando de verdade :/

 

mas prometo um capitulo lindo como o final viu ^^

Beijos!



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.