Comentários para Atemporal

Nome: RosanePatell (Assinado) · Data: 30/05/2018 · Para: Capitulo 1

Eu quero o pensar-sentir hoje e, não, tê-lo apenas tido ontem ou ir tê-lo amanhã. Tenho certa pressa em sentir tudo.

Clarice Lispector

Arrasou Bronte!



Resposta do autor:

Olá, Rosane. 

 

Belas verdades ditas por Lispector, mas a nossa certa pressa em sentir às vezes nos prende além ou atrás, quase nem sempre no presente.

E obrigada pela leitura!

 

Beijos - Bronte.



Nome: Tatta (Assinado) · Data: 29/05/2018 · Para: Capitulo 1

Texto maravilhoso e cheio de verdades! 

Complemento dizendo que as vezes o nosso medo maior nem é do passado, mas sim da possibilidade de viver sem ele. Temos uma grande dificuldade de deixá-lo ir embora, porque é mais confortável lidar com aquilo que conhecemos do que seguir em frente e ter que lidar com o novo.

como você bem disse, não aceitamos que somos mutáveis e que pra mudar são necessárias ações e não tempo! Aí, acabamos justificando tudo no tempo, quando na realidade o que falta são ações.

 

beijo Bronte!



Resposta do autor:

Olá, Tatta. 

Primeiramente, obrigada pelo incentivo ou esse texto seria só mais um arquivo no meu computador. 

E obrigada, eu achei que ficaria confuso, mas a vida é assim, então as verdades aparecem mesmo na confusão. 

Concordo com você, o medo que temos do passado é de pêrde-lo em si. Como se ele fosse algum tipo de bússula que usamos para justificar a nossa comodidade diante de um futuro tão incerto. De decisões assustadoras. O mundo tem seu tempo, mas nós escolhemos correr nessa linha ou ir com a nossa.

 

Beijos, Tatta. E obrigada pelo carinho de aparecer por aqui. - Bronte. 



Nome: sonhadora (Assinado) · Data: 29/05/2018 · Para: Capitulo 1

Lindo o texto! Que nossos recomeços comecem no pôr-do-sol ou no seu nascer... você escreve muito bem gostei mesmo!

Beijos de Luz!

 

P.s. @lalu. Nick Sonhadora.



Resposta do autor:

Olá, sonhadora. 

Muito obrigada, fico imensamente feliz que tenha gostado do texto. E que para nosso recomeços só tenhamos a chance de tê-los. 

E obrigada novamente! 

 

Beijos - Bronte. 



Nome: MellMaia (Assinado) · Data: 29/05/2018 · Para: Capitulo 1

Nossa arrasou .. Amo histórias assim. Como diz o ditado você foi curta , porém foi bem direta . Passado não é algo que devamos temer. Parabéns amei seu texto: -) 



Resposta do autor:

Olá, Mell. 

Muito obrigada pelo carinho do comentário e fico feliz que tenha adorado. Às vezes o que pasta são as entrelinhas e o sentimento, as palavras se criam por si mesmas. 

E sim, não devemos, mas tememos, como nosso bicho papão. E cada passado reflete no futuro e presente. 

 

Obrigada pelo carinho, beijos. - Bronte. 



Você deve fazer login ou se cadastrar para comentar.