Meu corpo no teu por Julieta Adams


[Comentários - 22]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

— Mas que pergunta é essa Bianca? - Bati a mão no volante, meio furiosa.

— Gente, precisava frear o carro assim? Até me assustou. - Olhou estranhamente pra mim.

— Eu estou com seu pai... Quem disse que gosto de mulher?

— Ninguém... Nossa, eu hein.

— Olha... Não é que tenho preconceito, eu respeito... Mas... Nunca mais pergunte isso, escutou?

— Grossa! Me leve embora então, agora!

— Não queria parecer grossa, não tem como voltar, pois... Estamos perto de chegar.

— Estou vendo que vou adorar esse rancho... - Falou ironicamente e bufando de raiva. Devo admitir, que a maluquinha fica uma gracinha assim.

Gastamos uma hora e meia para chegarmos no meu rancho, ela já foi saindo com sua mochila, batendo a porta do carro meio enfurecida ainda.

— Bia! Espere... - Sempre tenho mania de puxá-la pelo braço, nisso quando eu a puxei dessa vez, nossas cabeças acabaram se chocando.

— Pare de me pegar assim! Pensa que sou o que? Um bandido? A casa está aberta?

— Está sim... Tem caseiros aqui, pedi para arrumar a casa pra nós.

— Não me interessa os detalhes! - Só faltou cuspir na minha cara, ela voltou a ser irritante.

Fiquei sem graça pela forma que novamente peguei nela. Não sei por que estamos nos desentendendo assim... Havíamos nos dado bem antes.

-----------------
(Catarina Bianca Narrando):

Não estou aguentando mais, preciso fazer isso.... Fui entrando, e subi as escadas, acabei indo parar num quarto de casal da casa, trancando a porta. Um mês e só está piorando tudo! Cheguei respirando forte, como se me sentisse sufocada.

Me joguei na cama, e já fui abaixando minhas calças, quando fui tocar no tecido da calcinha, mais uma vez... Molhada, por causa da praga dessa mulher.

— Aii Alanna... Preciso de você... Porrra... - Comecei a me masturbar pensando nela, e meus gemidos estavam num tom normal, porém, tive que pegar o travesseiro, pois senti vontade de gritar por ela, em tesão!

Não demorei muito para inundar minha mão com meu líquido pastoso branco, só de imaginar Alanna me dominando... Ai essa mulher acaba comigo, no pensamento, imagine fisicamente... Vou acabar enlouquecendo! Talvez eu não precise mesmo mais de uma figura materna, e sim de uma mulher, chamada Alanna na minha vida.

Fiquei com a calcinha toda melada mesmo, e me ajeitei, deixando minha mochila no quarto, só lavei minha mão. Detalhe, meu cheiro também havia ficado lá ao lençol da cama de casal, espero que não seja o quarto da Alanna...

— Bianca, onde estava?

— Fui ao banheiro e deixar minha mochila no quarto... - Havia descido e ido pra cozinha.

— Qual quarto?

— Num de casal...

— Aquele é o meu....

— É o seu?! - Arregalei na hora meus olhos. Mas ela acrescentou mais.

— Mas, pode ficar com ele... Vou querer dormir na varanda da sala durante esses três dias aqui.

Suspirei aliviada.... E nisso ela preparou algo pra eu comer, e eu ficava só secando essa mulher deliciosa. Que corpo! Eu estava sem sutiã, e meus faróis ficaram acesos. Tentei até consertar minha blusa, pra não parecer tanto, não sei se irei conseguir me segurar com ela, sei que é errado... Mas, preciso tentar seduzi-la... Só assim saberei, qual é a dela comigo.

-------------------
(Alanna Narrando):

Bianca anda muito estranha... Percebo que está escondendo algo, e eu como sou delegada, vou investigar! E sem querer reparei, ela está sem sutiã... Como é ousada. Não tem modos algum... Apesar de ter um volume muito avantajado nos seios, para alguém da idade dela, pare de pensar nisso, Alanna! Isso é errado! Sem falar que é a filha do meu namorado!

Notas finais:

Eita caramba, acho que as coisas irão se complicar ainda mais no rancho... Por que Bianca despertou interesse pela delegada hein? Não confunda as coisas Bianca... kkkk



Comentários


Nome: Socorro de Souza (Assinado) · Data: 12/05/2018 14:09 · Para: Capítulo 5

Essa Bia é bem danadinha kkkk

Quero ver a Allana resisti..

Esse viagem ao Rancho vai pegar fogo 



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.