R u gonna be my girl? por Rose SaintClair


[Comentários - 299]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

POV Alex

Luiza não quis que eu a levasse até o aeroporto. Após a sua saída a minha angustia atingiu o nível máximo. Por que ela tinha que ir? Eu não confio na Nanda sozinha com ela. Vou perder a única mulher que realmente amei na vida! A sensação era de que meu peito explodiria a qualquer momento. Ligo para meu fornecedor e o espero na frente do prédio caminhando de um lado para o outro. Quando por fim ele chega não trocamos nenhuma palavra, apenas um apertar de mãos discreto e a encomenda armazenada no meu bolso.

Quando chego ao apartamento mando todos os empregados irem embora. Pego uma garrafa de tequila e bebo no gargalo junto com o comprimido que havia comprado. Vou até a varanda e continuo a beber. 

 

O.o

 

A claridade machuca meus olhos, minha cabeça dói como se mil agulhas estivessem pressionando meu crânio, meu corpo estava todo dolorido, minhas costas ardiam, sinto o corpo macio da minha mulher ao meu lado... Ao me virar para abraça-la vejo uma cabeleira ruiva no travesseiro ao lado. Megan, nua, dormia sem saber o embaralhado que estava a minha cabeça.

Então, como um meteoro que cai no solo, me lembrei da noite anterior e de tudo que eu fiz. “Fuck!”.  Que merda eu fui fazer????

 

POV Luiza

“O Rio de Janeiro continua lindo!”. Olhando pela janela do avião vejo a cidade que eu amo. Não tinha noção de como eu estava com saudades daqui. Mesmo me sentindo mal por ter deixado minha noiva sozinha eu abri um sorriso quando a aeronave toca ao chão.

Sabia que ninguém viria me buscar porque meus pais estavam trabalhando e o Otavio estava em São Paulo. Peguei a mala e fui em busca de um taxi.  Quando saio da área de desembarque vejo a minha melhor amiga me esperando.

– Nanda sua louca! Você não tinha que estar no trabalho hoje? – falei espantada enquanto era esmagada em um abraço.

– Eu pedi dispensa. Sua mãe me disse que você chegaria e ninguém viria te pegar. Então estou aqui madame, para ser sua motorista!

– Mas... você veio com a Clarice? – Clarice era a moto da Nanda.

– Não, peguei teu Fiat 500 da garagem. Falando nisso, me senti a surpresa do kinder ovo! Que coisa mais apertada dos infernos esse carro! Parece um Hot Wheels! – minha amiga fala rindo.

– Para sua ridícula! Não fala mal do Agenor.

– Agenor??? – minha amiga começou a rir. – PUTA QUE PARIU! Agenor é a aquele tio que nas festas pergunta se é “Pavê ou Pacume”. – rimos mais ainda. Minha amiga foi me contando como estava o seu trabalho e quem eram os seus colegas.

– Sônia então eihn? Vai comer ou vai ficar só na vontade? – pergunto rindo.

– Se eu conseguisse desapegar e partir para outra. Mas não consigo Lu você bem sabe disso. Acho que até virei virgem novamente. – ela começa a rir. – Sério, vou acabar num convento.

– Mas tesão você sente por outras?

– Ah sei lá. Nem isso rola. Você sabe que depois da Clarinha só teve você. E depois da Clarinha, novamente – riu – não teve mais ninguém.

– Nossa! Vai ficar com LER de tanto se masturbar. Vai ser como aquelas tias velhas que fingem que tem “bursite” por causa do crochê! Aham tia, senta lá. – rimos mais ainda.

– O quanto é patético se eu te falar que consigo gozar só com as fotos e áudios antigos dela?

– É amiga... vocês tem que parar de besteira e voltar de uma vez. Você adota a mini lombriga albina e tudo fica bem.

– Tadinha da bebezinha Luiza!

– Mas é verdade! Tomara que puxe a Ana Clara porque senão vai ser o quadro da dor! Imagina se nasce com a pinta peluda do pai?

– CARACA! – em meio a risadas Nanda estaciona na garagem da casa dos meus pais. Quando entramos seu Cássio e dona Heloisa estavam me esperando todos cheios de sorrisos.

– Mamãeeee, papaiii que saudade!! Mas vocês não estavam trabalhando?

– Deixamos a fábrica nas mãos do Gilmar e viemos almoçar com você. Odete está fazendo camarão na moranga que você ama!

– AI DEUS! Odete sua loucaaaa – sai correndo para a cozinha para dar beijo na mulher que me criou. – Saudade de você lindona! Olha isso Nanda, Odete tá toda gostosa! Arrumou um namorado no culto? – falei enquanto comia uma mexerica que tinha na fruteira.

– Para de bobagem menina! Só resolvi dar um “tapa” no visual! Até porque ameixa seca só faz sucesso no Natal!

– Tá linda Odete. – minha amiga beija a idosa.

– Saiam daqui as duas que estão me atrapalhando. Não é porque cresceram que não dou umas chineladas... – falou rindo. Como se alguma vez na vida ela tinha dado alguma chinelada! Amo minha bá!

Fomos para o meu antigo quarto e ficamos conversando até a hora do almoço. Minha família amava a Nanda. Até porque não tem como não ama-la. Sabe aquela pessoa querida, simpática, carismática e prestativa? Nanda Duarte!

– Nanda, fica aqui esse final de semana. – peço a ela.

– Será? Eu trouxe só essa mochila.

– Fica! Você me faz companhia e depois vê a sua mãe.

– Não sei Lu. Não quero aparecer por lá e ver a movimentação pro casamento. Vai me fazer mal.

– Ai Nanda, mas você também é culpada! Por que não procurou a Clarinha para conversar? A gente não tinha combinado que você faria isso?

– Sim, mas o dia que eu fui o babaca estava lá. Então resolvi deixar quieto.

– PUTA QUE LOS PARIU! Vontade de bater na tua cara Fernanda!

– Você vai ter coragem de estragar esse monumento que Deus fez?

– Mas é uma metida mesmo! Tá se achando o último copo d’agua no deserto né?

– Mudando de assunto e a Justin Bieber como tá?

– Ai Nanda.... – minha amiga levanta uma sobrancelha e sabe que algo estava errado.

– Vem cá. – abre os braços e bate na coxa. Eu vou e me deito no seu colo. – Me conta o que te aflige. – ela fala fazendo carinhos no meu cabelo.

– Nanda eu to apaixonada por ela, mas as vezes as coisas ficam difíceis demais. – começo a contar para a minha amiga tudo o que tem acontecido. As crises de ciúmes, as birras, o jeito que ela me trata as vezes.....

– Lu, tem que entender que a garota é americana mano. Os gringos são tudo estranho. Não são como a gente que abraça e beija os amigos. Eles são tudo cheios de não me toque com medo de ser interpretado como assédio.

– Eu entendo isso, e tenho tentado não ser tão efusiva! Mas se uma pessoa me olha por mais de trinta segundos ela dá um escândalo!

– É ciúmes é bom, mas demais é terrível.

– Sem falar que ela muda de humor de uma hora para outra. Quando eu tento conversar com ela parece que a louca sou eu. Ela se faz de desentendida como se não houvesse acontecido.

– Mas se você realmente gosta dela tem que tentar conversar Lu. Relacionamento é assim. Nunca é perfeito. Mas o mais importante em tudo é a conversa.

– Esse é o problema. O tipo de relacionamento que eu quero não é o que ela me dá. Eu quero cumplicidade e amor como os meus pais tem, como você e a Clarinha – ela tenta negar e eu corto. – Para Nanda, agora pode ser que não, mas tenho certeza que daqui a pouco vocês estão juntas criando a lombriga albina...

– Luuuu.....

– Mas é verdade! Dou o cú na praça se vocês não voltam.

– Avisa qual é para eu ir. – Nanda perde o amigo mas não perde a piada.

– Boba – dou um tapa nela. – Eu não quero ficar com alguém que escolhe o que eu vou comer e o que eu vou vestir. Ela me trata como criança. Ela decide tudo por mim. Agora tá um pouco melhor mas continua. Sem falar que as vezes ela me trata mal na frente dos outros.

– Como assim? Porra isso não...

– Não, você não me entendeu. Não é mallll.... é tipo... vou te dar um exemplo. Um dia eu estava conversando com outras modelos em um ensaio e falei uma expressão em inglês errada. Ela ficou a tarde toda tirando sarro disso na frente de todo mundo.

– Mas isso eu também faço com você e você faz com todo mundo.

– É diferente Nanda. Não é uma zuada como a nossa. É grosseria, sabe? Depois tentei falar com ela para não ser assim e ela me chamou de criança.

– Mas ela te faz feliz?

– Na maioria das vezes sim. E Nanda.... o sexo é... WOWWW... Nunca foi assim. Ela me da orgasmos múltiplos.

– Magoei agora. Peraí que vou chorar no cantinho. Meu ego tá abaixo do cú do cachorro.... – minha amiga começou a rir.

– Não menina! Sério. Quando a gente tava junto nós éramos adolescentes, nem da pra comparar com agora.

– É... você tem razão. Muito tesão e pouco jeito.

– Mas eu sinto falta de carinho e cumplicidade.

– Ainda acho que você deve tentar e conversar com ela.

– Sabe o que eu quero? Sabe o que eu sinto falta? Lembra quando nós éramos namoradas e numa janta.... não lembro se era janta.... sei lá não importa... A gente ia fazer uma refeição. Erámos eu, você e a Clarinha. Enquanto você servia o prato da Clarinha ela servia suco a você. Você comia a azeitona que ela não gostava da pizza e ela comia a borda que você não comeu.

– Nossa Luiza, falando assim é meio nojento.

– Para loca! Presta atenção no que eu to falando! Cumplicidade e carinho. Pequenos gestos, pequenas coisas. Isso que eu quero. Eu não quero uma Ferrari. Na verdade querer eu quero – rimos. – Mas eu não preciso. Eu quero aquela Alex que foi até o meu apartamento enquanto eu estava morrendo de cólica e me cuidou. Mas parece que depois de me ter... aquela Alex sumiu.

– O “armoço” tá pronto! – Odete chama na porta. Fomos almoçar e resolvi cuidar de mim durante esses dias que estava aqui e pensar no que fazer quando voltasse para New York.

Notas finais:

Oieeeeeeeee, comentemmmm!

Gente para quem está mal com a Alex, lembrem que ninguem é perfeito.

besos

<3



Comentários


Nome: HedaWarrior (Assinado) · Data: 25/06/2018 23:24 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

Nem tudo é o que parece?! Não desisti da Alex e ela irá ter que correr atrás do preju! 

Ainda amo muito a personagem e acredito que ela irá rever seus erros e ser sincera, e ter uma grande reforma! Ela se perdeu um pouco, mas irá se reencontrar e melhorar tudo!

 

Lou não merecia isso, claro que não, mas sei lá essa Megan aprontou uma.

 

 



Resposta do autor:

Tu é #teamalex que eu sei hahahaha <3



Nome: Allex (Assinado) · Data: 25/06/2018 20:41 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

É uma pena que o "Lou, aceita a minha fidelidade?" do capítulo 18 só tenha durado até o capítulo 26. Alex está parecendo outra pessoa nesses últimos capítulos. Mimada, egoísta, cafajeste...Decepcionei totalmente!



Resposta do autor:

pois é :/



Nome: NayGomez (Assinado) · Data: 25/06/2018 18:01 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

Alex sua bacuri idiota,  que merdas vc fez sua estúpida  que ódio de vc.. .



Resposta do autor:

;/  pois é



Nome: Lili (Assinado) · Data: 25/06/2018 14:28 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

Caralho Alex Puta Que Las Pari, como tu faz uma bosta dessas logo com a vaca, da Megam, aí que raiva de te peste.

Agora contar a verdade para Lou, antes que a puta da Megan faça de forma ofensiva.



Resposta do autor:

simmmmm

vamos ver no que dá

beijooo



Nome: SPINDOLA (Assinado) · Data: 25/06/2018 13:01 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

Bom dia, Rose.

Nossa  a Alex ferrou com tudo. Em que momento da bebedeira a naja apareceu? Me diz que a nossa querida Alex, mas não perfeita, não traiu a Lu e foi armação da cobra peçonhenta.

Por que se a alex praticou esta insanidade mesmo bêbada e drogada, como diz os teletubbies: É HORA DE DAR TCHAU. RSRSRSRSRSRS

Se fosse a Nanda acho que o perdão viria mais fácil.

O duro que para piorar a situação, está perto a falsa morte da Nanda, a Lu vai surtar e sofrer horrores nos próximos capítulos.

Tá difícil a Alex sair VIVA desta história, rsrsrsrsrrsr

Bjs



Resposta do autor:

hahahahaha ia Paty, Ri alto aqui

me lembrei do Tinky Winky hahahahahaha

beijo



Nome: luaone (Assinado) · Data: 25/06/2018 00:17 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

O problema não é que as pessoas sejam humanas e por isso cometam erros, mas acho que a Luh pontuou perfeitamente: parece que depois que a Alex a conquistou, deixou de valorizar...

E ter se drogado e transado com a Megan pra mim foi o FIM!!!

Tinha que ser justamente a bruaca ruiva??? Pqp!!!



Resposta do autor:

Pois é!



Nome: preguicella (Assinado) · Data: 24/06/2018 22:55 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade
De fato, cadê aquela Alex que foi cuidar da Lou?!
Opor, acusou tanto a Lou, teve tanto ciúme da Lou com a Nanda e ela é quem trai.
Tá bom ninguém é perfeito, mas foi um vacilo muito, muito, muito, grande. Eu esperava que ela fosse pegar o primeiro avião pra ir atrás de Lou e não pegar a Megan. Quero ver Lou perdoar isso aí!

Bjãooo

Resposta do autor:

Pois é! Vai ser dificil!



Nome: JeeOli (Assinado) · Data: 24/06/2018 22:46 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

ninguem é perfeito mas traiçao para mim não é perdoavel, Luiza ja se quebrou uma vez pelo que sentia pela Nanda e agr a Alex vem se mostrando uma idiota completa que na primeira dificuldade faz merda, ver como ela vai levar a situação porem espero que a Luiza seja feliz 



Resposta do autor:

Vai ser sim! 

Bj



Nome: Gioh (Assinado) · Data: 24/06/2018 22:45 · Para: Capitulo 26 - Cumplicidade

Como a Alex foi fdp.. para quem morria de medo de ser traida foi lá e traiu. Só espero que ela conte pra Lu, é o mínimo a se fazer.

E a Lu ta mais do certa.. pq a Alex ta beirando a relacionamento abusivo, e isso ninguém merece.



Resposta do autor:

Na verdade era exatamente isso que eu queria mostrar Gio. Muitas vezes a gente tá num relacionamento quase abusivo e não nota.

beijo



Resposta do autor:

Na verdade era exatamente isso que eu queria mostrar Gio. Muitas vezes a gente tá num relacionamento quase abusivo e não nota.

beijo



Resposta do autor:

Na verdade era exatamente isso que eu queria mostrar Gio. Muitas vezes a gente tá num relacionamento quase abusivo e não nota.

beijo



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.