Delirium por TessaReis


[Comentários - 2880]   Impressora Imprimir Capitulo ou História - Lista de Capítulos

- Tamanho do Texto +

Capítulo 13 - A última a deixar

 

 

Ariana já estava deitada na cama pensando em tudo o que Isis havia lhe contado sobre o tal casamento de Diana, quando a sua atraente advogada estava no banheiro da suíte, vestida num roupão branco enquanto secava os cabelos na toalha.

 

_ Então quer dizer que ainda por cima, a tal de Andressa traiu a Diana?_ Perguntou Ariana da cama, continuando aquela conversa que estavam tendo.

 

_ Traiu, mas não é como se a Diana não tivesse traído ela antes_ Respondeu Isis, olhando-se no espelho da pia_ Como eu te disse, a Diana aceitou esse pedido de casamento como uma última tentativa de esquecer a Rhian. Ela cortou relações, ela mudou de cidade, de ares, de hábitos, mudou tudo, e ainda assim, pensava na Rhian da hora que acordava a hora de ir dormir. E então apareceu a Andressa, que gosta muito da Diana, disso não tenho dúvidas, elas começaram a namorar, a passar mais tempo juntas e de repente, a Diana aparece em casa dizendo que casou, que havia alugado um apartamento com a Andressa, que iam morar juntas. E eu me lembro de ela estar meio que no automático, como se tivesse dizendo que precisava simplesmente trocar de sapatos. Foi esquisito, eu perguntei se ela estava bem, se estava feliz e eu me lembro exatamente do que ela respondeu: ‘Sim, sim, ela está bem feliz. Ela, entende? Andressa estava feliz, não Diana.

 

_ Sabe o que é engraçado? Diana sempre teve certeza que a Rhian iria trair ela, e isso nunca aconteceu, e então ela casa com a perfeitinha da classe e acontece tudo isso.

 

_ É porque essa coisa de pessoa perfeita não existe, só existe a pessoa perfeita para cada um. Rhian é a pessoa da Diana, e Diana é a pessoa da Rhian. Tudo veio como uma pancada só, Diana pegou a Andressa traindo, e então veio a morte do nosso pai e ela se descontrolou, só queria a Rhian por perto, se convenceu de que precisava dela, foi quando eu vim para cá atrás da Rhian, porque eu já não sabia o que fazer com a Diana. E então ela desiste de procurar pela Rhian outra vez, perde a coragem, acha que a preta dela poderia rejeita-la. Ela ficou muito esquisita depois da morte do pai. Pediu afastamento da polícia, não saía mais de casa, não queria ver ninguém. Eu sei que tem alguma coisa acontecendo, mas ela não conta, não fala nada. E então veio o sequestro da Rhian e a Diana voltou a vida de repente. Voltou para o trabalho, queria participar, fazer alguma coisa_ Isis saiu do banheiro, ainda enxugando os longos cabelos.

 

_ Olha, a sua irmã mudou a minha amiga. Rhian se tornou outra pessoa por causa dela, uma pessoa ainda melhor de quem ela já era, mas aquele rompimento... Aquele rompimento destruiu a Rhian. Quem ela era antes, quem se tornou depois. Não faz ideia de como é horrível ser deixada sem direito a uma segunda chance_ Ela falou, como se tivesse muita pessoalidade com coração partido. Teria?

 

Isis estudou-a com os olhos.

 

_ Quem deixou você?

 

_ Quem me deixou?_ E Ariana abriu um sorriso quase tímido_ Ninguém. E você? Quem você deixou?

 

_ Quem eu deixei?_ Foi a vez de Isis sorrir_ Por que eu tenho que ter deixado alguém?

 

_ Tem jeito de quem deixa.

 

_ Bem, não há ninguém para deixar, nem para me deixar, eu não acredito em relacionamentos.

 

_ Mas acredita em Rhian e Diana.

 

_ Acredito, mas é uma chance em um milhão. E eu não acredito em sorte também, então, enfim, já está tarde, onde eu vou dormir?

 

_ Onde? Aqui_ E apontou para a cama onde estava deitada.

 

_ Com você?

 

_ É, até tem outro quarto, mas eu não sei onde está a chave_ Ariana mentia tão bem que Isis sequer pensou em não acreditar_ Então, você dorme aqui, do seu lado da cama.

 

_ Do meu lado da cama, ok_ E tirou o roupão, mostrando a camisola curta que usava por baixo e o coração de Ariana bateu mais forte de uma maneira... Desde quando ficava nervosa ao lado de mulheres bonitas? E então se deu conta, não ficava nervosa ao lado de garotas bonitas, Isis era uma mulher, era esta a diferença. Isis deitou do seu lado da cama, de costas para Ariana_ Boa noite, Ariana.

 

Ariana olhou para ela. E ter Isis tão perto a deixava nervosa mesmo. Podia significar alguma coisa, podia significar nada. Desligou a luz, e deitou perto dela, e ela cheirava tão bem...

 

_ Boa noite, Isis_ E esperou conseguir dormir. Havia sido um dia e tanto.

 

Só não pior do que o dia de Rhian.

 

***

 

O sol arrastou-se pelo chão do quarto e então com seus dedos longos e quentes alcançou o rosto de Rhian fazendo-a acordar bem lentamente... Aqueles olhos verdes se abriram e ela suspirou bem fundo e bem devagar, sentindo sua mente distantemente latejar... Havia vidro e sentimentos espalhados pelo quarto, cacos da briga, pedaços confusos de algo que Rhian ainda queria acreditar não ter acontecido. Mas havia. Sentou-se na cama, movendo o pescoço de lado, sentia-se um tanto dolorida, seus braços doíam, seus punhos doíam, tinha as mãos de Diana marcada em seus pulsos, em seu pescoço, o dia anterior era uma dor de cabeça que lhe invadiu assim que abriu os olhos. O que iria fazer? O que podia fazer num dia que ela desejava não ter amanhecido?

 

Rhian levantou da cama e foi até o banheiro, precisava molhar o rosto, precisava de um banho quente, precisava se sentir o mais limpa possível, era uma das coisas que geralmente a fazia se sentir melhor, mas obviamente não funcionou aquela manhã. Olhou-se no espelho embaçado depois do banho. E ainda se sentia sufocada. Saiu do banheiro, buscou as mochilas pelo quarto, vestiu-se em roupas qualquer, olhou para a porta. E pulou a janela porque não queria cruzar com Diana de jeito nenhum. Havia orvalho e resquícios de chuva lá fora, havia chovido? Rhian não conseguia lembrar, deu uma olhada em volta e caminhou para o porão. Havia algo que podia lhe fazer bem naquele porão.

 

Acendeu as luzes e o saco de pancada preto estava perto da janela fechada. Rhian abriu a janela e deixou o ar fresco e aquela luz bonita da manhã entrar, estalou os dedos, saltitou, abaixou-se, voltou e uma ajoelhada certeira foi a primeira coisa que atingiu aquele saco preto, joelhada, chute, outro chute, mais alto, mais baixo, cotoveladas, uma, duas, socos rápidos, altos, e a técnica de Rhian era primorosa, mais do que treinar, ela estudava as artes a fundo, o jiu jitsu a acalmava, e o muay thai a deixava extravasar. Girou e chutou longa e frontalmente, os músculos em sua barriga se mostrando, os braços firmes, fortes, as linhas de Rhian estavam mais acentuadas, mas nada que comprometesse a sua feminilidade, os músculos das coxas aparecendo e as veias, podia se ver as veias do pescoço dela, saltadas, aparentes, e o suor começou a surgir junto com todas as coisas que Diana havia dito na noite anterior.

 

Rhian não podia acreditar. Mesmo depois de todo o tsunami, de toda a erupção, ainda não podia, não conseguia acreditar! Diana havia casado com alguém, pensou durante uma sequência de chutes violentos. Enquanto Rhian sofria por ela, Diana estava com outra pessoa, tentando uma vida, tentando deixar Rhian para trás, tentando... Achar outra pessoa especial numa noite bonita. Rhian cabeceou o saco, soltando um kiai. Só de imagina-la morando com outra pessoa, dividindo uma cama, dividindo manhãs, será que ela cozinhava para essa tal de Andressa? Será que fazia amor com ela do jeito que fazia com Rhian?

 

Rhian agarrou o saco de pancada encostando sua testa nele, cansada, ofegante, sentindo o suor descendo pelo seu rosto. As veias saltadas, o coração batendo na garganta e aquela inexistência de calma mordendo-a por dentro. Como podia ficar calma? Como podia...? Rhian respirou fundo, levando o punho na testa, sentindo suas pulsações disparadas.

 

_ Então é aqui que você está_ Era Kes, entrando pela outra porta do porão, vestida em outro robe curto, às vezes Rhian tinha a sensação que ela vivia em roupas de dormir.

 

_ O que foi?

 

_ O que foi?_ Ela perguntou de volta quase indignada_ O que aconteceu aqui? Você colocou a Diana para fora do quarto!

 

_ Coloquei. Eu posso ter uma reputação terrível Kes, mas não me lembro de ter dormido com mulheres casadas..._ Disse, dando as costas para ela, voltando para o saco de pancada.

 

_ Rhian, por favor, você nem deixou ela falar! Ou se deixou, não ouviu, elas estão separadas...

 

_ Amelie você para, chega! Porque só de ouvir a Diana associada a outra mulher numa mesma frase eu já fico irritada!

 

_ Rhian, é você quem tem que parar, tá bem? Para e pensa um pouco, porque você não está sendo racional! Vocês não estavam juntas, ela tentou ir em frente, não deu certo...

 

_ E então ela volta pra mim sem me dizer nada! Eu não acredito que ela quis ir em frente, eu não acredito que ela realmente tentou me deixar para trás, me esquecer! Eu sequer ainda acredito que ela me deixou sozinha, que ela foi embora quando eu mais precisava dela e você quer que eu entenda porque ela casou com alguém que ela mal conhecia?

 

_ Eu só quero lembrar você de uma coisa: ela foi a última a te deixar.

 

_ Kes, para..._ Disse, um tanto transtornada, andando de um lado a outro do porão. A briga intensa do dia anterior estava voltando para sua cabeça, e a lembrança de tudo só a fazia ficar nervosa outra vez e Kes não estava ajudando...

 

_ Diana foi a última a deixar você! Todas nós te deixamos, porque já não sabíamos o que fazer, ou como ajudar, você não queria ajuda de ninguém, ficou rude, agressiva, com ódio de tudo, eu sei que você havia perdido a sua mãe, eu sei que tudo foi a coisa mais traumática, mas nós não estávamos prontas para aquela Rhian que nós vimos. E eu vi aquela mesma Rhian aqui ontem à noite. Vi a minha grande amiga pela manhã, e então, de repente, aquela de você apareceu, impaciente, cheia de raiva, com ódio do mundo por algo irreversível, que já aconteceu! Seis meses depois de tudo, eu liguei pra você e você havia caído em si e se descoberto numa escuridão profunda. Sem suas amigas, sem o amor da sua vida. Você sabe o que fez Rhian, você sabe como feriu ela, como desgastou o que essa moça sempre sentiu por você. E ela poderia ter continuado em Brasília, podia não ter vindo atrás de você, podia ter insistido neste casamento, ou em outro e aí? Você continuaria arrependida por ter perdido ela. Não faria diferença. Olha Rhian, eu perdi a Ariana. E estou perdida desde quando fiquei sem ela e eu juro pra você que casada, com outra mulher, ou um homem, com filhos, com o que fosse, se ela voltasse para mim, eu sequer pensaria em não querê-la.

 

_ Toda vez que você fala da Ariana eu quero quebrar a sua cara, é melhor parar!

 

_ Bem, adivinha o que eu quero fazer agora! Você continua uma filha da puta daquelas, Rhian, você está fugindo, no meio de uma confusão enorme e no meio de tudo isso ainda por cima você consegue a sua mulher de volta, que não é qualquer mulher, é aquela coisa linda que eu sei lá como você conseguiu...

 

_ Está me dizendo que eu sequer mereço essa mulher que me traiu?

 

_ Eu estou dizendo que se eu tivesse uma mulher daquela estaria preocupada em afasta-la dessa tal esposa, não em afasta-la de mim! Que se pasa, Rhian? Você ama a Diana! Quando não vi ela no quarto, achei que ela estivesse com você...

 

E aquilo brecou o transtorno de Rhian.

 

_ Como assim achou que ela estivesse comigo?

 

_ Eu deixei ela dormindo no quarto de hóspedes e agora ela não está mais lá.

 

_ Está me dizendo que não sabe onde Diana está?

 

E Kes sentiu que havia algo de errado.

 

_ Por que está assim? Ela não pode deixar a ilha sozinha...

 

_ Eu não acredito que ficou aqui gritando comigo enquanto não sabe onde a Diana está!_ E simplesmente pegou as escadas para o corredor e saiu correndo do porão, Diana tinha que estar ali em algum lugar, não podia ter saído sozinha...

 

_ Para onde ela iria, Rhian? Fica calma!

 

_ Diana não está bem, ela está tendo delírios, desmaios, eu não acredito que você deixou ela sozinha!

 

_ Oi? Ela não é minha mulher! A minha mulher dormiu comigo, bem ao alcance dos meus braços...

 

_ Kes, fica quieta e me ajuda!

 

As duas saíram correndo pelos cômodos da casa, checando tudo rapidamente, mas não havia sinais de Diana por ali, o quarto estava desarrumado e os chinelos deixados junto ao tapete contaram a Rhian que algo estava muito, mas muito errado. Diana sempre havia gostado de andar descalça, mas andava reclamando de machucados nos pés, nunca teria levantado da cama sem chinelos. E claramente Rhian e Kes pensaram a mesma coisa.

 

Kiria.

 

Correram para fora, em direção a varanda, olharam em volta buscando sinais, mas não havia nada. Absolutamente nada.

 

_ Tudo bem, você vai por lá e eu vou por aqui.

 

E Kes correu para a frente da casa enquanto Rhian correu para trás, olhando na direção inversa. Rhian refez o caminho do dia anterior, rapidamente, olhando, buscando por qualquer sinal de Diana, chegou ao final da casa e pegou a trilha que haviam feito a pé, não estava acreditando que havia a deixado sozinha, que havia esquecido dos delírios, de Kiria, do perigo, ah não, ela tinha que estar ali em algum lugar, ela tinha que estar...

 

Kes correu pela trilha de entrada, uma trilha diferente daquela que Rhian e Diana haviam feito no dia anterior, era o caminho principal da casa, olhava em volta, mas a mata era tão densa, tão difusa, procurou por marcas no chão molhado de orvalho, mas não havia nada, tudo parecia intocável, como se ninguém houvesse passado por ali. E foi quando Kes alcançou os enormes portões do residencial e viu uma determinada moça apressada prestes a entrar num carro.

 

Ela estava ali. Prestes a partir.

 

_ James, abre, abre!

 

E o segurança obedeceu de imediato e antes que Kiria conseguisse entrar no carro...

 

_ Ei moça.

 

Kiria olhou para trás e...

 

Recebeu um soco no rosto.

 

Kes a acertou de surpresa e a derrubou sobre o capô do carro, impedindo que o motorista conseguisse partir. Os dois homens desceram para defendê-la, mas Kes tinha defensores a mais. Três seguranças dos portões partiram armados para render os homens, enquanto Kes mantinha Kiria sobre o capô, usando o peso do seu corpo inteiro contra o pescoço dela para conseguir segura-la. E ainda não conseguia bem, Kiria era forte feito um animal, se debatia como uma fera dominada.

 

_ Eu vou matar você, matar você!

 

_ É por isso essa violência toda. Revistem o carro!_ Kes ordenou para seus seguranças.

 

_ O quê? Com que autoridade, com que mandato doutora?!

 

_ Com este aqui!_ E mostrou o punho a ela outra vez_ Revistem o carro!

 

E Rhian foi e voltou por aquele caminho duas vezes, procurando, buscando, qualquer coisa que fosse e já estava entrando em desespero quando viu algo na terra molhada.

 

Pegadas com profundidades diferentes. O que significava que alguém mancando havia passado por ali. Passado e entrado na parte densa da floresta. Rhian disparou por dentro da vegetação, correndo, desviando de galhos e árvores, lutando contra o chão acidentado e molhado, para onde ela havia ido? Por que havia ido?! Não sabia, só sabia que seu coração lhe dizia que precisava acha-la, e acha-la logo. Kes tinha razão, em meio a escuridão em que Rhian ficou, Diana havia sido a última a deixa-la, havia tentado até o final e Rhian não havia percebido quando passou da linha, quando a forçou além do que ela poderia suportar. Era sua responsabilidade. Ter sido deixada por ela, era sua total responsabilidade. E não, não estava pronta, por mais furiosa que estivesse não estava pronta para perder Diana outra vez, menos ainda daquela forma, tinha que achá-la, iria achá-la, era tudo o que sabia.

 

Um dos seguranças revistou o carro, cada pedacinho do veículo, dentro, fora, o porta-malas, mas não havia nada. Nada além do que equipamentos de vigilância.

 

_ Só tem isso, senhora.

 

_ É equipamento particular!_ Berrou Kiria, ainda tentando escapar.

 

_ Eu imagino que seja. Podem quebrar tudo!

 

_ Mas, você é louca!

 

_ Você ainda não viu metade! Olha pra mim, aqui, bonitinha, olha pra mim_ E segurou o rosto dela olhando naqueles olhos azuis_ Se eu pegar você por aqui de novo, não serão só as câmeras que vão sair quebradas, você tá me entendendo? Eu acabo com você. E ninguém irá saber. Ninguém.

 

E foi quando Kiria acertou uma cabeçada no rosto de Kes, que foi lançada para trás, para fora do capô, libertando-a. E os seguranças partiram para cima de Kiria, mas Kes não deixou.

 

_ Ela entendeu, podem deixar. Fora daqui.

 

Não havia nada naquele carro. Nenhum sinal de Diana. Tal como também não havia por dentro da mata. Rhian correu em todas as direções possíveis, procurou, buscou, olhou em volta e as tonalidades de verde a deixaram irritada, muito irritada. Por qual raio de motivo havia deixado Diana sozinha? Por mais louca e aborrecida que estivesse, deveria ter pensado nisso, deveria... Rhian gritou em raiva e agonia, girando em volta de si mais uma vez. E foi quando a viu.

 

Pés descalços escapando por trás de uma árvore.

 

Rhian correu, correu o mais rápido que podia, o mais veloz que podia e quando alcançou aquela grande árvore de onde os pés escapavam, a encontrou. Diana estava deitada num pequeno descampado enlameado.

 

E ela não parecia acordada.

 

Rhian a alcançou e colocou a cabeça dela em seu colo, e para o seu espanto, Diana estava acordada, apesar de não parecer consciente. Rhian a examinou parcialmente, seus olhos não estavam normais, sua pulsação de tão linear quase não podia ser sentida e ela estava com febre, numa temperatura alta, muito alta.

 

_ Diana? Diana olha pra mim, aqui, olha pra mim, olha pra mim meu amor, onde você está?

 

_ Hum...?_ Ela apenas balbuciou.

 

_ Onde você está? Diana?_ E tentou trazer os olhos dela para os seus_ Onde você está, diz pra mim.

 

E ela suspirou, fechando os olhos.

 

_ No sítio. Cadê o sítio?_ Ela perguntou abrindo os olhos, lutando para levantar_ Eu não sei pra onde fica...

 

_ Ok, tudo bem, tudo bem, eu levo você, vem aqui..._ E começou a tentar coloca-la de pé.

 

_ Você não sabe onde fica! Você só foi lá uma vez, por que não foi de novo, Rhian? Você brigou comigo! Saiu sozinha em Brasília...

 

_ Eu briguei com você?_ Havia brigado, em Brasília, lembrou-se_ Tudo bem, não importa, eu levo você para outro lugar..._ E com muito esforço, Rhian conseguiu colocar Diana de pé, e logo notou que ela não estava conseguindo apoiar a perna machucada no chão.

 

_ Você estava com quem?_ Ela perguntou, agarrando-se no pescoço de Rhian_ Estava com quem, Rhian, fala pra mim, você dormiu com quem?_ E correu a boca pelo rosto de Rhian, até seu pescoço, com os olhos quase fechados_ Não era pra você ter me deixado em casa sozinha, por que você fez isso, Rhian, por quê...?!

 

Ela estava delirando outra vez. E não era pouco.

 

_ Eu estou aqui agora, é o que importa, não é?_ E começou a leva-la de volta.

 

_ Não se tiver dormido com outra! Você dormiu, Rhian? Não mente pra mim, você dormiu com outra, eu sei que dormiu, eu tô sentindo o cheiro dela em você, Rhian, eu tô sentindo...

 

E foi uma luta. Porque Diana se irritava e reagia cada vez que lembrava daquele maldito dia em que Rhian havia saído sozinha em Brasília. Rhian chegou a se arrepender daquela briga que havia acontecido há três, quatro anos atrás, quando finalmente, havia ido passar um tempo na companhia da família de Diana. Diana estava muito quente, tão quente que seus lábios estavam partindo e ela mal conseguia manter os olhos abertos. Mas conseguia se agarrar a Rhian, conseguia tentar beija-la e toca-la onde não deveria, e conseguia tentar fugir também, dois pontos haviam aberto em sua coxa mais uma vez e Rhian perguntou-se quando naquele ritmo, o ferimento enfim cicatrizaria.

 

Aqueles pontos e o tal casamento de Diana.

 

_ Ei, você achou ela_ E Kes correu para ajudar assim que as avistou saindo da trilha dos fundos.

 

_ Achei, e você levou um soco na cara? Eu bati em você e esqueci?

 

_ Não, sua namoradinha psicopata estava lá fora, eu achei que ela tinha pego a Diana, enfim, nada grave...

 

_ Que namorada? Você tem outra namorada Rhian? Cadê ela, eu pego ela!_ E Diana ficou louca com Rhian outra vez, e Rhian ficou louca com Kes e com Kiria que estava lá fora, e qual parte disto não era grave, Rhian não sabia dizer, mas se concentrou em Diana, em leva-la para casa, e então em fazê-la entrar em casa, ela se recusava, não queria, não era a casa da mãe dela, e então ela quis a mãe dela, e quis Isis por perto, e então não queria mais ninguém, só queria Rhian, queria fazer amor e Rhian absolutamente não sabia bem o que fazer.

 

_ Diana, para, olha pra mim, já chega disso!_ E a colocou embaixo do chuveiro e Diana puxou-a junto, agarrando-a pela camiseta, lhe mordiscando o ombro, o pescoço...

 

_ Eu tô com tesão, Rhian, faz amor comigo, faz..._ E virou-se de costas, colando seus quadris contra a parte baixa da sua cintura e Rhian ficava... Agarrou Diana, segurando-a embaixo da água fria, se concentrando no que precisava.

 

_ Não, não, agora não...

 

_ Nada de amor agora?_ E cravou a mão na nuca de Rhian, grudando-se contra ela de um jeito...

 

_ Não, amor, nada de amor agora, eu vou dar banho em você, você fica quieta?

 

_ Aham, eu fico...

 

E ficou tudo, menos quieta, enquanto Rhian tentava tirar toda aquela lama do corpo de Diana, de seus longos cabelos e ela lhe agarrava e mordia por todas as partes em que Rhian sentia tesão e Kes apenas esperava do lado de fora, ouvindo toda aquela situação totalmente inesperada. Era como se Diana estivesse bêbada ou drogada, ou os dois.

 

_ Kes, vem aqui, me ajuda a vestir ela, ela não pode ficar assim...

 

_ Sério que você vai deixar?

 

_ Eu mato você se olhar para onde não deve! Entra aqui, me ajuda...

 

E Kes foi ajudar a vesti-la, a secar o cabelo dela, e Diana chamou-a por uns cinco nomes diferentes, chamou-a de Laís, de Graziela, de Ariana, Isis, Renata, quem era Renata? Mas Diana só queria Rhian, só queria saber com quem ela havia dormido em Brasília, e então queria fazer amor com ela e dizer o quanto a amava, que era louca por ela, que estava sofrendo porque Rhian não a queria mais, e então começou a brigar com as vozes em sua cabeça.

 

_ Shssssss! Parem de falar, chega, estão me dando dor de cabeça...

 

_ Quem está falando, Diana?_ Perguntou Kes, enxugando os cabelos dela.

 

_ Os outros, do outro planeta, eles ficam aqui na minha cabeça...

 

_ Os outros do outro planeta?_ Kes estava se divertindo.

 

_ Você para, tá bom?_ Lhe disse Rhian, tentando fazer Diana tomar o remédio_ Diana você precisa engolir isso aqui, olha pra mim...

 

_ Eu só estou tentando ajudar! Como eles são Diana?

 

_ Eu não sei, é segredo, eles ficam aqui na minha cabeça... Isis! Isis está na porta Rhian, tem que ir abrir a porta pra ela, ela disse que vinha...

 

_ Depois que você tomar o remédio, aqui, é só pôr na boca..._ E Rhian enfim conseguiu colocar o comprimido na boca dela, mas quando foi dar água a ela, Diana cuspiu longe o comprimido.

 

_ Eu não uso drogas! Nenhum tipo, você sabe Rhian, Ariana também sabe...

 

E ela não cedeu, se recusou a engolir qualquer coisa que fosse, e Rhian teve que derrubá-la na cama de qualquer jeito e cobri-la da melhor forma que conseguia, cobri-la e mantê-la coberta, mantê-la deitada e mais ou menos uma hora e meia depois desta luta toda, ela pareceu voltar a si. Muito, mas muito debilitada.

 

_ Rhian...

 

_ Aqui meu bem, eu estou aqui..._ Disse, abraçando-a por trás, mantendo-a sob as cobertas, e Diana agarrou a mão dela, firmemente, e ela estava tremendo tanto...

 

_ Está aqui e ainda me ama?

 

_ O amor não muda, Diana. Eu estou magoada, mas é claro que amo você...

 

_ Não me... Não me deixa aqui sozinha, Rhian, por favor...

 

_ Nunca. Nem aqui, nem em lugar nenhum. Agora você só precisa descansar, precisa ficar calma...

 

E um tremor ainda mais forte percorreu o corpo de Diana, Rhian sentiu.

 

_ Rhian, eu acho que vou morrer...

 

_ É claro que não vai, meu bem, é só uma febre_ Disse, e percebendo-a lúcida, Rhian deu a volta na cama para olhar nos olhos dela_ É só uma febre_ Repetiu, tocando os cabelos dela com carinho_ Me diga, onde você está?

 

_ Onde eu estou? Turcos_ E mergulhou em sua consciência para lembrar de tudo_ E Caicos. Na casa da Kes...

 

_ Isso, eu vou pôr o soro em você, você toma o antitérmico?

 

Diana afirmou, sem palavras. E Rhian ainda não havia visto aquilo nos olhos dela. Ela estava com medo. Claramente com medo. E Rhian foi cuida-la. Pôr o soro, fazê-la tomar o remédio, comer alguma coisa, ela não comia desde o almoço do dia anterior. E ela quis dormir. Estava fraca demais para se manter acordada, mas estava com medo até de dormir. Rhian se manteve perto dela, segurando em sua mão, olhando-a nos olhos.

 

_ Me fala alguma coisa, com aquele sotaque_ Ela pediu, se esforçando num sorriso e para ficar acordada. E aquele sotaque era o barbadiano, que Diana tanto adorava ouvir. A avó paterna de Rhian era barbadiana e naquele país se fala um inglês quebrado conhecido como bajan.

 

_ You’re pretty, pretty, pretty..._ Você é bonita, bonita, bonita... Porque em bajan não se usa advérbios de intensidade, ao invés de se dizer você é tão bonita, se repete o adjetivo várias vezes para demonstrar o quanto_ I never see this pretty..._ Eu nunca vi bonita assim... Completou, fazendo-a sorrir.

 

_ Eu vou te comprar um espelho, aí vai ver bonita demais..._ Disse, perdendo aquela batalha para os seus olhos sonolentos...

 

_ I buy you two..._ Eu te compro dois... Sussurrou e lhe beijou a testa, sabendo que estava selando o sono dela. Diana adormeceu. E agarrada na mão dela, Rhian baixou a cabeça na cama e deixou duas lágrimas grossas escorrerem pelo seu rosto, enquanto aquele choro guardado lhe pegava pela garganta incontrolavelmente.

Notas finais:

Meninas, como vcs estão? Hoje tivemos um capítulo menos melodramático, porém ainda assim cheio de medos. Essas duas se amam e precisam resolver o maior problema delas e com certeza a Diana ser casada não é o principal. 

Bjos no coração de vcs *_*



Comentários


Nome: rhina (Assinado) · Data: 20/09/2016 18:03 · Para: A última a deixar

Olá. 

Bom dia.

Sabe ...começo a ler mergulho totalmente  E me sinto em cada palavra. ..ação. ...E quando termino. ...Não existe palavras para descrever o que senti. O que me fez sentir.

És fabulosa autora. 

Demais.

Beijos. 

Rhina



Resposta do autor:

Oieeee Rhina, boa tarde!!

 

Obrigada pela sua leitura! Fico feliz em conseguir fazer com que vc se perca na história ♥ Agora vc entende por que fui te buscar te volta lá no Face né? ^^

 

Beijinhos!



Nome: Lai (Assinado) · Data: 17/09/2016 07:38 · Para: A última a deixar

Oieeeeee

Esse capítulo me disse muito!

Muita coisa para se resolver entre elas, mas essa fuga/delirium, serviu pra acalmar as coisas, deixar isso para segundo plano. O importante é saber o que ativa os delírios(o estresse, conflitos) e pq o cérebro usa como defesa.Sei que ando se acalma baixa ,TB sei q começou DPS da morte do pai e junto com o sofrimento  da Separação e casamento q n deu o resultado q ela QR...

As vozes essa...Tdmundo acha q pq tem vozes tem psicose ou esquizofrenia.Nem sempre escutam vozes...N acho q esse seja o caso ou espíritos hahahaha.Mas AA vezes escutamos vozes devido a MT estresse e a mente isa de outros recursos.. minha prioridade é descobrir o q causa,o q ela tem...

Tô focando nisso...

Bjoo



Resposta do autor:

Oieeee!

 

Capitulo cheio de acontecimentos que norteiam a história!

Os delirios da Diana ainda são de fonte desconhecida, mas preocupam a Rhian extremamente apesar de toda a situação.

Por enquanto, tudo está aberto, das possibilidades de psicose até contato com espiritos hahaha

Foque na série de sintomas que a Di tem apresentado que eu sei que vc vai descobrir ;)

 

Beijos!!!



Nome: Maria Flor (Assinado) · Data: 02/07/2016 21:10 · Para: A última a deixar
Oi, Tess!!!
Já vou logo dizendo que adorei a Isis explicando um pouco mais do relacionamento "daquela que não deve ser mencionada" com a Andressa. É bom porque fica uma visão imparcial (se é que a visão de uma irmã pode ser imparcial, mas estou confiando na visão de advogada da Isis, hehe).
E para tudo. Quer dizer que a dona Ariana já foi deixada sem direito a uma segunda chance? Hum... E foi a Kes? Mas a Kes parece arrependida por ter perdido a Ariana. E como fica isso tudo? Há volta entre elas? Isis tem como ser o grande amor da Ariana?
Amei a briga da Kiria com a Kes, morri de rir com o delírio da Diana, mas algo me chamou atenção no último parágrafo. Como assim choro guardado depois de tudo que ela chorou no dia anterior???? Isso me faz pensar que o choro de hoje é por medo. Medo do que a Diana tem. Que ela finalmente está extravasando todo o medo que ela sente da Diana estar gravemente doente. Aliás, a doença da Diana é grave??
Beijooo. 
Ps.: Vamos ver se chego logo no 16.
Ps2.: Ariana também deixou a Rhian?

Resposta do autor:

Oieee Maria Flor ♥

Vamos começar pelo fato de que eu adorei a expressão "aquela que não deve ser mencionada" hahaha pq é exatamente assim! Vc está bem certa, Isis é imparcial, principalmente neste assunto de Diana e Rhian que é algo muito claro para ela. Ela não perdoa a atitude de se enganar da Andressa e sempre tenta trazer a moça suavemente para a realidade (e então deixa de ser tão suave conforme vai perdendo a paciência haha)

Então, na verdade, Ariana foi deixada, mas não no sentindo em si da expressão. A Kes a traiu, e quem foi embora foi a Ariana, porém, ela se sentiu sentimentalmente abandonada pela Kes quando a traição aconteceu. Entenderemos melhor mais em frente. Agora sobre o amor da Ariana... Vc vai descorbrir mais para frente tbem haha

 

Kiria e Kes foi muito divertido de escrever hahaha Kes tem uma pegada de gangster do Caribe, só que não, mas quis parecer que tinha rsrs Diana delirando sempre é garantia de risadas, é trágico, mas é engraçado. E novamente, vc acertou em cheio, Rhian chorou por medo :/ Ela está ficando assustada com a situação.

Ps.: Estou ansiosa pra vc ler o capítulo 16, me sinto quase numa prova da faculdade, vc vai entender haha

Ps2.: Ariana nunca deixou a Rhian :) Aliás, depois de Diana, Ariana é a mulher que mais ama a Rhian neste mundo ^^

 



Nome: mtereza (Assinado) · Data: 02/06/2016 00:45 · Para: A última a deixar

       Finalmente consegui ler o capitulo o tempo esta curto devido ao trabalho acho que agora a Diana não tem como esconder mais o seu problema impossível Rhian como medica não perceber que existi algo muito errado como o seu amor xau bjs daqui pouco volto após a leitura do Realidade Delirante rsrsrs



Resposta do autor em 02/06/2016:

Oieeee Tereza!

Então, ambas sabem que há alguma coisa de errado, mas estão com medo de pensar no assunto :/

Vou lá te encontrar em Realidade Delirante haha



Nome: annagh (Assinado) · Data: 31/05/2016 16:35 · Para: A última a deixar

Oi anjo. Tô legal sim...

Então, tenho certeza que Kess olhou pra onde não devia...kkkkkkk.

To fazedo uma trilha sonora pra Delirium. Não sei por que mas quando ouço Try da Pink lembro das aventuras de Rhian e Diana. É a cara delas...só não me pergunte o porquê. Tô viciada..rsrs...

Beijo

 



Resposta do autor em 31/05/2016:

Mas é claro que Kes olhou para onde não devia haha

E eu totalmente entendo a relação de Try com Rhian e Diana, é uma música sobre os desafios de um relacionamento, né, e essas duas fazem isso todos os dias :)

Vc podia me mandar essa playlist, super aceito ^^

Bjs!



Nome: Rita (Assinado) · Data: 31/05/2016 04:35 · Para: A última a deixar

Olá fico preocupada com a Diana. Não sei o que esperar disto. A Rhian chorando parte meu coração /:

Gostei do cap, amei a Ariana safada kkk



Resposta do autor em 31/05/2016:

Oieee Rita!

 Ariana é safada em tempo integral, espere por ela no próximo caps haha



Nome: Manuela (Assinado) · Data: 31/05/2016 04:28 · Para: A última a deixar

Estou a curtir este desenrolar. Vc sempre me surpreende. Nunca sei o que acontecerá a seguir haha adorei a preocupação da Rhian, adorei a Diana com ciúmes e com vontade de fazer amor, sei que ela estava delirando mas isso significa alguma coisa não? haha adorei tudo.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Olá Manuela!

Essa coisa de nunca se saber o que vem em seguida é própria mesmo desta história, o cenário favorece, o enredo tbem e eu estou curtindo muito escrever com essas surpresas ^^

E sim, Diana Ferraz sempre quer fazer amor com a Rhian, não importa a situação, veremos mais disso nos próximos caps haha



Nome: Isabel (Assinado) · Data: 31/05/2016 04:22 · Para: A última a deixar

Este final deu cabo de mim, estou a chorar que nem bebê. Nem consigo escrever nada, só estou chorando. Gostei muito do capítulo, estou chorando fiquei sensível.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Bel, vem cá, merece um abraço *.*

Eu me destrui nesse final tbem, pq fiquei imaginando a situação da Rhian, de ter que acalmar e dar segurança pra Diana enquanto ela mesma estava tão nervosa e apavorada :/

É uma atitude cheia de amor



Nome: Raquel (Assinado) · Data: 31/05/2016 04:18 · Para: A última a deixar

Meu deus eu não quero que esta história acabe nunca. Estou viciada. Ansiosa pra descobrir mais da Diana e da Rhian. Bjs



Resposta do autor em 31/05/2016:

Oieee Raquel!!

Seu comentário tbem me fez feliz hahaha

Espero que continue viciada nos próximos capítulos, pode deixar que ainda tem muita coisa para acontecer por aqui =)

 

Bjs!



Nome: Eduarda A (Assinado) · Data: 31/05/2016 04:11 · Para: A última a deixar

Segura coração. Sempre coisas novas a se descobrir a cada capítulo. Adoro. Também faço parte do grupo que acredita em Rhian e Diana. Gostava de acreditar que existem assim relacionamentos na vida real. Infelizmente não acredito.


Parabéns pela história, eu estou amando de coração.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Olá Eduarda!

TeamRhianEDiana, vamos acreditar nessas duas e nessa coisa linda que elas sentem uma pela outra. Amor de verdade é sagrado, gente, pode dar tudo errado pelo caminho, mas no final, ele precisa continuar sagrado de uma maneira ou de outra =)

Já essa coisa de amor verdadeiro na vida real, só o tempo diz, né, acho que acontece quando ficamos com alguém por muito tempo, tipo, 10, 15 anos, um dia acordamos, olhamos para o lado e pensamos "nossa, eu não me imagino acordando amanhã sem essa mulher do meu lado". Acho que esse tipo de coisa deve ser amor mesmo :)



Nome: Susana (Assinado) · Data: 31/05/2016 04:03 · Para: A última a deixar

Ah eu só cheguei agora e vi a atualização. Que alegria! É a minha história favorita e eu amo cada vez mais. Muito obrigada por postar. Abraço.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Obrigada Susana!!! *.*

Ouvir que a minha história é a sua preferida me deixa muito, muito feliz!!

Eu posto por comentários assim, faz valer a pena todo o trabalho que dá escrever, criar, caprichar nos detalhes.

Obrigada mesmo!



Nome: Teresa (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:58 · Para: A última a deixar

Eu shippo a Ariana com a Isis imagino o fogo senhooooor vou chamar os bombeiros kkkk

Este capítulo foi menos doloroso, mas a pergunta do que serão esses delírios da Diana persiste. Aguardo o próximo com ansiedade.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Olá Teresa!!

 

Mais uma apostando no incêndio da cobertura da Rhian com Isis e Ariana lá dentro haha E eu gostaria de deixar aqui registrado que o destino dessas duas em particular vai depender muito de como vcs leitoras verão esta inteiração, está em aberto, depende de vcs haha



Nome: line7 (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:49 · Para: A última a deixar

Diana está  MUITO  diante, cada vez pior..😢 a riah esqueceu um pouco a magoa de lado e foi socorrer sua princesa e mulher, lindo a cumplicidade e o amor, e meio dessa loucura e douçura toda, assim o miocárdio na aguenta e o coração  vai pra forar ( sintiu o drama)..kkkkk..😂.

Agora fica do lado do combustível e o fogo no outro..aí meu Deus..kk( combustível é  Ariana e o fogo é  claro"Isis".😉)..Kkk..aguentar coração 💓 essa duas prometir💝. Até  logo linda 😙 ÓTIMO  capítulo 👏👏



Resposta do autor em 31/05/2016:

Oieee Line :)

Rhian foi fofa, né, deixando tudo de lado para cuidar da Diana e já sobre Isis e Ariana, o que dizer? Aposto tbem que uma hora ou outra aquele apartamento vai pegar fogo haha

Até mais, espero vc aqui amanhã, heim ;)



Nome: Rafaela C (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:46 · Para: A última a deixar

A rhian é um amor. Ai eu estou apaixonada por ela #brincadeira. Adoro a personagem dela. Linda.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Rafaela, olá, tudo bem? :)

 

Rhian é um amorzinho, né? Eu particularmente tenho uma queda enorme por ela haha Como já disse antes, Diana é a minha protagonista, mas a Rhian é a minha fantasia *.*



Nome: Brenda (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:43 · Para: A última a deixar

Diana :( o que ela tem? Eu quero pegar nela e cuidar. Tadinha :(



Resposta do autor em 31/05/2016:

Brenda, oieeee!

Diana tá precisando de cuidados e de afeto, segundo veremos Isis dizendo uns capítulos para frente, afeto cura quase todas as coisas =)



Nome: Leonor (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:36 · Para: A última a deixar

Eu pulei de alegria quando vi a atualização desta história e ao longo da leitura eu quase chorei. Que amor lindo. E essa doença da Diana me deixa deveras preocupada.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Oi Leonor!

Fico feliz que a atualização da história te cause alegria! São comentários assim que me deixam empolgada demais para postar o próximo capítulo =)

Eu sei que a doença da Diana está causando preocupações :/ vamos ver como tudo se desenrola nos próximos capítulos, te prometo emoções fortes e mais desse amor tão bonito :)



Nome: Fernanda B (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:27 · Para: A última a deixar

"O amor não muda" ai que coisa linda! Um dia eu quero me apaixonar assim *-*



Resposta do autor em 31/05/2016:

Olá Fernanda *.*

É a minha frase preferida deste capítulo tbem ♥



Nome: Ariana (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:24 · Para: A última a deixar

A Rhian é um amor. Mesmo a sofrer ainda se preocupa com a Diana, isto é amor verdadeiro.

hahahaha adorei a Ariana MARAVILHOSA hahahaha quero ver ela a pegar a Isis hahaha

Eita. Esses delírios não são boa coisa.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Ariana quer ver Ariana em ação haha Vamos ver. Vc viu que a Ariana é espertinha, né, trancou o outro quarto, deixou a chave para lá, deu um lado da cama para Isis, essa moça sabe das coisas, aguarde pelo próximo capítulo ;)



Nome: Joana (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:18 · Para: A última a deixar

O que se passa com a Diana??? Ai o meu core. Não demora pfv, estou com o coração na mão.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Olá Joana!

 

Prometo que o capítulo 14 não demora a sair, mas não posso prometer que nele vc já vá poder guardar seu coração :/

 

Bjs!



Nome: Catarina (Assinado) · Data: 31/05/2016 03:02 · Para: A última a deixar

Eu to com os olhos marejados. Porque a Diana acha que vai morrer? To preocupada :/

Eu sou como a Isis, não acredito em relacionamentos mas acredito em Rhian e Diana.

A Rhian é inteligente, nada melhor do que descarregar tudo no saco de pancada, eu tenho um vermelho :)

Gostei de ver que a Rhian mesmo magoada, nem pensou em nada, foi logo a correr procurar a Diana e foi atenciosa e tava toda preocupada, que lindo. Fiquei tão emocionada mds. E a Diana mesmo delirando estava com ciúmes haha estas duas são fantásticas, acredito mesmo que elas se pertencem. To aqui com os olhos marejados, sem saber o que a Diana tem, sem saber o que vai acontecer...me sinto impotente. Já estou ansiosa pelo próximo capítulo.

Bj



Resposta do autor em 31/05/2016:

Oieee Cat, tudo bem?

Diana está assustada. E cada crise que acontece ela fica mais assustada ainda, tem medo do que pode estar acontecendo, tem medo de descobrir, medo de não descobrir, ou seja, ela está com muito medo em tempo integral :/

E saco de pancada é a melhor coisa né haha está na minha lista de coisas que quero ter em casa, veremos em breve

E a Rhian é esta pessoa maravilhosa, essa namorada principesca, ela coloca a Diana em primeiro lugar sempre, acho que é o que há de mais bonito nela :)

Amanhã tem capítulo novo! Espero ver vc por aqui =)

Bjs!



Nome: foxxy96 (Assinado) · Data: 31/05/2016 01:20 · Para: A última a deixar

Hahaha, voltei pra dar o ar da minha graça nesse cap, sou obediente, pediu, voltei logo viu kkkk xD  

Então... OMG, meu core não aguenta essas coisas não, dona Tess, tenha dó. Haha, brincadeira, não tenha dó, não, continue assim mesmo, que tá cada vez melhor. Ain, ver elas duas passando por tudo isso acaba comigo ://// Rhian destruída por conta de toda essa história, mas mesmo assim tá lá quando a Diana precisa, que lindo *-* E esses delírios, Oh God, o que ela teeeeeeem ??? Esperando o próximo O 



Resposta do autor em 31/05/2016:

Foxxy voltando a passear pelos capítulos, gosto assim haha

Pode deixar que quando a falta de dó é pelo bem da história eu não economizo não rsrs

Rhian é uma princesa com a Diana, ela é toda a sua prioridade o tempo todo, é inerente dela.

E os delírios da Diana :/ Vamos conhecer esse monstro que ela tem na cabeça bem de perto, prometo =)

Beijinhos, amanhã tem capítulo novo!



Nome: annagh (Assinado) · Data: 30/05/2016 23:30 · Para: A última a deixar

O que eu acho dessa história??? “pretty, pretty, pretty”.........rsrsrsrssr...



Me encanto e não me canso de
falar dessa qualidade de Rhian que é PROTEGER quem ama. Afinal, quem não quer
um amor assim???



Amei essa fala de Rhian “O amor não muda, Diana. Eu estou
magoada, mas é claro que amo você...”...pra mim foi a frase mais linda do
capítulo.  … como Ana Clara disse, Rhian
mesmo despedaçada se preocupou com a mulher amada e deixou mais uma vez o amor
falar mais alto.



Adoro as revelações de cada
capítulo...mistério nesse romance é o que não falta.



As cenas com Ariana é diversão na
certa ..kkkkkkkkkkkkkkkk... “…, até tem outro quarto, mas eu não sei onde está a chave”...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....



Ri muito também com Diana delirando, quase morrendo e mesmo
assim querendo fazer amor com Rhian...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...que fogo é esse
moça????...kkkkkkkkkkkkkkk...mas quem fechou com chave de ouro  foi Rhian: “Eu mato você se olhar para onde
não deve!”



Então é isso Querida Autora.



Até mais...beijo.



Resposta do autor em 31/05/2016:

Anna, como vc tá, meu anjo? ^^

 

Anna está falando em bajan, gosto assim haha

 

E a Rhian é assim, é uma wonderwall, é protetora, é o herói da Diana e ela leva isso a sério, apesar de tudo ela sente que precisa cuidar da namorada, não importa que elas tenham colocado o mundo abaixo numa briga no dia anterior.

Diana é sempre a prioridade dela, e pudemos ver bem essa característica dela neste capitulo, o amor dela não muda, não importa as circunstâncias.

E sobre a Ariana, prometo que iremos nos divertir muito com esta party-girl-super-cute haha

E a Diana é puro fogo, vamos perceber isso nela nos próximos capítulos, mesmo delirando ela sente tesão haha E a Rhian com os seus ciúmes, mandando nos olhos da Kes, vc acha que ela olhou para onde não devia? É claro que olhou, escondido, mas olhou haha

Beijinhos!

 



Nome: Ana_Clara (Assinado) · Data: 30/05/2016 22:14 · Para: A última a deixar

A cada capítulo me sinto mais dolorosa com o que essas duas estão passando. Quando a Diana diz pra Rhian que acha que vai morrer, meu coração se condoeu juntamente com o da caribenha. Elas estão passando por momentos desesperadores e isso dá um sentimento de 'mãos atadas'. Mas olha, essas duas se amam com desespero e isso ficou bem claro neste capítulo. Mesmo magoada, quebrada, a Rhian foi lá e demonstrou que não vive sem a sua agente. E ainda delirando a Diana mostrou ser mais ciumenta do que achávamos. O sentimento que une elas é muito mais que amor, é algo de alma. 


Tess, obrigada por compartilhar conosco essa história, ela definitivamente mexe com meus sentimentos. 



Resposta do autor em 31/05/2016:

Olá Ana Clara!

 

Diana está com medo, estava com medo antes e agora com as coisas se complicando anda com mais medo ainda :/ Dói nela e desespera a Rhian, por mais magoada que ela esteja, nenhuma mágoa fica acima do que ela sente pela Diana e vê-la doente e com tanto medo de tudo deixa a Rhian aos pedaços :/

E sim, Diana é ciumenta em outro nível haha até delirando ela sente ciúmes

Delirium já é uma história de domínio de vcs, leitoras do Lettera, sou eu que agradeço todos os comentários e visualizações que a história está alcançando, obrigada mesmo!

Lembrando que vc foi a minha leitora 0, sem o sem empurrão a história nunca teria chegado até aqui s2



Nome: Schwinden (Assinado) · Data: 30/05/2016 21:06 · Para: A última a deixar

A pergunta que não quer calar: quem é Renata?

Tá uma delicinha, a leitura cada vez fluindo melhor, parabéns!

p.s.: fiquei feliz qdo descobri que a tatuagem original é o meu aniversário, 11/04 :)



Resposta do autor em 31/05/2016:

Oieeeeee Cris!

É a pergunta do caps, quem é Renata? hahaha Diana está viajando dentro da própria cabeça, tadinha e está deixando a Rhian louca junto com ela rsrs

E é verdade, a tatuagem original da capa é 11/04 de 1986? Não tenho certeza do último número, enfim, seu niver acabou de ser anotado por aqui =)

Estou querendo fazer uma tatuagem parecida, com uma data especial para mim, vamos ver, está nos planos ^^



Nome: albuquerqueselena (Assinado) · Data: 30/05/2016 20:44 · Para: A última a deixar

Mano que doença é essa?

Dona Tess estou surtada!

Palmas para a narrativa, por fazer a gente rir na hora certa, seu timing é fabuloso, mas esse mistério é genial.

Prende demais, viu?

Eu to com o coração na mão pela minha diva, eu queria muito entrevistar a Diana, deixa vai?

E parabéns pelo detalhe de pesquisa da linguagem, a gente ta aprendendo cultura c vc.

Um beijo.

=*



Resposta do autor em 31/05/2016:

Selena, amiga, Diana está deixando todo mudo meio surtado haha

Capítulo complicado, porque é o primeiro depois do capítulo pancada que foi o 12 e havia um iceberg enorme para ser quebrado depois da ressaca sentimental deixada pelo caps anterior, então, trabalhei no timing da leveza e da piada no lugar inesperado para derreter parte deste gelo =)

E, Diana está a disposição para a sua entrevista é só marcar e pegar o gravador haha

Vc gostou da pesquisa de linguagem s2 O bajan na minha opnião é o inglês quebrado de pronúncia mais bonita, Barbados foi colonizado pelos ingleses então eles têm como origem léxica o sotaque britânico, que juntou com o dialeto local e virou esta coisa linda que eu tanto adoro ouvir haha Eu precisava colocar em alguma história, aproveitei que estava no Caribe e coloquei em Delirium ;)

 

Beijinhos, esperando a entrevista!



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.