Seu olhar por Heli


[Comentários - 29]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

17 Carla Parte ll
Quando eu e Ester estávamos almoçando, me lembrei que ela ainda não tinha avisado a Fabíola a onde estava, então lhe perguntei
- minha Flor, temos que avisa para sua tia seu paradeiro, deste ontem você não dar notícia, ela deve esta já arrancando os cabelos de preocupação.
- Nossa e mesmo já tinha esquecido, estar com você e como se o tempo não passasse
- você e tão linda sábia? 
Falei com sorriso bobo no rosto, paguei a conta e formos para o carro para irmos em sua casa. Cada vez que chega vamos perto, mas nervosa eu fica, a pensa se Éster iria querer fala para sua tia sobre nos, assim que chegamos, o silencio que estava no carro decide quebra
- Chegamos, e agora?
- Agora você vem comigo, ou você não quer?
Éster me perguntou fazendo uma carinha triste.
Passei minha mão em seu rosto falando
- E o que eu mas quero, e você Éster vai querer me assumir para sua tia? Para todos?
- Claro que sim, mas que pergunta meu amor, e o que eu mas quero, assim todos ficam sabendo que você já tem dona.
- Haaa, eu tenho dona e?
- sim, agora você e só minha!
- sou sim, meu anjo 
E puxei Éster para um beijo, e quando nos faltou ar, nos separamos e descemos do carro e formos ate a porta de mão dadas, e entramos assim.
Assim que Fabíola viu Éster, acho que ela não percebeu muito minha presença, de tanta preocupação que estava, por que assim que entramos e ela viu Éster veio correndo para abraça lá, assim soltamos nossa mão para Éster também abraça sua tia, bom mas não foi isso, Fabíola não parava de pergunta como ela estava, se estava bem, girava Éster de um lado a outro típico dela, vendo aquela cena delas duas tive que segura meu riso, de tão engraçado que estava, mas passando tudo Fabíola me percebeu parada ali perto da porta.
- Carla o que faz aqui? Aconteceu algo
Fabíola me perguntou, mas que respondeu na minha frente foi Éster.
- Carla veio comigo tia, eu estava com ela deste ontem.
Ester falou, Fabíola já soltando Éster voltou a pergunta:
- Mas como deste ontem? Você não saiu daqui com o Lucas?
Já quem respondeu agora foi eu me aproximando de Éster e segurando em sua mão
- Fabíola, ontem encontrei Éster no restaurante com Lucas, e quando Éster me viu saiu correndo de mim..
Olhei para Éster sorrindo e voltando meu olhar em sua tia voltando a fala:
- bom, eu vinha percebendo que Éster estava gostando de mim, do mesmo jeito que eu estou dela. E bom aqui estamos.
No final de minha fala dei um beijo na mão de Éster,  já Fabíola pareceu não entende bem, e pediu para explicamos melhor, nos sentamos no sofá é, explicamos para Fabíola tudo, primeiro Éster a parte dela, e depois eu, só não falamos da ameaça de Lucas, mas como todos sabendo de seu histórico de menino mimado Fabíola nos alertou 
- Bom, se vocês se amam, eu vou apoiar esse relacionamento de vocês, mas quero que vocês fiquem em alerta, em relação ao Lucas, por Éster não ter deixado ele no restaurante, ele pode querer apronta alguma quando soube de vocês, esse menino nunca aceitou não como resposta.
- vamos ter cuidado Fabíola, e já pedir para Éster ter também.
Falei para Fabiola
- e tia não se preocupe.
-  então, agora sei que você estar bem, tenho que ir para o hospital estou de Platão hoje, e amanhã você estará de Platão não e Carla?
- sim, pego as 17 Hrs
- então não se atrase, que não e porque estar namorado minha sobrinha que terá regalias.
- Não se preocupe, que não misturo as coisas Fabiola, e eu nunca pediria a você atenção especial no hospital.
- que bom, então vou indo.
Fabíola se despediu da gente, e se foi para o hospital nos deixando a sós.
- Vem amor quero lhe mostra meu quarto.
Fiz um sorrisinho safado para Éster, que me empurrou de leve 
- que sorriso e esse em?
- nenhum meu anjo, vamos que estou doida para conhecer seu quarto 
Falei para Éster, que saiu me puxando pelas escadas até seu quarto, e fiquei admirada,  por ela estar tão pouco tempo na cidade, e o quarto dela estar do jeito que ela é.
Fiquei a admira seu quarto, tudo no seu lugar, uma cama de solteira ao lado dele uma cabeceira pequena com dois livros de poemas em cima, mas a frente um guarda roupa branco, com umas fotos dela com os pais e amigos que reduzi ser de Nova York, e uma foto que achei o mais lindo de todos onde estava só Éster que a metade da foto estava o rosto dela sendo iluminado pelo por do sol amei essa foto dela, que na hora tive a ideia de leva lá no meu cantinho especial, queria compartilha com minha menina.
- um beijo por seus pensamento 
Éster falou me tirando do meus devaneios, puxei ela pela cintura trazendo para mas perto
- Quero leva você, em um lugar especial para mim
- vou amar conhece, e onde seria?
Me aproximei de seu ouvido e falei baixinho e com uma voz sexy
- será surpresa.
E me afastei dela, mas não sem antes de lhe dar um selinho
- haa, assim não vale
Éster fez biquinho para mim, e se eu não me controla toda vez que Éster fazer biquinho, cara de sexy, ou sapeca, coitada de mim, posso sair da linha com essa menina.
Mas só rir do seu jeito moleca e fui abraça la
- vem? Vamos comigo quero que conheça hoje mesmo
- Então vamos amor
E saiamos, fui leva Ester no meu lugar favorito, que se chama O por do sol, assim que chegamos Éster ficou maravilhada com o lugar.
- Aqui e meu lugar favorito, poucas pessoas vem aqui, por isso tornei meu lugar favorito.
Falei para Éster, que estava com os olhos brilhando de felicidade, como se tivesse ganhado um brinquedo novo, e fiquei tão feliz por vê que ela também tinha amando aqui.
Aqui e assim, assim que se entra no por do sol, se ver uns quiosques, com vendas de comidas, rodeado de arvores com um caminho ate a beira dor mar, onde se pode ver o por do sol, descendo uns degraus, se pode pisa em uma areia branca e indo mas a frente se pode senti a onda do mar, junto com um vento refrescante.
Mas decidimos fica sentadas na cadeira de frente ao mar, e ficamos ali, a namorar a tarde toda, quando o sol estava a descer, fiquei de frente para Ester e lhe fiz uma declaração
- Deste a primeira vez que lhe vir, me apaixonei por você, eu não quis admite para mim que estava lhe amando, sei que e pouco tempo, mas aqui nesse por do sol lindo, ele como testemunha quero lhe pedir formalmente em namoro, então ÉSTER VOCÊ ACEITA SE MINHA NAMORADA, E QUE POSAMOS SER UMA DA OUTRA PARA SEMPRE?
Éster estava chorando de felicidade, com um sorriso no rosto, e o sol cause no horizonte ela passou a mão macia pelo meu rosto e falou
- Com esse sol a desce no horizonte, que o nosso amor possa ser como ele, mesmo com a chegada da noite ele sempre possa ser iluminado e renascindo como cada dia, e lhe digo sim para sempre meu amor
Aproximamos nosso rosto e demos um beijo com amor, desejo, paixão tudo que nesse beijo podíamos demostra uma a outra.
Ficamos ali mas um pouco e passamos em minha casa, pegamos umas roupas para mim, e fui passa essa noite e sua casa, ajudei Éster prepara a janta, já que ela ainda estava com a mão machucada, e Éster todo tempo me orientado no que fazer, já que sou péssima na cozinha, demoramos mais saiu, entre risos e brincadeiras ficamos a jantar, e logo que acabamos formos para seu quarto.
E assim que entramos confesso gente não dar para resistir a minha menina, fui levando a, aos beijos ate sua cama pequena, e com uma agilidade que até eu me surpreedi tirei seu short e me coloquei por cima dela.Uma de minhas mãos foi descendo por cima de sua calcinha ate adentra pela peça .
Ouvi o gemido de Éster, um gemido de incitação, e ao mesmo tempo sexy para mim, e com muito cuidado coloquei meu dedo contra sua intimidade e Ester gemeu mas alto no meu ouvido, essa noite iria amar lá de todas as formas possíveis.
Penetrei dois dedos meus, mas sem pressa, e comecei a fazer movimentos circulares, e Ester já tinha humidecido meus dedos ai essa menina me deixa louca, ao mesmo tempo que comecei a penetra Éster com vai em vem apertava seus seios, e logo depois coloquei minha boca que estava quente de desejo, enquanto Ester gemia alto e aranava minhas costas me fazendo aumenta ainda mas a velocidade de meu dedos, assim fazendo Éster explodir em um orgasmo, e por alguns minutos minha menina ficou tremendo, e fiquei a beija seu rosto fazendo ela sorrir para mim.
- você me deixa louca sabia
Falei com a voz rouca de tesão, e assim nossa noite seguiu com a gente fazendo amor até a madrugada. No dia seguinte acorda com meu anjo em meus braços e muito mas que pude sonha para mim, e fiquei admira lá dormir falando baixinho
- Eu te amo, meu anjo. E lhe quero para sempre em minha vida.
- E eu na sua
Éster falou de olhos fechados
- haa, então que dizer que a mocinha esta acordada e.
- queria senti mas esse momento, para ver se não estou sonhando, e se desce ficaria assim com você para sempre
- eu também meu anjo
Lhe dei um selinho 
E passamos o Domingo todos juntas, ate na hora de eu ir para o hospital, com um aperto no coração cause não saio da casa de Éster, mas antes deixei meu celula com ela, falando que mandaria uma MSG com um outro celula que eu tinha no hospital e assim seguir para o meu trabalho com ela na cabeça e no coração.
Assim que cheguei no hospital, fui na sala dos médicos, vesti meu jaleco, e peguei o celula reserva com um sorriso nos lábios, mandei uma MSG para o meu célula que agora estava com Éster, e fui andando para minha sala digitando assim que enviei a mensagem, eu estava entrando em minha sala, e assim quem eu vejo que esta parado em pé na minha sala, meu sorriso some.
- O que faz aqui? Você não tem permissão de entra assim em minha sala, então ponha se daqui para fora agora
Falei com raiva do garoto que estava parado em minha sala gargalhando.
- Hora essa e a maneira de trata um paciente?
Ele se sentou na cadeira que ficava de frente para mesa só que girando ela para minha frente
- Você não e um paciente, e tenho mas o que fazer do que fica aqui com você! 
Falei seria, mas falei logo em seguida
- O que você quer? 
E Lucas sorriu
- Quero Éster
Quando ele tocou no, nome de minha menina senti meu sangue subir.
- O que eu saiba ela não te quer, então por que não cresce e para de ser um menino mimado? Você sabe que Éster nunca lhe olhou com outros olhos.
Falei com toda paciência que eu podia ter
- Veja isto!
Lucas jogou um envelope em cima de minha mesa, sair da frente da porta, e fui ate minha mesa, peguei o envelope e abrir, tentei não demostra minha surpresa ao ver fotos minhas com Ester desse dois dias que passamos juntas, olhei com raiva para Lucas 
- Está nos seguindo Lucas? Você esta doido? Esta obcecado por nos? Que isso garoto?
Joguei as fotos em minha meça de raiva que as fotos foi caindo para todos os lados
- isso são apenas copias
- o que pretende com isso?
- Se você não deixa Éster ate amanhã você, não dará mas aula naquela merda de faculdade, e Éster pagara por tudo se isso não acontecer, sei que perder seu trabalhinho lá e pouco, mas perde Éster pode ser pior.
Senti um arrepio na espinha, e pude ver que Lucas não estava brincando, mas não pude demostra medo
- Em que mundo você viver garoto, não tenho medo de suas ameaças
- Então tente fica com sua namoradinha, e vamos ver o que acontecera 
Lucas falou saindo de minha sala, me deixando tremendo de raiva e angústia.

Notas finais:

Espero que gostem! Bjs 



Comentários


Nome: SaraSouza (Assinado) · Data: 21/06/2018 03:29 · Para: 17 Carla parte ll

Carla pfv nao caia nessa ...

Autora, olha lá heim... 

vem separaçao pelo visto, espero ta errada 

bjs



Resposta do autor:

Bom dia, Sara Souza

Não se preocupe Carla e bem espeta ;-) 

Rsrs. Sera mesmo que terá separação! Talvez sim, talvez não 

Espere pelos próximos capitulos 

:-* 



Nome: NayGomez (Assinado) · Data: 21/06/2018 00:48 · Para: 17 Carla parte ll

Aaah fala sério que ameaça mais estúpida,  esse guri é um perfeito Moleque se Carla cair nessa , vai ser outra idiota...  Vai na faculdade pede demissão e esfrega na cara daquele pivete mal amado...  OXI..  



Resposta do autor:

Bom dia, Nay Gomez

Com certeza o Lucas e um moleque, que no meu ver e mimado e acha que pode ter tudo que ele quiser, mas como não e assim, ele não aceita, e que tenta separa las.

E sobre a Carla ela não vai cair nessa, mas terá consequências não para ela e claro.



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.