Delirium por TessaReis


[Comentários - 2879]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Capítulo 19 - O oculto do oculto

 

Isis não disse uma palavra durante o caminho inteiro até o apartamento de Diana. E também não leu nada, ela ficou simplesmente ali, olhando para fora sem ver coisa alguma. Ela estava pensando. Tanto que quase dava para ver. E Ariana só gostaria de saber que coisa havia sido capaz de causar aquela ausência de expressões e aquele silêncio tão grande em Isis Ferraz.

_ É ali_ Ela finalmente disse alguma coisa quando se aproximaram de um prédio de apartamentos.

Ariana estacionou, elas desceram e se dirigiram para a portaria.

_ Luis, eu vou precisar das chaves da Diana_ Ela se reportou ao porteiro.

_ Claro doutora Isis, mas é que a dona Andressa já está lá em cima.

_ Andressa está aqui?

Estava.

Andressa havia chegado em Brasília aquele dia pela manhã e do aeroporto, havia ido direto para o apartamento de Diana. Precisava de alguma coisa, de qualquer coisa que a fizesse se sentir perto de Diana, a bagunça organizada da cozinha, suas camisetas, o lado da cama que ela dormia, qualquer coisa. Estava desesperada por qualquer coisa que fosse. Desceu do taxi e se dirigiu até a portaria.

_ Eu preciso das chaves da Diana, Luis.

_ Dona Andressa, a senhora sabe que a dona Diana não quer que a senhora suba...

_ A dona Diana está sequestrada, eu imagino que você saiba disso.

_ Eu sei, mas ela não... Retirou a ordem_ Ele disse, com tristeza. Diana era um tipo que conseguia fã-clubes onde quer que passasse, era muito querida por todos. Mas Andressa ficou irritada com aquela situação.

_ Eu sou a esposa dela. Eu preciso das chaves. Agora.

_ Dona Andressa...

_ As chaves_ Ela disse, firmemente, pondo sua identificação federal sobre o balcão. E enfim, o porteiro cedeu. Foi buscar as chaves reserva e entregou para ela.

_ Aqui senhora.

Andressa pegou as chaves, e respirou profundamente. Havia sido barrada tantas vezes naquela portaria e sempre antes de ir embora, fazia a mesma pergunta. Que no automático, acabou fazendo novamente.

_ Luis, ela... Trouxe outras mulheres para cá nesses últimos dias?

_ Nenhuma, dona Andressa. Nem aquela que a senhora perguntava.

E Andressa só balançou a cabeça, em afirmativa, é claro que não havia, a mulher da qual sempre perguntava já estava com Diana agora. Mas disso o porteiro não precisava saber. Subiu. Andressa sabia qual era o andar e a porta, mas nunca havia entrado naquele apartamento. Diana havia mudado para lá depois do que havia acontecido, naquela maldita noite em que Andressa estava tão frustrada que havia parado de pensar. Tinha uma esposa linda, que só pensava em outra. Que fugia de casa para não ficar com ela. Que inventava desculpas até para as coisas mais simples como um almoço casual. Moravam juntas, trabalhavam no mesmo departamento e ainda assim, quase não se viam. E então subitamente, Diana aparecia, do nada e em qualquer lugar, pegava Andressa de um jeito que somente ela sabia e elas faziam amor, no meio da noite, ou então durante o dia, numa sala vazia, dentro do carro, não importava, simplesmente a pegava e tudo parecia instantaneamente desaparecer enquanto elas faziam amor. Não, não amor, sexo. Andressa sabia que era apenas sexo. Andressa havia cedido a sua atraente aluna durante uma das orientações de TCC, era verdade, mas não havia feito por carência física ou falta de sexo, sua motivação havia sido puramente sentimental uma vez que se havia algo do qual não podia reclamar do seu casamento com Diana era insatisfação sexual.

Andressa nunca havia gozado tanto em toda a sua vida. Diana sabia como pega-la, como toca-la, e mais, havia a feito viciar no jeito que fazia, porque Diana era rude, era estúpida e Andressa simplesmente enlouquecia com aquele tipo de pegada. Havia descoberto que enlouquecia. Andressa sempre havia sido extremamente carinhosa em suas relações, e Diana era carinhosa, também não podia dizer que não era, mas era um carinho firme, que deixava marcas, eu vou mapear você, ela dizia se referindo as marcas que sempre deixava por ela e Andressa se derretia em paixão e vontade. A princípio Andressa estranhou, mas quando viu, já estava contaminada por aquele tipo de tesão e Diana não precisava fazer mais do que pega-la pela nuca e beija-la forte para Andressa já estar mais do que pronta para ela. Andressa gozava sempre, e muito facilmente, mas sabia que para Diana as coisas não eram bem assim. Era muito difícil fazer ela gozar. Por mais que Andressa se esforçasse, e tentasse muito, e aumentasse sua resistência, sabia que era difícil acertar. Diana gozava por seu próprio esforço, quando deslizava e friccionava-se contra Andressa do jeito que queria, com a intensidade que precisava, ou quando Andressa fazia sexo oral. Era outra coisa que Andressa não estava acostumada a fazer, não era exatamente o tipo de amante ativa, mas tornou-se, por aquela namorada que adorava, pela sua esposa.

Mal pode acreditar quando ela disse sim ao seu pedido de casamento, Andressa lembrava de cada detalhe. Lembrava do mês que havia sido apenas amiga dela e então da noite em que Diana a beijou no carro e elas fizeram amor ali mesmo e toda vez que lembrava daquela noite, Andressa se perguntava quando teriam outra noite daquela. Diana nunca havia a tocado com tanto desejo, com tanto tesão, e não é que ela não tocasse agora, se não sentisse tesão não iriam tanto para a cama, mas Andressa sabia que aquilo tudo não era por ela. Não era para ela. Era para a própria Diana. Ela tinha uma necessidade física enorme que não sabia como parar, como controlar. Talvez porque estivesse buscando sal em água doce. Andressa não era Rhian. Nem nunca seria. Mas quando Diana disse sim ao seu pedido, achou que algo pudesse ser diferente. Mas não era. Nunca havia sido. Nem nunca seria.

Entrou no apartamento e ele era bem menor do que aquele em que moravam. A sala estava arrumada, mas não porque alguém havia arrumado, era porque ninguém ficava ali. A cozinha contava uma história parecida, e era difícil para Andressa entender o motivo de tanto fast-food na casa de alguém que adorava cozinhar. Eram os melhores dias. Aqueles em que Diana chegava empolgada e ia para cozinha fazer alguma coisa. Ficavam juntas e então acabavam na cama, fazendo aquilo que Andressa chamava de amor e então, vinha aquele outro comportamento. Diana nunca ficava na cama com ela depois. Sempre ia para o banho ou então para a sala. Havia comprado um sofá no qual adorava dormir. E por um tempo Andressa se iludiu pensando que ela simplesmente gostava muito daquele sofá ao invés de admitir que Diana dormia ali para ficar sozinha. Tudo era difícil demais. Mas Andressa não queria desistir. Ainda agora depois de tudo, ainda não queria desistir. Olhou para aquela cozinha incomum. E caminhou para o quarto. Abriu a porta e seus olhos se encheram de lágrimas, porque aquele quarto estava cheio do cheiro de Diana. Estava tudo razoavelmente arrumado, as roupas penduradas no armário, as camisetas, os vestidos que ela tanto gostava, os jeans, os uniformes do trabalho. As camisas xadrez que ela gostava de vestir, e a jaqueta de Rhian. Andressa sabia que era dela. Desconfiava que era a jaqueta que Rhian havia vestido em Diana na noite em que se conheceram. Diana costumava usar aquela jaqueta. Principalmente em dias cinzas. E aquele era um dia cinza. Pegou uma camiseta dela e sentou-se na cama. Deitou-se do lado esquerdo onde Diana preferia dormir e sentiu algo sob o travesseiro. Buscou para ver o que era e encontrou uma caderneta de capa azul-marinho. E é claro que Andressa sabia o que era.

O diário de Diana.

Pensou um pouco. E o abriu. Andressa sabia que ela costumava escrever naquele diário, porém de alguma forma depois que haviam casado, ela raramente o fazia. Buscou pelas datas, mais especificamente pela data da sua traição. E daquela data em diante, as páginas voltaram a ficar cheias.

Ela me traiu. Mas não é como se eu não houvesse traído ela antes. Não é como se eu não a traísse todos os dias. Eu não queria que fosse assim. Eu não quero que seja assim. Não quero mais fazer isso, Andressa não merece. Não merece que eu me sinta tão no direito de magoa-la como eu quero magoar. Não merece que eu sinta que não mereço isso. Não é dela que eu não esperava isso”.

Não era dela que Diana não esperava aquilo. Como se Andressa não soubesse. Tudo era sobre Rhian, sempre havia sido. Virou outra página e mais uma, e não levou uma terceira página para aquilo começar a doer.

“Eu sinto falta dela. O tempo inteiro. Falta da pele dela, do cheiro dela, das mãos dela. Falta dela dentro de mim. E de me sentir dentro dela. Parece uma coisa somente sexual, e eu realmente gostaria que fosse, mas não é. E é por isso que não consigo deixar a Rhian para trás. Porque ela tem o meu tesão da mesma forma que tem o meu coração. Na mesma intensidade, na mesma necessidade. Eu preciso dela. E não preciso. Eu penso sobre todas as coisas, penso sobre o que tanto me machucou, porém cada vez mais, isso me machuca menos. Ficar longe dela me machuca mais do que qualquer outra coisa...”.

Andressa deixou uma lágrima cair. E deveria ter parado por ali, mas de alguma forma, seus dedos continuavam virando páginas.

“Minha cabeça dói tanto que mal consigo sair da cama. É difícil sair do quarto, é difícil abrir os olhos. O trabalho está cada dia mais difícil e cada vez menos eu sinto vontade de sair de casa. Não quero pensar em processos, não quero me desgastar com as coisas que vejo de errado, não quero olhar para Andressa. Ela não entende, eu não odeio ela, só não quero voltar para ela. Eu deveria ter ido embora muito antes, não vou me causar mais um problema agora, já tenho problemas demais. Tenho esta dor de cabeça que não passa, e agora tenho febre. E vontade da Rhian. De ter ela aqui comigo. Só durmo quando imagino que ela está aqui do meu lado, me abraçando, ficando comigo. Como faço isso parar?”.

Virou a página, e outra página. Ela menciona o problema do pai, e escreve uma página inteira sem parágrafos. Andressa conta o nome de Rhian quinze vezes somente naquela página. E então a morte de Sergio é um relato desesperado, uma página amassada, molhada, ela estava chorando. E então páginas em branco. Muitas páginas em branco até a próxima página escrita.

“Febre. Muita febre. E há outra coisa acontecendo que eu não sei o que é. Eu tenho desmaiado. E quando acordo estou tão cansada que não consigo me mover. Deve ser porque me movo durante esses apagões. O meu corpo desmaia. Mas antes, a minha mente desmaia, apaga, entra em automático como se não precisasse da minha consciência. Eu já pensei em deixar uma câmera ligada para descobrir o que acontece nesses intervalos. Mas tenho medo. Medo do que eu posso ver. Do que possa estar acontecendo. Tem alguma coisa acontecendo comigo. Mas eu não quero dizer pra ninguém. Eu só quero ficar aqui. Por que ela não aparece na minha porta de vez?”.

Ela. Rhian.

Página, e outra página.

“É um dia cinza. Esta cidade está cinza. O telefone tocou e alguém me disse que Rhian foi sequestrada. A minha Rhian. Está sequestrada. Nas mãos de bandidos. E eu não sei o que fazer. Eu estava com medo antes, mas agora estou aterrorizada. Eu não consigo dormir, não consigo parar de pensar nela, em onde ela está, no que está passando, se está sendo machucada, mantida amarrada, em pânico. Ela não é de se manter quieta. E se ela tentar reagir, e se ela... Ah não, eu só a quero de volta, meu Deus, eu só quero ela de volta...”.

Haviam mais páginas desesperadas. Manchadas de lágrimas e medo, e arrependimentos.

“Eu sinto falta de acordar perto dela. De olhar nos olhos dela bem de perto. Falta do sorriso dela, e da risada que enchia a minha vida. Eu sinto falta de me sentir viva. Eu sinto falta da minha mulher mais do que qualquer coisa. Não importa o que ela tenha feito, não importa que tenha me machucado, que tenha me assustado. Eu a amo. Amo tudo o que vem dela. As explosões, os repentes, as marcas. Eu amo o jeito que ela mente pra mim. E o jeito que não mente. Ela mente? Eu minto para ela. Ela não mente. Ela não mente. Ela me ama. Eu devia ter ficado com o medo e o amor. Porque agora só tenho medo...”.

E então tudo ficava claro e confuso. Obscuro e difícil até de se ler.

“São tantos remédios”, ela escreveu, fora de qualquer contexto “E nenhum que me faça esquecer a Rhian...”.

***

_ Andressa?_ Chamou Isis assim que entrou no apartamento acompanhada por Ariana_ Andressa?_ Chamou mais alto, mas ninguém respondeu.

Isis entrou de qualquer forma, checou a sala, a cozinha, ela não estava por ali, mas suas coisas estavam no sofá da sala, então ela deveria estar no quarto. Caminhou para lá, a porta estava aberta, havia uma camiseta de Diana sobre a cama e o diário dela estava aberto. Isis o pegou, tudo estava silencioso e vazio, olhou para a página na qual o diário estava aberto:

“Eu preciso dela. Ponto final. Se não preciso dela comigo, preciso dela viva, segura, inteira. Eu só preciso dela. Não importa a maneira. Ou o que custe. Eu preciso dela. Que se exploda o resto e a minha cabeça. Eu preciso dela. Eu preciso do meu coração, da minha mulher. Eu preciso”.

Isis fechou o diário. Pediu uma distância para Ariana e se aproximou da porta aberta do banheiro.

_ Andressa_ Finalmente a encontrou. Ela estava sentada sobre o vaso fechado olhando para o nada_ Você estava lendo isto aqui?

_ Estava_ Ela respondeu, de uma maneira estranha_ E então eu fiquei arrasada e vim lavar o rosto, mas então..._ Não completou.

_ E então?

Andressa apontou para sobre a pia e o armário do banheiro. E haviam vidros e caixas de remédios espalhados para todos os lados. Derrubados, revirados, lacrados, haviam receitas grudadas nas paredes, horários assinalados, e descontrole. Parecia haver descontrole por todos os lados. Andressa lagrimou.

_ Ela está doente, Isis. Ela está doente..._ E caiu num choro maior.

Ariana teve que acalmá-la, porque Isis não estava disposta. Ficou no quarto, no banheiro olhando para aquelas receitas, para todos aqueles remédios. Diana estava doente? Sabia que ela andava com dores de cabeça, mas doente assim? Doente do que? Por que não havia dito nada? Não fazia sentido. Diana era medrosa, correria para contar qualquer coisa que estivesse sentindo, por que ela não havia...? Não fazia sentido. Mas o que andava fazendo sentido ultimamente? Recolheu as receitas, revirou o armário de Diana, as gavetas, nada, não havia nada que pudesse lhe dizer qualquer coisa que fosse. Só tinha o diário. O colocou na bolsa. E quando retornou para a sala, Andressa estava no sofá, tomando um chá, com Ariana por perto.

_ Andressa, é melhor voltar para o seu apartamento, ficar aqui só piora as coisas.

_ Eu vou, vou voltar para o Rio amanhã, eu só queria... Me sentir perto dela um pouco. E encontrei tudo isso.

_ Não significa nada. Ela andava com dores de cabeça, depressiva por causa do pai, nervosa por causa da Rhian, ela está bem...

_ Ela está sequestrada!

_ Nós discordamos neste ponto, você sabe disso.

_ Ela está doente, Isis, doente em algum lugar...

_ Com uma médica por perto. Ouça, Andressa, eu sei que isso é difícil, mas se há algo que possa ser confortante pra você nesta história toda é que Rhian é médica, e jamais deixaria Diana doente por razão nenhuma. Se Diana realmente estiver doente..._ E agora Isis sabia que havia uma chance enorme dela estar_ Rhian vai cuidar dela. Isso acalma você de alguma forma?

Andressa balançou a cabeça. Amava tanto aquela mulher que confortava.

_ Agora vamos sair daqui, você está de carro?

_ Não, não, eu vim de táxi.

_ Eu levo você em casa, vamos.

Levaram. E o silêncio chegou a ser ensurdecedor enquanto Ariana dirigiu até o apartamento de Andressa. Aquele que ela costumava dividir com Diana.

_ Cuide de você_ Disse Isis quando ela desceu. Andressa apenas balançou a cabeça. E era hora de voltar para o aeroporto.

Isis foi lendo o diário de Diana o caminho todo, e Ariana não sabia bem o que estava acontecendo, mas não precisava de muito para entender que algo estava muito errado. Desde a delegacia. Estava nos olhos de Isis que ela estava perturbada por alguma coisa.

_ Acha mesmo que a Diana está doente, não é?_ Perguntou, quebrando o silêncio e tentando descobrir se era aquilo que estava perturbando Isis.

_ Há..._ E ela respirou fundo_ Há uma possibilidade.

_ Rhian nunca negligenciaria algo assim. Se a Diana realmente estiver com alguma coisa, Rhian dará um jeito de dar a ela toda a assistência necessária. Rhian faria qualquer coisa pela sua irmã, qualquer coisa.

Qualquer coisa. Ela faria qualquer coisa...

Isis chegou ao Rio flutuando naquelas palavras, em densas possibilidades, Diana poderia sim estar bem doente, Rhian poderia sim fazer qualquer coisa por ela. Qual a única coisa que ela não tinha? Aquilo continuava na sua cabeça também, os processos de Rhian, as palavras de Diana naquele diário, a que tipo de violência ela se referia? Porque havia muita violência escrita ali, por parte de Diana, por parte de Rhian. Por que tantos processos? Por que aquele processo havia ido parar em Brasília? Quem havia levado a investigação para lá? Por que era tão importante que Rhian fosse presa?

Morta. Isis estava convencida que queriam Rhian morta. Isis levou a mão a testa assim que chegaram no carro de Ariana no estacionamento do aeroporto.

_ Isis?_ E Ariana tocou-a. Tocou-a nos braços, a segurando gentilmente em direção ao seu corpo, Isis não parecia estar normal_ Ei, você está bem?

E Isis apenas negou com a cabeça. Não, não estava, não estava nada bem.

_ Tudo bem, eu vou levar você para a casa...

E Isis negou outra vez, sem palavras, e suavemente, sua mão agarrou ao punho de Ariana.

_ Me leva para jantar.

Ariana olhou para ela, buscando aqueles olhos castanhos. E deixou um sorriso doce escapar.

_ Eu levo. Você quer vir aqui?

_ Aqui aonde?

_ Aqui_ E Ariana puxou Isis para os seus braços, puxou-a para um abraço, porque sabia que Isis estava precisando. Esperou que ela escapasse, negasse, se irritasse, mas na verdade tudo o que Isis fez foi fechar os braços em volta da cintura de Ariana e afundar o rosto no ombro dela. Isis fechou os braços, fechou os olhos, fechou seu modo advogada e abriu um modo que julgava extinto há muito tempo dentro de si:

Aquele modo que lhe dizia que ela podia precisar de alguém. Que era permitido.

_ Vem, eu vou te levar num lugar maravilhoso.

E de fato levou. Ariana dirigiu para seu restaurante tailandês preferido e o espaço era incrível, era inspirador, com um som ambiente relaxante e o ambiente em si tão confortável que Isis começou a se sentir melhor assim que entraram. Ariana pediu por uma mesa reservada, em que elas podiam ficar mais à vontade ainda e que tinha uma vista magnífica daquela linda cidade anoitecida.

_ Me dá o seu pé_ Ariana disse de repente.

_ O quê?

_ Seu pé, deixa eu massagear pra você, esses seus sapatos podem matar um homem adulto...

Isis riu, podiam, eram altos e apertados, e a Isis modo advogada nunca teria tirado os sapatos num restaurante e dado seus pés para serem massageados, mas de alguma forma, Isis quis. Tirou os sapatos e colocou seus pés no colo de Ariana, que começou a massageá-los enquanto falava com ela, lhe dizia algo que a fazia rir e as mãos dela sabiam bem o que estavam fazendo, Isis foi relaxando por completo, sentindo as pressões, o toque dela, a maneira com a qual os dedos dela deslizavam firmemente pelos seus pés... Ariana faria algo do tipo na cama? Isis suspirou, não deveria estar pensando nesse tipo de coisa. Calçou os sapatos de volta e foram lavar as mãos, pois o jantar já seria servido. Jantaram juntas e foi extremamente agradável, por um instante Isis havia parado de pensar em tudo e simplesmente se concentrou ali, naquele momento bom. Tudo corria muito bem até uma determinada moça se aproximar da mesa, cumprimentar Isis e se aproximar de Ariana. Elas trocaram um abraço, Ariana apresentou Isis para ela e a moça sentou-se perto de Ariana, conversando com ela sorridentemente. Flertando com ela. Era isso que ela estava fazendo. Isis suportou a interrupção do seu jantar por uns dois ou três minutos, e então bastava.

_ Me desculpe, qual é mesmo o seu nome?

A moça olhou para ela um tanto surpresa.

_ É Natália.

_ Natália, então, Ariana não está disponível.

Não estava? Ariana olhou para Isis tão surpresa quanto a moça.

_ Não? É que eu achei..._ E a moça abriu um sorriso sem jeito_ Achei que você tinha dado a entender que vocês não estavam juntas.

_ Ela não está disponível. E eu gostaria muito de terminar o meu jantar, nós tivemos um dia difícil.

E a moça não tinha muito o que fazer mais ali. Pediu desculpas e se retirou.

_ Eu não estou disponível?_ Perguntou Ariana a Isis depois que a moça se afastou.

_ Não, enquanto tudo isto estiver acontecendo. Não quero que se distraia.

Ok, então Isis deveria parar de usar aquelas saias-lápis e aqueles vestidos tão curtos... Voltaram para o apartamento, Isis tomou um belo banho quente, e se permitiu dormir antes de voltar a estudar tudo aquilo que havia recolhido. Os processos, as receitas médicas, o que a delegada havia dito, o diário de Diana. Deixou tudo para quando acordasse.  Deitou-se na cama e esperou por Ariana. Ela estava no banho, e quando voltou para o quarto, estava de calcinha, camiseta e só. E Isis não deveria olhar tanto, deveria? Não sabia. Só sabia que quando Ariana deitou do seu lado, o mundo perdeu o peso e Isis pode dormir.

Isis acordou de madrugada, perto das quatro da manhã, sem precisar de despertadores. Sua mente a acordou dizendo que ela já havia descansado e já estava pronta para trabalhar. Por sua irmã. Deixou Ariana dormindo e saiu do quarto, lavou o rosto, escovou os dentes, se fez um café forte. Estava caminhando de um lado a outro do apartamento enquanto tomava o seu café quando de repente, seus olhos bateram numa chave abandonada sobre um móvel da sala. E houve um estalo na cabeça de Isis. Aquela chave sempre havia estado ali? Achava que sim, deveria estar oculta em meio aos papeis que estavam no móvel. Isis pegou aquela chave na mão e então lembrou do quarto ao lado do seu, que estava trancado. E por algum motivo, caminhou até aquele quarto, e por outro motivo qualquer, testou aquela chave na porta. E para a sua surpresa, a chave não só serviu, como a tranca girou. Isis apertou as sobrancelhas. E decidiu entrar no quarto. Isis acendeu a luz e realmente tratava-se de um segundo quarto, com duas camas, armário, banheiro, uma poltrona, uma escrivaninha e um enorme espelho que dava diretamente para a porta aberta.

Que estava todo escrito com caneta hidrográfica.

É como se você estivesse gritando, e ninguém pudesse ouvir

Você quase se sente envergonhado

Que alguém possa ser tão importante

Que sem este alguém, você se sente como um nada

Ninguém nunca poderá entender o quanto machuca...

Você se sente sem esperanças, como se ninguém pudesse te salvar

E quando isso acaba, quando tudo se perde

Você quase deseja poder ter todas as coisas ruins de volta

E assim, você pode se sentir bem outra vez...

E haviam fotos de Diana espalhadas por todos os lados, fotos delas juntas, fotos intimas, de um casal absurdamente feliz. Absurdamente apaixonado. Violentamente apaixonado. Como se podia amar alguém com tanta violência? Isis nunca havia conseguido entender, tudo era forte demais entre elas, o amor, a paixão, a obsessão que tinham uma pela outra era linda e Isis nunca achou que fosse dar razão ao seu pai, era uma obsessão linda, mas que também era perigosa. Era difícil acreditar que aquele amor tão bonito podia dar tão errado. E quão mais errado poderia ter dado?

Ao lado do espelho havia a escrivaninha. Que estava cheia de coisas. Isis se aproximou para ver melhor e tratavam-se de uma série de pesquisas, mapas e anotações, de rotas marítimas, localizações de determinados lugares, distância entre ilhas, endereços, pessoas a quem recorrer, um mapa. Era isto, era um mapa completo e totalmente detalhado, minuciosamente planejado, em cada minúsculo detalhe.

Era um mapa de fuga perfeito.

E por qual motivo Rhian Keir teria um mapa de fuga se não sabia que seria sequestrada?

_ Ah não Rhian..._ E Isis virou-se de costas, levando as mãos à cabeça, absolutamente sem acreditar no que estava na sua frente, o oculto do oculto, era isto, Isis enfim estava olhando claramente para o oculto do oculto daquela história toda.

Isis lançou a mão da primeira coisa que alcançou e atirou contra as palavras escritas naquele espelho, que se espatifou em mil sentenças diferentes. Machuca, esperança, coisas ruins, sentir bem outra vez...

 

_ Eu vou matar essa filha da puta!

Notas finais:

Oi meninas, tudo bem com vcs? Um capítulo cheio de incógnitas... Será Rhian realmente culpada de alguma coisa?

Bom, sou muito grata por todas vcs continuarem acompanhando essa história comigo e por todo carinho e atenção. Tenho percebido que tivemos um aumento nas visualizações da história, mas tbém percebi que diminuímos consideravelmente o número de comentários. Sei que muitas vezes vcs estão na correria do dia-a-dia, mas olha, separem um minutinho para comentarem, deixarem as suas impressões, elogios e até mesmo algumas queixas. rsrsrs Tenho trabalhado muito nas últimas semanas, uma correria louca, mas quando chego em casa e olho a história cheia de comentários, puxa vida, fico mais radiante para continuar a escrever mais capítulos e agradar a todas vcs.

Tbém quero imensamente agradecer as novas leitoras, vcs são umas fofas. Obrigada!!!

 

Bjos garotas ♥♥♥



Comentários


Nome: Photographer_SP (Assinado) · Data: 09/06/2017 19:11 · Para: O oculto do oculto

Olá Autora e leitoras! Me sinto muito feliz em conhecer essa história!

É um  privilégio estar maratonandopara ler essa bela, encantadora história todos os dias tento, entre um trampo e outro. Hehe

Capítulo tenso e repleto de revelações, mas assim como a Ana Clara também acredito na inocência da nossa bela Rhian que mulher surpreendente! 

Obrigada a vocês que nos dão esse presente!  Parabéns! Tessa e Ana Clara.

Beijos



Resposta do autor:

Oieeee moça!

 

Lembro de quando você me disse isso, que estava maratonando para ler a história hahaha

Delirium, já nas semanas regulares foi uma maratona, capítulos longos, densos, fico imaginando quem pegou a história toda postada e decidiu ler assim, rápido como você ^^

TeamRhian sempre fiel, sempre acreditando que a nossa co-protagonista era inocente, gosto assim :)

 

Beijos!



Nome: Lerika (Assinado) · Data: 09/06/2017 05:08 · Para: O oculto do oculto

Meu Deus! Foi Rhian!!!!

A delegada estava certa

Isso explica os 1,5 milhões que ela deu pra Ariana mesmo com seu dinheiro congelado.

Afinal, por que a federal quer matar a Rhian? Curiosa por respostas



Resposta do autor:

Oieeee moça!

 

Sabe que Delirium deu um trabalho do cão para escrever, escrever ação e histórias policiais dá uma dor de cabeça danada, mas relendo os comentários agora e o rumo da história na cabeça de cada leitora, me deu até saudade de escrever algo assim de novo?

 

Delirium foi uma teia tecida em cada um dos seus pormenores, um capítulo respondia uma pergunta e nos fazia mais duas novas, foi assim até o final, fico feliz que tudo tenha dado certo apesar de tantas reviravoltas haha



Nome: thais (Assinado) · Data: 11/11/2016 19:04 · Para: O oculto do oculto

Meu... que coisa de louco ta isso, dá até dor de cabeça de pensar.... torcendo para que a Rhian realmente não tenha culpa nenhuma nessa historia e que ela nao tenha armado isso tudo..... não me decepcione  Rhian  ! 



Resposta do autor:

Oieeee Thais!

Acompanhando a sua maratona pelos capitulos! Vc está num momento realmente de incerteza na história, em que tudo parece confuso e que não dá para confiar nem desconfiar plenamente em ninguém, vamos torcer para que a nossa caribenha não decepcione!

Beijos!



Nome: Lai (Assinado) · Data: 17/09/2016 10:22 · Para: O oculto do oculto

Rhiam ainda n contou pra Diana seu segredo e seus planos!N acredito q fará algo c Di,mas....

Fiquei pensando... será q a doença sela tema ver c algo q dão a ela ou façam dando?Chego na.cabeça isso....td confuso.

Qndo vc abri seu e-mail...kkkkk

Beijoss



Resposta do autor:

Oieeee Lai!

 

As duas estão guardando segredos, e esta será uma fórmula explosiva, veremos mais para a frente :/

Abri meu e-mail e vi lindas notificações de comentários, nada me faz mais feliz hahaha

Ah, quando vc chegar em capitulos que têm extras, me avisa tá? Que eu mando o conteudo extra pra sua pessoa :)

 

Beijos!



Nome: Carmen (Assinado) · Data: 29/08/2016 13:01 · Para: O oculto do oculto

Wow! O que foram esses dois últimos capítulos?! Mal dá pra respirar! 

Primeiro toda a tensão da fuga, depois a Rhian tendo que lidar com uma crise da Diana com todo aquele perigo rondando. Consegui sentir o desespero daqui. E pra piorar, ainda aconteceu coisa pior no fim do capítulo que ainda não sabemos. 

Depois, sem termos tempo de tomar um folego, mais emoções em Brasília. Já fiquei tensa quando a delegada conseguiu afetar a Isis. Se ela desistir de ajudar a Rhian, o que já é difícil, pode ficar impossível! Depois Andressa tendo que passar por toda aquela dor ao ler o diário e dar de cara com a verdade absoluta que Diana ama Rhian e ainda por cima, o desespero dessa doença que só aumenta as perguntas e nada de respostas. E culmina com esse fim, de Isis achar que tem motivos pra acreditar que Rhian se tornou uma psicopata capaz de armar o próprio sequestro só pra trazer a Diana de volta, coisa que eu absoutamente não acredito. Eu confio na Rhian e ela segue sendo uma vitíma dessa podridão toda que sempre esteve a sua volta. 

Fantástico! Por isso, até parei para deixar o meu comentário com delay! 



Resposta do autor:

Olá Carmen!!!

 

Que felicidade em ver que vc está comentando nos capitulos! Vc não sabe o quanto cada comentário representa pra mim, muito obrigada por este carinho, viu ^^

 

Capítulo movimentando, hein? Fuga complicada e quando tudo parecia que relativamente ficaria fácil, Diana entra em crise :/

Então Brasília foi outra tensão, né, acho que deu para perceber que a Isis deu uma quebrada na confiança dela logo de cara, Rhian está em seu inferno astral definitivamente, se a Isis sair do caso, as coisas se complicarão ainda mais para ela.

E a minha querida Harumi :/ Eu faço a moça sofrer, eu sei, mas gosto dela haha A vida dela é dificil, ela ama a Diana que claramente ama outra e ainda por cima, está doente :/

Eu adoro essa confiança que vcs tem na Rhian! De verdade, nunca ninguém aqui duvidou da moça, foram TeamRhian até final, gosto assim!

Obrigada pelo feedback maravilhoso moça!



Nome: Maria Flor (Assinado) · Data: 09/07/2016 01:45 · Para: O oculto do oculto

"Eu devia ter ficado com o medo e com amor porque agora só tenho o medo" Desculpa o que vou dizer, mas PQP!!!Que frase!!! Que frase!!!! Que fraseeeee. Amei demais. Vou levar pra vida.

Quanto ao oculto do oculto, acho que a questão é saber o que ocorreu com a Rhian e Romeo após a Diana ir embora. Isso poderá explicar o motivo da rota de fuga.

E sim, Rhian poderia forjar o próprio sequestro. Mas será que ela ia querer que a Diana voltasse pra ela desse modo? Acho que se ela forjasse, seria pra fugir do Romeo, não pra ter a Diana de volta. De qualquer forma, é muito difícil levar essa possibilidade a sério, apesar de que seria uma baita reviravolta na história, hahaha.

Beijoo




Resposta do autor:

Oieeee Maria Flor!!!

 

Vc destacou uma das minhas frases preferidas desta história! Porque ela ilustra bem os sentimentos da Diana, tanto como ela se sentia com a Rhian, como o jeito que as coisas desabam sem ela por perto :)

E vc está certíssima, o oculto do oculto está em todas as coisas que se passaram quando a Diana foi embora. E também, na pessoa que a Rhian sempre foi. Se olharmos para trás, em tudo o que a Rhian teve que passar para escapar daquele sequestro e nas reações dela a respeito da Diana, temos uma resposta mais simples que o primeiro questionamento.

Sobre a questão reviravolta, a Ana já falou pra vc do que ela faria com Delirium? Tipo, poderíamos chegar no último capítulo e descobrir por exemplo que a Rhian não existe, que é só algo que a Diana criou dentro da cabeça dela hahaha Imagina uma situação dessa?

 

Beijo!



Nome: Ada M Melo (Assinado) · Data: 24/06/2016 17:18 · Para: O oculto do oculto

espero que Ariana esclareça esses planos que a Isis viu, afinal pelo que entendi elas curtiram juntas... não faz parte do presente ja aconteceu essa viagem com essas rotas. Acho que a Ariana esta conquistando a Isis.

 

abraço!



Resposta do autor:

Olá Ada!

 

Teremos mais esclarecimentos a respeito disto no próximo capítulo e sim, pouco a pouco Ariana está conseguindo se aproximar da doutora Isis haha

 

Bjs!



Nome: Rita (Assinado) · Data: 20/06/2016 21:14 · Para: O oculto do oculto

"Você quase deseja poder ter todas as coisas ruins de volta

E assim, você pode se sentir bem outra vez..."

hmm eu estou a pensar muito nisto tudo hmm



Resposta do autor:

Rita captou bem parte da mensagem do oculto do oculto ;)



Nome: Rafaela C (Assinado) · Data: 20/06/2016 21:12 · Para: O oculto do oculto

Rhian está tudo contra você mas eu não estou. Você cuida bem da Diana :) você é perfeita :)

Autora eu já amo esta personagem :)



Resposta do autor:

Rafa, Rhian está a disposição para todo o amor possível *.* #TeamRhian!



Nome: Joana (Assinado) · Data: 20/06/2016 21:10 · Para: O oculto do oculto

É o oculto do oculto e o oculto do oculto do oculto? Porque esta história está mal contada, a Rhian é boa pessoa.



Resposta do autor:

Isis está virando o cubo judaíco, Jô, vamos confiar na nossa heroína ^^



Nome: Fernanda B (Assinado) · Data: 20/06/2016 21:05 · Para: O oculto do oculto

Q arraso 😎 mas eu acredito na Rhian



Resposta do autor:

#TeamRhian!!



Nome: Susana (Assinado) · Data: 20/06/2016 21:03 · Para: O oculto do oculto

Qualquer dia vou enfartar tanta emoção e surpresas!!!!!! Adoro demais hihi



Resposta do autor:

Su, vc viu que a história nunca fica sem movimento né haha



Nome: Eduarda A (Assinado) · Data: 20/06/2016 20:47 · Para: O oculto do oculto

😱 eu não sei o que pensar agora 😱 embaralhei o cérebro. Mas obsessão não parece



Resposta do autor:

Olá Eduarda!

Capítulo de bugar a mente, eu sei, mas estou amando ver o quanto todo mundo continua fiel a Rhian não importa as evidências *.*



Nome: Raquel (Assinado) · Data: 20/06/2016 20:11 · Para: O oculto do oculto

Nahhh não me convenceu. Eu não acredito. Psycho não.



Resposta do autor:

Oieeee Raquel!!

Movimento #RhianPsychoNão, novamente, vamos confiar no nosso herói ^^



Nome: Leonor (Assinado) · Data: 20/06/2016 20:07 · Para: O oculto do oculto

Andressa ai gata cê tá mal desencana

Cuidado Ariana que a Isis é brava mas cê tem que tomar a iniciativa senão nadinha



Resposta do autor:

Olá Leonor!

 

Providenciando mudança de vida para a moça Andressa haha

E a Ariana tá indo e indo, um passo de cada vez, numa hora ou outra ela acerta a advogada ;)



Nome: Isabel (Assinado) · Data: 20/06/2016 20:04 · Para: O oculto do oculto

😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍 quero beijo entre essas duas 😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍

Rhian? Será? O.o



Resposta do autor:

Oieee Isabel!

Informo que um momento mais próximo entre essas duas está sendo providenciado ;)



Nome: Brenda (Assinado) · Data: 20/06/2016 20:01 · Para: O oculto do oculto

Opa Opa filha da mãe não hein

Não se pode tirar conclusões precipitadas.



Resposta do autor:

Isis ficou um tantinho alterada, né, Brenda haha

E vc está certíssima, nada de conclusões precipitadas, ainda tem muita história pela frente ^^



Nome: Ariana (Assinado) · Data: 20/06/2016 19:58 · Para: O oculto do oculto

Só tenho a dizer que não acredito em nada disso. A Rhian é sincera.

#TeamRhian



Resposta do autor:

Isto mesmo Ari, TeamRhian até o final! Não vamos desistir da nossa heróina =)



Nome: Teresa (Assinado) · Data: 20/06/2016 19:27 · Para: O oculto do oculto

Ahhh a Diana tá doente eu nunca vou aceitar isso é muita coisa eu me sinto na história é como se ela fosse da família eu sofro junto e a Rhian tá inocente!



Resposta do autor:

Então Teresa, só o que eu posso dizer que a Di está doente e ainda vai piorar :/

E que lindo vc se sentir tão dentro da história assim *.* Sendo assim, confie no seu herói, TeamRhian até o final!



Nome: Manuela (Assinado) · Data: 20/06/2016 19:17 · Para: O oculto do oculto

A Rhian sempre diz "Confie no seu herói" então nós só temos de confiar!



Resposta do autor:

Manu, colocação perfeita, vamos confiar no nosso herói e vamos em frente! #TeamRhian incondicionalmente ♥



Nome: Catarina (Assinado) · Data: 20/06/2016 19:14 · Para: O oculto do oculto

Oieee

Eu mesmo depois de ler isso tudo eu confio na Rhian, não sei ao certo se ela tem culpa de alguma coisa mas é provável que não. Só sei que se eu estivesse na história eu confiava na Rhian de olhos fechados. Eu gosto dela que é que eu posso fazer? Eu confio nela. Confiança total na Rhian hehe :)

Agora o que me deixou desconcertada foi a Andressa lendo tudo isso mds deve ser uma dor :/ e saber que a Diana nunca gostou dela e isso tudo mds tadinha da mulher :/ fiquei um bocado frustrada porque sei lá, pus-me no lugar dela por um segundo e poxa é mt ruim :/ desejo tudo de bom pra ela poxa fiquei mexida aqui.

Sei que o meu comentário não tá nada bom, mas to pensando e sentindo tanta coisa que nem sei descrever. Só mesmo a sua história pra me causar isto haha boa demais <3

bj autora



Resposta do autor:

Catarina ♥

Vc está mais do que certa, TeamRhian até o final, gente, tem muita coisa para acontecer e já aprendemos tbem que nesta história aqui, todo pormenor tem dois lados e duas motivações, vamos ver até onde esta trilha nos leva :)

E a Andressa deu dó :/ Eu fiquei assim tbem enquanto estava escrevendo as cenas dela desse capítulo, aliás, sempre fico assim quando se trata dela, não queria uma esposa vilã para a Diana, só uma esposa machucada, que ama muito, que queria que as coisas dessem certo, mas como a Diana á explicou, esse casamento é o fruto de uma árvore envenenada, não tem como nada ser bom :/

Mas pode deixar que o movimento TessArrumaFinalFelizPraAndressa já me convenceu, e teremos coisas boas para lá daqui ao final da história ^^

E seus comentários são sempre perfeitos, Cat, sempre consigo captar a emoção dos capítulos nas suas palavras=)

 

Bjs!



Nome: Ana_Clara (Assinado) · Data: 20/06/2016 02:52 · Para: O oculto do oculto

Então, eu acredito na inocência da Rhian, com certeza! O mundo todo pode ter provas contra essa caribenha perfeita, mas eu ainda acredito nela e sei da sua verdade. Aliás, este capítulo todo foi bem dolorido, me senti extremamente sensível com a dor da Andressa. Puxa, que amor dolorido, amor sofrido. Torço muito pela japa e espero que vc autora linda e sexy faça ela feliz, aliás, um final lindo e feliz. hahahaha


Reparou no autora linda e sexy?! kkkkkkk


E olha, eu sendo coagida a te pedir em casamento, é isso?! Então, quem sabe o clima de festividade, o calor acima da média e a beleza da cidade do Rio não me faça te pedir em casamento na próxima férias e em via das dúvidas realmente a faça Senhora Reis... Quem sabe!!! hahaha



Resposta do autor:

Primeiro, gente, o que uma pressão em público não faz, heim? haha Daqui há pouco vou estar cantando Single Ladies para deixar mais enfático este meu momento "vamos casar" rsrs Está anotado aqui, vou esperar ao menos pelo noivado "surpresa" no Rio, veremos, cansada de usar "Reis" emprestado como sobrenome, tem que oficializar a situação, oras, mas claro que eu nem tô pressionando, óbvio que não (inserir aquele emoji de unhas pintando aqui)

Maaaaaaaas voltando ao capítulo, TeamRhian até o final!!! Gosto dessa posição, apoio incondicional a nossa fantasia tropical, vamos esperar pelos próximos capítulos e eu só acho que com este possibilidade de pedido de casamento e esse "autora linda e sexy" vc está quase me convencendo a dar um final feliz para a nossa japa tempestuosa preferida haha

 

Beijinhos, amor!

 



Nome: annagh (Assinado) · Data: 20/06/2016 02:41 · Para: O oculto do oculto

Corrigindo o último comentario: "e viva o amor de R&D."

Até mais....



Resposta do autor:

E ainda voltando ao momento um tantinho de ciúmes, me manda um e-mail para eu responder com um presentinho? ^^

sorceresstess@gmail.com

 

Beijinhos leitora ruiva preferida no mundo!



Nome: annagh (Assinado) · Data: 20/06/2016 02:30 · Para: O oculto do oculto

Oi Tess..tô melhorando meu bem.

Vibrei com o título do proximo capitulo!!!! Meus olhos brilharam e abri àquele sorriso enorme....já prevejo coisas boas nele. Vai ter cenas calientes???? Quero ve essas duas transbordando de tanto amor. Quero vê as bocas adormecidas de tantos beijos...os dedos doendo de tanto se acariciarem.....as pernas bambas de tanto prazer e tesao. ...kkkkkkkkkkk....e você o amor de R&D. Minhas deusas!!!!

P.S 1.Não ligue pras minhas loucuras....kkkkkķ....

P.S. 2 to com ciúme de algumas leitoras viu....rsrs



Resposta do autor:

Acabei de reclamar de vc para a Tereza enquanto eu reclamava dela mesma na resposta do coment haha

 

Não posso perder vcs assim não, moça, nada de ficarem desaparecendo desse jeito sem me enviarem um sinal de fumaça rsrs

 

Vc viu o título né, e o que eu posso te dizer deste capítulo de hoje? Ele é cítrico, intenso e tropical, vai deixar um gosto de outro tipo de fantasia na boca, eu particularmente gostei muito dele, vamos ver as reações ;)

 

P.S.1: Habituada com as suas loucuras, elas me fazem feliz haha

P.S.2: Nada de ciúmes, o seu lugar é intocável aqui dentro de my heart ♥ haha



Nome: mtereza (Assinado) · Data: 19/06/2016 12:35 · Para: O oculto do oculto

Finalmente me consegui me atualizar depois que retorne de viagem tinham 4 capítulos novos tive q maratonar para conseguir ler mais foi fácil a sua escrita é tão envolvente que deverei os capítulos e é os capítulos foram muitos intensos e na mesma medida que esclarecem algumas coisas deixaram um monte de interrogação adoro esse mistério outra coisa q amo na sua história é a forma e a riqueza de detalhes dos outros personagens todos muito interessantes nesse capítulo ficamos sabendo um pouco mais sobre a Andressa e apesar de tudo gostei dela ela só teve o azar de está no meio desse turbilhão permanente de emoções que é a relação de Diana e Rhyan bjs Tessa 



Resposta do autor:

Tereza vc voltou para mim!!!

Vc e a Anna parece que combinaram, vamos desaparecer juntas, ao mesmo tempo para deixar a Tess com uma sensação de perda enorme, ai ai viu

 

Mas que bom que vc só estava viajando, que não enjoou da nossa história =)

Os capítulos dessa segunda fase estão bem assim como vc descreveu, esclarecem uma coisa e outra e abrem outras dúvidas, a fase 3 será diferente, estaremos esclarecendo uma ou mais situações por capítulos antes do esperando final, prometo não deixar pontos soltos e se eu por ventura começar a deixar, me cobrem, tudo será esclarecido ^^

Mais uma que gostou da nossa pseudo-vilão Andressa Harumi ♥ Ela é boa moça, só se envolveu com a pessoa errada, prometo arrumar alguém para ela, acho que vcs vão aprovar a minha ideia ^^

 

Beijinhos!! Muito bom ter vc de volta!



Nome: Mariaravel (Assinado) · Data: 19/06/2016 11:32 · Para: O oculto do oculto

A loucura da paixão iniciando-se entre Isis e Ariana, Isis soltando-se do seu papel assumido perante os outros e deixando-se ir pelo caminho desconhecido, com uma agradável massagem   kkkkk 

A loucura da paixão entre Rhian e Diana que já foi vivida e é vivida  e que nunca as deixou mesmo estando separadas, a insanidade  que por vezes  atravessa as suas atitudes e ações...Vamos descobrindo aos poucos o que elas foram  e são capazes de fazer...

Muito bom  ;)

Bjs 

Sandra



Resposta do autor:

Olá Sandra!!!

 

Muito feliz em saber que vc se tornou uma comentarista consistente por aqui ♥

 

Vc viu que a moça Ariana está usando de todas as suas armas possíveis e disponíveis para tentar quebrar a resistência quase militar da doutora Isis Ferraz e vamos lá, é dificil resistir assim, né, a moça é linda, é boa, é cheirosa e ainda por cima faz massagem nos pés, nem sei viu haha

 

E vc destacou bem, é um amor tão vívido entre Diana e a Rhian que por vezes, beira a insanidade e a falta de controle, só precisamos descobrir até onde vai tal falta de controle :/

 

Bjs!!!



Nome: lis (Assinado) · Data: 19/06/2016 00:39 · Para: O oculto do oculto

Tudo bem sim Tessa, com certeza seguirei pois sua história e fantastica envolvente.



Nome: isa_bela (Assinado) · Data: 18/06/2016 20:00 · Para: O oculto do oculto

Eu só estou amando muito o que a senhorita (senhora??) escreve! Essa história é... Tipo, MUITO mesmo! <3 <3 <3 <3

P.S: A Isis... Eu já tô de quatro por ela, só queria dizer mesmo! hahahahahaha



Resposta do autor:

Oieeee Isabela!!

 

Senhorita, aguardando um possível pedido de casamento, quem sabe, né haha

 

E eu acho válido, mas muito válido mesmo a sua menção ao fato de estar de quatro pela Isis, acho que é uma reação totalmente normal, Ariana que o diga rsrs

 

Obrigada pelo comentário!



Nome: melissa (Assinado) · Data: 18/06/2016 11:54 · Para: O oculto do oculto
aí aí, vou manter o pensamento que rhian não é culpada...

Resposta do autor:

Oieee Melissa!!

 

Feliz em ver leitoras novas por aqui, muito feliz mesmo!!

E é isto ai, vamos manter o pensamento que já conhecemos Rhian o suficiente para saber do que ela seria capaz, TeamRhian sempre!!

 

Bjs!



Nome: annagh (Assinado) · Data: 17/06/2016 02:44 · Para: O oculto do oculto

Oiiiieeee...



Eita que você
resolveu torturar nós...e eu pensando que iria descobrir o mistério do computador
de bordo...rsrsrsrsrs...



Eu sabia que
aquelas informações da delegada ia mexer com Isis.



Senti um pouquinho
de pena de Andressa (mas só um tiquinho). Ninguém merece servir de estepe né...bom,
mas acho que ela sabia o terreno onde tava pisando quando se envolveu com Diana.
Sempre tive medo desse lance de diário...enfim, Andressa parece ser uma boa
moça. Mas ela que procure outra, pois, Diana pertence a Rhian e ponto final.



Fiquei aqui só
imaginando e sentindo as sensações da “pegada” de Diana....sexo bruto??? Nunca
gostei disso. Mas fiquei agora curiosa...kkkkkkk...deu uns arrepios aqui. Muito
bom!!!



Massagem nos
pés...huuuuuuuu que delícia!!!! Amoooooo..assim não dá pra resistir né
Isis????...rsrsrsrsr...



Cara, a cada
leitura amo mais a Isis...essa cortada que ela deu na Natalia
hein...kkkkkkkkkkkkkkkk...fiquei imaginando a cara de tacho da outra. No fundo
ela está marcando território....(aplausos para Isis...rsrsrrssr).



Agora esse
finalzinho aí me matou viu...me recuso a acreditar que Rhian tenha planejado
tudo isso...não, não não........mil vezes NÃO. 
Ansiosa aqui pelo capítulo 20 Tess....muita coisa precisa ser
esclarecida.



Um cheiro Querida ...durma
em paz.



Resposta do autor:

Anna meu bem *.*

Mais um comentário maravailho que eu amo comentar de volta haha vamos lá ^^

 

1. Perdão pela tortura!!! Mas como eu te adoro um monte devo te confessar que o mistério do computador de bordo irá durar mais um caps rsrs E vc tem razão, as coisas que a Isis ouviu na delegacia e que viu nos processos deixaram ela meio balançada, ela é naturalmente desconfiada e ela precisa ajudar a irmã, está disposta a qualquer coisa pela Diana, mas não saber se está no caminho certo está acabando com os nervos dela :/

2. Então, a Andressa é boa moça que se envolveu com a pessoa errada, que se apaixonou pela pessoa errada e por tudo isso, está amando errado tbem, enfim, já me pediram um final legal para ela (longe da Diana é claro), esta autora está trabalhando nisso haha E yes, honey, Diana tem um lado meio estúpido e bruto, estamos descobrindo aos poucos, tadinha da japonesa romantica nas mãos dela rsrs

3. E vc viu a Ariana trabalhando mesmo na Isis, né, jantar num local legal, massagem nos pés e deu resultado, Isis afastando a moça Natalia com uma classe cortante rsrs Marcando territorio mesmo, ainda que ela admita para si mesma ;)

4. E sobre a sua consideração final, please, siga TeamRhian, a história só acaba quando realmente termina =) Capítulo 20 se chama "O motivo pelo qual o céu é azul", uma doçura no meio desse tanto de pancadas deste capitulo de agora, espero vc nele ^^

 

Beijinhos, meu bem! Vc melhorou? Tenho andado ausente do wpp por causa do trabalho, mas li suas mensagens, respondo neste fds, promessa ^^



Nome: lis (Assinado) · Data: 17/06/2016 02:25 · Para: O oculto do oculto

Boa noite Tessa, tudo bem? Eita que capitulo gostei de ver a aproximação da Isis e da Ariana, mais agora essa da Rhian ter planejado isso hein será?? Rs poxa e esse mal estar da Diana que ninguém sabe o que é, parabéns uma delicia ler a sua história



Resposta do autor:

Oieeee Lis!!

 

Tudo bem por aqui e com vc?

Isis e Ariana cada vez mais próximas, sentimentos se fortalecendo, mudando de forma, de entendimento, coisas gostosas estão a caminho =)

 

E então nossa caribenha linda, será que no final ela é louca além da licença poética da expressão? Veremos em breve!

Fico feliz que esteja gostando da leitura! Espero que siga comigo pelos próximos capítulos.

 

Bjs!



Nome: Amandha12 (Assinado) · Data: 17/06/2016 02:02 · Para: O oculto do oculto

Capítulo perfeito!

Vamos Ariana, beija logo a Isis *---*

É muita intensidade esse amor da Rhian e a Diana, bem dependente... espero que isso não seja verdade! 

Vamos Isis, ela tem que ir até o final..

Beijão



Resposta do autor:

Olá Amandha!!! Td bem?

 

Mais uma para a torcida de Isis e Ariana, coragem moça Ariana, beija a Isis de uma vez!! Haha

Diana e Rhian intensas a cada batida de coração, as coisas são fortes demais, vivas demais, só precisamos descobrir até onde alcança essa intensidade entre elas.

Beijinhos!



Nome: foxxy96 (Assinado) · Data: 17/06/2016 00:47 · Para: O oculto do oculto

Uaaaaau, que capítulo perfeito cara, não canso de dizer isso, KKK to shippando demais Isis e Ariana, que lindas, Ari tá quase lá Hehe. 

É tudo tão intenso nessa história, todos os detalhes e emoções, e esse amor tão sofrido dessas duas, toda essa obsessão e dependência uma da outra, caraca, da pra sentir toda a história, você ahaaaaza Tess O/ kkkkk 

E todo esse suspense, omg, fico imaginando as cenas como se tivesse vendo um filme aqui. Adorando tudo. ;) 

Bjs. 



Resposta do autor:

Foxxy, oieeee!

 

Isis e Ariana estão numa vibe gostosa, Ariana está trabalhando muito para chegar mais perto da advogada linda haha

 

Vc resumiu bem a história, é feita de intensidade, detalhes e emoções a flor da pele, elas são obsessivas e dependentes uma da outra, tipo de sentimentos que causam um certo descontrole num momento ou outro.

Próximo capítulo light para balancear o suspense, prometo haha

 

Bjs!



Nome: Dessinha (Assinado) · Data: 17/06/2016 00:03 · Para: O oculto do oculto

Linda, ta otimo, ta massa, ta bom demais. Viciante tambem, nossa mãe, ta massa demais. Sou tua fanzaça ja. Super beijo, e arroche ai que eu tirei uns minutos pra te mandar um pequeno comment for you. Beijos, super boa noite!! E bota a Ariana pra pegar a Isis daquele jeitinho... 



Resposta do autor:

Oieee Dessa!!!

 

Obrigada por ter enviado o comentário! Vc faz não faz ideia de como um coment faz diferença pra mim, é o combustível que me faz chegar do trabalho e trabalhar um pouco mais para conseguir postar essa história por aqui =)

 

E pode deixar que vou levar seu recado para Ariana haha

Hashtag #PegaAIsisDeUmVez!!

Bjs!

 



Nome: albuquerqueselena (Assinado) · Data: 16/06/2016 23:40 · Para: O oculto do oculto

Isis beija logo a Arianaaaa e me faça feliz!

Gente, que medo do amor dessas girls. Capítulo sinistro, mas muito bom!

O suspense está perfeito e definitivamente só a Isis chega perto da Di il mio cuore...

Rhian, sua louca, será?

Tess, vc ahaza, eu adorei esse capítulo.

Bjos.



Resposta do autor:

Amiga Selena, sua linda *.*

 

Vou engrossar a sua torcida VAI ARIANA, BEIJA A ISIS DE UMA VEZ!!! Beija e pode sair correndo para garantir, mas beija de uma vez haha

Mais uma dose de suspense e uma pitada de momento sinistro, Rhian meio psico, será heim? Veremos haha

 

Bjs!



Nome: BiaRid (Assinado) · Data: 16/06/2016 23:15 · Para: O oculto do oculto

Curti muito o capitulo, toda essa intensidade ta atingindo até eu! Hahaja vc é ótima Tess, bjos



Resposta do autor:

Olá Bia!

Capítulo intenso e tenso, né

Vcs que são ótimas seguindo comigo nesta história =)

 

Beijinhos!



Nome: josi08 (Assinado) · Data: 16/06/2016 22:31 · Para: O oculto do oculto

Nossa sua historia é muito boa menina,prende a atençao da gente e estou torcendo muito para que a Rhian nao tenha culpa ...poxa que história!!! cada vez mais anciosa fico ...

 

👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏



Resposta do autor:

Oieeee Josi, tudo bem? :)

Concordo com vc, TeamRhian até o final, veremos o que vem pela frente, ainda temos muita coisa a vir, siga comigo nesta história que prometo que vc não vai se arrepender =)

 

Bjs!



Nome: line7 (Assinado) · Data: 16/06/2016 22:12 · Para: O oculto do oculto

Buguei total aqui...rrsss ..sem norte, sul, perdida aqui..kkkkkkkkk..  e a frase final" vou matar essa filha da puta" eita que agora o miocárdio  não aguentar..kkkkk.e o coração  vai pra forar😂. Cada capítulo  uma nova emoção, e cada emoção  à  uma vibração de curiosidade. (E preparar para os elogios, adoro elogiar, tenho que elogiar😊) capítulo SHOW,ESPETACULAR,SUSPENSE  total, eu gosto assim histórias com intensidades..😍😍 bem diferente é o diferente sempre cativar..RSS.  até mais linda, parabéns mais uma vez pelo capítulo e dar pra bancar de detetiver ( detetiver vai pegar as contas logo logo para esse caso " delirium"...kkk..). Abração  e até 😍😙



Resposta do autor:

Line eu adoro quando vc diz que eu te buguei haha

Vc viu que a Isis ficou um tantinho brava, né, coisa pouca rsrs

Capítulo cheio de nuances e suspense e vc como sempre sendo uma linda comigo ♥ Obrigada pelos elogios! São comentários assim que me fazem caprichar cada vez mais nesta história que já é nossa ^^

E vamos brincar de detetive haha

Bjs!

 



Nome: OutroMundoLA (Assinado) · Data: 16/06/2016 22:06 · Para: O oculto do oculto

Querida autora,

Como assim?! A Rhian com obsessão e psicopatia?! Me recuso a acreditar nisso! Não a cara da Rhian fazer isso...

O casal super fofo Isis e Ariana! *.* Já podem casarem tá? #shippando

Ademais, vou me corroer de tanta dúvida e curiosidade... espero que sobreviva até lá...

 

 



Resposta do autor:

Olaaaaaaa!

Acho que é a primeira vez que vejo vc por aqui, bem-vinda!

Momento tenso na história né, mas siga a sua intuição, já conhecemos a Rhian um pouquinho e vamos ver bem até onde este fato novo levará

E sim, Isis e Ariana já podem casar, concordo, só a Isis ainda não percebeu haha

Please sobreviva até o próximo capítulo, tá, ele está beeeeeem interessante ;)

Bjs!



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.