Delirium por TessaReis


[Comentários - 2880]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Capítulo 39 - Agente Ferraz

 

kiria estava correndo há quase meia-hora seguida. Estava correndo e o sol ousava nascer sobre o Mar do Caribe no meio de negras e densas nuvens de chuva, corria e sentia o pontiagudo das pedras contra as suas botas, sentia as ondas rebentando o tempo todo, sentia o medo de ser pega. Mas aquela era uma ilha selvagem como ela, deveria protegê-la, tinham similaridades. Saltou de uma pedra para a outra e checou a pistola em seu coldre, seu colete a prova de balas, os cabelos molhados, salinados, o jet-ski que ela havia usado agora se escondia na praia e Kiria agradecia muito por ter escolhido o lado certo da ilha para ancorar.

            A Organização havia escolhido o lado do porto. E se perguntava qual lado a polícia escolheria para fazer o mesmo. A ribanceira de pedras encontrou a mata e Kiria saltou para a proteção da floresta úmida, o suor molhando seus cabelos, a respiração ofegante grudando na garganta, a vegetação quebrando sob suas passadas rápidas, Kiria correu forte até alcançar a parte de trás de uma grande árvore e buscou o celular no bolso. E só havia uma pessoa para qual podia ligar.

A dona de uma voz ansiosa que atendeu no primeiro toque.

            _ Kiria!

            _ Onde você está, bonitinha? Vocês já deveriam estar aqui_ Disse, checando o perímetro com os olhos de um lado a outro.

            _ O quê? Eu não consigo ouvir você!_ O barulho da lancha não deixava Andressa ouvir direito e muito menos deixava Kiria entendê-la bem.

_  Andressa, me escuta, eles já estão na ilha!

            _ Eles? Eles quem?

            _ Entrem pelo sul! A Organização está na ilha, quinze, vinte homens, eu não consegui contar, eu acho que já estão com a Rhian, mas ainda que estejam, ainda não saíram da ilha!

            Andressa trocou um olhar com Maria.

            _ A Organização pode estar com a Rhian, mas não saiu da ilha?_ Repetiu, para que Maria pudesse ouvir.

            _ Isso, eles estão na ilha, eu sei disso!

            Como ela sabe? Maria apenas moveu os lábios, precisava daquela resposta.

            _ Como você sabe?_ Andressa fez a pergunta.

            _ Eu treinei esses homens, é como eu sei. Tome cuidado, bonitinha_ Desligou e trincou o celular no chão, inutilizando o aparelho. Kiria olhou em volta, respirando fundo, sentindo seu coração batendo forte. Onde Rhian devia estar?

            Será que haviam levado ou haviam simplesmente...? Não, não havia simples com aquela Organização, as coisas eram sempre mais complicadas, e o complicado sempre leva tempo, o complicado agradava Kiria Eli. Kiria se recompôs, corpo, mente e confiança, e seguiu em direção aos chalés.

            Andressa olhou para a delegada.

            _ Ela desligou.

            _ Ela já disse o suficiente.

            Diana. Ela não havia dito nada sobre Diana, como podia ter dito suficiente?

***

            Bem, Diana Ferraz havia sido suavemente acordada por tiros ao amanhecer.

Não eram poucos tiros, eram rajadas de tiros intensas e ininterruptas, Diana acordou e instintivamente rolou para fora da cama, esticando a mão para trazer Rhian consigo, e quando sua mão passou no nada, a mão do medo agarrou em seu coração.

Rhian não estava mais ali.

_ Rhian? Rhian!_ E mais tiros dispararam em direção a sua voz fazendo-a se empurrar em direção a proteção do banheiro, tentando sair da mira. Diana rastejou pelo quarto, por baixo das balas, protegeu os ouvidos quando a janela estilhaçou violentamente e então tentou se situar, Rhian não estava na cama, não estava no quarto, não parecia estar em lugar nenhum! Diana não gritou mais por ela, não podia gritar, a agente em si havia tomado comando de sua mente e ela sabia que precisava se recompor e agir.

Por Rhian. O que quer que estivesse acontecendo.

Diana rastejou de volta para o quarto e do quarto rapidamente rolou para trás do balcão americano da cozinha, perifericamente olhou para a sala e a mão apertou em seus batimentos ainda mais forte quando percebeu que havia alguém caído ali. Mas era Louis. Era Louis, se repetiu aliviada, era o segurança meio acordado, meio divagando, Diana agarrou os pés dele e puxou com toda a força que tinha, o trazendo para trás do balcão.

_ Louis, onde ela está?_ Perguntou, segurando o rosto dele, tentando mantê-lo acordado, mas ele só balbuciou_ Louis, ei, ei! O que aconteceu? Onde ela está?!

_ Eles, eles..._ Ele havia sido esfaqueado no pescoço, e Diana não fazia ideia de como ele ainda podia falar, mas precisava que ele falasse de qualquer forma_ Invadiram a ilha, levaram a Rhian...

_ Como invadiram uma ilha?!

_ Como ratos, nadando, ninguém viu, ninguém...

_ Quantos eles são, Louis? Você viu? Quantos são?!

_ Vinte, vinte e cinco, são muitos...

_ Quantos vocês são?

_ Quinze, senhora...

Quatorze. Louis não iria a lugar nenhum. E nem Diana do jeito que estava. Passou a mão pelos cabelos não acreditando. Aquilo não estava acontecendo, não podia estar acontecendo, mas a troca intensa de tiros lhe contava que estava. Haviam levado Rhian, dos seus braços, enquanto estava dormindo. Diana se quebrou numa lágrima. A tal Organização havia posto suas mãos em Rhian outra vez e Diana estava com tanto medo que... Não podia sentir medo. Não tinha direito de quebrar. Não tinha tempo para quebrar. Respirou fundo, limpou as lágrimas e voltou a pensar, seu colete a prova de balas, estava por ali, tinha certeza que estava, Diana perscrutou o lugar com olhos rapidamente, havia visto o colete na cozinha, Rhian devia ter guardado em algum lugar... O armário. Só podia estar no armário, o problema é que o armário estava fora da proteção do balcão, mas Diana não tinha muitas opções.

Esticou o braço o máximo que podia sem deixar seu tronco a mostra e conseguiu abrir a parte de baixo do armário, o colete estava ali no fundo, se esticou um pouco mais e conseguiu alcançar. Puxou rapidamente e vestiu por cima da camiseta, sua arma, onde estava sua arma? Diana puxou todas as gavetas, deixando tudo cair no chão e garfos e facas e colheres fizeram um barulho enorme, mas suas alternativas eram reduzidas, puxou a última gaveta e a pistola enfim apareceu. Recolheu a arma, achou uma caixa de balas, escolheu uma faca que poderia servir, procurou as armas de Louis, mas haviam sido levadas. Shorts, Diana estava de calcinha, precisava vestir alguma coisa, encontrou uns shorts jeans sobre o balcão americano ainda molhado do banho na baía externa, conseguiu vestir, sapatos, precisava de sapatos, onde haviam sapatos?!

No quarto. Somente no quarto. Diana encontrou um moletom e improvisou um torniquete sobre o machucado de Louis, abriu a porta do banheiro social e arrastou o homem lá para dentro, que ele ficasse bem. Checou o revólver, engatilhou, se pôs em posição bem na ponta do balcão e bem devagar, olhou para a sala, assegurando-se da área, e só então, avançou para cruzar a sala. E então neste exato momento a porta da frente foi derrubada e uma chuva de balas correu em cima de Diana que rapidamente se refugiou atrás de uma das cadeiras estofadas, sentindo uma das balas passando tão perto de seu rosto que aludiu seu ouvido. Ah não, ela só queria um par de tênis, ela só queria um maldito par de tênis!

_ Assustou, princesa?_ Seu invasor perguntou com riso.

Diana respondeu se inclinando para trás e chutando a cadeira em direção ao homem. O móvel voou contra o invasor e ela atirou, duas vezes, um tiro no pé, outro no joelho e homem gritando ao chão.

_ Eu acabei de acordar!_ E Diana detestava tiros, ainda mais pela manhã, ainda mais sem saber onde Rhian estava. Diana esticou a perna, puxou a submetralhadora para sua mão e passou para dentro do quarto, encontrou um par de tênis, e enquanto se calçava calculou, a porta da frente estava trancada até o homem arrombar, haviam entrado e saído pelos fundos, a densa floresta, era por ali que haviam ido. E era por onde Diana seguiria. Eram mais de vinte homens, haviam seguranças e sua polícia chegando, cinco homens, estatisticamente se Diana conseguisse derrubar cinco homens, estaria mais perto de Rhian.

Bem, agora só faltavam quatro.

Um enorme trovão ecoou e o céu das Bahamas se rasgou em tempestade sobre a ilha no exato momento em que um clarão explodiu dentro do quarto e Diana teve que se atirar contra o chão outra vez, mas não pelo clarão do relâmpago e sim pelas rajadas de tiros que subitamente haviam se multiplicado.

Um helicóptero do Exército Nacional Bahamiano havia entrado em rasante pela ilha, disparando em grosso calibre, dando cobertura para as lanchas aportarem, o helicóptero já havia vindo como o reforço pedido pelo meio do caminho, era uma operação de execução de um mandado de prisão onde a acusada já havia se rendido, estavam esperando um cenário tranquilo, não uma guerra! Mas era o que estava acontecendo, os seguranças recuavam para dentro do residencial enquanto os traficantes avançavam, e eles eram muitos, vinte, vinte e dois, o helicóptero havia conseguido contar visualmente, eram piratas, ratos d’água, mercenários contratados, homens sem nada a perder. Se aproximaram do porto e Harumi se agarrou contra o banco da lancha fechada a prova de balas sentindo seu coração disparando na garganta. Havia cooperado ao máximo com a sua polícia contando tudo o que havia visto daqueles homens e também sobre o que havia visto de Kiria. Andressa era advogada e sabia bem que uma colaboração como aquela que Kiria estava dando poderia ser um bom atenuante diante dos processos pelos quais ela respondia. Seguia pensando em Kiria mais do que deveria. Seguia com o gosto daquele beijo preso na sua mente e alguns músculos de seu coração faziam questão de reagir cada vez que pensava nela. Não devia, mas estava acontecendo. E quando lutou para ir até a ilha tinha não somente Diana em mente, como também Kiria e a ansiedade de ver a tal bandida de frente outra vez estava a tomando até mais do que o reencontro com Diana. Só não contava em encontrar um conflito como aquele pela frente. Mas a intuição de Maria contava. Por isso havia pedido reforço da polícia local, por isso havia deixado Amelie no hotel, e só havia permitido que Harumi viesse junto pelas informações que ela poderia conseguir.

_ Aquele é o porto?

_ Sim senhora.

_ Desvie, nós vamos subir pela praia.

E Harumi começou a chorar.

_ Não Harumi_ Maria quis jogá-la no mar imediatamente.

_ Diana está aí, no meio dessa guerra!

_ Sim. Você já trocou tiros com milícias, Harumi? Ela já, então se mantenha.

E Kiria? Com ela mesmo que Andressa não precisava se preocupar, mas de alguma forma...

_ Cobertura para aportar_ A delegada pediu pelo rádio, e o helicóptero desceu ainda mais cortando ao meio a cortina de balas disparadas furiosamente.

A lancha subiu pela praia e rapidamente os agentes desceram, fortemente armados, Maria dividiu a equipe em duas, quatro agentes seguiriam consigo e mandou Andressa e outros dois agentes para a administração do residencial, onde estavam todas as câmeras de segurança, não queria Harumi em campo diretamente envolvida com Rhian Kier, onde quer que ela estivesse. A ideia de fraude seguia passando pela cabeça de Maria, ela se entregava e em seguida tudo aquilo acontecia, mas por quê? Quais seriam as motivações de Rhian se ela estivesse fraudando aquela situação? Deixou para pensar depois, Maria ainda não sabia exatamente qual era o seu plano, mas sabia que precisava partir do chalé de Rhian. Já tinha a confirmação de que ela havia sido levada, mas ninguém lhe confirmava Diana Ferraz. Subiram da praia para as passarelas e então das passarelas avançaram mata a dentro, ouvindo os tiros, os gritos, a outra lancha com a polícia local já havia conseguido desembarcar, ouvia pelo comunicador, a chuva caía forte, fria e impiedosa, o chalé de Rhian ficava mais alguns bons metros para frente e Maria ordenou que acelerassem, afinal não é que tinham pouco tempo, não tinham tempo nenhum! E talvez por isso não tenham percebido quando a mata de repente se abriu e o agente-guia saiu de frente com um traficante armado.

O traficante apontou a arma enquanto o agente fez o mesmo em delay, e então, não apontou mais. O agente pode ver quando uma única bala atravessou os dois joelhos do traficante numa linha reta, entrando de lado, num ângulo quase impossível. O homem gemeu em pura dor e caiu no chão já desacordado enquanto o agente tremeu dos pés ao último fio de cabelo.

_ Agente Ferraz_ Ele disse ofegante sob a chuva fria_ Achamos a Agente Ferraz, Delegada_ Ele sequer havia a visto, mas sabia que um tiro com aquela precisão só poderia ter saído da arma de Diana.

***

_ Agente Ferraz?_ Maria levou a mão ao revólver, varrendo toda a área visualmente e Diana finalmente se apresentou.

_ Aqui_ Ela apareceu, saindo da densa mata, erguendo as mãos e mostrando a arma, Diana não sabia bem se era uma criminosa ou não. Havia conseguido sair do chalé e seguia rapidamente as marcas no chão que começavam a ser destruídas pela chuva e quando ouviu a sua polícia se perguntou se deveria se apresentar. Então o tal traficante apareceu e escolheu por ela_ Diana Ferraz, senhora.

_ Eu lembro quem você é, Diana_ Maria andou na direção dela, havia dado aulas para Diana durante seu curso de formação, a conhecia muito bem_ O que está acontecendo aqui? Onde está Rhian Kier?

_ Eu não sei. O residencial foi invadido, a Rhian foi tirada do quarto enquanto eu dormia, eu tenho tomado remédios fortes, não vi nem ouvi nada, mas eu sei que eles saíram por aqui, e eu sei que ela não está longe, delegada.

_ Espera, espera: como você sabe que ela não está longe? Como sabe que eles saíram por aqui?

_ Há pegadas na varanda da cozinha, pegadas que vem até aqui e..._ Os olhos de Diana quebraram um pouco_ O lado dela na cama ainda estava quente. Não faz dez minutos que tudo isso aconteceu, eles ainda não saíram dessa ilha.

Porém em dez minutos Rhian já deveria estar morta. Mas não diria isso a Diana.

_ Tudo bem, há homens entrando pela frente da ilha, nós vamos seguir esta pista e você...

_ Por favor, eu tenho que ir.

_ Diana...

_ Delegada, eu sei. Eu vou receber todas as minhas punições depois, vou arcar com todas as prerrogativas que me couberem, mas... Ela estava dormindo do meu lado_ Disse, cheia de dor_ Ela é minha.

Maria olhava para ela. Estava com menos agentes do que gostaria, e sua melhor atiradora estava ali, inteira e continuava atirando como ninguém. Seu comunicador deu sinal, ela permitiu que prosseguisse e o que ouviu a chateou e preocupou profundamente. Arrancou o comunicador do ouvido, olhou para Diana.

_ Harumi também é sua, não é?

_ Harumi está aqui?

_ Com uma ideia fixa de salvar você.

_ Eu estou tão cansada dessa história de tentarem me salvar..._ Diana respirou fundo, Rhian com toda certeza havia se entregado a Organização tão facilmente por conta disso_ Delegada, por favor, eu conheço este lugar, eu tenho ideia de onde Rhian pode estar.

Maria olhou para ela mais uma vez. Pegou uma camiseta preta em sua mochila e entregou para Diana. Era um uniforme.

_ Eu quero acabar com esta história hoje_ E chamar Amelie para sair semana que vem. Era o plano_ Em frente, vamos, vamos!

Diana vestiu a camiseta por cima do colete, colocou o comunicador no ouvido. E se sentiu agente outra vez.

***

Ao menos desta vez seu cativeiro era maior.

Rhian sentia as algemas apertando seus punhos presos atrás da cadeira, haviam aprendido a não usar cordas com ela, lembranças da última vez provavelmente, Rhian sentia-se quase lisonjeada. Movia os punhos devagar, discretamente tentando alguma folga mínima possível enquanto observava seu nervoso guarda andando de um lado a outro do quarto. O homem da cicatriz no rosto. Havia sido tirada do quarto por ele, Rhian estava dormindo apenas de calcinha, culpa do amor que havia feito com Diana de madrugada, disse a ele que precisava se vestir, ele pareceu em dúvida, mas permitiu. Rhian vestiu-se num vestido justo que Diana havia deixado pelo chão e quando passaram para a sala, percebeu que o homem não estava sozinho. Louis estava desacordado no chão e haviam mais dois homens ali, dois homens que ela não conhecia.

_ A minha mulher. Ninguém toca na minha mulher.

Eles se entreolharam, Rhian sempre seria ameaçadora não importava a condição.

_ Então obedece, vadia, para fora, vai, vai, vai!

Eles a levaram para fora mantendo as mãos dela para trás e uma arma em sua cabeça e Rhian não teve dúvidas do que aconteceria. Para ela estava muito claro que a fariam andar até o meio da floresta e então a executariam, e a única coisa que Rhian conseguia pensar é que não queria ser encontrada por Diana. Que seu corpo fosse achado pela polícia ou por um dos seguranças, mas não por Diana, se negava a morrer causando traumas na mulher da sua vida. Se fosse o caso, tentaria negociar um outro lugar de execução, mas bem, não foi o caso. O caso foi que andaram alguns metros mata a dentro e começaram a ouvir os tiros, sua segurança é claro, atirando, revidando, os sequestradores não eram apenas três dessa vez, eram mais, e apavorou Rhian não saber quantos mais eram, não saber como Diana acordaria, se ela estava protegida ou se poderia se proteger, ela estava tomando medicamentos fortes que a faziam dormir mais profundamente, se não acordasse logo, se não conseguisse reagir... Quis chorar. Mas não podia. Não iria, não era hora de demonstrar fraqueza e nem de esperar menos de Diana Ferraz. Rhian sabia que ela acordaria mais do que pronta a se defender, haviam seus seguranças também e as ordens especificas para defender Diana em primeiro lugar. Rhian optou por confiar em tudo, e percebeu o quanto de fato estava mudando.

Pena que não tinha certeza se viveria o suficiente para pôr mais de sua mudança em prática.

A fizeram andar mais rápido naquela caminhada que com toda certeza foi a mais difícil de toda a sua vida. A tempestade caiu em seguida e Rhian sentiu um enorme frio em sua pele, Diana era menor, o vestido bem justo e Rhian se deu conta de que talvez aquele bendito vestido preto não fosse nada apropriado para uma fuga. Mas como tinha ideia fixa de que morreria, queria morrer com o cheiro de Diana na sua pele. Romântico, Rhian andava se descobrindo mais romântica do que esperava também, outra mudança. Será que conseguia fugir? Se perguntou enquanto a vegetação mordia seus pés descalços tal como aquela possibilidade flutuava em sua mente. E se por acaso conseguisse fugir, Diana estaria segura? Era muito para se pensar, talvez por isso tenha parado. Seguiu silenciosa e sem pensamentos não sabia bem por quanto tempo, eles foram entrando e entrando na floresta até que os tiros ficaram tão distantes que Rhian não tinha certeza se continuavam. E então chegaram. No meio da mata havia um complexo de depósitos e armazéns abandonados, resquício da construção do residencial provavelmente. E foi quando Rhian se deu conta sobre quem era um daqueles dois outros homens. Era um segurança de seu pai. Um daqueles que a olhavam diferente. Sabia que havia algo, sabia. Todo homem era susceptível a corrupção, Rhian já sabia dessa parte, seria também aquele que a guardava? Haviam deixado ele sozinho ali. Rhian tentou mover as mãos outra vez, estava tentando mover ao menos um pulso para fora da algema, mas estava difícil. Então tentou mover-se de outra forma.

_ Qual o seu nome?

Ele olhou para ela surpreso.

_ O meu nome?

_ Não precisa ser o seu nome, só como eu posso chamar você. Sei do Javani, da Nadia, mas nunca chamei você.

_ E por qual raio de motivo você iria querer me chamar?

_ Só tem nós dois aqui.

Ele olhou para ela segurando sua submetralhadora.

_ Você rasgou a cara do Javani_ Ele disse, e deixou um pequeno sorriso escapar, como quem se diverte com a lembrança.

Rhian também abriu um meio sorriso.

_ Ele mereceu, você deve concordar comigo.

Ele deu de ombros, nem concordando nem discordando.

_ Matei ele?_ Rhian tentou perguntar da maneira mais fria possível.

_ Não. Mas ele morreu.

A Organização havia o matado, ela concluiu. E Rhian ainda não havia conseguido entender porque não haviam feito o mesmo consigo de uma vez. Mas se era a Organização por trás de seu sequestro e se queriam de volta os dez milhões desviados, Rhian não valeria mais nada morta neste momento. Romeo estava preso, seu pai havia voltado do estado delicado em que estava, talvez dessa vez o plano fosse um sequestro-sequestro, sem execução, ao menos não execução por agora, talvez depois do pagamento, mas antes não. Rhian olhou para o homem, ele andava de um lado para outro olhando para fora pelas frestas do armazém.

_ Cara, a minha mulher está lá fora sozinha. Tem noção do quanto ela vale pra mim?

Ele olhou para Rhian outra vez. E a ignorou, ele parecia muito nervoso, tal como os outros dois também pareciam, quando saíram do armazém estavam muito exaltados, como se algo tivesse saído do planejado, seria a Polícia? A Polícia havia chegado?

Havia. A resposta de Rhian veio reta e direta quando aquela porta se abriu e para dentro do armazém foi empurrada uma determinada policial federal.

 

Uma tal de Andressa Harumi.

Notas finais:

Hei meninas, tudo bem com vcs? Hei, não tenho palavras para demonstrar o tanto de felicidade que sinto pelo enorme carinho de vcs. Muito obrigada pelas mensagens de aniversário, vcs realmente fizeram o meu dia ser muito melhor. Valeu!!!

Bjos 



Comentários


Nome: Photographer_SP (Assinado) · Data: 20/06/2017 18:35 · Para: Agente Ferraz

Oi Tessa! Cada capítulo que leio eu me aproximo mais e mais de Delirium.

A verdade seja dita, você e a Ana esperando pouco mais de 100 comentários e hoje com quase 3.000 hahaha sucesso total, né?

Parabéns as duzas pessoas. Hehe você e a Ana merece.

Diana Ferraz agente linda desse Universo Delirium, eu a sigo com meus olhos, lembrei muito do primeiro capítulo, me via caminhando com Diana, sentindo o calor caribenho, quando ela pisou em umas folhas secas, galhos parece loucura mas ouvi o barulho, e quase entrei em cena para ajudá la.  (Shiiiiii cuidado!). Hahahaha

Ela dizendo sobre as pegadas, (para a delegada) que o lado da cama ainda estava quente, adorooooo sua certeza! Como sou apaixonada por minha personagem Di.

Estou indo para o próximo cap 40 na certeza de que o sorriso em meus lábios vai brotar novamente, pois esse 39 fiquei angustiada de novo, mas Delirium é assim. E poderia ser diferente?

São muitos sentimentos envolvidos. Obrigada!

Louca para ver o encontro de Rhian e Andressa. Aflição. Hehehe

 

Até mais.

Preciso urgentemente receber os extras, os áudios, as fotos...

Beijos



Resposta do autor:

Oieeee ♥

 

Então, isso ainda me assusta, os 100 comentários que se tornaram quase 3.000 hahaha Culpa de Rhian, Diana e das leitoras maravilhosas que eu ganhei ♥

Você trouxe de volta o primeiro capítulo e eu me senti exatamente da forma que você descreveu! Diana estava tão vulnerável que cada palavra que eu escrevia eu me sentia com ela naquilo tudo, no calor, no medo, na insegurança do que podia acontecer, enfim, você me fez lembrar disso agora ^^

 

Diana Ferraz é uma agente de verdade, né *.*

 

E Delirium foi uma montanha-russa do começo ao final, né, nunca dava para o coração sossegar hahaha

 

Rhian e Andressa, o encontro, me diverti tanto escrevendo, vc não faz ideia rsrs

 

Beijos!



Nome: Maria Flor (Assinado) · Data: 08/12/2016 05:34 · Para: Agente Ferraz

Hahahahahahaha.

Andressa empurrada?? Então também foi capturada??? Adoro!! Esse povo que nunca vai a campo e depois acha que vai ser tudo fácil.

Vou confessar que, apesar de gostar de romance, estava sentindo falta dessa adrenalina, dessa ação que foi a razão por eu me interessar em ler Delirium. 

Esse capítulo explicou alguma das dúvidas que tive no final do outro, mas ainda continuo com algumas. Vamos ver se o próximo as tira.

PS: Kiria chamando Andressa de bonitinha foi mara, amei!!!



Resposta do autor:

Andressa foi para o campo achando que era fácil ser agente, amiga, acabou no colo dos bandidos haha

Tivemos que trazer de volta a pegada policial, eu tbem estava sentindo falta de momentos de ação, me divirto escrevendo!

PS: Kiria e a sua bonitinha, está sentindo que não vai parar por ai né haha



Nome: isa_bela (Assinado) · Data: 22/09/2016 06:03 · Para: Agente Ferraz

EITA PORRA TESS! x_x

O que foi isso? Gente, GENTE! 

"... Diana Ferraz havia sido suavemente acordada por tiros ao amanhecer." Eu tive que rir disso hahahahahaha

Olha, se Rhian já ficou toda alegrinha vendo Diana com uma arma na mão em algum capítulo anterior imagina quando ela ver a goiana em ação? Ppk on fire! :O
Mas cadê aquela fofura toda? Essa mulheres Ferraz são feitas de ferro mesmo. 

Kiria... Eu shipo descaradamente com Andressa Harumi! =x
Aliás, a pandinha foi parar no "cativeiro" com a Rhian... Olha, não sei nem mais o que esperar de você, só sei sentir e lembrar de respirar.

Será que Kiria e Diana vão trabalhar juntas pra salvar suas amadas??? *_____*

Socorro TESS! 

Bjo!



Resposta do autor:

Isa vc leu em seguida né hahahaha

Tava tudo tão lindo no capitulo anterior, eu sei amiga, eu sinto muito, é quase como se vc tivesse sido suavemente acordada por tiros também hahaha

 

Vc viu que a Rhian ficou tão sem ação que foi dificil pra moça até conseguir correr rsrs Ela congelou ali olhando para a sua super namorada sem acreditar no que ela é capaz. Vc viu que a Harumi tem uma outra visão da Diana, a Rhian sempre a viu como a parte que precisa ser protegida, enquanto a Andressa olha para a Di e vê uma heroína. Queria colocar essas duas visões, sabe :) As moças Ferraz são feitas de ferro mesmo^^

 

Kiria e Andressa ♥ Dá muita história entre essas duas, estou pensando seriamente aqui sobre a possibilidade do spinoff ou ao menos uma oneshot, veremos haha a nossa Agente Panda acabou no colo dos bandidos outra vez e mais, de brinde, acabou de joelhos na frente de Rhian Kier, coisas da nossa moça enrolada haha

Diana estava louca para atirar na Kiria, vc viu, né, era mais forte do que ela rsrs

Beijos!



Nome: HeliMaia (Assinado) · Data: 22/09/2016 01:33 · Para: Agente Ferraz
Todos os dias eu ficava olhando os comentários, ansiosa pra chegar em mil, daí uns diazinhos que não olhei e já tem 1009 comentários!

Essa Tess é uma deusa mesmo viu?!

Muito, absurdamente feliz com o sucesso de Delirium!

Parabéns minha autora preferida!

Resposta do autor:

Ai Heli eu estou tão feliz, mas tão feliz!!!

Eu juro pra vc que quando comecei a postar, não esperava nada disso, na minha mente eu já estaria feliz demais com 100 comentários, 200 seria sucesso total, 300 eu nem sei viu, e de repente, aqui estamos com 1000 coments e eu nem sei o que dizer, só posso agradecer ♥

 

Obrigada a todas vocês que fizeram de Delirium este sucesso, leitoras lindas como vc Heli fazem meus dias mais empolgantes *.*

 



Nome: hcleka (Assinado) · Data: 21/09/2016 11:15 · Para: Agente Ferraz

Mentira que a poia da Harumi foi parar ao lado da Diva?? O que ela quer? Provar que é da Diana tbm? Ela não é e ponto. Doida de pedra! 

 

Vai demorar o proximo cap?



Resposta do autor:

Oieeee moça!!

 

Primeiro, muito bem-vinda aos comentários! Fico sempre muito feliz quando vejo alguém novo por aqui *.*

 

Harumi conseguiu chegar na Rhian antes da Diana haha Veremos no capitulo de hoje!

Capitulo novo daqui há pouquinho, com um extra interessante junto :)

 

Beijos!



Nome: Andromeda (Assinado) · Data: 20/09/2016 05:31 · Para: Agente Ferraz

Olá,

Confesso que depois de ler quase 30 capítulos de uma vez, meu tempo ficou meio escasso. E comecei a ler um capitulo e só termina quase 3 dias depois. Ok, fiquei com remorso de ler e não comentar, até pq eu queria falar!! Compreendi que para ler estava difícil imagina tempo para vc escrever, então temos que valorizar.

Sobre a queda vertical, “meu amor” por Rhian se despedaçou, vc descreveu tão bem que consegui sentir como o amor de Diana se desfazendo, às vezes parava a leitura, respirava e pensava: Como ela pode fazer isso? E agora? Como recomeçar outra vez? Será que conseguem? Lendo esses capítulos onde se explica tudo eu não conseguia achar aquele amor dos capítulos iniciais, (isso não é ruim, é pq foi muito bem escrito. Parabéns! ) Teve momentos que meu estomago doeu, principalmente na cena do Romeo. Quando Diana não passou a chave na porta e vc frisa esse momento, pensei: Vai dar merda! E que horror, rezei para não acontecer estupro, não ia conseguir ler.

Mas falando do atual, Diana é Foda! Ela com uma arma na mão é mais poderosa ainda, alem de ficar sexy (na minha imaginação).

Andressa.... minha expectativa sobre ela são as maiores possíveis. Por favor, me surpreenda. :P

Continuo aqui deliciando essa escrita, acho que está se encaminhando MT bem para o final, elas merecem paz.

Sobre Andressa e Kiria, pensa em um spin off para elas. Teria tempo de desenvolver mais uma obra prima.

Não acredito que só agora caiu minha sobre “Only Girl (in the world)” sabia que conhecia essa referencia.

È minha diva também!

 

 



Resposta do autor:

Oieee Andromeda!

 

Primeiro que eu achei incrivel essa sua maratona de 30 capitulos O.o Eles são longos, eu escrevo demais, e vc foi lá e matou 30 de uma vez haha

Obrigada por comentar, viu? Eu falei disso num outro comentário, eu sei que o tempo de todo mundo é corrido e tal, mas eu fico feliz demais quando vcs conseguem tirar um tempinho e vir aqui comentar, é meu combustível :)

Queda Vertical é um capitulo complicado, né, dificil de ler, fácil de sentir, Rhian literalmente se fez em pedaços e esqueceu de proteger o amor da sua vida :/ Esses dois capitulos é uma espécie de redenção da Diana, ela foi julgada desde o começo da história e esta foi uma das primeiras vezes que pudemos ver o lado dela, não foi fácil, ela não desistiu por nada. E quando vc fala que foi dificil de encontrar aquele amor dos capitulos iniciais, é perfeita a sua colocação! Porque este foi o sentimento da Diana, ela procurava o tempo todo sinais daquela Rhian pela qual havia se apaixonado e como não conseguia encontrar, começou a achar que o amor da Rhian havia morrido, e se não havia amor, tbem não havia motivos para ela permanecer ali :/

E sobre o momento de agora, Diana com uma arma na mão é tudo de lindo hahaha Adoro escrever cenas de ação para ela, na minha mente ela tbem é espetacular ♥

Então, o spin off. Eu já recebi um pedido para fazer algo com Isis e Ariana tbem, por enquanto, vou garantir ao menos uma oneshot para cada uma, tá? Kiria é uma personagem em especial que eu queria mesmo ter mais tempo para desenvolver, porém tenho tantos projetos na mente... Enfim, está anotado! Algo vai sair a respeito, viu? ^^

Então, "Only Girl", minha diva suprema haha E há outras referências pelos nomes dos capitulos ;) Mensagens quase subliminares haha



Nome: thlopes (Assinado) · Data: 19/09/2016 19:46 · Para: Agente Ferraz

Woow, sensacional ver a Diana em ação de novo!

fiquei com pena do segurança da Rhian ;xx

Rhian boladissima e mandona até quando ta numa situção que devia só aceitar as coisas hahahaha

Eu achando que era a Diana chegando e na real era a Andressa. WTF?? 
Diana disse que ela é um panda, coitada da Rhian hahahahaha

Ansiosa para mais um cap *-*
beijos



Resposta do autor:

Oieeee moça!

 

Diana literalmente vestindo o uniforme de agente outra vez!

Vc falou do segurança, eu fiquei com pena dele tbem hahaha Caramba, personagem menos que terciário mas o rapaz é tão bonzinho que deu dó de machucar rsrs

Agente Panda conseguiu chegar na Rhian antes da Diana haha Veremos como será este encontro, se depender da Harumi para escaparem, vai demorar.... rsrs

 

Capitulo novo daqui há pouco, com um extra de brinde!

Beijinhos ;*



Nome: BiaRid (Assinado) · Data: 19/09/2016 03:49 · Para: Agente Ferraz

Teeeess, me confundi com a data do seu aniversário,  mil perdões ! Te desejo felicidades e sucesso com suas histórias  e em tudo q vc fizer. É  atrasado, mas é de coração taaa, parabéns! 

 

Sobre esse capitulo, eu quase morri do coração  mulher. Que agonia essa gente pra lá  e pra cá , e tiro. Diana sempre eficiente  ao extremo.  *-* Agora encontro  Harumi e Rhian. Explosão  haha

Beijoos



Resposta do autor:

Oieeee Bia!

 

Não te preocupe com a data, o importante é este carinho todo, muito obrigada, viu? ♥

Agora sobre o capitulo, momento para acelarar a história e a mente das leitoras hahaha Gente pra todos os lados, chuva de tiros, Diana sendo Diana, a agente fodástica *.*

E o que esperar de Harumi e Rhian? Só pode adiantar que me divertir escrevendo a cena!

Capitulo novo daqui há pouco, beijinhos!



Nome: Amandha12 (Assinado) · Data: 18/09/2016 20:02 · Para: Agente Ferraz

Bom... Vou falar dos 2 capítulos, até por que essa coisinha aqui não viu a atualização do capítulo 38 rsrs'

Simplesmente incríveis os dois... só romance no 38 e ação no 39 kkk... Véio... Tessa você escreve muito bem, prende muito a gente,  essas cenas de ação msm, to aqui em êxtase... me perguntando o que a Andressa foi fazer ali, encontro interessante e  irônico. Confesso que esperava a Kíria ali, mas enfim... Isso é umas das coisas que me agrada na história,  a expectativa não ser a realidade...

Você me perguntou se foi eu quem pediu pra postar fotos de como seriam os personagens. Respondendo: foi eu sim rsrs' eu escolho pessoas no meu imaginário, mas é bem legal quando as autoras postam fotos delas, dos lugares (como vc fez), até áudio Kkkkkk

Enfim, só me surpreendo com Delirium, parabéns pela história e parabéns pelo aniversário, atrasado neh? Vi algumas meninas lhe felicitando, então caí na onda... Muitos anos de vida, paz, saúde,  luz, e muitas histórias...

Beijão...



Resposta do autor:

Oieeee Amandha!

 

Aparentemente depois da migração de servidor os e-mails do Lettera estão indo diretamente para o spam, para resolver basta definir o rementente como confiável que tudo volta ao normal ^^

O romance voltou para Delirium no capitulo 38 e a ação deu as caras no 39, verdade hahaha

Prometo pra vc um encontro muito incomum entre Andressa e Rhian, elas têm coisas a conversar né rsrs E, please, continue esperando pela Kiria, teremos uma participação interessante da moça no capitulo de hoje, que aliás, se chama "O Herói que Ela Precisa".

Agora sobre as fotos, eu lembro que prometi a vc que iria postar até o final fotos guias das personagens, eu não esqueci viu, daqui para o último capitulo envio essas imagens junto com algum extra para vocês, depois da inovação do áudio, tá valendo tudo haha

Parabéns atrasado recebido! Muito obrigada ♥

Beijos!



Nome: HeliMaia (Assinado) · Data: 18/09/2016 18:17 · Para: Agente Ferraz

Que capítulo hem mocinha?! Adrenalina pura!

Tão lindo vê o quanto Rhian tá crescendo e o quanto as duas se amam!

A incrível Diana fica ainda mais incrível assumindo o seu posto!

E esse encontro entre Rian e Andressa?! Vai ser choque de monstro!

Tess, minha linda! Você como sempre arrasando e surpreendendo!

O comentário hoje foi pequeno, mas as emoções causadas pelo capítulo foram enormes!



Resposta do autor:

Heli ♥

 

Capitulo feito de adrenalina e amor *.*

Rhian amadurecendo nos seus sentimentos e na confiança que precisa ter na mulher da sua vida, que aliás, é uma super mulher, só ela não estava conseguindo exergar a Di por inteiro ^^

Rhian e Andressa terão uma bela conversa da qual não poderão escapar (e isto é literal, fiz questão de manter as duas presas uma de frente para a outra pra tal conversa poder acontecer haha), capitulo de hoje será longo e novamente cheio de adrenalina ;)

Beijos, Heli, te vejo aqui mais tarde!



Nome: Ana_Clara (Assinado) · Data: 18/09/2016 11:16 · Para: Agente Ferraz

Não poderia perder este momento, com certeza! Ser detentora da marca de 1000 comentários não é pra qualquer um, né. Por acaso acordei de madrugada e sem sono entrei na net, e novamente por acaso encontrei os comentários em 999... Eita que oportunidade única! Meu bem, pra quem achava que a história não teria 300 comentários, vc já chegou em 1000. Pouco para o talento incrível e único que vc possuí... Sempre me diz que comentários te impulsionam ao ânimo e tbem a escrever melhor, com certeza então deveria ter 10 milhões somente em Delirium. hahaha Parabéns! *_____*



Resposta do autor:

Mas como assim? 1.000 comentários!!!!! o/

 

E é mais do que justo que o milésimo comentário seja seu, afinal se eu estou aqui hoje, escrevendo, publicando e dando certo, é tudo por sua causa, porque vc me trouxe aqui, acreditou no meu trabalho, me incentivou. Lembra quando vc me disse que ao menos 40 comentários eu teria pq ao menos você comentaria em cada capitulo? E eu achei que 40 já tava lindo haha E eu então os números foram crescendo e crescendo e chegamos aqui. Eu só tenho a agradecer a vc que me trouxe aqui, que está mantendo a sua promessa de comentar cada capitulo (ai de vc viu se não manter haha) e agradecer a todas essas leitoras maravilhosas que Delirium ganhou que fizeram tudo isso acontecer tbem ♥

1.000 comentários, que marca linda!



Nome: danibefour (Assinado) · Data: 18/09/2016 10:25 · Para: Agente Ferraz

como você para nessa parte?? meu coração não aguenta. Diana é maravilhosa, imagino ela toda sexy de agente kkkk ansiosa pro próximo capítulo!!



Resposta do autor:

Oieeee Dani!

 

Momento crítico para se terminar um caps, né? rsrs

Diana é toda linda, sexy e atraente de agente, me delicio com as cenas que surgem na minha cabeça haha

Capitulo novo hoje! Espero vc por aqui ^^

 

Bjo!!!



Nome: Simone (Assinado) · Data: 17/09/2016 13:43 · Para: Agente Ferraz

Eiiiiii! 

Mais um capítulo daqueles que deixam o coração em suspenso.

E a promessa segue firme e forte! Rsrsrs

Descobri uma forma de driblar a montanha da vida... afinal, o que fazer de meia noite às seis, não é verdade? Rsrsrsrsrs Bom... Há muito o que ser feito, mas no momento, só vou ler mesmo. Rsrsrsrsrsr

Ansiosíssima pelo próximo capítulo!!!!

Ah! Se houver algum extra, não exite em enviar tá?! Kkkkkk

simonesantox@gmail.com 

Beijos, moça! 

Até breve!

Simone

 



Resposta do autor:

Oieeee Simone!

 

Capitulo diâmico, hein, pra não deixar a história parada haha

 

Moça, vc sabe que eu tenho visto a movimentação das leituras por aqui, e em grande maioria, as pessoas lêem de madrugada, e eu admiro demais quem consegue viu, que eu e madrugada não somos produtivas juntas rsrs Eu sempre achei um charme quem escreve de madrugada, queria ser dessas :/

Olha, não rolou extra neste capitulo, mas vai rolar extra no capitulo de hoje, viu, espero seu comentário lá ^^

 

Beijos, até mais tarde!



Nome: patty-321 (Assinado) · Data: 17/09/2016 06:18 · Para: Agente Ferraz
Meu core não aguenta de expectativa dessa ação toda. Me sentir no filme do rambo. Rs. Foi demais. Adoro. Agente Ferraz e fodastica. Harumi é muito mala. Foi pega de novo. A delegada Maria hem? Que mulher. Rhian tão linda só pensa na Diana. Oh amor enorme. Ansiosamente esperando o próximo. Parabéns tessa. Saúde e muita inspiração. Bjs

Resposta do autor:

Oieeee Patty!

 

Voltamos a ação hahaha Agente Ferraz recuperou todas as suas habilidades e está pronta para a briga :) Nossa linda delegada Maria de Vieiras ♥ A moça tbem pega pesado e a Rhian sendo linda, né, pensando na Di o tempo inteiro, a pondo em primeiro lugar de qualquer outro sentimento, esta é a caribenha pela qual nos apaixonamos :)

 

Obrigada pelos parabéns!

 

Beijinhos!



Nome: AliD (Assinado) · Data: 17/09/2016 04:41 · Para: Agente Ferraz

Olha ...

Não vou falar mais nada. Mas, já estou falando kkkk

É pq não tenho o que dizer a vc Tess. 

Andressa precisa entender que ela não pode mais interferir em algo intangível: Diana&Rhian. 

Bjs 

Ali&L <3



Resposta do autor:

Ali please vc tem que vir aqui e falar tudo, tá hahaha

 

Andressa precisa soltar a Diana de vez, ela está começando a soltar, mas somente porque começou a se agarrar na Kiria, a nossa Agente Panda é carente, fazer o quê né rsrs

 

Beijos!



Nome: LeticiaFed (Assinado) · Data: 17/09/2016 03:19 · Para: Agente Ferraz

Aaaaaaaaahhh, que nerrrvoso!! Diana, a fodastica agente Ferraz de volta, yesss! :D

E Andressa foi fazer o que metida no meio da ação, minha gente? A bonitinha é enrolada, mas a super ex-bandidona Kiria vai dar um jeito, tenho certeza hahaha ;)

Rihan romântica, pensando na segurança da Diana antes da dela e preocupada em que ela não encontre seu corpo, foi fofo demais. Tá otimo, Tessa!

Bom final de semana, e bem que a senhorita podia dar um presente pras suas leitoras ansiosas né não?

Beijao! 



Resposta do autor:

Oieeee Leticia!

 

Capitulo nervoso, hein hahahaha

Nossa fodastica Agente Ferraz de volta o/ E sem monstros na sua cabeça, havíamos conhecido parte da excelência da Diana lá no primeiro capítulo e então, em virtude dos delírios, vimos nada dela em ação, então este capitulo para mim tal como o próximo têm um gosto de back to start, de voltar lá para o comecinho de tudo, tbem é uma forma de lidar com o final :)

A bonitinha de fato é enrolada rsrs Nossa Agente Panda vive escorregando nas mãos dos bandidos, mas quem tem quem lhe salve não está perdido, né ;) Kiria Eli está na área, vamos confiar ^^

Rhian sendo linda pensando na Di o tempo todo *.* Dá pra não amar? Foi muito dificil me separar da minha última heroína, mas está sendo bem complicado me separar da Rhian tbem :/

 

Tem presente no próximo capitulo, viu? ^^

Beijos!

 



Nome: Ana_Clara (Assinado) · Data: 17/09/2016 02:38 · Para: Agente Ferraz

Já estou aqui imaginando a junção de Andressa e Rhian. hahaha Confesso que não consigo prever coisas boas disso, ah, com certeza não consigo. Sabe, esse capítulo novamente foi cheio de carinho e amor, e ao mesmo tempo essa tensão final de não saber como tudo vai se desenrolar. Puxa vida, a Di precisa salvar as 'suas' mulheres. kkkkk Até imagino a Andressa correndo para a Diana e a beijando na frente da Rhian. kkkkkk Complicado!

E essa Maria é tudo de bom, né. Adoro ela com a Kesnar, eu realmente adoro. ;)



Resposta do autor:

Oieeee amor!

 

Digamos que Rhian e Andressa terão um momento único, só delas hahaha

Como se já não bastasse ter que salvar uma esposa, a outra se joga no colo dos sequestradores tbem, não anda sendo fácil ser Diana Ferraz esses dias rsrs

Nossa super delegada tbem em ação, afinal ela tem uma moça com quem quer sair quando tudo isso acabar, né

Beijos!



Nome: JessyCorrea (Assinado) · Data: 17/09/2016 02:18 · Para: Agente Ferraz

Minha filha, não da brinquedo não ein!!!

Essa Andressa faz alguma coisa da vida sem ser merda? 

Faz.. fez a Kiria lindinha se apaixonar por ela. Fora isso, que isso? Quanto talento!

De qualquer forma, quero ver elas correndo uma pra outra quando se encontrarem e pegando todo mundo de surpresa. To viajando muito querendo isso? Hahahaha

Que dozinha da Rhian pensando que se for pra morrer, que não seja a Diana encontrando o corpo dela. Achei isso tão intenso. E muito bonito da parte dela temer isso.. como se a unica preocupação da realmente fosse o sofrimento da Di, mesmo diante da morte. Coisa linda!

Ta chegando no ápice da história e eu to tensa aqui.

A Diana fodona é ainda melhor. Esses tiros! Adoro mulheres fodas, Tess. Adoro! 

Faz ela fodona em minha homenagem porque serei delegada, faz. Hahahhaha

(Se Deus quiser serei..*-*)

Volta logo porque eu to muito ansiosa. Please!!

Beijinhos, flor!



Resposta do autor:

Oieeee Jessy *.*

 

Andressa conseguiu pegar a nossa bandida preferida pelo coração *.* E até então, foi tudo de útil que esta moça fez, poréeeeeeeeeeeem, vamos esperar pelos próximos capitulos, acho que poderemos acrescentar mais uma coisa ou duas na lista da nossa agente panda ;)

Jessy, vc nunca viaja nas suas ideias, aliás, vc precisa trabalhar mais a externalização delas comigo hahaha O capitulo 40 estava pronto, eu estava razoavelmente feliz com ele quando de repente vc me manda uma mensagem e muda tudo. A sua colocação naquela mensagem era o motivo pelo qual eu estava apenas razoavelmente feliz com o capitulo, faltava alguma coisa, faltava aquela coisa que vc me disse, então minha amiga, só tenho a agradecer! Ponha tudo pra fora sempre e me conte sobre haha

Rhian foi linda, não foi? A arma na nuca e ela só conseguia pensar na mulher que amava. Acho que de todas as mudanças da Rhian, essa é uma caracteristica que ela nunca perde, na sua maneira torta ela sempre está pensando na Diana, se preocupando, ainda quando a Di foi embora e a Rhian estava tão fora de si, ela ainda ficou pensando nela, no porquê ela havia ido embora sem nada, em como estava vivendo, Rhian é linda, gente, sou suspeita, tenho uma queda por esta caribenha ♥

Vc terá um incentivo e tanto para ser delegada no próximo caps, aguarde por Diana Ferraz ;)

Beijos, moça!



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.