O amor chega sem avisar por patty-321


[Comentários - 171]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Acordei com uma puta dor de cabeça. A consciência foi voltando aos poucos. Sorte que hoje é sábado. Corri pro banheiro tentar tirar o gosto de guarda chuva da boca. Tomei um banho demorado. Quando saio do banheiro, enrolada na toalha, meus filhos batem na porta e entram.

- Mãe, bom dia. O pai ta na portaria. Veio nos pegar, neste fim de semana, ficaremos com ele.

Dei um beijo em cada um, perguntei se tomaram café e responderam que iriam tomar com o pai. Fiz as recomendações de praxe, orientei-os a fazerem as lições da aula e eles foram.

Peguei o celular, estava descarregado. Pluguei na tomada e fui em busca de tomar um café na cozinha.

- Bom dia Neuza. Tudo bem? – Hoje é o dia de a diarista vir dar uma geral na minha casa. Ela vem três vezes na semana.

- Bom dia dona Sandra. Tudo bem sim. Acabei de chegar, a senhora acordou cedo neste sábado e seus meninos também. Quer um café?

- Quero sim. Dia que o pai vem pegar eles ficam eufóricos. Que horas são?

- São 8 horas, ainda. Vou começar meu trabalho pela sala, se a senhora precisar de algo mais, me chame.

Tomei meu café tranquilamente e as recordações da noite anterior foram voltando. Puta que pariu, preciso do meu celular, será que a Marina entrou em contato? Ela viu e ouviu minhas mensagens? Porra, bêbada e com ciúmes deu ruim. Preciso falar com ela. Liguei o celular e pasmem, não havia nenhuma ligação nem mensagem dela. Como assim? Cadê essa mulher? Me desesperei novamente,coração foi a  mil por hora. Gente, entendam sou marinheira de primeira viagem. Primeiro amor e por uma mulher, olha relevem minha infantilidade, eu sinceramente nem sabia o que fazer: Ligo pra ela, envio mensagem ou fico quieta e espero ela dar sinal de vida. O que fazeeeeerrrrrr? Acendam a luz, por favor.

Bom eu tinha que falar com alguém, pedir uma opinião. Helen, lógico, ela sabe de toda a estória.

- Hum... Alô? Porra amiga porque ligar de madrugada em pleno sábado? Vá transar, vá.

- Helen, filha da mãe exagerada, já é quase 9 horas. Amiga, por favor, preciso de você, me dá uma luz.

- Tá, ta, já acordei. O que foi rainha do drama lésbico, kkkkk. Amiga você ta um porre apaixonada.

- Vai tirando sarro, amiga da onça, você vai ficar pior. Helen, mana, to fudida, a Marina não deu sinal de vida desde ontem e eu não sei o que fazer? Depois que cheguei do nosso encontro, fiquei aguardando contato dela e nada. Fui ver o face e o monstro dos olhos amarelos me engoliu.

- Que monstro, criatura. Fala português.

- O ciúme, sua mala. Ela postou uma foto dela toda linda. Aí fiz merda geral. Enchi a cara de uísque e enviei umas mensagens bem, sabe, malcriadas. Ai, menina e ela leu e ouviu porque marcou aqui. Preciso saber o que faço? Ligo pra ela? Vou no apartamento dela? To com medo.

- Oh maluca, o que enviou nesse áudio?

- Eu disse assim: Marina, onde você está? Tá na cama com esse nojento? Porque você não me liga? Esqueceu que tem namorada? Olha, me esquece. Não quero mais te ver. Acabou.

- Ai louca. Olha, por isso ela não ligou, oras bolas. Mana, pelamor, você deveria agir com mais maturidade, porra, precipitou tudo, ela pode ter ficado com o celular descarregado ou ter outro motivo. Agora? Corre lá no apartamento dela, conversa civilizadamente com ela, ouve o que ela diz, pede perdão pelas merdas, caso ela tenha uma justificativa, que eu acho que tem, porque essa moça te ama, doida.

- Ai cacete. Vou correr lá. Obrigada, amiga e torce por mim. Bjs.

Me arrumei em tempo recorde, peguei as chaves do carro, joguei o celular na bolsa e fui.

Eu já ia passando direto na portaria e o porteiro me chamou.

- Senhora, senhora. Vai pro apartamento de dona Marina? Ela saiu ainda a pouco com a filhinha dela. Elas foram passar o fim de semana fora da cidade. Ela me avisou, caso alguém procurasse por elas.

- Sério? E foi alguém mais com elas? Aquele senhor que vem sempre aqui pegar ou deixar a filha dela?

- Não, elas foram sozinhas, no carro de dona Marina. Ela só não me disse pra onde.

Tentei o celular dela de novo e só dava fora de área ou desligado. Foi o fim de semana todo assim. Deixei recado no face, tentei o Messenger, nada. Ela nem tchum para mim. Voltei ao prédio dela no domingo à noite. Fui barrada. Acreditam? Ela deixou ordem expressas para não liberarem minha entrada. Gente, fui arrasada e chorando pra casa. Que situação. Que dor. Perdi meu amor por pura idiotice. Sei muito bem que ela é bem marrenta e que não suporta essas cenas de ciúmes. E eu fiz.  Tive que disfarçar minha tristeza na frente dos meus filhos que queriam contar suas peripécias do fim de semana.

Foi mais uma noite sem conseguir dormi direito, a todo o momento eu ligava pra ela e o celular chamava e ela derrubava a ligação. Deixei mensagem de áudio no whatsapp pedindo perdão, chorando, pedindo uma chance para conversarmos e não obtive sucesso.

Fiz toda a minha rotina, trabalho na secretaria e à noite, aula na faculdade. A procurei na sala, perguntei dos colegas se a tinham visto e eles disseram que ela faltou. Não tentei mais ligar pra ela. Resolvi dar um tempo. Deixar a poeira sentar.  Não desisti. Tinha esperança que ela me ouvisse.

Já estava tentando dormi a algum tempo e nada de conseguir, quando o telefone toca e vejo o nome dela, dei um pulo na cama, toda animada.

- Alô, Marina meu amor, me escuta... Quando eu ouço a voz da Manoela.

- Tia, sou eu, a Manu. To falando baixinho porque mamãe não quer que eu fale contigo. Tia, por favor, eu sei que vocês brigaram e a mamãe ta muito triste, ela chorou o dia todo e ta agora no banheiro vomitando. Tia ela ta doente, vem ajudar a mamãe, por favor. Ela não comeu nada hoje. A gente tava naquele clube desde ontem.

- Oh meu amor. Eu vou sim, mas o porteiro precisa me deixar entrar e a tua mãe proibiu.

- A senhora vem? Eu vou falar na portaria e dizer que minha mãe ta doente e é pra deixar a senhora entrar.

Antes dela desligar a ligação, ouvi a Marina gritar: Manu, ta falando com quem nesse telefone?

- Com o marquinho mãe. Tia vem logo.

Meu coração ficou apertado, meu amor passando mal e a culpa é minha. Idiota. Cheguei voando naquele condomínio. Dessa vez o porteiro me deixou entrar. Manu abriu a porta pra mim e com o dedinho na boca me pediu silêncio. Entrei no quarto e vi sua silhueta na cama, toda enrolada num edredom, o quarto estava com as luzes apagadas, somente a luz do abajour iluminava fracamente o ambiente. Entrei silenciosamente, me ajoelhei no chão e passei a mão nos seus cabelos, ela lentamente abriu os olhos e quando percebeu que era eu, arregalou seus olhos, sentando na cama, bruscamente, com o movimento ela se fechou os olhos e gemeu de dor, tentando sair da cama, com ânsia de vômito, eu a amparei e ajudei a chegar ao banheiro.

- Calma minha vida, vai passar. – Comecei a fazer uma massagem em sua costa, enquanto segura seus cabelos com a outra mão. Ela levantou, eu a ajudei lavar o rosto e a boca, todo tempo falando palavras de carinho. Ela voltou pra cama, deitou toda encolhida e de olhos fechados, com uma voz fraca, perguntou:

- O que você ta fazendo aqui? Você disse que não queria mais me ver. Vai embora, não preciso da sua piedade, só estou com enxaqueca, daqui a pouco, passa.

- Calma, vim cuidar de você, falei besteira, peço perdão. Vou trazer água e você vai tomar esse remédio e depois um caldo leve e você verá que amanhã estará bem. – Ela só resmungou.

Continua...

Notas finais:

O amor dói? Lembrei da Alex de Orange is the new black.



Comentários


Nome: flawer (Assinado) · Data: 28/04/2018 23:40 · Para: 25 -Dor de cabeça

Sim... ( Pensativa aqui) amor dói e muuitooooo. Mas... Vale a pena amar! Rsss

 

Amandoooooo.

 

Beijinhos



Nome: Socorro de Souza (Assinado) · Data: 16/04/2018 14:55 · Para: 25 -Dor de cabeça

Essas mulheres e seus dramas.

nada que uma sopinha não resolva kkk 



Resposta do autor:

Sera q vai resolver? Sei nao. Rs



Nome: Lily Porto (Assinado) · Data: 16/04/2018 12:06 · Para: 25 -Dor de cabeça

Oie

A coisa ficou estreita pra elas. Marina seguiu a risca tudo o que a Sandra falou, nossa! Mulheres e seus dramas...

Bjs



Resposta do autor:

A marina e marrenta. E daquelaa q cobram mas nao gostam de serem cobradas. Sacou?



Nome: NovaAqui (Assinado) · Data: 16/04/2018 08:15 · Para: 25 -Dor de cabeça

Sapatas e seus dramas kkkk

Abraços fraternos procês aí!



Resposta do autor:

Ooii linda. Pelo comentário..



Nome: SaraSouza (Assinado) · Data: 16/04/2018 04:32 · Para: 25 -Dor de cabeça

kkkkkkk Sandra pegou leve das mgs ..poxa e nao tiro sua razao nao, onde que vou aceita numa boa a minha namorada sair pior evento com ex nunca kkkk.. 

Desculpa Marina vc ta pisando na bola ... So falta ta gravida kkkkk



Resposta do autor:

Pois num é? Rum.



Nome: Thaci (Assinado) · Data: 16/04/2018 03:57 · Para: 25 -Dor de cabeça

Oie,Patry!!!

Fiquei preoxupada com a Mariana,será que é grave o que ela tem?  Que fofo a Sandra cuidando do seu amor. Aguardando cenas do próximo capítulo.  Nota mil.



Resposta do autor:

Nao e grave, somente enxaqueca pq nao se alimentou. Bjs



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.