Última noite de amor por Vandinha


[Comentários - 1262]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Última Noite de Amor -- Capítulo 23

 

 

Isabel olhava para as paredes tentando encontrar uma desculpa convincente.

-- Fala a verdade Isa. Você encontrou algum cara e saiu com ele. Não é mesmo?

-- Está bem Alex. Eu vou te contar a verdade -- Ela disse e se sentou na poltrona ao lado da cama -- Encontrei um cara com quem estava saindo antes de vir trabalhar para você.

-- Humm -- Alexandra olhou pensativa para as mãos e depois lançou um olhar indecifrável para Isabel -- Continua Isa.

-- Precisava esclarecer algumas coisas que ficaram pendentes desde o nosso último encontro -- Sorriu tentando ser o mais convincente possível.

Alexandra procurava ser objetiva nas perguntas. Não queria invadir a vida particular dela dessa maneira. Não tinha esse direito. Mas estava curiosa e não resistiu.

-- Você gosta dele?

-- Não -- apressou-se em negar -- Era justamente isso que queria falar para ele. Por isso me ausentei.

-- E ele se conformou com essa situação.... Assim, na boa?

-- Resmungou um pouco, mas acho que entendeu -- suspirou, deixando claro que aquela conversa já havia chegado ao fim.

Isabel conheceu Alexandra na mentira e a cada dia construía mais mentiras para cobrir outras mentiras. Estava sentindo-se péssima com isso. Sentia que Alexandra acreditava em tudo o que ela falava e a considerava uma garota singela e familiar. Seria uma grande decepção para ela, saber da sua vida promiscua.

A empresária não sabia o porquê, mas confiava na enfermeira, via sinceridade em seus olhos. Sorriu, percebendo o desconforto dela.

-- Tudo bem. Assunto encerrado -- ajeitou-se até arrumar uma posição adequada.

-- Melhorou? -- colocou a mão na testa dela -- Parece que a febre se foi. Que bom, fiquei preocupada.

-- Estou bem. Foi só por você ter me deixado sozinha.

-- Deixa de ser mimada Alex -- Isabel se levantou, foi até a cômoda, pegou uma caixa lacrada e sacudiu violentamente -- O que é isso? -- perguntou numa curiosidade que fazia os seus olhos cintilarem.

-- É um vaso de porcelana feito no século 14, no período Hongwu da dinastia Ming. Ornado com flores, ele tem uma forma extraordinariamente rara para o período, o que elevou seu valor a 10,9 milhões de dólares. Comprei de um milionário dono de um cassino.

Isabel ficou pálida e trêmula.

-- Você devia... ter me falado antes... e se eu quebrei? Como irei te pagar?

- Será a transa mais cara do mundo -- deu uma gargalhada -- Entrará para o Guinness Book.

- Sua louca -- desembrulhou a caixa receosa e suspirou aliviada quando viu o que tinha dentro -- Alexandra você não presta -- amassou o papel de embalagem e jogou na cabeça dela.

-- Louca é você em acreditar que eu compraria um vaso Ming de 10,9 milhões de dólares -- continuava rindo da garota.

-- Sei lá. O seu apartamento é cheio de obras de arte.

- Meu pai era apaixonado por obras de arte e um exímio conhecedor. Eu não entendo nada. As únicas obras de artes que aprecio é a Valesca Popozuda, Rihanna, Megan Fox, Beyoncé.

Isabel com uma careta enjoada, balançou a cabeça negativamente.

-- E para que tantos cartões de natal? -- Sentou na poltrona e colocou alguns sobre o colo -- São lindos!

-- Isso é coisa do André. Todos os anos ele envia para os nossos amigos e clientes.

-- Que legal! -- falou empolgada.

-- Esse ano não estou em condições de ficar escrevendo nessas coisinhas bobas -- falou mau humorada.

-- Alexandra! Que coisa feia! -- Isabel não gostou do jeito que Alexandra falou -- São seus amigos. Merecem receber esse carinho.

-- Me poupe Isa. Estou com os dois braços engessados, só vou conseguir terminar isso na páscoa -- virou a cara irritada.

Isabel não desistiu. Sentou na beirada da cama e fez um carinho na mão dela.

-- Que tal se eu escrever uma frase e você só assinar?

-- Não -- foi curta e grossa.

-- Os amigos são uma forma de Deus cuidar da gente. Sabia?

-- Amigos são iguais seios, na hora do aperto, você descobre quais são de verdade e quais são de mentira.

-- Isso só podia vir de você Alex, mas, mesmo assim, vale. Então? Vamos trabalhar?

-- Só vou ficar olhando.

-- Tudo bem -- levantou e pegou uma caneta -- Vai falando os nomes dos seus amigos.

Alexandra observava enquanto Isabel escrevia nos cartões. Ela era encantadora e perfeita demais. Possuía uma voz suave e sexy que combinava com ela.

Isabel olhou de canto de olhos para ela. Alexandra estava com uma carinha de quem estava pensando besteira.

-- Alex, você está com cara de quem está criando fantasias sexuais com enfermeiras -- sorriu.

-- Não, não. Só estou admirando o seu empenho nessa tarefa. A sua empolgação está até me motivando a ajudar.

-- E de que forma você está pensando em me ajudar?

-- Pensei que, enquanto você escreve e coloca no envelope, eu passo a língua.

Isabel se levantou e colocou os cartões sobre a cômoda.

-- Depois dessa, vou tomar um suco lá na cozinha.

-- Vai me deixar sozinha?

-- Está de castigo -- falou antes de sair.

Alexandra ainda resmungou alguns palavrões, mas Isabel fez de conta que não ouviu e saiu apressada.

Estava passando pela sala quando ouviu a voz de Edna.

-- Rindo sozinha Isabel?

-- Oi Edna. Desculpa, não havia lhe visto -- voltou de onde estava e parou ao lado da mulher que tirava o pó de alguns porta-retratos -- Que tanto você limpa esses porta-retratos? Te vejo todos os dias fazendo isso.

-- Vou te contar uma coisa: Se a Alexandra passasse por aqui e visse que tinha uma marquinha de dedo nessas fotos, ela na hora me chamava e me enchia o saco. Então, peguei por costume.

-- Que horror Edna. A Alexandra é tão exigente assim?

-- Com relação a esses porta-retratos, sim.

Isabel segurou um dos porta-retratos e ficou a reparar cada detalhe. Sem conseguir desviar o olhar da menina de olhos verdes que sorria feliz no colo do pai.

-- Alexandra não tem nenhum traço que lembre o seu pai.

-- Tens razão. Alexandra é a cópia fiel da mãe.

-- Gostaria de ver uma foto da mãe dela Edna. Aonde posso encontrar?

A mulher pegou o porta-retratos da mão de Isabel e colocou novamente no lugar.

-- Você não vai encontrar, por que não tem nenhuma foto dela nessa casa -- Edna voltou a limpar os objetos em uma demonstração clara de que não queria mais falar sobre o assunto.

-- Porque Edna? O que houve? -- Insistiu mesmo percebendo que Edna havia mudado a fisionomia de tranquila e até risonha, para uma carranca mau humorada.

-- Isabel, se você quer continuar a trabalhar para a Alexandra, vou te dar um conselho: Esqueça esse assunto. Nunca pergunte para ela sobre a mãe. Entendeu?

-- Entendi -- baixou a cabeça, como se vencida.

-- Ótimo -- Edna pegou seu material de limpeza e saiu.

Isabel continuou parada olhando para as fotos. Isso realmente era um grande mistério que deixava ela com urticarias por todo o corpo.

-- Isabel... -- Tatiana entrou na sala fazendo a amiga dar um pulo do susto que levou -- Credo, mulher. Está fazendo coisa errada é?

-- Claro que não. Você que gosta de chegar desse jeito nos lugares. Parece até um fantasma.

Tatiana sorriu e se jogou no sofá.

-- Deixou a birrenta sozinha de novo?

-- Ela está de castigo. A Alex tem de parar de olhar para mim como se eu fosse um frango no assador.

-- Ela te assediou? -- Perguntou rindo da garota.

-- Capaz... só queria passar a língua em mim -- sentou ao lado de Tatiana no sofá.

-- Kkkk.... Bem típico de Alexandra Girani -- deu uma gargalhada e bateu com a mão numa das pernas de Isabel.

-- Por isso ela vai ficar lá... sozinha, abandonada, jogada -- falou repetindo as próprias lamurias de Alexandra.

-- Quando ela tirar o gesso vai querer se vingar de você.

-- Não se preocupe, sei lidar muito bem com a Alexandra.

-- E por falar nisso Isa, quando você vai contar a verdade para ela?

-- Você acha que vale a pena contar para ela? Daqui a pouco terminamos o nosso trabalho aqui e vamos embora. Nunca mais vou vê-la.

-- Então? Porque não conta? Seria muito mais bonito da sua parte do que um dia ela descobrir por outro que a enfermeira preferida dela é uma prostituta -- Tatiana falou chateada.

-- Você não entende... não quero decepciona-la.

Tatiana engoliu dezenas de palavras que tinha vontade de falar para Isabel. Não adiantaria de nada falar.

-- Quero aproveitar os momentos legais que estou vivendo aqui, Tati. Essa paz, amizade...

-- A companhia da Alex -- Tatiana completou debochada.

-- Senti ironia na sua voz -- ficou de pé com as mãos na cintura -- Desembucha.

-- Eu hein, desencana.

-- Tati, Tati. Toma jeito guria -- falou e foi para a cozinha tomar o suco.

 

 

Em um quiosque do Leblon.

 

-- Quer dizer que você encontrou a Isa aqui nesse quiosque, Gustavo?

-- Encontrei. Aquela piranha teve a coragem de me agredir, Bob. Acredita nisso?

-- Acredito. Isabel é arisca, corajosa e é bem capaz de pôr meus negócios a perder. Preciso encontrar ela e acabar logo com essa agonia.

-- Ela deve estar por aqui ainda. Falou que estava passando férias na casa de uma amiga. Então...

-- Então que eu vou trazer alguns homens para cá. Vou fazer uma varredura no Leblon.

-- Eu também vou ficar de olho. Qualquer coisa te aviso Bob.

-- Faça isso Gustavo e será muito bem recompensado.

-- Só quero ela. Nem que seja somente por mais uma noite.

 

 

Isabel retornou para o quarto, mal abriu a porta e já foi recepcionada com um travesseiro na cabeça.

-- O que significa isso Alexandra? -- Olhou ao redor e se assustou com a bagunça que ela havia feito -- Não tem vergonha não? Será que terei que chamar supernanny?

Tudo que estava ao alcance de suas mãos, agora estavam espalhados pelo quarto.

-- Vergonha eu tenho. O que me falta no momento é destreza para te estrangular -- falou irada.

-- Humm, estou morrendo de medo da dona Alexandra -- brincou -- Se você prefere que eu volte mais tarde...

-- NÃO -- berrou para a garota que já estava saindo do quarto -- Fica.

-- Que bom. Posso sentar do seu lado? Promete não me bater com o gesso na cabeça?

Alexandra suspirou fundo.

-- Prometo.

-- Quero te pedir um favor. Posso? -- Falou dengosa. Do jeitinho que sabia que Alexandra não resistia.

-- Pode -- respondeu sem encara-la.

-- Tenho um plano. Um plano que se der certo vai fazer com que Simone finalmente enxergue a Tatiane com outros olhos.

-- Vai furar os olhos dela e depois conseguir um transplante?

-- Alex, estou falando sério. Consegue?

-- Vou tentar. Prossiga.

-- Só quero que você diga que vai me ajudar. Só isso.

-- Há tá. Até parece que eu vou prometer algo sem saber o que. Ainda mais para você. Não sou louca.

-- Alex, achei que você confiasse em mim -- falou com a voz embargada e cheia de falsidade.

-- É que...

-- Tudo bem -- se levantou para sair.

-- Espera... eu ajudo -- falou em um fio de voz.

-- Eu sabia! -- Isabel agarrou Alexandra pelo pescoço e a encheu de beijinhos pelo rosto -- Obrigada.

-- Quando vai me contar o plano?

-- Depois que falar com a Tatiana, conto tudinho para você -- pegou os cartões de cima da cômoda e sentou-se novamente ao lado dela na cama -- Agora vou ler para você o que está escrito nos cartões.

 

"Neste Natal vamos pedir ao menino Jesus que nos traga paz, amor, compreensão e acima de tudo saúde. Por tudo de bom que você possa representar... Desejo que Deus esteja sempre no seu caminho... Que os Anjos estejam sempre ao seu redor, que tudo de bom possa te acontecer... Que ao receber este pequeno gesto de carinho, você lembre o quanto é importante para mim... Que as distâncias sejam superadas... Por algo que não se mede, nem pelo tempo, nem pelo espaço..., Mas mesmo ao longe nossos pensamentos caminham lado a lado em busca de um novo dia... Um novo amanhã! Portanto, receba o meu eterno abraço bem apertado e saiba que você estará sempre aqui no meu coração. UM FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO".

É o que deseja de todo o coração: Alexandra Girani aos amigos:

 

ALINE - AJULLY - BRONTE - CAMILANEW123 - CATARINA - FONSECA - GUI - GLEICE - GRAZIELA - JANBAR - JULL-- JAY16 - JUJU75 - JAKE - JURACY COSTA - JO CARLOS - KINHA87 - KIKA PAULA - LEIACRIS1 - LETICIA01 - LIANE - LENNA11 - LARI MACIEL - LIA ANDRADE - LEKANTO - LUH KELLY - LOLA - LIS - MILLE - MONIQUE - MARIA FLOR - MAGGIE - MIKASAM - NAY GOMEZ - NANA2014 - NIK - NAY LOVE - OLIVIA - PREGUICELLA - PATTY321 - PRICISSA - PIETRA - PRIH - SIS - SPECTRO - SILVIA MOURA - SIMONE - TURIONI - TRATAP - TAYPIRES - 188 - UNICA - VIH BENIC - VALELISPRESLEY.

 

E para aqueles que não estão na lista, mas que da mesma forma são especiais e imprescindíveis para o sucesso do romance, muito obrigada!

Ano que vem continuaremos todos juntos e misturados. Que a luz do menino Jesus ilumine o nosso caminho.

Beijos e abraços fraternos da Vandinha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nome: rhina (Assinado) · Data: 20/05/2018 19:14 · Para: Capitulo 23

 

Mesmo de cama....Alex causa estrago

Plano a vista....

Rhina



Nome: lucy (Assinado) · Data: 18/07/2016 02:47 · Para: Capitulo 23

ai gente bem que esse Bob podia ser atropelado e morrer e levar o Gustavo junto néh ?



Nome: kikapaula (Assinado) · Data: 02/01/2016 02:53 · Para: Capitulo 23

vandinha aqui vai meu muito obrigado e um feliz ano novo para voce que neste ano tudo de bom se realize em sua vido com mais força frequencia doque no ano que ja passou 



Nome: gui (Assinado) · Data: 28/12/2015 00:05 · Para: Capitulo 23
Oi autora, muito legal o cartão da Alex e da Isa. obrigada, e eu desejo tudo em dobro pra você autora. FELIZ ANO NOVO! ABRAÇO


Nome: patty-321 (Assinado) · Data: 26/12/2015 01:50 · Para: Capitulo 23
Q lindo vandinha. Obrigada. Desejo em dobro p vc e família. O cerco ta se fechando p isa. E a Alex precisa ficar melhor p colocar aqueles pilantras na cadeia. Bjs gata.


Nome: Unica (Assinado) · Data: 26/12/2015 00:28 · Para: Capitulo 23

Muito Obrigada!!!! Só isto posso dizer á você com tudo que as suas estórias consegue nos proporcionar, qdo eu conheci o site ABCLÈS passava por momentos muito dificéis e as estórias me ajudaram muito a pelo menos esquecer um pouco as adversidades, por isto meu agradecimento é por cada minuto da vida de vocês dedicados ao nosso entretenimento e cada autora que dedica tempo e amor ao que está fazendo como o que eu sinto quando leio suas estória.....Parabéns sempre......FELIZ NATAL!!!!



Nome: Simone (Assinado) · Data: 25/12/2015 14:08 · Para: Capitulo 23

Que lindaaaaaaa!!!! Adorei o capítulo é adorei ver meu nome na lista da Alex!!!! Rsrsrs

Tudo de bom para você neste Natal e que 2016 venha repleto de boas surpresas, realizações e muito amor!!!! Ah! E muita inspiração para a alegria da gente!!!

Beijos!!!!! 😍 💋😍



Nome: jake (Assinado) · Data: 25/12/2015 13:57 · Para: Capitulo 23

SEM PALAVRAS

 

QUANDO VI MEU NOME CHOREIII

OBRIGADA FOI O MELHOR PREESENTE DE NATAL 

FELICIDADES

AMO VC AUTORA LINDA ....BJOS FELIZ NATAL LINDAAAAA



Nome: Nana2014 (Assinado) · Data: 25/12/2015 09:36 · Para: Capitulo 23

Vandinha desejo-lhe um Feliz Natal... Recheado de bias vibrações.. Que a Espiritualidade Amiga esteja ao teu lado e de toda a sua família...abençoando, iluminando, guiando e protegendo os vossos passos... E que 2016 venha recheado de muita Paz... Saúde... Dinheiro... e Felicidades... Sucesso sempre... 

Bjs 

Ana Paula



Nome: BCanti (Assinado) · Data: 25/12/2015 07:18 · Para: Capitulo 23

Feliz Natal tb minha escritora. Bjus



Nome: Nik (Assinado) · Data: 25/12/2015 05:54 · Para: Capitulo 23

Felizz natalll td de bommm adoreiii VC é de mais MSM beijossss 😍😍😍😍



Nome: Ana_Clara (Assinado) · Data: 24/12/2015 23:59 · Para: Capitulo 23

Adorei! Capítulo lindo, cheio surpresas. E autora, feliz natal! Muita paz e muitas ideias incríveis para o próximo ano. rsrsrs



Nome: Liane (Assinado) · Data: 24/12/2015 23:11 · Para: Capitulo 23
Muito obrigada Isabel e Alexandra, que o novo ano lhes traga muita alegria, que Alex se recupere o mais rápido e possa assim ajudar a Isabel a resgatar as meninas daquele lugar horrível. Boas festas e Feliz natal para todas.

Em especial para a autora....

Obrigada Vandinha
Que Deus te abençoe com muita paz e inspiração....sempre


Nome: Jo Carlos (Anônimo) · Data: 24/12/2015 23:08 · Para: Capitulo 23

Seria legal se Isabel contasse logo pra Alexandra sobre sua vida ,o estrago seria menor ,eu acho ...

Mas esse Gustavo é horrível e ainda se junte com esse Bob ,a maldade triplica ...

Poxa moça ,obrigada ,também te desejo Feliz Natal e Ano Novo e que junto dele venham muito sucesso pra sua vida ,e mais inspirações pra escrever, pois seus romances são ótimos ...

Beijos E abraços fraternos ,Autora Vandinha



Nome: Silvia Moura (Assinado) · Data: 24/12/2015 21:03 · Para: Capitulo 23

Oi lindinha!!!

Que capitulo lindo... fofo mesmo... Amei!!! É tão gostoso de ler sobre esse casal que está procurando se concatenar... eu fico muito feliz em saber dessa amizade repentina com Alexandra Girani, e fiquei imensamente abobalhada por este cartão já ter chegado aqui...risos...  QUerida de você eu sempre espero algo a mais... o que dizer neste dia tão familia para todos?: Feliz Natal que você passe com muito amor e alegria e ao seu deredor a energia do amor flua para todos os lados....

Meu bem vou lhe deixar uma frase de Shakespeare:  “...Há quem diga que todas as noites, são de sonhos. Mas há também quem garanta que nem todas, mas somente as de verão. Mas no fundo isso não tem importância. O que interessa mesmo, não são as noites em si, são os sonhos. Sonhos que o Homem sonha sempre em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado.” 

Vandinha: sucesso e renovaçao... abra as portas para o porvir e encha seu coração de felicidade... o que mais procuramos nessa vida? SER FELIZ!!!

ADORO VOCÊ MINHA LOIRA LINDA E IRMÃ... FICA COM DEUS HOJE E SEMPRE E QUE ASSIM SEJA...



Nome: Luh kelly (Assinado) · Data: 24/12/2015 21:02 · Para: Capitulo 23

Aiiii que linda essa mensagem quando li e vi o nome das leitoras e me incluia amei e me emocionei, obrigada e  saiba que sempre estaremos com você, te elogiando, te apoiando e te amando. Não sou muito boa com as palavras então escreverei com o coração. Te desejo tudo de bom nessa vida, que Deus sempre esteja com você que ele te reserve coisas boas nessa vida, que você continue essa pessoa maravilhosa e talentosa que és. Tem gente que nasce com o dom da escrita e tu com certeza nos toca e emociona com tuas palavras. Obrigada por existir e deixar eu fazer parte da sua vida mesmo a distância, sinta- se abraçada por mim e um beijo na bochecha quando der meia noite. Feliz natal pra ti e sua familia repleto de paz, alegria, saúde, esperança, felicidade e amor. 

Beijosss minha amada, linda e sempre querida Vandinha.



Nome: JanBar (Assinado) · Data: 24/12/2015 19:36 · Para: Capitulo 23

Vandinha, obrigada pela lembrança e pelo carinho! Que a noite de hoje renove e reforce em sua vida a abertura para a alegria, a esperança, a realização, o amor e a amizade! Feliz Natal Vandinha!!! Tudo de bom pra você e a sua família. Bjs, Jan



Nome: lis (Assinado) · Data: 24/12/2015 18:27 · Para: Capitulo 23

Boa tarde Vandinha, tudo bem, obrigada pela atenção e carinho, desejo o mesmo á vc e sua família 😉

 



Nome: preguicella (Assinado) · Data: 24/12/2015 17:58 · Para: Capitulo 23

Ai que meigo, desejando feliz natal pra pra gente na história! Obrigada! 

Feliz Natal também pra vc e seus familiares!

Bjão



Nome: lenna11 (Assinado) · Data: 24/12/2015 17:42 · Para: Capitulo 23

Nossa vc sempre me surpreendendo, não é a toa que vc é uma das minhas autoras preferidas! Que o menino Jesus continui te iluminando para ser sempre essa pessoa maravilhosa que vc é! ♥♥♥♥♥Feliz Natal! 



Nome: Nana2014 (Assinado) · Data: 24/12/2015 17:40 · Para: Capitulo 23

Vandinha desejo-lhe um Feliz Natal... Recheado de bias vibrações.. Que a Espiritualidade Amiga esteja ao teu lado e de toda a sua família...abençoando, iluminando, guiando e protegendo os vossos passos... E que 2016 venha recheado de muita Paz... Saúde... Dinheiro... e Felicidades... Sucesso sempre... 

Bjs 

Ana Paula



Nome: Mille (Assinado) · Data: 24/12/2015 17:30 · Para: Capitulo 23

Aí Vandinha muito lindo, você é 10000 e felicidades no Natal e Ano Novo com muita paz, saúde, amor que Deus ilumine sempre seus caminhos e transborde muitas inspirações para continuar com esse belíssimo trabalho seus escritos.

Beijao e um forte abraço

Espero estar em 2016 juntas misturadas, aí ai vou guardar minhas emoções porque estou sentindo que 2016 Bel será pegue por Bob e quem irá entregar é o Gustavo. 



Nome: lia-andrade (Assinado) · Data: 24/12/2015 17:10 · Para: Capitulo 23

Que capítulo mais lindo. Vandinha minha linda, obrigada pelas felicitações. Dejedo tudo em dobro a você, que Deus nos abençoe sempre.. E próximo ano pode ter certeza que estaremos juntos acompanhando essa história que amo..

Beijo e um forte abraço. Feliz Natal!! 🎅🎄



Nome: Pietra (Assinado) · Data: 24/12/2015 16:49 · Para: Capitulo 23

Feliz Natal para você também, Vandinha! Que nosso Pai maior te proteja e abençoe sempre.

Beijos e abraços!



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.